Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Como planejar uma viagem – ainda mais para um destino um pouco menos comum – foi a pergunta que mais ouvi nestas últimas semanas! Logo, resolvi aproveitar o ensejo para transformar a dúvida em vídeo e post por aqui. Para quem caiu de paraquedas, passei um mês de férias no sudeste asiático recentemente – passei pela Tailândia, Nepal, Laos e Mianmar. Se você perdeu, tem tudinho lá no Insta – @coisasdediva e @marinafabri.

Esse é o primeiro conteúdo pós-viagem mesmo, mais geralzão – em breve teremos vídeos de cada país com dicas específicas, combinado?

como planejar uma viagem

Como planejar uma viagem: sites úteis

A coisa que mais me perguntaram a respeito desse tópico – como planejar uma viagem – foi se organizei tudo sozinha ou com alguma agência. E foi tudo sozinha mesmo – na verdade, junto com meus dois amigos que me acompanharam nessa. É possível, sim, é só contar bastante com ajuda do nosso amigo Google. O que dizemos foi o seguinte:

Definimos as datas inicial e final da viagem, compramos a passagem internacional. Chegamos e saímos por Bangkok, na Tailândia.

Definimos os países que iríamos visitar dentro desse período. Eu já tinha ido para essa região em 2015 – na época, Laos e Mianmar acabaram ficando de fora. Logo, dessa vez foram reincluídos. E ainda adicionamos o Nepal nessa também.

Definimos o roteiro interno – quantos dias em cada lugar – com ajuda de blogs de viagem. E aí começamos a pesquisa das passagens internas pelo Skyscanner. É preciso paciência – você tem que fazer mil pesquisas até achar a melhor rota para você.

Compradas as passagens internas, já sabíamos quando estaríamos em qual lugar. Aí começamos as reservas de hotéis, tudo pelo Booking. Vale ler muitas avaliações antes de optar por um, hein? Mesmo assim de vez em quanto a gente cai em algumas roubadas. Todos os hotéis que eu indico estarão nos vídeos de cada lugar, combinado?

Para pesquisar restaurantes, usamos muito o TripAdvisor e o FourSquare. Mas contamos também com ajuda de amigos e indicações que vimos pelo Google mesmo. E, claro, andando pelas ruas e vendo o que nos apetecia.

Todos os passeios que fizemos, fechamos direto lá mesmo. O único fechado com antecedência foi o dos elefantes em Chiang Mai, no Elephant Nature Park, o santuário mais famoso da região. Se você também quiser fazer com eles, recomendo fechar antes também porque é bem disputado. Vou falar mais em breve, mas recomendo muito, viu?

 

Como planejar uma viagem: em vídeo

E, já que você está por aqui e curte nosso conteúdo, que tal dar um pulinho também no nosso canal do Youtube? Se inscreve lá, tá tendo vídeo quase todo dia! <3

Ah, em 2015 eu fiz alguns posts sobre minha viagem na época – estão aqui.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
4 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Se você está lendo este post nesta manhã de domingo, quando ele foi postado, eu estou atravessando o mundo todo pra chegar lá do outro lado: na Ásia. Tirarei um mês de férias e vou passar pela Tailândia, Nepal, Laos e Mianmar. Nem precisa dizer que estou pulando de ansiedade, né?

Já fui uma vez para a Ásia (tem alguns posts aqui) e foi o suficiente para eu me apaixonar. Que me perdoem os outros lugares do mundo, mas não há energia como a da Ásia. Essa viagem mudou quem eu sou e fez de mim uma pessoa melhor. Espero que essa segunda seja ainda melhor.

Esse era um dos sonhos que eu queria realizar esse ano. E queria tanto que me desdobrei em mil para que desse certo. Comento pouco sobre isso por aqui, mas passei esse todinho tendo dois empregos, o de blogueira e o de jornalista. Não foi fácil. Mas deu certo – como dizem, quando a gente quer, o universo ajuda. Tô indo ali e já volto!

E o blog e o canal?

Bom, quem nos acompanha há algum tempo sabe bem. O blog jamais fica desatualizado, assim como nosso canal no Youtube. Logo, os posts aqui e os vídeos lá vão continuar normalmente. Deixei tudo agendado bem bonitinho – tem muito conteúdo legal a caminho, prometo! Inclusive hoje mesmo no fim da tarde entra mais um post meu por aqui, fiquem de olho!

Deu bastante trabalho, mas esse é nosso compromisso com vocês que nos leem há quase dez anos. Então, por favor, me prestigiem (hahaha #mendigadelikes).

Dessa vez, também teremos vídeos da viagem, mas eles vão entrar só depois que eu voltar. Por várias razões como: muitas vezes a internet dos hotéis não é lá essas coisas, então não vou prometer o que não sei se posso cumprir. Além disso, também mereço um descanso, né?

Também vou atrasar um tantinho a resposta aos comentários, mas na volta coloco tudo em dia, ok?

Para saber mais sobre a viagem…

Me acompanha lá no Instagram! Estarei postando tanto na conta do blog (@coisasdediva) quanto na minha mesmo (@marinafabri).

Um beijo com carinho e até a volta,

Marina.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
9 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Semana passada estive em Goiás à convite do Rio Quente Resorts, para conhecer o lugar e participar de algumas atividades da Semana do Bem-Estar. Fiquei 4 dias lá e gostei bastante.

O resort é conhecido pelo Parque das Fontes, com suas piscinas naturais com água quentinha que vem direto do solo. É impressionante como a água é transparente e numa temperatura super morna. Adorei ficar por lá, bem de boinha, só aproveitando a água e o calorzinho.

Dentro do resort também tem o Hot Park, um parque aquático cheio de brinquedos e tobogãs, dos mais molezinhas até um super alto que nem me atrevi a passar perto. Morro de medo de altura! No vídeo abaixo tem mais imagens!

Dentro do resort eu fiquei no Hotel Turismo, num quarto que cabia facilmente uma família com criança pequena. Achei tudo limpinho e mega organizado. Parecia até que o hotel era novo, de tão bonitinho. O pessoal lá é atencioso demais, e sempre fui muitíssimo bem tratada. Ah, a jacuzona da cidade ficou encantada em ver araras e tucanos revoando o hotel no finalzinho da tarde. Até tentei tirar foto, mas não deu muito certo.

Ainda tive a oportunidade de fazer duas massagens no spa Manacá, as quais, claramente, adorei. Ficou difícil voltar para casa depois de tanta mordomia! O maior público do resort é de famílias com crianças pequenas e me pareceu bem seguro para largar a garotada para brincar, se todo mundo estiver com bóia ou colete salva-vidas – algumas piscinas são fundas!

Infelizmente não fui para as cidades próximas, pois fiquei o tempo todo dentro do resort, então não sei dizer como é o comércio na região ou como funciona a vida noturna por lá. Dentro do resort haviam alguns shows e atividades a noite, além do Parque das Fontes, que ficava aberto 24 horas por dia.

rio-quente-7

Maiô Rush Praia

Agora em setembro estava bem quente durante o dia, com a temperatura em torno de 34 graus. Dizem que no inverno não esfria muito, ficando por volta dos 25 graus.

As únicas recomendações que tenho é: leve repelente, porque os mosquitinhos não tem dó. E exagere no hidratante dentro da mala. Como a água das piscinas é quente, acaba retirando a camada natural de gordura da pele, ressecando bastante o corpo.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
18 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários