Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

momento perfeito

Esse post está sendo escrito numa terça-feira à noite. Agora são nove e pouco. Tô aqui, sentada no breu do meu escritório, pensando na vida (pra variar). Os dias têm sido corridos – um milhão de demandas que caíram no meu colo de uma vez só que vão BEM além do trabalho.

Em momentos como esse, me coloco a pensar que as coisas todas deveriam acontecer uma de cada vez. Pra evitar épocas tão loucas assim, sabe. Pra que eu tenha a chance de respirar um pouquinho. E pra que depois não precise existir aquela rotina sem-graça, sem novidade, sem muita cor.

Mas nunca é assim, né. A vida gosta de cair em cima da nossa cabeça quando ela bem entende. Simplesmente não dá para ficar esperando o momento perfeito de agir – tem que agir, e tem que agir agora. Por vontade própria ou por obrigação, é o que temos pra hoje (e pra sempre).

Pra sempre? Então é aí é que me bate aquela resolução de que eu tanto preciso – e sempre me esqueço. Nesse vai-e-vem é que a gente de fato está vivendo. Não foi ontem e não vai ser amanhã, afinal. Botar a cabeça no momento presente ajuda mesmo a desopilar.

Se o mar traz um monte de coisas, que bom. Se nada vem, que bom também. Temos que saber aproveitar. O tempo só existe um mesmo. Melhor viver o que há hoje – e o que há sempre tem de bom e sempre tem de ruim. Não dá para a gente escolher.

Se você, nessa segunda-feira (que para mim, agora, é futuro), sentiu que queria se colocar em frente ao tempo e escolher o momento perfeito para fazer as coisas, pare e pense no que acabei de escrever. Talvez você só precise se deixar levar – e curtir cada segundo do que existir.

Foto: Shutterstock

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
11 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários
Nos conte o que tem a dizer

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
O que nossas divas já nos disseram
  1. Natalia

    Caraca, Thais, vc sempre acerta. Meu deus! haha Tive exatamente essa conclusão ao terminar a meditação na aula de yoga hj. E vale lembrar que estamos em lua nova, recomeçando um novo ciclo, ótima fase para iniciar mudanças. O meu pensamento foi justamente aceitar que eu não tenho controle das coisas. <3 Esse post veio quase que como um sinal de que estou no caminho certo. Obrigada mais uma vez! E como já falei aqui. Juro que se morasse em Curitiba, te chamaria pra uma cerveja. hahaha

  2. Thais vem ca e me da um abraço….
    Seja minha amiga
    Quando vai lançar o seu livro heim???
    beijos

  3. Priscila

    É isso, por tanto tempo eu vivi o futuro e não era feliz…
    Agora tento ao máximo viver o presente, pq o futuro não sabemos como será

  4. Oi, tava dando uma olhadinha na minha mente?
    heheheheheheehehe

    Obrigada por responder algo que eu n tinha tido coragem de perguntar ao Universo!

    Bjoooos

  5. Mari

    Tento, diariamente, aceitar isso. Há 5 anos atrás tinha a vida toda certinha e programada. Queria fazer minha casa e viajar. No meio da obra levei um duro golpe no trabalho (e perdi metade do salário), até hoje não terminei a casa (mas já consigo morar), quanto mais viajar, três pessoas da minha família tiveram câncer (felizmente estão superando)… Nunca tive vontade de ter filhos, até que na minha última consulta a ginecologista começou a falar de gravidez, dos riscos, e de repente parei pra pensar no assunto… Ás vezes acho que quero, às vezes acho que não. Também não tenho uma relacionamento estável adequado pra isso. E financeiramente também não é a hora. Mas, e se passar da hora? E se eu mudar de ideia e não puder mais? De uma vida tão “nos eixos” agora parece que vivo numa montanha russa descontrolada… Rs Mas, vamos vivendo! 🙂

  6. lurdes

    Ótima reflexão. Estou em uma fase muito louca da minha vida. Cheia de mudanças, e junto vem as indecisoes,a insegurança, ansiedade e etc…

  7. Márcia Daniella

    Let it be <3

  8. Miriã Andrade

    O meu sobrenome é ansiedade e insegurança, e eu preciso trabalhar muito isso em minha vida. Os seus textos sempre me ajudam a enxergar a vida de uma outra maneira, amo! <3