Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Sempre que faço resenha de alguma base, o pessoal pede para compará-la com alguma outra para saber qual é a melhor base para comprar. As vezes isso é possível, porque tenho as ditas aqui, mas algumas bases que já testei faz tempo já vencerem ou acabei dando para alguém, então colocá-las lado a lado fica complicado.

Por isso no post de hoje farei um resumo de resenhas de algumas das bases que já testei, ressaltando alguns pontos interessantes delas. Assim você pode ver o resultado na pele e escolher qual acha melhor. Ah, vale dizer que moro em uma cidade frio e trabalho em casa, então todas essas bases duram o dia todo no meu rosto. 

Você vai ver que algumas fotos são antigas, de quando eu ainda não tinha uma câmera boa para fazer resenhas, mas vamos relevar esse detalhe. 🙂

Bases de alta cobertura e opacas

Base de Alta Cobertura Quem disse, Berenice?

Comparando opções: qual é a melhor base?

Cobertura de média para alta, acabamento seco e opaco, não craquela e nem marca os poros. Ela não tem cheiro forte e não esfarela ao longo do dia. Percebi que passando um lenço com força no rosto, ela transfere um pouco. Ao longo do dia minha pele não ficou nem mais, nem menos oleosa que o normal.

Vale dizer que ela não sai nem com água e nem com sabonete, então você precisa de um demaquilante bifásico ou bem potente para tirar completamente a base Alta Cobertura do rosto. Achei que para mim, ela acabou marcando um pouco as linhas de expressão perto dos olhos, por ter esse acabamento mega opaco.

Comparando opções: qual é a melhor base?

Sem maquiagem, com base e maquiada.

Preço: A base 30 ml custa R$61,90, está disponível em 10 cores e pode ser encontradas nas lojas e no e-commerce da marca.
Resenha completa neste link.

Base Ultimate Finish Vult

Comparando opções: qual é a melhor base?

Base de alta cobertura, acabamento opaco, textura bem espessa e cobre bastante as manchas da pele. O acabamento é opaco mesmo, mas não chega a controlar a oleosidade. No finalzinho do dia, meu rosto brilha da mesma forma de sempre, lembrando que tenho a pele oleosa.

Como ele é espessa e bem mate, marca um pouco meus sinais de expressão, principalmente ao redor da boca, por isso é importante não pesar a mão e usar uma quantidade pequena de produto no rosto. Passando um lenço na pele, a base transfere um pouco. Não notei alteração de cor na foto com flash e nem senti nenhum cheiro forte no produto.

Comparando com a base de Efeito Matte da própria Vult, essa tem maior cobertura e efeito ainda mais opaco.

Comparando opções: qual é a melhor base?

Sem nada, com a base e maquiada (sem pó).

Preço: A base da Vult custa em média R$40 com 26 ml e está disponível em 7 cores em farmácias e lojas de cosméticos. Online tem aqui.
Resenha completa neste link.

Base SuperStay Maybelline

Comparando opções: qual é a melhor base?

A base é espessa e tem cobertura média/alta. Um fator negativo é que ela não tem válvula pump, ela é fácil de passar e permite espalhar bem antes de secar no rosto.

Logo que seca, a base dá uma textura matificada na pele, fica bem opaca mesmo. Na primeira vez que usei, acho que exagerei na quantidade e senti que ela marcou muito as linhas de expressão e deixou os poros bem evidentes. A sensação ao toque é de como tivesse algo sobre a pele, mas ela não pesa e nem fica peguenta. Passando um lenço no rosto, a base transfere um pouco.

Depois de de seis horas de aplicação, minha pele começou a brilhar, mas a base em si não é oleosa e nem piora a situação.

Comparando opções: qual é a melhor base?

A cor que a assessoraria mandou ficou escura demais para mim. Essa da foto é a Nude Light.

Preço: A base custa em média R$48 com 30 ml.
Resenha completa neste link.

Base Lock-It Tatoo Kat Von D

Comparando opções: qual é a melhor base?

Na prática essa alta pigmentação resulta em uma base potente, daquelas com alta cobertura e que, se não usada com cuidado, deixa o rosto com aparência meio artificial. Toda vez que vou usar a base me assusto com a cobertura dela e fico bem louca tentando espalhar super bem.

É uma base potente que parece que gruda na pele e sem eu conseguir espalhar bem. No final das contas a aparência na pele fica pesada. Achei que a Lock-it  não aumentou e nem diminuiu a oleosidade normal da minha pele e também transfere bem pouco.

Resumindo, é uma base boa para quem gosta de bastante cobertura e acabamento opaco, mas tenha cuidado na aplicação para não ficar com a aparência pesada demais. E seja rápida na hora de espalhar, porque depois que ela seca, não sai mais!

Comparando opções: qual é a melhor base?

Preço: Custa R$249 com 30ml.
Resenha completa neste link.

Bse Velvet Contém 1g

Comparando opções: qual é a melhor base?

Com cobertura alta, é super espessa e cobre bem as manchinhas da pele. Precisa de bastante cuidado ao espalhar, pois como ela tem bastante cobertura, se deixar de passar em algum cantinho, o descuido vai acabar ficando bem aparente. O toque também é sedoso, como prometido pela marca. Ela não fica brilhando e nem adiciona oleosidade à pele.

Achei que a base marca bastante as linhas abaixo dos olhos.

Comparando opções: qual é a melhor base?

Preço: Cista R$195 com 30ml.
Resenha completa neste link.

Ultra HD Make Up For Ever

Comparando opções: qual é a melhor base?

Quando comecei a me interessar mais seriamente por maquiagem, a base HD da Make Up For Ever foi minha primeira aquisição mais cara – a promessa de alta cobertura e textura seca havia me convencido. Senti que ela continua sendo uma base robusta de grande cobertura, mas com o passar dos anos, acho que não é mais o que eu busco. Ela ficou pesada demais na minha pele, dá até para ver ela marcando em volta do nariz e nas linhas de expressão.  A textura no rosto é opaca, mas dá para sentir que tem alguma coisa sobre a pele quando a gente toca com os dedos.

Ah, escolhi a cor errada! A R230 ficou um tom mais claro do que minha pele. Para comparação, uso C2 da MAC.
Resumindo: é uma base com grande cobertura e opaca, mas que não controla a oleosidade da pele ao longo do dia. Meu rosto começou a brilhar normalmente ao longo do dia. Eu prefiro as bases com acabamento mais natural e menos pesadas.

Comparando opções: qual é a melhor base?

Preço: R$210 com 30ml
Resenha completa neste link.

“Tá, Sá, entendi, mas quero saber qual é a melhor!” Veja bem, entre todas essas, acredito que têm a mesma proposta e um resultado semelhante no rosto. Eu escolheria aquele que tem a cor mais parecida com minha pele e o preço mais acessível.

Bases de cobertura média

Base Matific Natura Una

Comparando opções: qual é a melhor base?

Textura líquida/cremosa, fácil de passar, acabamento médio, opaca, mas sem ser craquelenta marcando poros ou artificial. Pelo contrário, a pele fica com cara de bonita, de bem acabada, quase com um efeito de blur que o tal do Blur Me!, da própria Natura, não entregou nem de longe. Transfere um pouco quando passado um lenço no rosto.

Ao longo do dia, notei que minha pele demorou um pouco mais para começar a brilhar. Para quem tem pele oleosa, busca por acabamento médio e matificado mas de maneira natural, essa é uma base para chamar de sua.

Comparando opções: qual é a melhor base?

Sem maquiagem, com base e maquiada.

Preço: A base Matific de Natura Una com 30 ml custa R$62 e está disponível com as consultoras da marca e na Rede Natura.
Resenha completa neste link.

Base Cushion Make B. Boticário

Comparando opções: qual é a melhor base?

Deixando de lado o fato que a cor é completamente errada para mim, achei a textura no rosto genial. A base é cremosa, fácil de espalhar e um pouco só de produto já cobre o rosto com uma cobertura de média para alta. Depois de espalhada, ela deixa o rosto semi opaco e aveludado. A sensação é de leveza, não senti aquele toque grudento ou melecado. Assim como não senti acúmulo de produto e nem efeito craquelado, que normalmente as bases mais opacas deixam. Ela transfere um pouco ao passar leve de lenço ou tecido no rosto.

Passando ao meio dia, só senti meu rosto começar a brilhar por volta das 21h da noite. Para quem tem pele oleosa, essa base é uma ótima opção. O porém são as poucas opções de cores e o preço salgado.

Comparando opções: qual é a melhor base?

Sem nada, com a base e maquiada. Sim, a cor da base está BEM errada, mas é o que temos para hoje. ?

Preço: A Base Cushion de Make B. Boticário custa R$124 com 17g e está disponível em 3 cores: Bege Claro, Bege Médio e Mel. Acredito que para mim, a cor mais adequada seria a Bege Claro. Você encontra a Base Cushion nas lojas Boticário de São Paulo e no e-commerce da marca. Ainda este ano a novidade chega em todas as lojas do Brasil.
Resenha completa neste link.

Base Liquid Powder Dermage

Comparando opções: qual é a melhor base?

Textura bem leve, super líquida, tem cobertura média, não tem a textura semi siliconada, não esfarela. A sensação na pele é de cobertura aveludada, não pegajosa, não oleosa e sem brilho. Logo que aplicada, a base deixa a pele semi mate e ao longo do dia ajuda a controlar um pouco o brilho do rosto. Vale dizer que ela não craquela nas linhas de expressão.

O acabamento na pele é natural, não parece que estamos com algo no rosto, entende? A pele fica uniforme e com as manchas disfarçadas.

Comparando opções: qual é a melhor base?

Sem nada, com base e maquiada.

Preço: A base Liquid Powder da dermage custa R$110 e está disponível em 5 cores nas lojas e e-commerce da marca.
Resenha completa neste link.

Base Efeito Matte Vult

Comparando opções: qual é a melhor base?

A textura é cremosa, mas fácil de espalhar e não esfarela. Assim que absorve, deixa um toque seco no rosto, sem ficar pegajosa ou com sensação oleosa. Ela transfere caso passe um guardanapo com certa força na pele. Mesmo sendo uma base de efeito mate, ela não deixa o rosto com aquele acabamento super opaco, quase craquelando na face. Pelo contrário, minha pele fica sem brilho, mas natural, como se não tivesse nada sobre ela.

O único ponto que acredito que possa ser uma decepção para as meninas de pele oleosa é que a base não ajuda a controlar o brilho do rosto. No final do dia, minha testa brilha como sempre.

Comparando com a base de Ultimate Finish da própria Vult, essa tem menor cobertura e efeito menos opaco.

Comparando opções: qual é a melhor base?

Sem nada, só com a base e maquiada (sem pó por cima).

Preço: A base de Efeito Matte está disponível em 8 cores. A que eu comprei é a Bege 03, para comparação uso C2/C3 da MAC. Esta eu paguei R$28 (26ml).
Resenha completa neste link.

Base Pure Makeup Maybelline

Comparando opções: qual é a melhor base?

A base tem consistência de creme, não sendo nem muito líquida nem muito grossa, tem boa cobertura e espalha sem dificuldades. Não mancha, não esfarela e não acumula nos cantinhos do nariz ou abaixo dos olhos, por exemplo. Mas assim que seca, ela dá uma aparência levemente opaca à pele, mas sem ficar completamente matificada, como algumas meninas gostam.

De modo geral achei uma base bem interessante, tanto pela cobertura como pela textura e sensação que deixa na pele. Mas ela não segura o brilho do rosto o dia todo.

Comparando opções: qual é a melhor base?

Preço: A base custa em média R$38 com 30ml.
Resenha completa neste link.

Base Normaderm Teint Vichy

Comparando opções: qual é a melhor base?

Bastante líquida e assim que é espalhada na pele já seca com efeito mate. Precisa ser rapidinha na hora de passar para a base não ficar manchada. A cobertura é média e gostei bastante da forma como uniformizou o tom do meu rosto. Só que ela não é milagrosa, lá pelo final da tarde a pele já está brilhando novamente, não que a base deixe a pele mais oleosa, mas também não segura a oleosidade natural.

Comparando opções: qual é a melhor base?

Preço: Em média R$90 com 30ml.
Resenha completa neste link.

 

Bases de cobertura baixa

Base Fit Me! Maybelline

Comparando opções: qual é a melhor base?

Base bastante líquida, fina, acabamento bem opaco no rosto. Não é grossa e nem craquela, o acabamento é natural e leve. A cobertura também é leve, achei que nesse sentido, ela poderia ser um pouco mais potente. Notei também que ao longo do dia meu rosto foi ganhando aquele brilho natural da pele oleosa. A base não chegou a controlar a oleosidade pelo dia todo, entende?

Mesmo sendo mate, senti que a Fit Me! não dá uma aparência artificial na pele, mas para mim que tenho cicatrizes e marcas de espinhas, a cobertura dela foi baixinha demais.

Comparando opções: qual é a melhor base?

Sem nada, com a base e maquiada.

Preço: A base custa em média R$38 com 35 ml e deve estar chegando nas drogarias e lojas de cosméticos de todo o país. Online tem aqui e aqui.
Resenha completa neste link.

Fusion Ink YSL

Comparando opções: qual é a melhor base?

A base é levíssima e depois de aplicada proporciona uma sensação de pele aveludada e sem brilho. Ela não é oleosa, nem pegajosa e não transfere. Mas como é a proposta deste tipo de base, tem cobertura bastante leve.  Ela uniformiza o tom do rosto, mas não chega a cobrir minhas manchas e nem a controlar a oleosidade do rosto.

Para as bases YSL, uso a cor BR30 que tem fundo rosado. Como comparação, uso C2/C3 da MAC.

Comparando opções: qual é a melhor base?

Preço: A base custa R$349.
Resenha completa neste link.

Lingerie de Peau Guerlain

Comparando opções: qual é a melhor base?

A base é bem fluida, praticamente líquida e bem fácil de espalhar. A cobertura é média e um tanto mais transparente que eu gostaria. Como tenho manchinhas avermelhadas no rosto, gosto das bases que tem um pouco mais de cobertura. Visualmente ela fica opaca, sem brilho algum, bem sequinha e também transfere pouco ao longo do dia.

Notei que o acabamento é bem natural, quase não se percebe que tem base no rosto e sim que a pele parece naturalmente mais uniforme. A cor que comprei foi a Rose Clair e acredito que o tom ficou bem bom, para comparação, sou C3 na MAC.

Comparando opções: qual é a melhor base?

Preço: Por aqui ela é vendida por R$290.
Resenha completa neste link.

 

Bases que não são opacas

Base Le Touche Eclat YSL

Comparando opções: qual é a melhor base?

Textura leve, depois de aplicá-la no rosto, a base fica praticamente imperceptível, você não consegue notar que tem algo sobre a pele, só percebe que a cor está mais homogênea e o rosto mais iluminado. Porém, uma outra característica muito marcante desta base é que ela é “iluminadora”, por assim dizer. Ela deixa a pele com um certo brilho, que não é nem cintilante e nem brilho de oleosidade, mas a pele não fica opaca ou matificada.

A base é bem líquida, espalha fácil e transfere um pouco. É minha base preferida entre todas que já usei.

Preço: A base custa R$319.
Resenha completa neste link.

Veja aqui um post com as melhores bases que já testei para a pele oleosa.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
47 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Hoje te mostro a nova base Alta Cobertura da quem disse, berenice?. Vamos lá! Essa vai especialmente para a Camila Sabino que pediu “com olhinhos brilhando” por essa resenha. 🙂

Base Alta Cobertura quem disse, berenice?

Base de alta cobertura

Segundo a marca, a base tem alta cobertura, não transfere, é resistente à água e suor, tem efeito mate, com FPS15 e hidratação por até 24 horas. São 10 opções de cores, a que testei foi a número 02, que deu certinho na minha pele.

Base Alta Cobertura quem disse, berenice?

Resenha: o que eu achei da base de alta cobertura

Normalmente as bases de alta cobertura são mais grossas né, essa da QDB não é diferente e tem uma textura um pouco mais cremosa que as bases líquidas mais transparentes.

Todas as cores na ordem de 01 a 10. Eu usei a 02.

Senti que a cobertura dela é média, não TÃÃÃO GRANDE assim, como eu imaginava. Mas por outro lado, o acabamento na pele é bastante opaco, sem brilho nenhum, como as pessoas de pele oleosa costumam gostar. Ela não craquela e nem marca os poros, o que é uma coisa bastante positiva. Mas para quem procura uma cobertura 100% para todas as manchinhas, talvez possa se decepcionar principalmete por causa do nome dela.

Ela não tem cheiro forte e não esfarela ao longo do dia. Percebi que passando um lenço com força no rosto, ela transfere um pouco. Ao longo do dia minha pele não ficou nem mais, nem menos oleosa que o normal.

Base Alta Cobertura quem disse, berenice?

Vale dizer que ela não sai nem com água e nem com sabonete, então você precisa de um demaquilante bifásico ou bem potente para tirar completamente a base Alta Cobertura do rosto. Não consegui fazer o teste nem no calor e nem com suor, culpa dessa cidade gelada, mas imagino que a base se manterá firme e forte nos dias quentes.

Sem maquiagem, com base e maquiada.

Achei que para mim, ela acabou marcando um pouco as linhas de expressão perto dos olhos, por ter esse acabamento mega opaco. Por causa disso, gostei mais da base Matific da Natura que mostrei ontem aqui. Acho que a da Natura deixou minha pele mais bonita. Comparando, acho que ela se assemelha bastante com a Ultimate Finish da Vult e a base mate da Mary Kay.

Resenha em vídeo da base Alta Cobertura

Para ver tudo isso ai em movimento e até com a aplicação da base no rosto, é só dar o play.

Se inscreva no nosso canal.

Ingredientes da fórmula

Base Alta Cobertura quem disse, berenice?

Preço e onde comprar

A base 30 ml custa R$61,90, está disponível em 10 cores e pode ser encontradas nas lojas e no e-commerce da marca.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
65 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Eu sei, eu sei, somos minoria. Mas algumas meninas têm me pedido indicações de bases para pele seca e sensível – até já fiz um post uma vez sobre isso por aqui, mas ele é antigo, então achei que valia um novo, com mais indicações.

Uma coisa importante para se dizer sobre meus preferidos nessas categorias – BB Creams, bases e protetores com cor para pele seca – é que a grande maioria deles não é voltada especificamente para peles secas. Alguns acredito até que funcionem para todos os tipos de peles. Mas são produtos que funcionaram super bem para mim, que uso há tempos, então vai que funcionam para você também, né? Vamos?

Bases para pele seca e sensível

Liquid Halo, Smashbox

bases para pele seca

Minha favoritona, amo essa base! A Liquid Halo é uma base feita com tecnologia sensível à luz – ela tem pigmentos cobertos de gel que simulam filtros fotográficos para minimizar imperfeições. Ela promete uma aura de luz líquida (ou ‘liquid halo’) para realçar a pele mas sem cobri-la – é por isso mesmo que gosto, ela iguala a pele, mas não forma máscara.

BB Cream Missha

bases para pele seca

Comprei esse BB Cream porque fiquei intrigada com ele – é de uma marca coreana, e mesmo assim estava entre os favoritos das leitoras aqui do blog. Paguei para ver e comprei. Passei uns dias me batendo com ele, achando a cobertura pesada demais e pouco natural… Depois acabei pegando o jeito e entendi o porquê de tanto amor: com um pinguinho mínimo, já dá para cobrir todo o rosto e o acabamento fica ótimo! Me conquistou também.

Vitalumière Aqua, Chanel

bases para pele seca

Adoro essa base! A Vitalumière Aqua é indicada para todos os tipos de pele, é muito leve, feita à base de água, e promete ser ‘como uma segunda pele’. Até hoje nunca conheci ninguém que não gostou dela.

Maybelline Wonder Nude

bases para pele seca

A Wonder Nude ainda não existe por aqui, mas se for viajar, procure! Quer dizer, se você gosta dessas bases que são mais líquidas e dão acabamento mais leve e natural, procure mesmo. Se prefere mais cobertura, talvez não goste tanto. Ela é similar a algumas bases bem caras, como a Armani Maestro e a Miracle Air de Tent (que eu cito mais lá para baixo).

BB Cream Latika

Outro sobre o qual já falei mil vezes (não é jabá, não, viu, gente? É bom mesmo o negócio) é o BB Cream da Latika. Tem cobertura muito boa, funciona para mim e funciona para a Sá também, que tem pele oleosa. Ou seja, ótima pedida.

Episol Color

bases para pele seca

Se você tem pele mista ou oleosa, é bem provável que não curta o Episol Color – já vi várias meninas reclamando dele. Para mim, funciona super bem – para um protetor solar com cor, acho a cobertura dele bem boa e gosto do acabamento mais natural.

CC cream Dermage

Apesar de ter usado poucos produtos deles até hoje, eu adoro as coisas da Dermage! E arrisco dizer que esse CC Cream é meu favorito – tanto que usei o meu até a última gota! Ele tem textura ultrafina e promete pele hidratada, iluminada e prevenção de rugas.

Miracle Air de Teint, Lancôme

bases para pele seca

Uma coisa triste, tristíssima, sobre a Miracle Air de Teint é que: eu, num momento desastrado, derrubei e quebrei o potinho :(. Até hoje não comprei uma nova porque tenho muitas outras para usar (e a bichinha é cara, né?), mas continuo amando. Essa é outra que tenho a impressão de que funcionaria também para quem tem pele mista/oleosa – vejam na embalagem que ela promete acabamento ‘matte glow’. Parece meio maluco mas acho que é isso aí mesmo – ela fica sequinha, mas ainda deixa a pele com viço. Gosto porque ela é bem leve e fininha.

E aí, ajudei?

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
30 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Base Matific Natura Una FPS 15 cor Tom Medio 4

Rapaz, ultimamente as coisas nem chegam a estar a venda ainda, mas nossas meninas já estão a postos por aqui pedindo resenha. Isso que é confiar na nossa opinião, hum! Não tenho nem como agradecer tamanha confiança no Coisas de Diva. <3

Esse foi o caso da Base Matific Natura Una, que mal começou a ser vendida mas já recebeu uma chuva de pedidos de resenha, entre eles está o da Miriã Andrade e da Carolina Rabelo, que pediram para que eu mostrasse a novidade. Então para essas duas lindezas e para todas as outras pessoas de pele oleosa que acompanham este blog, cá está ela.

Base Matific Natura Una FPS 15 cor Tom Medio 4

Confira o resumão que fiz por aqui com todos os produtos que mais gosto para a pele oleosa.

Base Matific Natura Una

Feita para pele normal à oleosa, tem acabamento mate, cobertura média e promete controlar e reduzir a oleosidade da pele ao longo do dia. Com FPS15, está disponível em 18 cores. A que testei é a Tom Medio 4, que deu certinho para mim. Como comparação, uso C2 da MAC.

Resenha: o que eu achei da base Matific de Natura Una

Você sabe bem o quão exigente sou nas resenhas, não é? É muito difícil rasgar elogios para algo, mas dessa vez, rapaz, Natura acertou em cheio na base.

Base Matific Natura Una FPS 15 cor Tom Medio 4

A textura dela é líquida/cremosa, fácil de passar e seca num tempo bom para espalhar no rosto todo sem grandes problemas. O acabamento é médio – note que ainda dá para ver minha espinha na bochecha, mas o resto das marcas ela até cobriu bem.

Na pele, a base Matific fica opaca, mas sem ser craquelenta, marcando poros ou artificial. Pelo contrário, a pele fica com cara de bonita, de bem acabada, quase com um efeito de blur que o tal do Blur Me!, da própria Natura, não entregou nem de longe.

Base Matific Natura Una FPS 15 cor Tom Medio 4

Ao longo do dia, notei que minha pele demorou um pouco mais para começar a brilhar. Mas preciso dizer que está fazendo bastante frio aqui em Curitiba. Então não sei como ela se comportaria no calor e com suor. Você que mora numa região quente, não deixe de nos dar suas impressões sobre esta base aqui nos comentários.

Para quem tem pele oleosa, busca por acabamento médio e matificado mas de maneira natural, essa é uma base para chamar de sua.

Entre essa base e a Cushion do Boticário, escolheria entre preço e cores, porque ambas são muito boas. Entre essa e a Fit Me!, prefiro esta por ter maior cobertura. Entre essa e o BB Cream da Latika, acredito que ambas tem a mesma cobertura, mas esta da Natura tem acabamento mais seco. Vai do freguês escolher se goste da base mais seca ou mais iluminada.

Ingredientes da fórmula

Base Matific Natura Una FPS 15 cor Tom Medio 4

Preço e onde comprar

A base Matific de Natura Una com 30 ml custa R$62 e está disponível com as consultoras da marca e na Rede Natura.

Atualização:

A Louise, nossa leitora, decobriu o esquema de cores da base:

Quando exposta ao sol, sua pele fica:

Rosada: dificuldade em se bronzear. Use bases com fundo rosado em tons frios.
Neutra: não fica corada nem bronzeada facilmente. Use bases com fundo rosado e amarelado em tons neutros.
Bronzeada: se bronzea facilmente. Use bases com fundo amarelado em tons quentes.

Cores com subtom rosado: claro 2, médio 4, médio 8, castanho 4, castanho 10, escuro 4 e escuro 10
Cores com subtom neutro: claro 6, médio 6, castanho 6 e escuro 6
Cores com subtom quente: claro 4, médio 2, médio 10, castanho 2, castanho 8, escuro 2 e escuro 8

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
125 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

×