Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

next to nothing

Tenho pouca experiência com bases da MAC, mas já estou começando com uma novidade: a Next to Nothing Face Colour. Essa base chegou por aqui tem pouco tempo – acho que é o lançamento mais recente da marca nessa categoria.

Para quem gosta das bases da MAC, aqui tem uma comparação entre três delas – Matchmaster, Studio Fix Fluid e Pro Longwear.

Next to Nothing Face Colour

next to nothing

A Next to Nothing Face Colour promete acabamento suave e de longa duração. Isso além de aparência de uma pele radiante e iluminada. Ela é um fluído ultrassuave, com ingredientes nutritivos e microesferas que iluminam a pele. Segundo a MAC, ela hidrata e nutre a pele, melhora a aparência de linhas finas de expressão e melhora a textura da pele.

Ela é livre de óleo e indicada para todos os tipos de pele. São nove tons e os nomes não seguem a cartela NC ou NW (como acontece com a maioria das bases da marca). Elas vão de Light até Deep Dark. A minha é a Light Plus, a segunda (sempre que preciso chutar o tom, escolho o segundo, haha, normalmente dá certo). Isso equivale mais ou menos a NW20, que é o que uso normalmente.

O que achei da Next to Nothing

 

Bom, falou em base leve, que promete iluminar, hidratar e disfarçar linhas finas, falou comigo mesma. Por isso estava empolgada para testá-la – no fim, gostei dela, mas não amei. E já explico o porquê.

next to nothing

Achei que ela está realmente de acordo com a descrição – é uma base de cobertura leve e acabamento natural. Ela deixa um acabamento meio brilhante, que não seca completamente. Como se você tivesse passado um hidratante, sabe? A textura dela lembra um pouco a de cola branca. Até aí tudo ok, acho que ela deixa a pele bonita, uniforme e natural – como eu gosto. Também não tive grandes problemas com a duração – achei boa, não derreteu nem escorreu.

Só que tenho tido problemas em espalhar a base em certas áreas do rosto. Como nariz, por exemplo. Parece que tento deixar a aplicação homogênea mas acabo sempre tirando a base do lugar. A própria MAC indica aplicar com pincel ou esponjinha – já tentei com ambos, com pincel kabuki e com Beauty Blender. Com e sem primer. E até agora não consegui um resultado 100% satisfatório. Alguém mais também notou isso?

next to nothing

Então em geral aplico com os dedos mesmo, que foi a forma que achei que deixou o resultado melhor e mais homogêneo. No geral, se você gosta de bases leves, de acabamento natural e não se incomoda de aplicar com os dedos – recomendo! Se você prefere bases mais sequinhas, tem pele muito oleosa ou gosta de mais cobertura, diria que não é a ideal.

Composição

next to nothing

Preço e onde comprar

A Next to Nothing custa R$ 165 por aqui. Dá para encontrar nas lojas da marca (físicas ou virtual) e também no site da Sephora.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
6 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários
Nos conte o que tem a dizer

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
O que nossas divas já nos disseram
  1. Carina

    Eu tinha expectativas com essa base, mas tá bem parecida com a Studio Waterwheight, que não gostei pelo mesmo motivo: espalha muito estranho. Parece que a pele não absorve, né?

    E olha, por essas fotos, “veste” super bem na pele, né! Ficou super bonita e natural.
    Mas pelo preço, acho que temos opções melhores no mercado.

    • Jessica

      Carina, quais bases com o mesmo efeito que vc acha que tem no mercado hoje? Eu adoro base fluída de aspecto natural =)

  2. EU gostei da proposta do produto, quando lançou meu olho brilhou, mais pelas resenhas que tenho visto ela tem desejado a desejar principalmente na hora de espalhar
    Gosto de bases mais levinhas com acabamento natural, porem que fica sequinha em minha pele
    beijosss

  3. Oi Marina! Uma vez fiz uma aula com uma maquiadora da Nars que disse que o melhor acabamento para base líquida sempre era dado com os dedos, porque o calor da mão ajuda a assentar melhor a base. Então acho que a decisão que vc tomou é a certa hahaha desistir da esponja ou pincel nesse caso

    http://www.ziperchique.com.br/2017/10/desafios-de-home-office.html

  4. Márcia Daniella

    Eu só curto aplicar base com os dedos, rs, rs.

  5. Tatiana

    Mari, eu tenho essa base. A artista da MAC me disse que ela deve ser passada arrastando e não dá pra construir camadas. Por isso aplico ela com o pincel A32 da Macrilan que é tipo um língua de gato maior e que não risca.