Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

kérastase hydra apaisant

A Kérastase Hydra-Apaisant é uma máscara voltada especificamente para o couro cabeludo. E, claro, produtos desse tipo em geral deixam a gente tanto curiosa quanto com calafrios de que o cabelo fique pesado e oleoso. Pois bem, eu tenho usado essa aí há algum tempo e hoje vim contar o que achei dela para vocês.

Kérastase Hydra-Apaisant

kérastase hydra apaisant

A máscara Kérastase Hydra-apaisant faz parte da linha Specifique. É um creme de tratamento renovador para todos os tipos de couro e cabelo, mesmo sensíveis. A máscara garante tratamento profundo que, além de hidratar, acalma a pele da região. Preserva o movimento da fibra sem pesar, enquanto deixa o cabelo mais brilhante, macio e suave. Seus ativos também oferecem uma sensação de frescor ao couro. Resultados: Bem estar do couro cabeludo e Hidratação.

É necessário aplicar o produto diretamente no couro cabeludo e fios úmidos, durante o banho. Depois é só massagear bem e enxaguar.

kérastase hydra apaisant

A textura dela é levemente mais líquida do que a maioria das máscaras capilares, que costumam ser mais cremosas. Ela é fácil de espalhar no couro cabeludo e, mesmo no banho, não tenho a sensação de um produto pesado, que vai deixar o cabelo escorrido e sem volume depois, sabe? Pelo contrário, ela deixa o cabelo macio e soltinho – mesmo a raiz. Ela dá aquela sensação de escova de salão, o que é sempre um efeito desejado. Além disso, eu acho que o efeito dela é duradouro – mesmo depois de usá-la, quando vou lavar novamente o cabelo, ainda sinto o efeito dos fios nas lavagens seguintes. Uso mais ou menos a cada duas semanas.

O único ponto negativo para mim, é claro, é o preço.

Composição

kérastase hydra apaisant

Preço e onde comprar

A Kérastase Hydra-Apaisant custa, em média, R$ 220. Dá para comprar em salões de beleza e algumas perfumarias que vendam produtos da marca. Online, dá para achar na Zattini.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
4 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Falar pra vocês que se tem uma coisa para a qual (erroneamente!) eu nunca dei bola, é o tal do couro cabeludo – tive quadros de caspa poucas vezes na vida e, na época, solucionei usando um shampoo apropriado para o caso. Mas aí passei a vê-lo de maneira diferente depois que participei de um workshop sobre o tema!

O evento foi promovido pela Head & Shoulders em parceria como o Hair Advisor aqui em Curitiba mesmo. Fiquei feliz que trouxeram esse conhecimento – voltado a cabeleireiros, especificamente – para cá! Mesmo que eu não trabalhe diretamente com cabelos, posso repassar informações importantes, né?

couro cabeludo

Alguns dados

A palestra que tratou o assunto de maneira mais técnica, mas ainda assim entendível, foi realizada pela dermatologista Juliana Neiva, que atende no Rio de Janeiro. Para começar, ela mostrou alguns dados interessantes da pesquisa* feita pela empresa promotora do evento:

66% das mulheres entendem que o couro cabeludo é pele; 85% das mulheres associam o aumento da autoestima aos cabelos; 54% das mulheres possuem problema de oleosidade; 52% das mulheres usam apenas um produto para o couro cabeludo.

*Não foram apresentadas mais informações sobre a pesquisa, mas acredito que foi realizada com uma amostragem correta de mulheres. As porcentagens são nacionais.

Quer dizer, né: cuidar dos cabelos (e também do couro cabeludo!) é uma coisa importante para a vaidosa mulher brasileira – basta ver o tanto de coisa sobre o tema que existe por aí!

couro cabeludo

Couro cabeludo

Mas vamos então ao couro cabeludo propriamente dito! De acordo com a médica, todo mundo tem vivendo na pele que cobre a cabeça um fungo chamado Malassezia globosa (cientistas, tá correta a forma de escrever?). O que dá problema é quando ele ganha condições para se transformar! Aí é que vem a maldita caspa, que são aqueles restinhos de pele em flocos que surgem graças ao dano causado.

É por isso que a gente precisa entender o couro cabeludo do mesmo jeito que entende a própria pele. Sabem aqueles passos para o rosto de “limpar, proteger e hidratar”? Como essa região do corpo é igualzinho. Além dos produtos da Head & Shoulders, existem outros que compreendem o tratamento adequado do couro cabeludo – vale consultar um dermato e pesquisar de acordo com cada caso.

Antioxidantes e antiglicantes (mesmas substâncias encontradas em cosméticos para a pele!) auxiliam na defesa do couro cabeludo, evitando tretas como a caspa, por exemplo.

Tanto o cabelo quanto o couro cabeludo envelhecem com o tempo! Uma das coisas que mais afetam os fios e a pele são os raios UV – existem até filtros solares para a região! Outros fatores são os maus hábitos e o calor excessivo (do secador, da chapinha, do babyliss…).

Coçar o couro cabeludo com as unhas é um crime (não foi a doutora que disse essa palavra, mas foi assim que entendi, hahahaha)! Isso porque elas causam rupturas na pele. E a renovação celular de um couro cabeludo saudável é de 28 dias, não é assim de uma hora pra outra!

couro cabeludo

Cabelos

Juliana falou também sobre os cabelos em si – porque, afinal também nascem do couro, né? Ela explicou que o folículo piloso (de onde nasce cada fiozinho) tem um ciclo de vida com início, meio e fim:

85% dos fios possuem crescimento contínuo; 14% estão em queda natural; 1% está quietinho, sem crescer nem cair.

É quando muda essa proporção que passamos a perceber diferenças no comportamento dos nossos cabelos. E aí, digo e repito: se algo está fora do normal, procurem um especialista!

Uma coisa interessantíssima que até então eu não sabia: uma vez que o couro cabeludo é todo enervado, nossos índices hormonais podem afetá-lo. Um exemplo é cortisol, fabricado como resposta a momentos de estresse. Segundo a médica, ele pode fazer com que os fios sejam expulsos do folículo piloso. Tá bom pra vocês? Vamos tentar manter a calma, hahahaha!

O calor (mais uma vez ele!) pode criar bolhas internas na raiz dos fios e fragilizá-los. Outro modo de perder cabelos é justamente pelos problemas de couro cabeludo, como a descamação e a oleosidade excessiva – não é que eles saiam pela raiz, mas quebram com mais facilidade. Falando em quebra, não preciso nem dizer que química próxima ao couro cabeludo sem a devida proteção dá chabu, né?

Ufa! Acho que é isso. Espero que vocês tenham gostado! Lembrando que estou levantando informações sobre o assunto – diagnósticos são sempre com o médico, combinado? Até porque doenças relacionadas ao couro cabeludo e aos cabelos existem muitas e cada caso é um caso!

Ilustrações: Shutterstock

PS: A Head & Shoulders é nossa parceira, no entanto, esse conteúdo não é patrocinado! Quis trazer informações colhidas no evento promovido por ela, independentemente de nossa relação comercial.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
13 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Hoje cedo no Mais Você o cabeleireiro Marco Antônio de Biaggi deu algumas dicas sobre cores de cabelos e também de alguns produtos diferentões para deixar as madeixas mais bonitas.

Mas como NAMARIA BRAGA não fala o nome dos produtos no ar – ela não quer fazer propaganda de graça! – investiguei as embalagens para saber certinho do que eles estavam falando. Também não consigo colocar o vídeo aqui no blog, mas se você quiser ver este trechinho do programa, dá para assistir neste link.

Estes foram os produtos que eles mostraram no programa:

Initialiste Kérastase – É um sérum que trata o couro cabeludo e promete  deixar os fios mais grossos, com mais brilho e mais resistentes. Ele deve ser aplicado e massageado no couro cabeludo. O preço dessa maravilha? Fora do Brasil custa em média 60 dólares.  Tem para vender no HQ Hair (mas a compra é internacional). A Vic Ceridono falou sobre a experiência dela com este produto neste post. Diz que por aqui ele custa R$340 nos salões de beleza que vendem Kerástase.

Davines Moisturising Balm – Como Biaggi disse, é um balm multiuso que pode ser usado no rosto, cabelo e corpo. Com óleo de cártamo promete condicionar e hidratar os cabelos. Também é um hidratante para o corpo e demaquilante. A marca é italiana e confesso que não conhecia ela. O valor é de R$80 e o SAC no Brasil é (11) 2538-3667. Fica aqui meu agradecimento especial a nossas leitoras que me ajudaram, pelo Facebook, a descobrir que produto era este! Tem no Strawberry, mas a compra é internacional.

Leave in Uniq One – É o que ele chamou de BB Cream capilar. O tratamento promete 10 benefícios: repara, controla o frizz, protege do calor, maciez,  protege do sol, facilita a escovação, desembaraça, mantem o penteado, previne contra pontas duplas e controla o volume. A venda por R$170. E veja só, Thais já falou sobre ele aqui no blog! Tem no BeautyBay, que também é uma loja internacional.

Orofluido Elixir – Foi o óleo que Biaggi mostrou no programa. Com óleo de argan, cípero e linho, promete leveza, sedosidade e brilho. Esse eu já usei e gostei bastante. Ele é bem parecido com o famoso Moroccanoil e também tem resenha dele aqui. Se você procura uma opção de óleo capilar mais em conta, estes dois podem ser uma boa opção. O Orofluido custa em média R$130.

*Todos os links indicados aqui são de lojas confiáveis.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
53 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários