Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Menina do céu, você não vai acreditar, mas minha reforma chegou ao fim! Nem parece verdade, hahaha. Te falar que nesse último mês eu enchi o saco e já estava contando os minutos para ter um apartamento sem pó e sem um milhão de coisas dentro. Demorou, mas depois de 3 meses, está tudo prontinho. Quer dizer, mais ou menos, porque ainda faltam umas tomadas e instalar o acabamento das portas, mas já dá para contar como pronto, não é?

No vídeo abaixo eu mostrei tudo bem certinho, incluindo os créditos e referências de todas as coisas que estão no apartamento.

Se inscreva no nosso canal para ver os 6 vídeos que publicamos toda semana!

O fim da reforma

A reforma seguiu exatamente o projeto feito pelas meninas da UNE Arq + Design e é até engraçado ver na vida real o que foi pensado no 3D. Na sala, foi feito uma parede de tijolos de verdade e sobre ela foi passado um tipo de silicone chamado hidrofugante. Ele não dá nenhuma textura e nenhum tipo de cobertura no tijolo, fica como se não tivesse nada sobre ele, mas o produto ajuda a proteger a parede e evitar que fique caindo pozinho. A parede vai ficar assim mesmo, com essa cara bem rústica.

O apartamento é todo em tons de cinza, com algumas tintas que ficam nessa cartela e a porta de entrada é cor de rosa. Todos os créditos e referências dos produtos usados no apartamento estão nessa página aqui, que é atualizada sempre.

O piso dos cômodos é o porcelanato Hunter da Decortiles, que foi instalado com o rejunte na cor camurça.

No escritório, fizemos uma parede que imita cimento queimado usando a textura Marmorato da Suvinil na cor elefante.

Também no escritório instalei algumas tomadas com USB, que nem sabia que existia e no final das contas, até já estreei a novidade para carregar meu celular esses dias. O negócio é prático que só. As tomadas e interruptores são da linha Delta Mondo Acrilyc da Siemens.

Já o quarto tem o tom de azul acinzentado e pendentes de cimento fazendo as vezes de luminária de cabeceira. Quer dizer, é mais ou menos isso! Foi no quarto que derrubamos uma parede, tudo com o aval da engenheira, para poder aumentar o tamanho do banheiro. No final das contas, sobrou um pedacinho da área que era do armário embutido, mas esse buraco será aproveitando no meu futuro armário.

O banheiro foi o que mais mudou, ficando levemente maior e ganhando revestimentos clarinhos. Talvez você perceba no vídeo uma torneira fora do lugar, mas ela está ali temporariamente até ter marcenaria, pedra e cuba para poder instalar a torneira real oficial. O chuveiro é elétrico e é o Duo Shower da Lorenzetti, depois falo se ele deu conta do recado.

A cozinha é meu cômodo queridinho e também tem tons de cinza e branco. Assim como no banheiro, o revestimento vai até 1,60m, não existe muita explicação do porque disso, acho bonito assim. Mas de qualquer forma, é um jeito de economizar um pouquinho em revestimentos.

Na parede, o revestimento Beatles ganhou rejunte branco, já no piso, o Sixties ficou com o rejunte ecopoxi cinza. Bem sei que cozinha branca é complicada, porque a sujeira aparece muito, mas estou muito feliz com o resultado final dela. Não vejo a hora de ter os móveis prontos e começar a inventar mil coisas na cozinha. Vai ter muito bolo saindo dai, minha gente!

Azulejos
Parede banheiro – Diamante Branco AC 45×90 – Eliane
Piso banheiro – Artico Alpe AC 59×59 – Eliane
Parede Box – Neocarrara MAR AC 45×90 – Decortiles
Parede cozinha – Beatles 10×20 – Decortiles
Piso Cozinha – Sixties White 5×5 – Decortiles
Piso cozinha – Sixties Gray 5×5 – Decortiles
Piso – Hunter 19,4×118,2 – Decortiles

Próxima etapa

Além de fazer últimos ajustes, agora falta também toda a parte de marcenaria, instalar box, pedras, cubas e torneiras. Mas essas coisas dependem umas das outras, então vai mais algum tempo pela frente até eu me mudar. Mas assim que colocar meus pés definitivamente dentro do apartamento, eu volto com um tour da casa nova, que tal?

Já aviso que vão faltar móveis e eletros porque o dinheiro acabou, mas segue o baile e vou montando a casa conforme a grana for entrando. Então agora estamos eu e Thais nessa vibe de decoração de casa nova, segura essas meninas com suas casinhas novas!

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
25 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Você já sabe a historia toda do sonho de comprar meu apartamento e toda minha jornada até isso acontecer, não é? Pois quando consegui comprar o @meuapartamentinho e juntar um dinheiro para a reforma me veio um misto de alegria imensa com uma das maiores preocupações da vida. E se não tivesse dinheiro? E se não conseguisse tocar uma obra sozinha? E se me enrolarem? Como faço para contratar gente? Onde compra tudo?
Parecia que aquilo tudo era grande demais e que eu não daria conta. Até comentei aqui que “era só uma guriazinha” e levei um puxão de orelha de algumas leitoras que disseram que não, que eu era um mulherão e daria conta de tudo.

Aquele misto de alegria e preocupação.

Até já falei isso no blog, mas tenho horror de depender dos outros e nesse caso, nem tinha opção. Meu irmão trabalha o dia todo e está abarrotado com suas próprias coisas e meus pais passam praticamente a semana inteira na loja. Eu teria que encarar a coisa toda sozinha.

Eu poderia vir aqui contar uma história bonita e dizer que é tudo moleza, mas não é não. Pra começar, eu não sabia nem onde contratar pessoal, perguntei daqui e dali, peguei algumas indicações mas a verdade é que, os profissionais bons estão cheios de trabalho e mal respondem orçamentos. O que eu passei de raiva, minha amiga, você não acredita. Acho que 70% das pessoas que contatei pedindo orçamento, nem se deram ao trabalho de me responder. Passei alguns meses nessa de tentar contratar pessoal e percebi que, ou os profissionais não tinham interesse, ou os orçamentos eram astronômicos.

Foi nesse momento que comecei a ter vontade de contratar mão de obra feminina e por uma obra do universo (alguém acredita em coincidências?) o release sobre uma empresa de mulheres veio parar na minha caixa de emails. Vai conversa daqui, negociação dali e no final das contas, consegui fechar e agendamos a data da obra.

Ainda estamos trabalhando no apartamento mas o que posso concluir até agora é que não teve jeito, por mais que ficasse morrendo de medo e super preocupada com tudo, tive que abraçar esse projeto e fazer as coisas acontecerem. Passei noites sem dormir, tive dor de barriga de preocupação, fiz grandes manobras nas planilhas de orçamento e me irritei demais com um monte de coisas que simplesmente não iam pra frente. Mas também percebi que sou capaz de resolver problemas e me virar quando as coisas apertam. Se antes eu me sentia uma “guriazinha”, hoje eu vejo que sou uma mulher capaz de tocar o barco e fazer as coisas acontecerem. As coisas não foram fáceis, nem rápidas e nem tranquilas, mas aprendi a lidar com tudo e principalmente com minha preocupação, braveza e minha ansiedade. Como dizem, vivendo e aprendendo.

“Lute como uma garota”

E sobre minha mania de querer resolver tudo sozinha e gritar para o mundo que não preciso de ninguém para nada, aprendi uma lição. Certo dia precisava de pessoal para levar o carregamento de azulejos para cima e não consegui nem ajuda e nem contratar pessoal para isso. A história é longa, mas me vi diante de 2 toneladas de azulejo parados no meio da entrada do prédio. Não vou negar, tive vontade de sentar na frente daquelas caixas e chorar. Mas mais uma vez, consegui a ajuda do meu irmão, que se prontificou a carregar tudo comigo e ainda trouxe mais uma pessoa para nos ajudar. To anotando aqui no meu caderninho: pedir ajuda é ok, dona Sabrina, as pessoas ficam felizes de poder fazer algo pela gente. Lição aprendida.

E segue o baile que ainda tem piso para instalar e parede para pintar! E se alguém souber de gente procurando alguém para editar vídeos, me avisa que estou procurando uns frilas. 🙂

Vídeos: diários de reforma

A história da obra você encontra nos meus diários da reforma, a playlist com todos eles até agora estão aqui:

Se inscreva no nosso canal para acompanhar todos os nossos vídeos que são praticamente diários por lá.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
25 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Lembra no último post da reforma que o apartamento estava praticamente todo cru, quase só parede com cimento? Pois visualmente as coisas não mudaram muito, ainda não temos pintura e revestimentos bonitos, mas os encanamentos e a parte elétrica estão quase prontos. Te contar que essa parte é demorada, mas é necessária pra gente ter estrutura pra tudo funcionar bem depois.

Diário da reforma #4: agora vai!

Como meu apartamento é antigo, existiam originalmente poucas tomadas e pontos de iluminação. E em vez de fazer uma gambiarra com tomadas externas, as arquitetas resolveram colocar no projeto vários pontos novos para ninguém precisar ficar louco atrás de tomada. Então tivemos que rasgar parede, colocar novos canos, fios e a coisa toda. Isso parece bobo, mas é uma trabalheira sem fim. Dá só uma olhada na parede da sala. A gente não imagina a trabalheira que tem por trás de umas tomadas pra ver Netflix. RISOS

Diário da reforma #4: agora vai!

Também conseguimos fazer o novo encanamento para a cozinha e a nova parede do banheiro, que foi feita em drywall. Também já tem a estrutura do nicho no box e um comecinho da instalação dos revestimentos – você consegue ver isso no vídeo.

O drywall indicado para área úmidas é o RU ou placa verde, ele tem componentes hidrofugantes que conferem uma maior resistência à umidade. Também é preciso impermeabilizar o encontro da placa com o piso com polímeros apropriados.

Diário da reforma #4: agora vai!

Antes – Parede entre o quarto e o banheiro.

Diário da reforma #4: agora vai!

Diário da reforma #4: agora vai!

Depois

Nas próximas semanas devemos colocar o reboco na cozinha, terminar os revestimentos, instalar portas e começar a pintura. Guenta ai que ainda tem muito serviço pela frente! Enquanto isso eu corro daqui para trabalhar muito para ter mais dinheiro, porque o que tinha, já acabou. Curte uns publis ai, minha gente! Preciso de dinheiro. 🙂

Vídeo: diário da reforma #4

Por vídeo fica mais fácil de ver como tudo está ficando e qual o estágio da obra no momento. Dê o play para assistir.

Temos 6 vídeos por semana no YouTube, nos acompanhe por lá!

Os créditos de produtos e serviços

Para deixar a sua e a minha vida mais fácil, criei uma página fixa aqui no blog onde estou listando todos os produtos e serviços que estão sendo utilizados no apartamento. A página é essa aqui. Assim, se alguém quiser saber qual é o modelo da pia da cozinha ou qual foi a empresa que fez meus móveis, vai achar tudo nessa mesma página. Ela será atualizada constantemente.

Veja aqui da onde tirei inspiração para o projeto do apartamento.

Os créditos de todos os azulejos são:
Parede banheiro – Diamante Branco AC 45×90 – Eliane
Piso banheiro – Artico Alpe AC 59×59 – Eliane
Parede Box – Neocarrara MAR AC 45×90 – Decortiles
Parede cozinha – Beatles 10×20 – Decortiles
Piso Cozinha – Sixties White 5×5 – Decortiles
Piso cozinha – Sixties Gray 5×5 – Decortiles
Piso – Hunter 19,4×118,2 – Decortiles

Instagram do @meuapartamentinho

Criei uma conta no Instagram só para os assuntos de reforma e decoração, me segue lá no @meuapartamentinho. Já teve até sorteio por lá, veja só!

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
11 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários