Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

casa de pinterest

Quem acompanhou minha saga decorativa no antigo apartamento sabe que eu já tive uma meia parede amarela, dividida por uma espécie de friso branquinho em PVC, na sala de jantar (aqui dá para ver bem direitinho como era!). Aí, com a mudança para o novo endereço, botei na cabeça que queria fazer a mesma coisa no hall/sala de TV, só que dessa vez em rosa – geminiana é dose, não perde a chance de mudar completamente a decoração! hahahaha

O que eu não sabia é que existe um termo super procurado no Pinterest (acompanhem a gente por lá!) para esse estilo de pintura: half painted wall! Nas minhas pesquisas por referências, encontrei não somente milhões de imagens com essa ideia, mas também inspirações que incluem a porta da casa na jogada! Achei tudo tão maravilhoso que não tive dúvida: taquei tinta na parede e na porta!

Half painted wall (+ door!): referências

half painted wall

Tá, não foi exatamente assim, vai, hahahaha! Eu bem que poderia ter encarado a tarefa sozinha ou com a ajuda dos meus pais, mas confesso que andava tão cansada com as coisas da mudança que preferi contratar um pintor. Seu Osmar, minha descoberta de 2017 (quem estiver procurando um pintor caprichoso em Curitiba pode me pedir o contato nos comentários!), fez o trabalho lindamente em uma manhã. E ficou muito legal, sério. Tô apaixonada! <3

E como fazer?

half painted wall

Em primeiro lugar, é preciso definir se vai ser de fato uma meia parede colorida ou mais/menos do que isso. No meu caso, quis seguir um dos frisos do painel onde fica a televisão, de maneira que, conforme a linha se estendesse, a porta ficasse com um pedaço branco aparente. Isso acertado, começam as medições de altura a partir do chão para marcar a aplicação da fita – seu Osmar me disse que a melhor é aquela azul da 3M, porque não deixa escorrer tinta.

half painted wall

Aí é bom dar uma lixada na parede original e, em especial, na porta para começar a pintura com duas demãos (ou quantas precisar), intervalando as aplicações para secagem. Ah! E não precisa esperar muito para tirar a fita – diz que quanto mais úmida estiver a tinta, melhor! Dessa eu não sabia, para falar a verdade, mas funcionou por aqui! O bom é que dá para ver rapidinho o resultado.

O drama do rosa

half painted wall

Ok, que queria a parede e a porta em rosa eu já sabia. Na minha cabeça, o tom estava absolutamente decidido, então rumei à loja para simplesmente apontar no catálogo uma versão, digamos, materializada dele. Ledo engano. Ao olhar o catálogo, quase tive um surto psicótico, hahahaha! Tem MUITO mais tom de cor-de-rosa do que imaginava. Foi extremamente difícil escolher! Depois de muito pensar, comprei na louca uma lata de 3,6 litros do Rosa Menina, fabricado pela Suvinil.

Logo na lata, já achei a cor meio estranha, mas Deus no comando. Inquieta, pintei um quadradinho na parede para ver como ficava. Queria morrer de desgosto: a cor ficou completamente diferente! Devia mesmo ter feito a linha arquiteta e comprado só uma amostrinha de tinta, mas não, né. HAHAHAHA Como dinheiro não cresce em árvore, decidi pedir para o pintor clarear aquele rosa ~danoninho com tinta branca. Deu certo, mas lá se foram 2 litros de tinta (1 litro ele gentilmente me cedeu e o outro tive que sair correndo para comprar). Ou seja, tenho tinha cor-de-rosa estocada até 2025.

A verdade é que tinta é um treco complicado: fica de um jeito na tela do computador (naquela simulação de alguns sites, sabem?), de outro no catálogo e de um terceiro na parede. Ah, e depois de aplicada ainda muda horrores ao longo do dia, devido à incidência de luz! Ou seja, acertar não é nada mole mesmo.

O resultado

half painted wall

half painted wall

half painted wall

Meu coração diz que a parede poderia ter ficado mais clarinha, mas querem saber? Vamos nos desapegar dessas besteiras! Estou feliz de verdade com o resultado – ainda falta decorar com quadrinhos e frufrus, mas pelo menos já tem um espelho e uma prateleira com ganchos /no hall!

Se vocês se animarem com a ideia e fizerem em casa, prometam que vão marcar a gente na foto! Quero muito olhar como ficaram os ambientes!

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
15 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

casa de pinterest

carrinho de bar

Alguns realizam o sonho do carro zero, outros o sonho da casa própria… Eu realizo o sonho de ter um carrinho de bar mesmo! HAHAHAHA Como vocês sabem, comprei um na Tok&Stok (o modelo é esse daqui, ó!) e finalmente arrumei como gostaria – nesse post, compartilho algumas ideias com vocês!

Onde colocar o carrinho de bar?

carrinho de bar

Peço apenas um minuto de silêncio para minhas taças unicórnio de vinho e espumante que comprei na Tok&Stok também!

Sou da opinião de que ele deve ficar perto de onde as pessoas vão beber, ou seja, na sala de jantar ou na sala de TV. Como meu apê é pequeno, aproveitei a parte inferior do balcão que divide a cozinha americana para colocar meu carrinho de bar. Ficou bem legal ali! Só acho importante que ele não fique num lugar onde alguém possa esbarrar facilmente, porque né, tem garrafas e taças em cima!

O que pôr nas prateleiras?

carrinho de bar

Ué, toda e qualquer coisa relacionada a bebidas! No meu, tenho uma ~adega, alguns copos, uma coqueteleira (falou a musa dos drinks, hahahaha) e, claro, uns guarda-chuvinhas de papel para enfeitar porque não sou boba nem nada – comprei um pacotão na Liberdade ano passado.

carrinho de bar

Para dar um charme, aproveitei um copinho de shot que ganhei de uma amiga uma vez (reparem no MAKTUB, ele é da Irlanda <3) para colocar uns palitinhos de flamingo próprios para petiscos – ou quem sabe azeitonas pro martini? Zoeira, tenho nem copo pra isso, mas seria genial.

carrinho de bar

Esse suporte para cupcakes foi o presente mais massa que recebi nos últimos tempos (valeu, Baunie!) e, acreditem, já ganhei uns copos ideais pra pôr em cima junto. Atenção, eles têm glitter! Muito amor.

E o que mais dá pra colocar?

carrinho de bar

Então, como esse carrinho de bar tem três andares, usei o segundo para colocar aquelas xícaras de café pequenininhas, para visitas (sou muito anfitriã, mas não sei dizer a marca delas porque foram presente). Acho que fica bonitinho escolher uma bandeja para isso – a minha comprei no Condor do Cristo Rei. Essa garrafinha térmica de coelho também ganhei de uma amiga (valeu, Debs!) e usei pra enfeitar.

carrinho de bar

Do ladinho, coloquei uns guardanapos bonitos que comprei no Eataly de Roma (“NOSSA, THAIS, PARA DE SE ACHAR” – mas é verdade mesmo). Achei que meus Funkos da Madame Samovar e do Zip entrariam bem no contexto. Esses foram pedidos na Amazon e tiveram a entrega redirecionada pela Qwintry. Pra quem não viu, tem um super post da Sá explicando como funciona!

Ufa! Enfiei bastante coisa no meu carrinho de bar, mas vão dizer que ele não ficou uma graça?

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
21 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

casa de pinterest

Lembram que, há mais de um ano, mostrei como resolvi decorar minha estante (aliás, estantes, porque são duas!)? Então, lá mesmo cantei a bola de que, como boa geminiana, ia querer mudar logo, logo. E foi o que fiz! Depois que troquei os móveis de lugar, dei um up na aparência. Olhem só!

Decoração de estante

estante

As bandeirinhas com LOVE foram compradas no supermercado, mas lá nos EUA! Acreditam que foram feitas para decoração de casamentos?

Ah, vão dizer que agora o espaço não está bem mais bonitinho do que antes? Acho que um fator importante foi ter tirado todo e qualquer produto recebido do local – apesar de prático, isso gera um desconforto visual, né? Fica parecendo bagunça, não tem jeito.

Os detalhes

estante

Andei comprando uns objetos decorativos novos que ficaram bem legais na estante. Um exemplo é a Bela na versão Funko! Pedi pela Amazon com entrega na Qwintry, uma empresa que redireciona encomendas para o Brasil. Eu AMO esse desenho, mas curto a protagonista na versão pré-princesa (acho ela muito feminista e maravilhosa pra época!).

Ainda na vibe Disney, usei esse saleiro do Pato Donald (ai, ele é ranzinza mas eu adoro!) que comprei em um dos parques – acho que foi no Magic Kingdom – para enfeitar a prateleira também. Não é porque o treco é de cozinha que não dá para dar outro uso!

estante

E o Funko do Charlie Brown, minha gente, como proceder? <3 Esse é outro personagem pelo qual eu tenho um amor muito sincero – adoro o jeito loser dele, mas sempre sendo um menino bacana com todo mundo. Uma dica legal para quem curte toy art é espalhar os bonequinhos em cima de livros deitados. Fica super charmoso e bem menos óbvio do que ter todos enfileirados.

estante

E sim, minha gente, EU AINDA TENHO CDS. Por incrível que pareça, de vez em quando até compro alguns para ouvir no carro (antigamente meu som não tinha entrada USB, então criei o hábito). Agora minha coleção está organizadinha sem o suporte preto que mantinha desde, sei lá, os anos 90. O que segura tudo no lugar é uma garrafa fechada da Perrier (era uma edição especial com a Dita Von Teese).

estante

Ó, e já que falei de usar objetos não-convencionais para decoração, está aqui mais um exemplo: esse bule maravilhoso que comprei num bazar certa feita! Ele é de porcelana e fica muito bonitinho na estante. Junto, coloquei umas velinhas, um cinzeiro dourado de âncora e umas latas de doces que comprei na Itália – tenho paixão por latinhas, se quiserem me ver feliz é só me presentearem com uma!

estante

Essa de Amsterdam foi minha mais recente compra. Paguei super barato (tipo menos de 30 reais) numa casa de bolos aqui de Curitiba (não me lembro do nome, mas é onde ficava a antiga Bolos do Frei). Vinha com bolachinhas dentro – e claro que agora está vazia.

Os caderninhos são os mesmos de sempre e homenageiam minhas viagens e lugares para onde ainda quero ir – tem da França, da Argentina, da Itália… Essa prateleira ficou com uma vibe bem viajante!

estante

Bom, a foto aqui de cima mostra um pouco mais do mesmo, só que com outros livros e enfeites. Enfim, essa é minha nova velha estante! Reparem que eu não dou a mínima pra deixar tudo numa paleta específica de cores – o que faço é combinar objetos pela vibe e mais ou menos pelos tons em cada prateleira. E é isso, pessoal! Gostaram? Deu para inspirar uma mudança por aí?

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
19 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários