Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Inverno chegou com tudo e aqui em Curitiba estamos revezando dias frescos, muito frios e também chuvosos, ninguém merece! O lado bom é que dá para tirar as botas do armário e garantir o quentinho nos pés. Na Oscar Calçados tem botas para todos os gostos e hoje te mostro como usei algumas delas.

Como você viu naquele meu post da semana passada, uso bota praticamente o inverno todo e vou só mudando os modelos. Uso as de cano curto e médio com calça e até com vestido, apostando numa meia calça grossa. Já as de cano longo, uso nos dias mais frios, elas esquentam as pernas e dão um visual bacana para o look.

Neste inverno, aposte nas botas! + promoção Oscar Calçados

Onde encontrar: modelo montaria acima do joelho.

Sugestões de roupas para usar com botas

Aproveitei as últimas semanas para tirar algumas fotos das roupas que usei. Ainda bem que nesses dias não estava assim tãooo frio aqui em Curitiba, então dava para usar um casaco um pouco mais leve durante o dia. A noite é o momento que o vento vem gelado mesmo, então precisei reformar os casacos nessa hora.

Neste inverno, aposte nas botas! + promoção Oscar Calçados

Nessa foto estou usando o modelo montaria acima do joelho, legging, blusa e um casaco leve de lã. Se esfriasse mais um pouco, já tinha um bolero a postos no carro, para colocar por baixo do casaco e esquentar mais os braços. Usei essa roupa para tomar um café e resolver algumas coisas referentes ao apartamento. Até na obra eu fui com ele.

Neste inverno, aposte nas botas! + promoção Oscar Calçados

No dia que fui almoçar fora, usei o modelo envernizado com salto grosso com meia fina,  macaquinho e um casaco leve, mas como tenho pés gelados, usei também uma meia mais grossa, que acabou complementando o visual da bota. Parece que a meia é uma extensão dela, veja só!

Neste inverno, aposte nas botas! + promoção Oscar Calçados

Neste inverno, aposte nas botas! + promoção Oscar Calçados

Para passear no domingo, a aposta foi o modelo de bota com cano curto e fivelas, que também usei com legging, uma blusinha listrada e casaco de lã comprido. Praticamente uma gótica suave. RISOS

Lista de desejos: botas para todos os gostos por menos de R$100!

Além desses que te mostrei acima, na Oscar Calçados tem uma infinidade de modelos de botas, para todos os gostos e todos os bolsos, várias estão até em promoção! Dando uma olhada por lá, selecionei mais alguns modelos que me parecem lindões e também bastante confortáveis.

Neste inverno, aposte nas botas! + promoção Oscar Calçados

Links: Modelo 01 | Modelo 02 | Modelo 03 | Modelo 04 | Modelo 05 | Modelo 06

Liquida Oscar

Neste momento a Oscar Calçados está em liquidação, então os preços das botas que já estavam bons, estão ainda melhores. Tem um monte de modelos com desconto por lá, inclusive estes que estou usando nas fotos!

Você pode ganhar uma bota igual a minha!

Neste inverno, aposte nas botas! + promoção Oscar Calçados

Além da liquidação, a marca preparou uma promoção muito legal para nossas leitoras. Lá no blog da Oscar Calçados está rolando um sorteio de uma bota igual a minha! Corre lá no blog deles e se inscreva. Você pode se inscrever até dia 03 de agosto de 2017 e a pessoa ganhadora da bota será anunciada lá mesmo no blog da Oscar. Dá um pulo no blog e não deixe essa oportunidade passar. Imagina que massa a gente de bota igual!

O resultado foi encerrado e a ganhadora foi Daniella Soares Freire. Você encontra o resultado aqui.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
9 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Curitiba pode ser bem fria e existe até uma piadinha na internet com nossa fama de reclamões do inverno. Mas para quem pretende congelar as canelas em terras curitibanas, lá vai meu super guia expert de quem nasceu, vive a vida inteira aqui e também é a pessoa mais friorenta que você vai conhecer.

#1 Nosso tempo é meio louco

É meio piada mas muito verdade, temos todas as estações do ano num dia só. A manhã pode começar fresquinha, o meio dia ser um calorão e a noite você precisar de casaco pesado. Curitiba é isso ai!

Normalmente temos um inverno bem frio, onde a temperatura pode chegar a zero graus, mas isso também depende a cada ano. Por exemplo, semana passada tínhamos temperaturas chegando a agradabilíssimos 20 graus onde dava para andar de meia calça fina, camiseta e casaco leve sem problemas.

Já nessa semana, estamos num frio de lascar e o pessoal está andando completamente encasacado nas ruas com luva, cachecol e touquinha. Teve dias que chegamos aos 3 graus e quase morri de frio dentro de casa mesmo. Por isso, meu conselho é, veja a previsão do tempo poucos dias antes de vir para cá, nunca se sabe se estará um friozão lazarento, fresquinho ou até semi calor.

Visual para almoçar: bota de cano longo, casaco quentinho e lenço.

 

#2 Aposte nas camadas

Como exemplificado no tópico anterior, Curitiba é uma caixinha de surpresas, então minha dica é, se vista em camadas e esteja preparada para tudo. Eu costumo me vestir assim: calçado fechado, calça, camiseta, casaquinho/blusa, casacão. Conforme vai esquentando no meio do dia, vou tirando os casacos, se for esfriando, vou colocando peças por cima.

Nos dias muito frios, complemento tudo isso ai com meia calça forrada por baixo da calça e um casaquinho forrado por baixo do casacão. Essa dica das camadas é boa porque a gente não precisa comprar peças especialmente para o inverno e vai usando o que já temos em casa.

#3 Segunda pele e meia calça forrada

A verdade é que a gente não tem muitas roupas que sejam feitas especialmente para o friozão e que sejam acessíveis e fáceis de encontrar. Normalmente só encontramos roupas forradas ou com tecidos mais tecnológicos em lojas de material esportivo, e que costumam ser bem caras.

Por isso, o negócio é tentar dar um jeito reforçando as camadas de roupas para os dias muito frios. Uma boa pedida é usar meia calça grossa por baixo da calça e procurar por um body quentinho ou casaco térmico para usar por baixo da roupa.

Teve uma época que a gente achava meia calça forrada de Fleace na Renner, mas nunca mais vi. Negócio é procurar pelas meias de lã ou as de 100 fios para cima. Por aqui a gente até encontra essas meias grossas em shopping, mas não sei como é no resto do Brasil.

 

#4 Não precisa usar calça sempre

Essa dica meio que complementa a anterior. Dependendo da temperatura, dá sim para usar saia, vestido e shorts com meia calça. A espessura da meia vai depender de quão friorenta você é. Não tenho aqui uma tabela com a variação de fios versus temperatura, mas como você já imagina, meia de fio 15 é super fininha e não esquenta nada. Já a meia de fio 130 é mais grossa, e pode manter as pernas longe do vento em temperaturas um pouco mais baixas.

Por aqui todo mundo usa meia grossa, daquelas que não ficam transparentes na perna, e não temos problema algum com isso. Isso é bastante comum em cidades frias e que a gente se cansa de usar calça jeans todo dia.

Na foto abaixo, estou com uma meia de fio 50, que esquenta bem pouco – quase nada – e pode ser ok para temperaturas por volta de 15-20º durante o dia e para ambientes fechados. Para o friozinho da noite, ela só serve se você ficar num lugar abrigado. Se a ideia é ficar na rua, você vai precisar de uma meia bem mais grossa se não quiser passar frio.

Look para passear no shopping! O vestido é de alcinha, mas por baixo de tudo tem um bolero de lã para fazer as vezes de “manga” por baixo do casaco. #truques

 

#5 Cachecol, luva e touca

Esses anexos parecem frescura, mas para quem pretende visitar os parques em dias abaixo de 10 graus, o melhor é proteger todas as partes do corpo possíveis. Cachecol, luva e touca podem te manter mais quentinha e mais preparada caso vente bastante.

Vídeo: dicas para enfrentar o frio

Neste vídeo eu falo sobre algumas dicas da vida real para enfrentar o frio de Curitiba e também mostro alguns exemplos de looks com a ajuda de nossas leitoras, que são as melhores do Brasil!

No nosso canal tem 6 vídeos na semana, se inscreva para não perder nenhum conteúdo.

Peças que acho essencial para o frio de lascar

Beleza, você conferiu a previsão do tempo e realmente vai estar muiiiito frio por aqui, o que considero por volta dos 10º graus para baixo. Nesse caso, para ficar bastante tempo na rua e passear nos parques, seria bom você ter:

  • uma bota;
  • uma calça ou meia calça muito quentinha e forrada de preferência;
  • um casaco pesado e que te esquente bem;
  • uma blusinha estilo segunda pele, térmica ou de lã bem grossa;
  • cachecol;
  • luva;
  • algo para proteger as orelhas.

 

Onde achar: 01. Casacão | 02. Blusa | 03. Calça | 04. Meia Calça | 05. Gorro | 06. Bota | 07. Blusa

Algumas dessas peças são da AMARO, que tem coleções mensais e também tem sapatos, body feminino, bolsas e tênis, disponível na guide shop e no site da Amaro.

Aqui você encontra mais dicas de como se vestir no frio e neste post pode ver mais looks para usar em Curitiba.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
15 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

O meu quadro Sessão Pijama no Youtube (estreia amanhã!) rendeu até uma dúvida bastante específica: que roupa usar para parecer mais ~adulta? Quem me enviou o e-mail foi a Fernanda, que tem 25 anos, já tem mestrado na área dela e dá aulas! Puta orgulho dessa mulher, hein? <3

Achei que a questão se encaixava melhor num post do que num vídeo, por isso, estoy aquí! hahahaha Já até falei sobre roupas boas para quem dá aulas, mas sinto que esse dilema é um pouquinho diferente e sei que muitas de vocês também passam por ele – infelizmente.

Acho um SACO que a competência da gente seja medida pela idade aparente (por isso o til na frente do adulta!). Lembro bem de quando era recém-formada, mas bastante competente no que fazia – sim, minha autoestima profissional sempre foi muito boa, hahahaha! Agora, sério, eu sentia mesmo que já tinha uma cabeça e uma postura bacanas pro trabalho naquela época.

Só que isso não parecia suficiente para ninguém porque tinha cara de novinha. Lembro de chegar em situações profissionais em que precisava entrevistar um presidente de empresa, por exemplo. Queria MORRER quando o funcionário – e quase sempre era homem mesmo – dele dizia, ao chamá-lo: “fulano, tem uma MENINA aqui querendo falar com você”. Me revirava inteira de ódio.

Por isso, comecei a mexer no meu guarda-roupa em função da vida profissional. E já errei muito por pensar que credibilidade era usar salto alto e terninho sem-graça. O grande lance é que a gente possa, sim, ser a gente mesma, imprimir nossos gostos pessoais e ainda assim parecer mais ~adulta. Mas nada substitui uma atitude assertiva, de quem entende do que está falando, claro!

Pensando em tudo isso, vou dar algumas dicas para quem mora no calor, como a Fernanda, que é lá do Mato Grosso, e para quem mora no frio, como eu. Bora!

Roupa de trabalho no calor

Minha opção #1 de look é um pouquinho mais sóbria, mas bem chique

Trabalhar no calor é dose, mas é a realidade de muita gente por aí! Ao mesmo tempo em que rola a preocupação de não revelar demais o corpo (aquela hiper-sexualização básica da mulher que ainda acontece muito, infelizmente!), a temperatura alta pega. Minha primeira sugestão são os vestidos, bem fáceis de usar – a gente não precisa pensar muito com eles!

Os de malha são super confortáveis, porém, quase sempre não tão elegantes para um ambiente mais formal como um escritório ou uma sala de aula. Por isso, minha dica é investir em tecidos planos, aqueles que não esticam, que ficam estruturados no corpo, sabem? Mesmo que eu ache uma besteira a preocupação com o comprimento, melhor se forem na altura do joelho, pelo menos. As versões midi também são lindas. Se houver vontade de equilibrar as proporções, basta contar com um saltinho.

A combinação #2 é com vestido branco e um toque de cor

Importante ficar de olho também nas modelagens: podem ser do tipo tubinho, em A, evasê… Tudo depende do que a pessoa em questão gosta ou se sente melhor usando! Quanto às estampas, fica interessante usar as geométricas e até uns florais mais “crescidos”, como esse. Lacinhos, babados e frufrus em geral costumam deixar a gente com mais carinha de menina!

Nos pés, vale sandália rasteira ou alta, sapatilha, scarpin. Os saltos podem ser grossos para dar mais conforto, especialmente no caso da Fernanda, que fica mais tempo de pé. A atenção com os acessórios também é bacana – por exemplo, se o vestido for liso, dá pra investir num colar poderoso. Pessoalmente, acho que tem alguma coisa de muita credibilidade em usar relógios, mas isso pode ser só pira minha, hahahaha! Pulseiras, anéis, brincos, tudo isso é bem-vindo, desde que possam exprimir algo mais contemporâneo e menos romântico.

Ah! A Fernanda falou também que sofre com o vai-e-vem do ar-condicionado. Um complemento ideal para vestidos planos são casaquinhos leves, curtos ou compridos, de tricô fininho. Sabem, tipo cardigã? Funcionam bem! Um cinto por cima deles, na altura da cintura, fica excelente para acentuar a forma.

Roupa de trabalho no frio

Sério, dá até vontade de voltar a trabalhar fora só pra usar o visual #3

Sobre trabalhar no frio eu entendo bem! hahahaha Aqui, continua a ideia dos tecidos planos, especialmente em peças de alfaiataria, como calças e blazers. Mas ninguém precisa combinar os dois, não, isso é coisa do passado! Dá até para comprar em conjunto, mas usando cada coisa em separado.

Calças em alfaiataria ficam bonitas com camisas (incluindo estampadas), blusas soltinhas com aquele tecido que imita seda e também com tricôs. No caso das duas primeiras, é bacana colocá-las por dentro das calças, deixando tudo mais arrumadinho. Por cima de qualquer um dos tops, um casaco de lã, tipo sobretudo, fica excelente – o ar estruturado é super conveniente para o caso colocado aqui!

O que vai nos pés depende do modelo da calça. Se ela for reta, pantalona ou flare, o lance são os saltos (botas, scarpins). Se ela for afunilada embaixo ou skinny, rola muito usar com uma sapatilha de bico fino, que dá um tom mais formal do que aquela de bico redondo.

A prova de que blazer + calça jeans foram feitos um para o outro no look #4

Sobre os blazers, vejo que eles ficam maravilhosos quando usados com calças jeans. Para deixar o visual mais sóbrio, a dica é que o modelo não tenha rasgos/lavagens/enfeites, mas que seja um jeans básico, monocromático, em azul (independentemente do tom). Sobre acessórios, o mesmo que disse ali em cima está valendo. O que não vale é sentir como se a gente estivesse usando uma fantasia!

Caramba, esse post já tá enorme! hahahaha É duro montar um ~guia pra quem deseja usar roupas que passem a ideia de experiência/competência, porque as variáveis são infinitas. Por isso, digo à Fernanda e a vocês: busquem referências, observem, conheçam a si próprias! Alguns modelos podem ser usados como base, mas quem dá o toque final são vocês.

Espero ter ajudado!

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
21 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários