Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

5 lugares (super gostosos) para conhecer em Curitiba

Dia desses falei sobre coisas que a gente pode fazer para agradar a nós mesmas, lembra? Não cheguei a colocar no post, mas uma coisa que gosto muito de fazer é conhecer lugares novos e provar comidas diferentes. Sempre fico de olho para ver o que as pessoas andam recomendando e os lugares que estão abrindo aqui em Curitiba.

Meu exercício nessa semana que passou foi conhecer 5 lugares diferentes e te mostrar como dá sim para almoçar ou tomar um cafezinho sozinha, sem precisar ter a companhia de mais alguém, e de quebra, provar muitas coisas gostosas.

Aproveitando, aqui no blog temos uma seção chamada Em Curitiba onde damos todas as dicas de passeios, lugares para visitar e também onde se hospedar aqui. Vale a pena ver.

Marbô Bakery

Eta comida gostosa! O Marbô é um misto de padaria, confeitaria e restaurante e tem um menu diferente a cada momento do dia. Para o almoço eles servem buffet e uma opção de prato como sugestão da casa (R$40). Provei o almoço e achei delicioso, mas ainda quero voltar para o café da manhã e ver o que tem de opções por lá. Chuto que deve ser tudo maravilhoso.

R. Dr. Faivre, 621 – Centro, Curitiba – PR, 80060-140
Telefone: (41) 3121-1547

5 lugares (super gostosos) para conhecer em Curitiba

Sel et Sucre

É o restaurante que vou quando quero comer super bem – e estou podendo OSTENTAR. Tem um preço fixo de R$78 por entrada, prato principal e sobremesa com um cardápio com opções de massas, carnes e frutos do mar. Sou apaixonada pela entrada de pêra com queijo brie, nham! Como o bistrô é super pequenininho, vale reservar mesa na hora do almoço.

Alameda Pres. Taunay, 396 – Batel, Curitiba – PR, 80420-180
Telefone: (41) 3077-6647

5 lugares (super gostosos) para conhecer em Curitiba

Cookies Stores

Loja de deliciosidades que é de leitora do blog ganha muitos pontos extras (puxo o saco mesmo)! A Cookie Stores tem vários sabores de cookies – por favor, pede o de doce de leite, além de tortas, bolos e algumas opções salgadas. Destaque especial para o cookie shot, que é um cookie em forma de copinho que pode vir acompanhado de café ou leite. Vale a pena conhecer, tomar um cafezinho e aproveitar a loja que é super gostosa. Não deixe de contar para as meninas que você viu a indicação por aqui!

Rua Moysés Marcondes, 429 – loja 03 – Juvevê, Curitiba – PR, 80030-410
Telefone: (41) 3077-0601

5 lugares (super gostosos) para conhecer em Curitiba

Barista Coffee Bar

A especialidade da casa é o café, que tem várias opções de blends e modos de preparação. Mas se assim como eu, você não entende nada dessas coisas, pode dizer como gosta do seu café, que o pessoal ajuda na decisão por lá. Para acompanhar, tem opções de doces e salgados. O brownie e o pão de mel são imperdíveis.

Rua Moysés Marcondes, 609 – Juvevê, Curitiba – PR, 80030-410
Telefone: (41) 3117-2208

5 lugares (super gostosos) para conhecer em Curitiba

Cheia de Graça Patisserie

Bolos, tortas e macarrons, precisa de mais alguma coisa para te convencer a dar um pulinho por lá? Se você é uma formiguinha, como eu, com certeza vai gostar de experimentar uma fatia dos bolos lindos que tem por lá.

R. Bpo. Dom José, 2465 – Batel, Curitiba – PR, 80440-080
Telefone: (41) 3311-2604

5 lugares (super gostosos) para conhecer em Curitiba

Vídeo: 5 lugares para conhecer em Curitiba

Aqui nos post foquei em mostrar as comidas porque né. RISOS Mas no vídeo abaixo você pode ver como é o ambiente de cada lugar que comentei e ver também algumas outras opções de comidas que eles oferecem.

Se inscreva no nosso canal para ver tudo que estamos aprontando por lá, são 6 vídeos por semana!

Aqui tem um post com mais 5 indicações de onde encontrar os doces mais gostosos em Curitiba.

Claro que adoro sair com meus amigos, mas tem dias que está todo mundo ocupado ou eu mesma não estou muito no humor de conversa, e não me sinto desconfortável em sair sozinha. Pra mim é como se eu tivesse fazendo um agrado pra mim, me dando um tempinho para sair de casa e experimentar algo gostoso.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
9 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Quem acompanha a gente sabe: eu e as meninas entendemos a maquiagem como uma ferramenta super eficaz para a autoestima feminina. Além de mexer com nosso lado lúdico e ser uma forma de expressão pessoal, ela ainda ressalta pontos fortes e – por que não? – esconde aquilo de que não gostamos!

Mas a quem queremos agradar quando a usamos? A resposta para essa pergunta é absolutamente individual. No entanto, quis trazer no post de hoje alguns caminhos para incitar a reflexão a respeito do assunto em você. Antes, deixo aqui um vídeo (de cara lavada!) em que comento o tema de maneira mais aprofundada, contando um pouco da minha história!

Você e eu sabemos bem que, infelizmente, nossa sociedade ainda impõe muitos padrões às mulheres – de comportamento e também de beleza! Ou seja, parece que se não formos ou estivermos da maneira pré-definida, somos como peixes fora d’água, não nos encaixamos, não somos “femininas” o suficiente.

Isso tudo é um saco e a gente aqui no blog (ou onde mais tiver uma conversa aberta com você!) se esforça tem uns bons anos para mudar a realidade. E não somos somente nós que buscamos propagar uma nova visão sobre as coisas – ainda bem! Tem muitas outras mulheres dando enfoque a questões fundamentais sobre nosso papel social e, especialmente, nossa liberdade. E é com essa palavrinha mágica que eu convido você a trabalhar a partir de agora.

Se usar maquiagem é para você sinônimo de satisfação pessoal e de uma relação saudável com o espelho, use mesmo – e use muito! Use para ir à padaria, use para sair com as amigas, use para aquele almoço de domingo. Quando e do jeitinho que quiser, sem se importar com os outros.

Por outro lado, se passá-la é fruto do medo do julgamento alheio (“o que vão pensar quando me virem de cara lavada?”) ou da pressão social pela manutenção dos padrões (“mulher precisa ser vaidosa, feminina, bem cuidada, blá blá blá”), está na hora de repensar. Afinal de contas, mais uma vez, digo: você é livre para fazer exatamente o que quiser – e ninguém tem nada a ver com isso!

É claro que as mudanças interiores de ninguém acontecem de uma hora para outra – mas buscá-las de maneira tranquila, respeitando seu tempo, faz muito bem! Portanto, querida amiga e leitora do Coisas de Diva: seja, faça e use o que te faz feliz – e não aquilo que os outros esperam de você. Seja para ir ao supermercado com um batom vermelho lindo ou a um jantar importante de cara lavada. <3

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
6 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Outro dia Thais falou sobre autoestima por aqui e hoje resolvi pegar carona no assunto. A gente vive incentivando que você, e até nós mesmas, sejamos menos exigentes e tentemos sempre desenvolver o amor próprio. O problema é que para muitas pessoas, é difícil saber por onde começar.

Crescemos tão cheias de neuras e inseguranças que as vezes é difícil olhar no espelho e fazer uma lista decente de elogios para nós mesmas. Eu mesma já passei e ainda passo por isso. Por mais que saiba toda a teoria e que queira muito me livrar das inseguranças que tenho, tem dias que é difícil. Por isso, hoje compartilho algumas coisas que costumo fazer para me sentir melhor e desenvolver cada vez mais o amor e a admiração por mim mesma.

#1 A ocasião especial é agora

Sabe aquele perfume ou maquiagem que você só usa em ocasiões especiais? Levanta desse computador e vai passar isso agora mesmo! Sim amiga, faz esse agrado para você mesma e pare de economizar algo que gosta muito para esperar por um certo momento especial. Não tem nada mais gostoso do que ficar cheirosona ou toda arrumada só para você, só porque você merece e fim. Com perfume é ainda mais legal de fazer isso porque ele carrega uma memória olfativa muito grande, então imagina que bacana quando o perfume deixar de ser o aroma pra “ir em casamentos” e virar o aroma “para se sentir maravilhosa pra você mesma”.

#2 Reserve um tempo para usar todos os cosméticos que tem direito

Ainda nessa linha, me diz ai se você não tem uma cestinha no banheiro com uma infinidade de cosméticos? Tem que eu sei! Que tal reservar um dia para usar tudo que tem direito, de hidratante para os pés até aquela misturinha caseira que faz uma super diferença nos cabelos? Separe tudo que mais gosta e use seus produtos com calma, massageando a pele e se sentindo num spa de luxo caseiro. Se imagine dando o maior carinho do mundo pra você e para seu corpo, pensando que merece todo esse agrado, e que ele vem todinho de você mesma.

#3 Que tal um presente?

Sou contra comprar coisas o tempo todo para melhorar o humor, mas uma vez ou outra acho que vale a pena dar um agrado pra gente mesmo. Pode ser aquela roupa que já estava namorando faz tempo ou um esmalte novo, não importa o valor, o que importa é você se presentear apenas porque merece. Porque é uma mulher maravilhosa e batalhadora que tenta fazer o melhor a cada dia.

Dia desses comprei um chá gourmet que sempre amei mais achava um ABSURDO pagar R$40 por uma latinha. Agora cada vez que tomo uma xícara dele penso que foi o melhor agrado que me fiz nas últimas semanas. Valeu o investimento!

#4 Vá ver aquele filme que te deixou interessada

Vale para filme, teatro, série, livro, revista ou qualquer outra coisa que acha que pode ser interessante para você. Se dê esse tempo para aprender mais e até para se divertir. Não importa se é um artigo bacana para seu mestrado ou aquele filme bobinho de seção da tarde que te faz rir sozinha, o importante é você se dar esse tempo e esse prazer para você mesma. Pense que você está se presenteando com esse tempo para fazer apenas aquilo que quer e que te faz bem.

E nada de dizer que não tem companhia pra ir ao cinema, a companhia é essa pessoa sensacional que é você mesma. Escolha a melhor cadeira do cinema, se esbalde de pipoca e aproveite cada minuto.

#5 Café da manhã especial

Sabe aquele café da manhã especial e todo caprichado que preparamos quando a gente quer agradar alguém? Já sabe né, nesse dia, o alguém especial é você. Passe na padaria ou faça você mesma seus quitutes preferidos. Arrume a mesa ou uma bandeja de forma caprichada e tire o maior tempão para aproveitar tudo que preparou para você. Você merece tudo isso e muito mais!

Pode ser que essas coisas pareçam bobagem e que seja difícil começar a se ver dessa forma. Mas comece fazendo nem que seja no automático, com o tempo você começa a pegar o jeito e ver sim, que você é especial e que merece toda a felicidade do mundo apenas por ser quem é.

Aqui tem 10 mini receitas para um café da manhã especial que originalmente foi pensado para o Dia dos Namorados. Mas são perfeitas para a ocasião de agradar você mesma, a pessoa mais importante do mundo.

Dica extra: conhecer lugares diferentes

No vídeo tem uma dica extra com 5 lugares super gostosos para conhecer em Curitiba.

Essas são algumas coisas que funcionam para mim, o segredo é você parar para pensar quais são as coisas que poderia fazer para você mesma e que te fariam mais feliz. Pode ser qualquer coisa, o importante é que seja algo de você para você mesma.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
13 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

elogios

Essa foi uma pauta das minhas sessões de terapia pouco tempo atrás. Então já dá para imaginar que a resposta não é assim tão simples para mim, não é? E acredito que talvez possa ser do mesmo jeito para você, por isso resolvi escrever esse texto – se a gente não se abraça, como é que transforma, então?

Muitos anos atrás, costumava ir com frequência – quase todo fim de semana, para ser exata – a reuniões familiares, daquelas que têm mais adultos do que crianças/pré-adolescentes. E toda vez era uma chuva de elogios vindos de todos os lados: “Thais, que linda, você parece muito com seu pai” ou “que menina mais querida, tão educada e alegre”, entre muitos outros. Toda vez que ouvia isso, pensava: “mas nenhum menino me dá bola” ou “se fosse assim, deveria ser a mais adorada da escola”.

Ou seja, por muito tempo (talvez uma vida toda) eu acreditei que quem me elogiava só queria me agradar, porque na prática não enxergava nada daquilo. Parecia que a vida não me demonstrava a veracidade daquelas palavras todas. Era como se, para todo novo elogio recebido, mesmo como adulta, houvesse por trás uma tia mais velha dizendo coisas porque ela era bacana, mas com um pensamento distante daquele visto pela maioria – e, pior, anos-luz distante do que eu pensava sobre mim.

E tudo isso, minha amiga, é fruto de duas palavrinhas que sempre fazem muita diferença: baixa autoestima. Com elas, não há frase engrandecedora no mundo que faça a gente enxergar o que de fato é. Parecemos cegas à verdade. Supervalorizamos a crítica, justamente o oposto do elogio, para validar os defeitos que acreditamos ter. Enfim, vivemos presas a um conceito deturpado sobre nós.

A minha autoestima sempre oscilou, mas sempre dentro de um nível baixo, digamos assim. E hoje, para falar a verdade, continua dessa maneira, só que dessa vez com um quadro de melhora, o que me deixa muito feliz. Tenho conseguido olhar para tudo o que sou e o que construí de uma maneira mais carinhosa, sabe? Entretanto, sei que minha estrada é longa ainda – como adoro dizer, o importante é que estou nela, pelo menos! Antes, me via bastante sem rumo quanto a isso.

Segui uma proposta bastante interessante feita pela minha terapeuta: que a cada elogio recebido, buscasse a comprovação das palavras ditas, não a reprovação. Um exemplo: quando leio um comentário legal sobre o meu trabalho e a minha pessoa, algo feito de coração por quem escreveu, em vez de pensar “ah, que amor, mas acho que ela está exagerando porque nem sou tudo isso”, vou atrás de enxergar que sim, eu mudei bastante ao longo dos últimos anos e essa busca pela minha essência reflete à sua maneira na forma com a qual escrevo ou me apresento por aqui. Entendeu?

Achei isso muito interessante porque cada vez pude tirar a venda da baixa autoestima e perceber que, na verdade, posso não ser perfeita (e quem é?), mas tenho sim meu valor – como você e como todo mundo! Procure pensar nisso e depois me conte como reage aos elogios que recebe!

Um domingo bem gostoso para você! Até terça!

Foto: Shutterstock

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
18 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários