Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Primeiras impressões: roll on clareador de olheiras Natura Chronos

Natura lançou faz pouco tempo o Roll-on Clareador de Olheiras Chronos que promete disfarçar as olheiras e atenuar as bolsas dos olhos. Ele tem um concentrado de Aroeira e Cafeína e aplicador especial metálico.

Resenha: o que achei do roll on clareador

O roll-on é prático e bem fácil de passar. Ele é um gel super leve, não pegajoso e também não seca daquela forma esquisita na pele. A cor que testei é claro médio, que me pareceu meio amarela, mas como ele fica quase transparente na pele, não vi problema no tom.

Na verdade, o fato do aplicador ser em metal, não faz muita diferença, porque a gente só usa ele para “depositar” o creme na pele e depois espalha com o dedo. Se for usar o aplicador para massagear e espalhar bem, acabamos com 4 quilos de produto nos olhos.

Primeiras impressões: roll on clareador de olheiras Natura Chronos

Testei especialmente num dia que tive insônia – muitas contas pra pagar, Brasil! – e estava com a carinha bem cansada. Passei apenas em um olho para tentar perceber a diferença e notei que a cor dele ajuda a dar uma leve amenizada nas olheiras, mas ainda não funciona como se fosse um corretivo, mas é uma ajuda. Outra coisa que notei é que ele dá uma hidratada boa na região dos olhos, o que é sempre interessante, mas não consegui perceber uma diferença nas bolsas. Tanto no olho com, como no sem produto, a bolsa abaixo dos olhos continuou igual. Ah, vale dizer que tenho bolsas genéticas abaixo dos olhos, sou assim mesmo, independente de dormir muito ou pouco.

Se alguém já testou nas bolsas que aparecem por dormir mal e sentiu diferença na aplicação do roll-on, me conta aqui nos comentários. O “primeiras impressões” do título se devem ao fato que estou usando a poucas semanas, então não posso dizer qual é o benefício com o uso prolongado.

Primeiras impressões: roll on clareador de olheiras Natura Chronos

Claro-médio e Médio-escuro

Por enquanto posso dizer que é um bom hidratante para a região dos olhos e que a cor dele ajuda a dar uma forcinha para o corretivo, mas tratar e diminuir bolsas e olheiras, não percebi diferença.

Ingredientes da fórmula

Aqua, propylheptyl caprylate, glycerin, caprylyl methicone, ci 77891, polyglyceryl-4 isostearate, cetyl peg/ppg-10/1 dimethicone, cyclopentasiloxane, dicaprylyl carbonate, butylene glycol, dodecane, silica, caprylic/capric triglyceride, pentylene glycol, phenoxyethanol, sodium chloride, dimethicone, caffeine, ci 77492, dimethicone crosspolymer, trimethylsiloxysilicate, coffea arabica (coffee) seed extract, sodium cocoyl amino acids, stearalkonium hectorite, panthenol, schinus terebinthifolius leaf extract, propylene glycol, mica, tocopheryl acetate, propylene carbonate, ci 77491, isopropyl titanium triisostearate, disodium edta, bht, escin, lecithin, sarcosine, ruscus aculeatus root extract, peg-4 laurate, peg-4 dilaurate, ammonium glycyrrhizate, ci 77499, centella asiatica extract, potassium magnesium aspartate, hydrolyzed yeast protein, calendula officinalis flower extract, peg-200, iodopropynyl butylcarbamate, sodium citrate, tin oxide, dmdm hydantoin, tocopherol, potassium sorbate, theobroma cacao seed extract, camellia sinensis leaf extract, pentaerythrityl tetra-di-t-butyl hydroxyhydrocinnamate, maltodextrin.

Preço e onde encontrar

O roll on custa R$97,50 e pode ser encontrada com as consultoras Natura e no e-commerce da marca. A novidade está disponível em duas opções de cores: Claro-médio e Médio-escuro.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
14 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Fazia TEMPO que eu estava querendo uma base cushion para chamar de minha. Sabe, aquela que vem com o líquido embebido numa espécie de super esponja? Eis que lá nos Estados Unidos, mais precisamente no Walmart, vi essa da Maybelline para vender e não tive dúvida: comprei!

base cushion maybelline

Para ver outras resenhas desse tipo de produto que já fizemos, basta clicar aqui.

Base cushion Maybelline

Estamos falando aqui de uma base que (ainda) não chegou ao Brasil, mas levantemos as mãos para o céu pedindo que venha logo pra cá! hahahaha O nome dela é Dream Cushion Fresh Face Liquid Foundation – ufa, que nome gigante! Trata-se de uma base fácil de transportar – sem perigo de vazamentos graças à esponja que contém o produto – e, como o nome mesmo sugere, confere acabamento luminoso à pele.

base cushion maybelline

Lá nos EUA, o item está à venda em farmácias e supermercados em 8 tons (pelo que vi, tem também para peles negras, o que é super bom), sempre na embalagem de 14,6 gramas. Falando nela, vale dizer que tem espelho na tampa, um andar para um esponja de aplicação e no ~térreo~ o produto em si.

O que achei do produto

Confesso que ando levemente cansada de pele opaca, bem seca. Então a base cushion Maybelline foi tipo um sopro de ar fresco na minha vida! Ela realmente deixa o rosto luminoso, com uma carinha mais jovial, digamos assim. Sua cobertura é média, o que muito me agradou também.

base cushion maybelline

Já experimentei a aplicação dessa base de diferentes maneiras: com pincel duo fiber, com um acessório tipo beautyblender e com a própria esponjinha do conjunto. Com o duo fiber não me amiguei muito não – acho que não alcança produto suficiente na hora de pegar do pote. Já com o beautyblender o lance foi bem melhor! Ele parece concentrar melhor a base e espalhá-la de maneira uniforme pelo rosto. O mesmo acontece com a esponja própria, então esses dois últimos utensílios são meus favoritos.

base cushion maybelline

Vai dizer que ela não cobriu a vermelhidão do rosto de um jeito natural? Adorei!

A cor que escolhi – totalmente no chute, diga-se de passagem, hahahaha – foi a 15 (Ivory). Deu super certinho com a minha pele branca! Tenho usado com frequência minha Dream Cushion e gostado dela. Mas tem um pequeno porém: ela precisa de um ambiente frio pra se assentar na pele. Sabe como? Nos dias em que estava mais calor ou eu estava transpirando mais, precisei ter paciência na aplicação e lancei mão também de um pó matificante bem fininho.

Como aqui anda gelado que só, vai ser uma boa base de inverno! Mas pro verão fico meio assim, viu? Melhor aguardar cenas dos próximos capítulos! Atualizo aqui quando o sol voltar a dar as caras.

Composição e onde comprar

G986195 INGREDIENTS AQUA / WATER / EAU BUTYLENE GLYCOL DICAPRYLATE/DICAPRATE METHYL TRIMETHICONE DIMETHICONE DIPHENYLSILOXY PHENYL TRIMETHICONE GLYCERIN LAURYL PEG-9 POLYDIMETHYLSILOXYETHYL DIMETHICONE PENTYLENE GLYCOL BUTYLENE GLYCOL TRISILOXANE PEG-10 DIMETHICONE TALC MAGNESIUM SULFATE ACRYLATES/STEARYL ACRYLATE/DIMETHICONE METHACRYLATE COPOLYMER PHENOXYETHANOL DIMETHICONE CROSSPOLYMER LAUROYL LYSINE ETHYLHEXYLGLYCERIN DISTEARDIMONIUM HECTORITE TRIETHOXYCAPRYLYLSILANE ASCORBIC ACID PANTHENOL ADENOSINE PANAX GINSENG ROOT DISODIUM EDTA TOCOPHEROL CITRIC ACID [+/- MAY CONTAIN / PEUT CONTENIR CI 77891 / TITANIUM DIOXIDE CI 77491, CI 77492, CI 77499 / IRON OXIDES ] F.I.L. D184544/1

Como disse, a base cushion Maybelline está disponível no exterior apenas. Paguei $ 15,90 pela minha!

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
9 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Um dia, andando pelo Centro de Curitiba, me deparei com uma perfumaria que vendia alguns produtos interessantes, entre eles a paleta de corretivos Ruby Rose, feita para fazer contorno (se alguém se interessar, fica na Travessa Oliveira Belo, entre a Praça Zacarias e o Palácio Avenida, mas também já vi na Sul Center que fica em frente ao Paço da Liberdade – no 2o andar tem vários produtos da marca). Achei interessante porque, em geral, os produtos desse tipo são caros, e resolvi comprar pra testar.

Paleta de corretivos Ruby Rose

paleta de corretivos ruby rose

A paleta de corretivos Ruby Rose que eu comprei tem seis cores, a minha cor é a Fair, a mais clara – a marca tem outras duas em tons mais escuros, uma de corretivos coloridos e outra com 12 cores. São dois tons bege claros, um branco (ligeiramente furta-cor) e três marrons – um mais frio, um mais quente e um um pouquinho mais escuro. Eles são cremosos e vêm nessa embalagem que eu achei bem bonitinha.

corretivos ruby rose

A textura deles é cremosa e firme, sem ser muito molenga nem muito difícil de espalhar – achei ok, uma textura boa para um produto do tipo, é fácil de espalhar e o produto é bem pigmentado. Para o meu tom de pele, nenhum dos tons serve para corrigir olheiras ou espinhas, por exemplo – os tons claros são claros demais para isso e os escuros, escuros demais. Logo, eu uso para fazer contorno mesmo e achei que o produto é bem bom. Eu costumo aplicar o marrom mais cinzento (o mais claro, primeiro da esquerda para a direita na fila debaixo) com os dedos e depois dou uma espalhada com a ajuda de uma esponjinha deixar mais natural.

Como depois do produto aplicado, costumo passar uma camada fininha de pó translúcido por cima para selar bem, não tenho grandes problemas com duração. Ou seja, em geral, acho um bom produto – se você está procurando algo do tipo para fazer contorno, eu recomendo dar uma chance.

Resenha em vídeo

Para quem quer ver bem certinho como eu aplico o produto, aqui embaixo eu mostro:

E, claro, aproveita que você já tá por aqui e se inscreve lá no nosso canal – tá tendo vídeo quase todo dia, estamos preparando o conteúdo com carinho e queremos vocês por lá também!

Composição

Preço e onde comprar

Existem várias versões dessa paleta de corretivos Ruby Rose – são quatro versões com seis cores (light, que é a minha; fair e medium, além da versão colorida). A marca também tem uma paleta com 12 cores. As menorzinhas, ou seja, com seis cores, custam, entre R$ 11 e R$ 15 –  dá para comprar no site deles (vive esgotado, mas é só cadastrar o email para eles avisarem quando estiver disponível) por R$ 11.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
6 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Precisamos falar sobre Handmaid's Tale

Depois de ler algumas críticas positivas, resolvi assistir à série Handmaid’s Tale neste final de semana. Não quis nem ler muito a sinopse para não estragar a surpresa. Acho que foi a melhor coisa que fiz, porque a série me deu um soco bem no meio da cara. A história foi inspirada no livro escrito em 1985 por Margaret Atwood e no Brasil ganhou o nome de o Conto de Aia, que já está devidamente encomendado e espero que chegue logo.

Não quero dar muitos spoilers para que você tenha a mesma experiência envolvente que eu, mas a série mostra um futuro não muito distante onde os Estados Unidos é governado por um regime totalitário teocrático e as mulheres perdem seus direitos para poderem viver seu “destino biológico”. A história fica nesse futuro bizarro e também em flashes do passado que contam como as coisas chegaram nesse ponto. E acho que já estou contando demais mas no final do texto tem uns spoilers.

Precisamos falar sobre Handmaid's Tale

A série é bizarra, chocante, revoltante e ao mesmo tempo, muitíssimo possível de acontecer. Talvez não nessas proporções, mas muito possível. Senti que a liberdade de todos nós, homens e mulheres, é algo bastante frágil.  Diria que é a maior série de terror que vi na vida. Como falei ali em cima, é um soco na cara.

Elisabeth Moss está maravilhosa como Offred (literalmente Of Fred) e dá para sentir o desespero da personagem sem ela precisar dizer nada. É muito fácil se colocar na pele dela e entender, ou tentar entender, tudo aquilo que está acontecendo. É claustrofóbico e desesperador. A série tem ainda Alexis Bledel num papel que leva ela bem longe da Rory. Veja!

Até agora foram 6 episódios ao ar, cada um com 50 minutos no serviço de streaming Hulu, que não está disponível aqui. Para assistir, é necessário saber como faz para ver séries que não passam no Brasil. RISOS

Ao todo serão  8 10 episódios com a segunda temporada já confirmada. Diz que no segundo semestre, a série será transmitida pela Fox Premium aqui no Brasil.

Precisamos falar sobre Handmaid's Tale

SPOILERS

Nesse futuro próximo, os Estados Unidos está numa Guerra Civil e é governado por um grupo totalitário e teocrático onde a mulher perde todos os seus direitos. Tudo começa com um “ataque terrorista” que vai evoluindo aos poucos. Primeiro as mulheres perdem o direito de trabalhar, todas são demitidas e tem suas contas bloqueadas.

É interessante ver a cena onde June e Moira entram sorridentes num café onde o atendente, homem, trata elas com a maior grosseria do mundo. Na sequência o cartão delas não é aceito no caixa e eles acabam discutindo na loja. Na cena seguindo sabemos que esse foi o primeiro passo da “nova lei” e que o rapaz se sentiu no direito de ser estupido com elas por causa do novo governo totalitário. Alguém ai consegue fazer uma relação com o Estados Unidos atual?

Essa nova lei determina também que as contas das mulheres serão transferidas para seus maridos ou para o parente homem mais próximo. No flash seguinte vemos mulheres indo às ruas protestar e sendo recebidas com tiros de metralhadora. Ainda faltam 3 episódios para eu terminar, mas o que se segue são mulheres divididas em castas: as empregadas, as mulheres troféu, as “tias” e as aias parideiras, que são praticamente escravas feitas para ter filhos de casais inférteis. Quem não se submete, é morto. Consegue me entender quando digo que é uma série de terror?

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
35 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários