Shampoo sólido Jumping Juniper Lush

Sabrina Olivetti POR Sabrina Olivetti
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: Resenha
Curte aqui:

Lembra que havia comentado que Lush abriu uma loja em São Paulo? Pois nesta semana foi a loja virtual brasileira que começou a funcionar. Agora as meninas do Brasil todo podem experimentar os produtos da marca. Neste post tem todos os nossos queridinhos da Lush.

Como sou uma grande entusiasta de produto diferentões, comprei numa viagem este shampoo sólido. A versão Jumping Juniper promete controlar a produção de sebo e deixar o couro cabeludo bem tratado. Ele tem lavanda, que teoricamente acalma, e óleos essenciais antibacterianos de alecrim para a limpeza e maciez do couro cabeludo. Os óleos de limão e limão siciliano servem para dar brilho e fechar as cutículas capilares, permitindo que os cabelos tenham mais luminosidade. Tudo isso foi o que me convenceu a testar nos meus fios oleosos.

Para usar é preciso fazer uma espumona com a barra de shampoo nas mãos (foto acima) e depois passar no cabelo. Parece que não vai dar certo, mas depois que a espuma encosta nos fios, ele se comporta como um shampoo normal. Nem dá para perceber a diferença! Não é necessário passar a barra diretamente nas madeixas, mas se quiser, não tem problema.

Ele faz uma quantidade normal de espuma e limpa bem o cabelo. Depois da lavagem dá para sentir que não tem resquício de nenhum produto nos fios.

Depois de usar o shampoo. O batom é o Pander Me da MAC.

Eu gostei do Jumping Juniper, mas meus fios não ficaram incrivelmente diferentes de quando uso um shampoo normal (aqui tem algumas opções que gosto). Como em terras brasileiras ele custa R$42, acho que não vale o investimento. Se fosse mais em conta, indicaria pela curiosidade de testar algo diferente.

Lista de ingredientes: Sodium Lauryl Sulfate, Decocção de Lavanda, Decocção de Alecrim, Óleo essencial de Junípero, Óleo Essencial de Limão, Óleo Essencial de Limão Tahiti, Citral, Limoneno*, Perfume, Colour 60725.

Shampoos que já usei e deram certo no cabelo oleoso

Sabrina Olivetti POR Sabrina Olivetti
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: CabelosResenha
Curte aqui:

Quem tem cabelo oleoso sabe como é o problema: shampoos normais deixam os fios pesados, já os específicos costumam ser tão adstringentes que deixam o cabelo ressecado. A vida não tá fácil, Brasil!

Já testei um monte deles e hoje te mostro os que mais deram certo para minhas madeixas. A maioria não é específico para o cabelo oleoso, mas deu certinho pra mim, que além de tudo, tenho fios bem finos.

Shampoo Volume Boost Schwarzkopf: Ganhei da Priscilla, nossa leitora, acredita? Adoro como deixa meu cabelo soltinho sem ressecar.

Shampoo Uso Diário Vitória Régia L’Occitane au Brésil: Também limpa bem sem estragar os fios. O aroma dele é uma delícia e me lembra carambola. Fiz a resenha completa neste link aqui.

Shampoo Purificação Argiloterapia Nativa Spa Boticário: Estou testando faz umas 2 semanas e gostei da sensação refrescante que deixa. Parece louco né, mas curti! Não pesa e nem é adstringente demais.

Shampoo Brilho Extremo Pantene: Já faz um tempo que testei mas lembro que deu bem certo nos meus fios. Ele é transparente, o que dizem ser interessante para cabelos oleosos. Também já fiz resenha dele.

Shampoo Arginina Elseve: Achou que não ia falar dele, né? A linha não foi feita especificamente para cabelos oleosos, mas tanto o shampoo como o condicionador são minhas apostas seguras para deixar o cabelo bonito.

Agora é sua vez de me dizer qual o shampoo que gosta mais de usar no seu cabelo oleoso, fico no aguardo de dicas!

Shampoo e Condicionador So Pure Keune

Thais Marques POR Thais Marques
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: CabelosResenha
Curte aqui:

Contei no nosso Instagram (pra quem ainda não nos segue, é @coisasdediva!) que estive na Academia BLZ, da Keune Curitiba, para uma tarde de beleza e aprendizado sobre cabelos. Foi bem bacana e lá pude conhecer uma linha nova da marca, a So Pure Keune!

Acabei ganhando de presente o shampoo e o condicionador da família Calming, destinada a pessoas com o couro cabeludo sensível, mas que pode ser usada em todo tipo de fio. Como meu cabelo é normal (descobri isso no diagnóstico capilar que fizeram em mim lá), comecei a usar sem medo e agora conto pra vocês como está sendo a experiência.

O shampoo é transparente e sai por meio de um buraquinho na parte superior da embalagem. Não há tampa, mas sim um dispositivo que, ao ser levantado, permite a liberação do produto. Ele faz espuma na medida certa e, ao usar, sinto os fios limpos, mas com uma sensação esquisita de aspereza.

Isso passa com o uso do condicionador, que dá uma amolecida boa nos cabelos. Massageio bem e eles ficam soltinhos e macios. Infelizmente, não consigo de jeito nenhum curtir o aroma dessa dupla – é um cheiro de floresta, meio amadeirado, que não agradou muito meu nariz. O bom é que logo ele sai e não deixa muitos resquícios, por isso continuo usando os produtos normalmente.

Keune 12

O resultado não me deixou tão maluca quanto o que senti usando a máscara Repairing, também da Keune (vejam meu surto psicótico de amor aqui). Pra falar a verdade, o shampoo e o condicionador são ok, mas nada de espetacular. A não ser que esteja falando com as alérgicas, porque não contêm sulfato e parabeno, o que é bem legal!

Tem também a questão de todos os ingredientes serem naturais, mas aí vai do quanto cada uma acha esse detalhe importante, não é? O valor do shampoo é R$ 94,00 (250 ml) e do condicionador é R$ 104,00 (200 ml). Tem também versões menores de ambos, com 50 ml, que saem mais barato e são boas para quem quer testar antes de investir mais pesado!

Shampoo e condicionador Vitória-Régia L’Occitane au Brésil

Sabrina Olivetti POR Sabrina Olivetti
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: CabelosCosméticosNacionalResenha
Curte aqui:

L’ Occitane au Brésil complementou em março sua linha Vitória-Régia com este shampoo e condicionador de uso diário, ambos indicados para todos os tipos de cabelos. Esta linha é aquela fabricada no Brasil e que tem um preço mais amigo que os outros produtos da marca. A marca deu uma bola dentro com essa coleção brasileira!

Uma das características mais marcantes de L’Occitane é o aroma, sempre gostoso e aparecido. Nestes dois lançamentos não é diferente. O shampoo e condicionador tem cheirinho fresco, que me lembra carambola, bastante suave, mas que deixa o cabelo perfumado levemente por um tempo.  Uma delicinha para meus nariz que adora aromas fresquinhos.

O shampoo é transparente e faz bastante espuma. Já o condicionador tem uma textura cremosa, quase líquida, mas não é daqueles que com uma passada dos dedos já desembaraça os fios. Precisa de uma certa paciência para desfazer os nós do cabelo durante o banho. Por outro lado, ele não deixa o cabelo pesado ou escorrido.

Antes e depois de lavar o cabelo.

Meu cabelo é oleoso, fininho e bem lisão, não gosto de produtos que deixem os fios lambidos e grudados na cabeça. Por causa da super oleosidade da fábrica petroquímica no meu couro cabeludo, preciso lavar o cabelo todo dia, para este fim achei os lançamentos bem bons. O lado ruim mesmo é que o condicionador não desembaraça os fios tão rapidamente.

Os preços sugeridos são: shampoo  com 300ml – R$ 35,00 e condicionador com 300ml – R$ 39,00.

P.S.: Flagrante de Lady, minha assistente nas fotos. Segundo ela, estava tudo bem debaixo do banquinho.

Quer ver o conteúdo mais antigo? Navegue em posts anteriores!
Página 2 de 1512345