Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Novidade: testei o Photoderm Nude Touch FPS50 da Bioderma na pele oleosa

A resenha de hoje entra na categoria dos mais pedidos dos últimos tempos. Galera da pele oleosa está super curioso para saber mais do Photoderm Nude Touch FPS50, lançamento da Bioderma. Pois eu testei a novidade e te conto tudo nos mínimos detalhes.

Photoderm Nude Touch FPS50 da Bioderma

A alegação da Bioderma é de um protetor com textura ultraleve e sem perfume. A fórmula tem fltros 100% minerais, o que segundo a marca, garante proteção mais segura contra raios UVA, UVB, e luz visível a ainda oferecendo proteção muito resistente à água.

Bioderma também apresenta a tecnologia Liquid to Powder: uma textura que após 60 segundos o líquido evapora e o produto confere o acabamento pó, garantindo efeito pele mate aveludada.

Outra promessa do lançamento é “a regulagem  da produção de sebo, melhorando a textura da pele e conferindo ação antioxidante, garantindo resultados duradouros. Graças a exclusiva patente Fluidactiv®, presente em todos os produtos da linha Sébium para peles oleosas e acneicas, o produto age na qualidade do sebo produzido pela pele, o que evita a obstrução dos poros e o início do processo de formação da acne. Com o uso contínuo do produto é possível observar a redução de imperfeições a partir de 21 dias.”

Resenha: o que achei do protetor Photoderm Nude Touch cor Claro

O protetor é super líquido, fácil de passar e fácil de “esticar” na pele. Assim que aplicado, ele ganha uma textura de sérum, quase que lembrando aquele toque de primer, mas depois de alguns minutos, a pele fica mais aveludada lembrando o toque de pó. Mais ou menos como eles prometem em suas alegações. Encostando a mão, dá para sentir uma textura aveludada, já olhando no espelho, o acabamento é semi mate.

Novidade: testei o Photoderm Nude Touch FPS50 da Bioderma na pele oleosa

O Photoderm é um protetor bem leve, que não deixa a pele pegajosa e que tem um fator de proteção relativamente alto. Não é muito fácil de achar um protetor de FPS50 que não deixe a pele esbranquiçada ou engordurada! Acredito até que ele tenha cor para disfarçar o “whitecast” que os protetores físicos costumam deixar no rosto.

De modo geral, gostei dele e achei interessante para a pele oleosa, mas durante essa semana que testei, não percebi minha pele menos oleosa que o normal. Ao longo do dia, fui percebendo o brilho aparecendo aos poucos. Ou seja, nessas primeiras impressões, percebi que ele não controlou a oleosidade do meu rosto, vale dizer que também não piorou o problema.

Novidade: testei o Photoderm Nude Touch FPS50 da Bioderma na pele oleosa

Testei a cor Claro.

Testei a cor Claro, que é meio amarela demais para mim e também um pouco mais escura que meu tom de pele. Veja bem, o protetor não tem intenção de ser uma base e nem tem essa alegação, então não podemos esperar que ele substitua a maquiagem. Dá até para ver pelas minhas fotos, que o protetor tem uma cobertura bem baixa, mas mesmo sendo meio transparente, o Photoderm adiciona cor na pele. Eu tenho contornado esse problema passando minha base de costume por cima de tudo. Mas para quem pretende usar o protetor sem maquiagem por cima, pode ser que a cor não dê certo para muita gente. Ah, são 3 opções de cores no total. Testei a do meio.

Novidade: testei o Photoderm Nude Touch FPS50 da Bioderma na pele oleosa

Sem nada, com o protetor e maquiada sem base e sem pó compacto.

Como o protetor é bem líquido, seria melhor se o plástico da embalagem não fosse tão duro. Assim daria pra gente apertar a embalagem e conseguir tirar o produto mais facilmente.

O Bioderma é melhor que o… ?

Fazendo uma comparação, achei o Bioderma praticamente gêmeo do Physical Fusion da SkinCeuticals e do Solar Fluid da Adcos, ambos já resenhados aqui no blog. Que inclusive são protetores que entram na minha lista dos melhores protetores com cor que já usei para a pele oleosa.

Comparando com os protetores sem cor, acho que ele ficaria abaixo dos asiáticos, do Airlicium da La Roche Posay, do Fusion Water da Isdin e do Nivea Toque Seco porque ele não “some” completamente na pele. Diferente dos outros, a versão da Bioderma deixa uma certa textura no rosto. Ele não é tão mate quanto o protetor Filtrum e o ROC Minesol. Mas, de qualquer forma, já aparece na minha lista de melhores protetores para a pele oleosa – sim, a lista é atualizada a cada nova resenha positiva!

Resenha em vídeo

No vídeo tem todas as informações completas e em movimento sobre o Photoderm Nude Touch.

No nosso canal tem 6 vídeos por semana, se inscreva para não perder os conteúdos que criamos por lá.

Ingredientes da fórmula

Novidade: testei o Photoderm Nude Touch FPS50 da Bioderma na pele oleosa

Preço e onde comprar

O preço sugerido do protetor com 40ml é de R$ 89,90. Disponível nas versões Muito Claro, Claro e Dourado.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
20 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários
Nos conte o que tem a dizer

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
O que nossas divas já nos disseram
  1. Márcia Daniella

    Estava super aguardando essa resenha!!! Dúvidas devidamente esclarecidas!!! Obrigadaaaa

  2. Mulher
    eu nunca testei nada da marca, acho que minha pele que é mista ia gostar super
    beijos

  3. Carina

    Acho que na minha pele, que é normal, daria certo.
    Quero testar! Duro é acertar a cor, né =/

  4. Fernanda Vignoli

    Adorei sua resenha , depois vou experimentar esse ! Estou usando o Photoage Mineral Color Fluido FPS 50 da Dermage e eh simplesmente maravilhoso tambem !

  5. Helena

    Sá (sim, gosto tanto das tuas resenhas que já me sinto intima o suficiente para te chamar por apelido :P)

    Estou usando esse produto e na minha pele mista, estou adorando a textura, cobertura e durabilidade que ele entrega, tanto que para o dia a dia eu aplico ele combinado com pó e blush.
    Ao longo do dia também noto a oleosidade na zona T, mas é algo super contornável com a utilização daqueles lenços removedores de oleosidade.
    A durabilidade me deixou incrédula, só consigo removê-lo com demaquilante.
    Adorei saber que você usou ele + base, estava com receio de usar assim e ficar com aquela sensação de excesso de produtos na pele.
    Obrigada! bjao

  6. Luiza

    Oi Sá, comprei esse produto faz uns 3 dias.

    Ele realmente possui uma cobertura meio baixa. Mas gostei para usar no dia a dia só com ele, corretivo e um pó. Achei que ele fixou muito bem na pele.
    Normalmente fico bem agoniada com protetores de fator mais alto.

    Aprovei, só meio carinho…

  7. Michelle Ferreira

    Amo a parte do comparativo com as ouras marcas. Ajuda pra caramba as mentes brilhantes aqui do outro lado. 🙂

  8. Regina

    Não sei se foi o vidro que eu comprei, mas eu tenho que agitar muuuuuuuuuito antes de usar. Do contrario, fica esfarelando! Mas, de uma forma geral, gostei do produto.

    • Tem que agitar mesmo, Regina. Está até escrito na caixinha dele.

  9. Erika

    Comprei um protetor com cor por causa de uma resenha da Marina (Episol Color). Amei o protetor. Vou ver se a Marina vai fazer resenha desse também e comparar com o Episol eheheh. Gostei desse comparativo com outros protetores, ajuda a ter uma noção.

  10. Lili

    Sabrina, ele é melhor ou igual ao Normalize Matte da Ada Tina?
    Muito obrigada!!!
    Lili

    • É completamente diferente.
      O da Ada Tina fica mais seco na pele.

  11. Elizabeth

    Olá, Sabrina!
    Este protetor é ideal para peles sensíveis, com alergia à parabenos e perfume, pois a composição é livre dessas substâncias, o que é difícil encontrar no mercado. Ainda mais, que traz o bônus de melhorar a textura da pele e deixá-la mais uniforme e ser um protetor de amplo espectro. O óxido de zinco é um dos melhores protetores solares. Muitos protetores dizem ser amplo espectro e não são. Por conter óxido de ferro protege da luz visível, o que os protetores incolores não fazem e estamos muito mais expostos a luz de lâmpadas e computador. E ainda possui antioxidantes. Puxa, e também tem uma tonalidade que serve para minha pele, porque este é o primeiro protetor mineral com uma cor clara! Os protetores minerais (físicos) são os mais indicados para manchas na pele, porque os químicos transformam a energia solar em calor, o que não é bom para a pele.
    Às vezes em resenhas, parecem só ver o aspecto estético ( que na minha opinião este protetor deixa a pele muito natural e bonita) e deixa de se falar sobre questões importantes dos benefícios do produto.
    O protetor solar não deve ter a proposta de segurar a oleosidade da pele o dia inteiro, porque esse produto deve ser reaplicado ao longo do dia para ser efetivo. Pelo menos uma reaplicação no meio do dia!
    O modo como se aplica o protetor solar e a maquiagem também interferem na efetividade do protetor solar.
    Seria interessante mais matérias sobre isso.
    No caso do protetor resenhado, só tenho elogios. Estou gostando muito pois ele possui ótimas tecnologias e oferece muitos benefícios num mesmo produto.
    Ele pode ser usado com pó mineral, aplicado gentilmente!
    Espero que este produto não sai de linha!
    Abraços!

    • Que bacana que deu certo pra você, Elizabeth.
      Infelizmente todos esses benefícios não foram suficientes para eu trocar os protetores que já tenho e que acho melhores.

  12. Cristiane

    Uso o protetor da Vichy – Capital Soleil (Clarify), mas acho ele muito alaranjado para minha pele. Queria um protetor com cor e com a melhor cobertura possível, já que tenho marcas de acne. Dos que você já testou, qual tem a melhor cobertura? Bjs

  13. Danielle

    Olá, Sabrina! Você acha que este protetor “transfere” muito? Uso o Episol Color e não posso encostar nada no rosto que já sai…

    • Transfere sim.

    • Danielle

      Tenho a pele bem oleosa na zona T e isso deve contribuir pra eu não sentir nenhum protetor com cor “seco” na minha pele também … Conhece alguma dica para fixar melhor o protetor? Obrigada pelas respostas, Sabrina – sou curitibana também e me identifico muito com o blog!

    • Vixi, Danielle, não conheço. 🙁