Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Lembro que nessa mesma época do ano passado eu sentei para escrever um dos primeiros (se não o primeiro!) texto desse tipo que eu postaria por aqui. Tinha chegado em Paris há uns três meses e estava feliz por estar realizando o sonho que era morar numa cidade que eu amo, estudar uma coisa que eu gosto, aprender tantas outras coisas, conhecer gente incrível… Como eterna pessimista, estava curtindo também encerrar um ano numa boa e sem me sentir angustiada. Hoje, um ano depois, já de volta ao Brasil, me vejo aliviada por estar na minoria que não reclamou da demora para acabar 2015 ou fez piadas sobre o quão péssimo foi esse ano (juro, há dias que uns 90% dos posts que vejo no Facebook se resumem a isso, hahaha).

Se a gente parar pra pensar, todo esse ritual de ano novo não significa mais do que o início de um novo dia. Mas o início de um novo dia num ano novo é o encerramento de um ciclo, uma boa oportunidade para pensar em tudo que foi legal, no que não foi e no que a gente quer mudar. E foi pensando nisso mesmo que me perguntei o que tinha mudado – já que essa época do ano costumava me deixar mal humorada e angustiada. E a verdade é que nada mudou: posso ter me mudado de país, de casa, de hábitos, mas a essência continuou a mesma. Continuei com os mesmos amigos (e ainda somei mais alguns, ainda bem!), a mesma família, o mesmo trabalho… Fui eu que mudei.

A foto fofa é da Marina Viabone

As coisas ruins também continuam acontecendo de vez em quando – infelizmente é inevitável. Mas percebi que direcionar meu foco para os meus próprios objetivos e meus sonhos me fez uma pessoa melhor: isso ocupou meu coração e minha cabeça de uma forma que fez com que me sobrasse pouco tempo para me importar com coisas que hoje vejo que eram irrelevantes. Parei de perder tempo debatendo sobre a vida de outras pessoas com as quais não me importo. Parei de dar atenção à pessoas tóxicas que reclamam muito e acham tudo ruim. E, por fim, tentei me desapegar de coisas que não consigo mudar.

Tudo isso pra dizer que hoje, bem no dia do Natal e a uma semana de 2016, o que desejo para todas vocês que nos acompanharam por aqui nos últimos doze meses, é um novo ano cheio apenas daquilo que realmente importa. Cheio do que faz vocês felizes, seja lá o que for! 

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
26 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários
Nos conte o que tem a dizer

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
O que nossas divas já nos disseram
  1. Roberta Martins

    Olá Marina,Sabrina e Thais!
    Feliz Natal e um Ano Novo ótimo pra todo mundo!
    Beijos,
    Roberta.

  2. Fernanda Pasqualini

    Legal o texto Marina! Vale a reflexão!
    Feliz natal pra vcs é um excelente 2016!!

  3. Priscila

    O fb estava me deixando mais irritada e pessimista do que sou, por isso acabei deletando…a maioria das pessoas prefere focar na negatividade, e para mim o ano de 2015 foi excelente! Eu sei que estamos no meio de uma crise política e econômica, mas devemos investir nossas forças e energias para o bem.

  4. sonia

    Feliz natal meninas! Que o Rei dos reis e o Senhor dos senhores esteja sempre com vcs. O passado está no túmulo, o futuro está no ventre, o que importa é o hj! Q dia lindo Deus nos reservou! Maravilhoso 2015!Bjs

  5. Sandrinha

    Também estou nesse processo de amadurecimento em relação as pessoas e no meu modo de agir. Quero meu 2016 mais tranquilo. Feliz natal. 🙂

  6. Marina G.

    Jura que as pessoas estão achando que 2015 demorou pra passar? Meu ano passou voando e foi ótimo, várias realizações pessoais e profissionais. Claro, várias angústias também, mas estou tentando lidar melhor com essas coisas, principalmente a ansiedade.

  7. Márcia Daniella

    Lindo texto, Marina. Inspirador e sincero. Obrigada por compartilhar e Feliz 2016

  8. Amei o “textão”, sõ isso… Arrasou Marina!!

    Feliz 2 0 1 6 ;D

    Beijo.

  9. Daniele Rosa

    Haha também vejo várias pessoas reclamando deste ano, mas percebo que são essas tais pessoas toxicas que reclamam de tudo, nada está bom. Uma coisa aprendi na minha vida: reclamar menos e agradecer mais pelo que tenho, quanto mais fico feliz pelo que tenho mais coisas boas acontecem em minha vida! Outra coisa, não sair falando pra todo mundo meus planos, as coisas que pretendo fazer, sempre tem os negativos tentando atrapalhar tudo! Ah meu 2015 foi maravilhoso pois nasceu uma das pessoas mais importantes da minha vida que é minha filha!! Beijos meninas!!

  10. Jacyra

    Sei bem o que vc quer dizer e estar fora do Brasil dá uma boa dose de perspectiva de forma a vc se livrar dessa síndrome de vira lata que faz as pessoas reclamarem de tudo. Coisas boas e ruins acontecem o tempo todo e não nos definem. Tenha um bom ano!

  11. Ficou curtinho poxa 🙂

    Adorei, amiga

    O meu 2015 foi maravilhoso também

  12. Juliana Gama

    Muito legal o texto, Marina! Parabéns!

  13. Deborah

    Marina,

    Isso é bem complicado.. Meu ano pessoal foi excelente! Mas, é difícil admitir isso com tudo de péssimo que anda acontecendo no Brasil.. Acho difícil a gente de “descolar” do contexto..Nem sei se a gente deveria. Acho que se a gente se implicasse mais poderíamos mudar muita coisa no nosso país.

    Enfim, minha humilde opinião!

    Queridas Divas, um ano de muito sucesso pra vocês!

  14. Polyana

    Que linda reflexão, Marina.
    Meu ano de 2015 foi marcante, pois perdi uma pessoa muito querida.
    Mas aconteceram coisas maravilhosas também, graças a Deus. 🙂 que 2016 seja ainda melhor. Um feliz ano novo para todas nós!

  15. Fernanda Gabriela

    Meu 2015 passou voaaaando e foi uma ano bem bom no geral… Podia ter sido melhor agora no finalzinho, mas estou feliz para 2016. Acho que os problemas vem para nos amadurecer… Criança boba grande não vinga nesse mundo. Vamos se jogar nos problemas não para sofrer, mas para nos fortalecer! É isso que quero para 2016. Parar de choramingar pelas coisas ruins e encará-las de verdade e com coragem. Desejo a todas tb mta coragem para 2016. Tá difícil, mas não é para sempre. Bjsssss

  16. Patrícia

    Parabéns pelo texto, Marina! Obrigada pelas suas reflexões, sempre tão oportunas e sinceras. Feliz 2016 pra você, Sá e Marina…

  17. Heloisa Carvalho

    Xi, infelizmente eu sou uma das que teve um 2015 bem difícil, mas não sou do time que posta isso no facebook, hahaha. Estou tentando resolver sem espalhar minha vibe ruim para os outros.
    Feliz 2016!!!

    • Dal

      Somos duas:(
      Que o melhor esteja por vir, para todas nós, divas!
      :*

    • Heloisa Carvalho

      Amém!!!

  18. Gabriela Ronchi Salomon

    Parabéns pelo texto, Marina! Sempre é assim. Todos os anos há seus altos e baixos. O importante é focar no nosso bem-estar, não nos importar com a opinião ruim alheia. 😀

  19. Muitas felicidades pra todas nós Marina!
    E que 2016 seja espetacular!!!!!

  20. Ana Carolina

    Adorei! Sou do time que reclamou horrores, mas hoje vejo que sem todas as tretas que reclamei eu não teria aprendido tanto esse ano. Um feliz ano novo pra todas!

  21. Miriã Andrade

    Esse ano foi de muitas realizações para mim, meu casamento, aprovada em concurso e por aí vai. Só tenho a agradecer e comemorar e que 2016 seja muito feliz também, para todas nós! 😉

  22. Texto gostoso de ler, Marina! Gosto da sensibilidade de vocês, da sinceridade… também estava incomodada com o excesso de reclamações sobre 2015. Não vou mentir, foi o ano que eu fiquei mais DURA na vida, passei o ano todo contando moeda, mas ao mesmo tempo foi o ano que fui mais criativa pra ganhar esse mesmo dinheiro, só tô com gente bacana na vida, e muito mais resilente, assim como você. Ou seja, no saldo geral, entre tantas outras coisas boas, 2015 foi incrível. Obrigada por dividir isso com a gente.

    Tenho um blog sobre emagrecimento, perdi 25 quilos depois de um pé na bunda e de perder o emprego, uma mudança radical na minha vida, sem remédio, sem dietas radicais, quem quiser visitar é http://www.marilianaopodeparar.wordpress.com

  23. […] depois eu abri o aplicativo do blog Coisas de Diva (é de longe o meu preferido) e me deparei com esse texto da Marina Fabri, uma das escritoras lá do blog. Aí, eu já nem gosto de escrever, depois disso […]

  24. Vanessa

    Infelizmente, o meu ano, falando de um modo pessoal, foi bem ruim. Mas é um momento para refletir e decidir o que fazer para que 2016 seja melhor.