Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

shampoo antirresiduos phytoervas

Ahá, falei que tinha ficado devendo a resenha do Shampoo Antirresíduos Phytoervas, então aqui está ela:

Shampoo Antirresíduos Phytoervas

O Shampoo Antirresíduos Phytoervas promete limpar profundamente os fios e o couro cabeludo sem ressecar ou danificar os cabelos, deixando-os leves e brilhantes. Ele não tem sal, sulfato, corantes nem parabenos. A fragrância dele é de lima da Pérsia.

shampoo antirresíduos phytoervas

Ah, a Phytoervas não testa em animais e a fórmula desse shampoo também é vegana.

Resenha: o que achei dele?

Bom, pela foto já dá para ver que ele não é um shampoo transparente (que, normalmente, costumam ser os que limpam mais profundamente), certo? Ele é meio esbranquiçado e tem a textura bem leve, mais líquida do que a maioria os shampoos. Além disso, a fórmula dele não tem sulfatos, que são conhecidos por serem bem potentes na limpeza (e também são os ingredientes que removem resíduos de óleos minerais ou parafinas), ou seja: ele é um shampoo antirresíduos mais suave.

shampoo antirresíduos phytoervas

E ele realmente é mais leve do que a maioria dos shampoos desse tipo que eu já usei – mas isso não é uma crítica, pelo contrário. Para mim, ele é muito bom justamente porque não resseca muito meus fios, que já tem tendência a serem mais secos por conta da descoloração. Eu acho ele bem eficiente, deixa os fios soltinhos e bem limpos. Eu costumo usá-lo a cada dez ou 15 dias, depende da minha vontade ou se acho que meu cabelo está precisando – uma coisa que sempre faço é tentar usá-lo no dia que eu quero fazer babyliss, porque produtos muito hidratantes deixam os fios mais lisos ainda (porque ficam muito macios e “escorridos”), e esse acaba ajudando a dar mais textura.

O perfume eu acho bem gostoso, é suave e bem cítrico, acho que combina com esse tipo de produto – contribui ainda mais para a sensação de “limpeza pesada”, hahaha.

Composição e onde comprar

shampoo antirresíduos phytoervas

Dá para encontrar o Shampoo Antirresíduos Phytoervas em farmácias, perfumarias e supermercados – o frasco de 250 ml custa em média R$ 15.

 

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
26 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Na última resenha que fiz sobre shampoo e condicionador, rolou uma polêmica engraçada nos comentários. Disse que tinha ficado feliz porque o frasco do primeiro era maior, mas algumas meninas escreveram que preferem duplas com maior quantidade do segundo. E vocês, já pararam para pensar nisso?

Eu acho que esse impasse tem a ver com o quanto cada pessoa usa mesmo. Eu, por exemplo, acabo usando mais shampoo porque, dependendo do grau de sujeira dos fios, lavo duas vezes. E o condicionador uso só nas pontinhas – tenho tendência à oleosidade na raiz! Soma-se a isso o fato de os meus cabelos serem médios, ou seja, não vai muito.

Fui pesquisar para ver como as marcas andam apresentando seus produtos – o que descobri é que a esmagadora maioria vai pelo caminho das quantidades iguais ou do shampoo com mais ml que o condicionador (para minha alegria). A verdade é que o ideal seria que os dois acabassem sempre juntos, né?

shampoo e condicionador

Shampoo Eudora (250 ml) | Condicionador Eudora (200 ml) | Shampoo Nativa SPA (250 ml) | Condicionador Nativa SPA (200 ml) | Shampoo Mahogany (400 ml) | Condicionador Mahogany (300 ml) | Shampoo Korres (250 ml) | Condicionador Korres (200 ml) | Shampoo Wella (250 ml) | Condicionador Wella (200 ml) | Shampoo Keune (250 ml) | Condicionador Keune (200 ml)

Por isso, fica meu apelo às amantes de mais condicionador do que shampoo: como é que vocês se viram, mulherada? Dividam nos comentários quais são as marcas que fabricam frascos maiores do segundo produto usado nos cabelos! Ah, e aquelas perguntinhas básicas: quem não liga para isso? E quem é como eu, que prefere mais shampoo?

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
69 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Desde que eu usei meu primeiro shampoo sólido da Lush eu adoro esse tipo de produto! Tanto que eles foram os escolhidos para minha nécessaire nas duas viagens que fiz esse ano – a primeira para a Ásia, em novembro, e a segunda para o Atacama, agora em janeiro. E o eleito para minha mala do deserto foi o Shampoo Sólido Honey I Washed My Hair, que eu mostro hoje aqui para vocês.

shampoo sólido honey i washed my hair

Já tinha mostrado aqui antes o Braziliant, lembram? Naquela época, ele ainda não tinha chegado à loja brasileira, mas agora já chegou – experimentem se puderem, o cheiro é delicioso!

Shampoo Sólido Honey I Washed My Hair, Lush

O Shampoo Sólido Honey I Washed My Hair tem perfume que mistura caramelo, laranja doce e bergamota. Ele promete dar brilho e maciez aos fios.

shampoo sólido honey i washed my hair

A barrinha é tipo um sabonete e a forma de usar também é parecida. Você molha ela no banho e esfrega nas mãos e depois passa a espuma no couro cabeludo. Você pode passar a barra direto no cabelo, tanto faz.

Resenha: o que achei dele?

Sempre me dou super bem com os produtos da Lush, então levei o Honey I Washed My Hair para minha viagem sem nem testar antes – e gostei muito! Apesar da descrição dizer que ele tem perfume de caramelo, eu achei o aroma bem mais suave do que o esperado (adoro caramelo, mas achei esse bem gostoso também). Deve ser por conta da mistura com os óleos de laranja e bergamota.

Agora sobre o shampoo em si: assim como o Braziliant, que eu já tinha testado antes, ele faz uma espuma super densa, é super fácil de espalhar nos fios. Achei que ele limpa super bem e deixa os fios soltinhos com suavidade (o que era algo importante para mim durante a última semana, já que o clima no deserto é bem seco).

shampoo sólido honey i washed my hair

A única coisa chatinha, mas necessária, dele, é que você precisa deixá-lo secando um pouco antes de guardar de volta na latinha, ou ele fica tipo um sabonete que ficou na água, sabem? Ou seja, molenga. Ah, eu comprei essa latinha na própria Lush, ela tem o tamanho certinho do shampoo e eu não tinha outra, mas obviamente você pode guardar em outra latinha ou numa saboneteira normal.

Composição e onde comprar

A barrinha de shampoo sólida custa R$ 45,70 e dá para comprar nas lojas da marca ou pelo site deles – é bom lembrar que, como comentei lá em cima, ele rende bastante mesmo. Roubando a conta lá do blog da Pripoka, acho que vale a pena, sim – “os shampoos sólidos tem tamanho de 55g (que equivalem a 600ml de um shampoo líquido, cerca de 80 lavagens). Se você fizer os cálculos, sai R$7,00 por 100ml, o preço um de shampoo de farmácia”.

Ingredientes: sodium lauryl sulfate; óleo essencial de bergamota; óleo essencial de laranja; linalool; cinnamal; citronellol; lilial.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
25 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários