Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Faz um tempo que tenho exposto aqui no blog meus pensamentos sobre a vida – e, a cada post, fico com o coração quentinho lendo o retorno de vocês! Esse compartilhamento de ideias tão livre e espontâneo faz bem para todo mundo: para quem escreve e para quem lê.

Colocar na roda temas tão delicados e presentes é como uma terapia para mim. Vejo que curo antigas feridas toda vez que trago novas reflexões. Sinto uma velha Thais ir embora aos pouquinhos, como deve ser. Afinal, ninguém muda nada da noite para o dia. E não me cobrar por isso também é sensacional.

Pensando sobre todas essas coisas, decidi colocar por aqui alguns cursos recentes que me ajudaram no autoconhecimento e, por isso, mudaram minha forma de enxergar o mundo. A gente pode achar que não, mas qualquer coisa nova é capaz de nos transformar – a forma como isso acontece é que varia de pessoa para pessoa. Me considero uma experimentadora!

Bom, finalmente vamos lá porque já falei demais!

Curso Eneagrama Pessoal

autoconhecimento

Três amigas minhas já tinham feito esse curso e estavam constantemente me indicando. Até que um belo dia me inscrevi para a turma mais próxima e fui! Apesar das coisas que me explicaram antes, procurei ir com a mente aberta para entender exatamente do que se tratava.

Apesar do símbolo ser uma estrela de nove pontas, não tem absolutamente nada de místico no Eneagrama. Tanto que o curso em que estive presente é coordenado por uma psicóloga aqui de Curitiba, a Sarah Brenda Cordeiro. Na verdade, o desenho facilita a compreensão do conteúdo passado.

Depois de uma introdução ao tema, a turma começa a aprender sobre os Tipos de 1 a 9, em detalhes. São grupos de pessoas com personalidades semelhantes, em diversos âmbitos da vida. É impossível não identificar outras pessoas conhecidas nesse momento. “Ok, mas e eu?” – ficava pensando.

O mais bacana de toda essa experiência foi que percebi que o Eneagrama não é sobre se colocar numa caixinha. É eliminar o que a gente não é para se chegar em quem a gente é – descascar a cebola mesmo, sabem? E essa experiência não é simples porque costumamos simplesmente não pensar.

Cada Tipo identificado por um número carrega consigo coisas maravilhosas, mas outras nem tanto. O meu não foi fácil de aceitar. Estava em negação total. Mas, depois de muito refletir, percebi que ele faz parte de quem eu sou – e que sempre dá para abrandar as coisas ruins e abraçar as coisas boas. Fora isso, aprendi a lidar com pessoas de outros números, o que faz um bem danado.

Existem muitos testes de Eneagrama na internet, mas eu não recomendo que isso seja feito dessa maneira. O curso de fim de semana é muito mais esclarecedor e completo. Não é sobre uma resposta pronta, exige atenção e pensamento. O processo é que modifica a gente.

Curso Eneagrama Pessoal

Como disse, fiz o meu aqui em Curitiba, mas muitos outros profissionais são habilitados para ministrá-lo pelo Brasil afora. Por isso, se alguém ficou interessada mas não mora aqui, tenho certeza de que a Sarah pode fazer uma boa indicação. Para quem quiser conhecer mais, no site eneagramapessoal.com.br há muita informação e dá para entrar em contato para saber sobre a agenda de cursos – lembrando que a participação acontece mediante investimento, ok?

Astrologia Chinesa

autoconhecimento

Como vocês estão carecas de saber, sou a louca dos signos – só que dos Ocidentais, né? Tinha pouca familiaridade com a Astrologia Chinesa até conhecer a Luo Pan Artes e Ciências Orientais, com sede também em Curitiba (mas rola fazer todo o processo por Skype para quem não mora aqui!).

O pedido da Renata Teixeira, a pessoa maravilhosa que me atendeu, foi bem simples: local, data e horário do meu nascimento. Em 20 dias úteis, recebi por e-mail um relatório completo sobre meu perfil psicoemocional e comportamental totalmente baseado no que eles chamam de 4 Pilares do Destino. Para cada ano, mês, dia e hora de nascimento há um animal e um elemento correspondentes. Na Astrologia Chinesa, são 5 elementos, também chamados de movimentos: Fogo, Terra, Metal, Água e Madeira.

São as relações entre os animais e os elementos que permitem traçar um relatório super completo sobre cada pessoa (o meu veio com 23 páginas!). Depois que li duas vezes, para ser exata, marquei uma reunião presencial com a Renata para tirar dúvidas e conversar a respeito. Ficamos 3 horas mergulhadas no entendimento do tema e de que forma meu mapa influencia em quem sou. Foi muito bacana!

Entendam que os nomes usados na Astrologia Chinesa são muito antigos (a sabedoria oriental é milenar!) e que nada na vida é estanque, portanto, não se trata do que vai acontecer. São mostradas tendências particulares que nos levam a ser/agir de determinadas maneiras. E o mais legal é que aprendi de que jeito posso cuidar de mim, da energia vital que me trouxe a esse mundão.

Astrologia Chinesa

Recomendo, de coração, a Luo Pan. Para mais informações, basta acessar o site deles: luopanconsultoria.com.br! Sobre valores (afinal, é uma consultoria que requer conhecimento e tempo), acho bacana que vocês conversem com a Renata.

Curso de Meditação

autoconhecimento

Esse foi meu mais recente curso, feito num lugar que adoro: A Grande Escola! Para quem não conhece, ela ensina, basicamente, coisas úteis para a nossa vida. Fica aqui em Curitiba, no Champagnat. São vários cursos livres sobre os mais variados temas, mas eu decidi experimentar o de meditação!

Sou uma pessoa extremamente ansiosa – e percebi que não era a única no curso! Acho que esse é um mal dos tempos de agora que tira nosso foco do autoconhecimento. Além do mais, a Renata, da Luo Pan (com base no meu mapa astral chinês), me recomendou fazer exercícios de respiração. Achei que era uma boa porque né, ansiedade se abranda com respiração, que é uma das ferramentas da meditação, que por sua vez ajuda no autoconhecimento. Enfim, para mim faz sentido.

Foi uma manhã de sábado muito gostosa. Ficamos no curso das 9h30 às 12h30, com um pequeno intervalo. Além de diversas técnicas meditativas, o que mais gostei de aprender com a instrutora Maria Cardoso foram as coisas que ela nos contou sobre sua própria experiência de vida. Gosto de ouvir histórias e perceber como todo mundo pode mudar – para vocês terem ideia, ela era engenheira numa grande empresa. Largou tudo e foi pra Índia se conhecer. Sensacional.

Não sei se esse seria exatamente o meu caso, mas a verdade é que fiquei super inspirada a pelo menos praticar em casa. Além de tudo, as coisas que vi no curso me levaram a escrever aquele texto sobre não criar expectativas e viver no momento presente. Abrir a consciência e se perceber é muito gostoso.

Curso de Meditação

Esse rola somente aqui mesmo, mas, como já comentei antes, sempre dá para tentar na sua cidade. Existem vários aplicativos de meditação também! Para quem é daqui, é só ficarem ligadas no site da escola – agrandeescola.com.br. Me parece que o curso é feito com certa frequência.

Minha caminhada só pertence a mim, mas como é bom poder compartilhar as coisas que tenho aprendido. Pensei muito antes de fazer esse post com medo de ser mal interpretada e até ter determinada postura cobrada depois, mas entendi que o ser humano é falível – os altos e baixos de tudo fazem parte do ser. O importante mesmo é buscar, seja onde for, da maneira que se desejar. <3

Imagens: Divulgação e Shutterstock

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
25 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários
Nos conte o que tem a dizer

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
O que nossas divas já nos disseram
  1. Maria

    Thais, achei interessantes suas sugestões e sei que cada um vai buscando seus caminhos. Acho importante buscar se conhecer para tomar melhores decições, compreender melhor nossas dificuldadaes, mas fico com a impressão dessas sugestões serem mto imediatistas. O processo de autoconhecimento é algo tão profundo e contínuo… E estamos sempre mudando, novas situações surgindo… Acho essas ideias legais, mas acho que análises mais profundas e duradouras tbm são importantes nesse caminho de busca.

    • Com certeza, Maria! Encaro essas sugestões como um início. Uma não exclui a outra, todas se complementam! O caminho é muito longo para pensar que uma coisa ou outra vai nos trazer respostas prontas. A jornada é individual, mas é preciso estar sempre buscando o que pode ajudar, né? 🙂

  2. Tatiana

    que post bacana!
    fiquei curiosa (mas uma curiosidade dessas que vivem só dentro da cabeça da gente, sem esperar resposta hahahaha) p’ra saber se você é praticante de alguma religião. eu achava que não fazia a menor diferença – sempre tive fé, embora não soubesse exatamente no que, e acreditava que isso era o suficiente p’ra mim -, mas, depois que encontrei uma com a qual me identifiquei de verdade, meu processo de autoconhecimento atingiu uma dimensão bem diferente. enfim, apenas um depoimento. 🙂
    aproveite a sua jornada, Thais!

    • Oi, Tatiana!

      Então, sou nascida em uma família católica e fui batizada/fiz a primeira comunhão. Estudei em escola de freiras da primeira a oitava série. Um belo dia, rezando um pai-nosso, percebi que não era daquele jeito mecânico que queria me comunicar com Deus. Fiquei perdida um bom tempo, me mantendo cristã (e sou até hoje), mas sem algo com o qual me identificasse.

      Há uns dois anos, passei a ir em centro espírita e depois conheci melhor a umbanda. Ambos os lugares me trazem paz, mas preciso de mais frequência para me desenvolver nesses conhecimentos melhor. Agora em 2017, minha meta é estudar mais e voltar às giras. 🙂 Já tenho rezado mais, em uma conversa mais aberta e amorosa com Deus, o que ajuda bastante.

      Acho que, independente da religião, precisamos plantar o bem dentro de si para dar os frutos aos outros. É na doação e no amor que nos engrandecemos longe do ego e da vaidade! <3

  3. Alessandra

    Oii Thais! Tudo bem? Achei bem interessante o seu post!
    Também sou ansiosa, tenho feito meditação todos os dias
    E me sinto muito melhor! Ontem assisti um documentário
    No netflix chamado: awake the life of yogananda! Gostei
    Bastante, se não assistiu te recomendo que assista!
    Um beijo
    Ale

    • Deve ser lindo, Alessandra! Super obrigada pela dica. <3

  4. AbeGomes

    Adorei seu post! Parabéns por todas essas mudanças!

  5. Trabalho com a Hinode, amei seu blog, tive muitas informações que poderei usar no meu trabalho. Parabéns pelo proficionalismo.

  6. Márcia Daniella

    Parece muito interessante o curso de eneagrama. Fiquei curiosa.

  7. Alessandra

    Daria meio pote de brigadeiro para quem escrevesse um post maravilhoso assim com indicações de lugares em São Paulo… Por aqui nunca vi ninguém escrevendo ou divulgando nada nesse sentido 🙁

    Fiquei interessada pelo do Eneagrama. Deve ser bem interessante! Acho que vou ter de ir morar em Curitiba 😀

    • hahahaha, venha! 🙂 Mas, viu, em SP deve ter o triplo de cursos nesse sentido! Procure com calma no Google que certamente você encontra. Beijão!!!

  8. Adorei o post!! Obrigada por compartilhar!! Beijos

  9. IARA

    Amei esse post! Nunca vi nenhum outro parecido.
    Acredito que a ansiedade é o mau da nossa geração. Queremos sempre tudo na hora, pra ontem e não conseguimos o tempo que as vezes precisa ser dado.
    Acho que instigou muita gente a querer se conhecer.

    Bjus

  10. Fernanda Peres

    Oi Thaís! Recomendo muito a GNOSIS.
    http://www.institutognosisbrasil.com

    • Oi, Fernanda! Não conhecia, vou ler a respeito. Obrigada! 🙂

  11. Ju Abreu

    Adorei o Post e as dicas. Também estou neste processo de autoconhecimento. Me interessei pelos cursos.

  12. Miriã Andrade

    Super interessante os cursos, esse de meditação me chamou atenção! 😉

  13. Gabriela R. Salomon

    Gostaria muito de fazer meditação. Interessante ! 🙂

  14. Que post maravilhoso, Thais. Uma das minhas metas para 2017 é conseguir meditar, porque também sou muito ansiosa e quero tudo pra ontem. Muito legal você ter compartilhado suas experiências, se puder faça mais posts do tipo.
    Um beijo

  15. Karine Aureliano

    Ei Thais, como adoro seus textos introspectivos. (os da Sá e Marina também rsrs)
    Uma amiga e a minha homeopata já me sugeriram fazer o eneagrama, mas por motivos de “não ser o momento” ainda não fiz.

    Deixo para vocês como sugestão o Processo Hoffman. Deem uma pesquisada na internet a respeito. Eles possuem um canal no YouTube (Centro Hoffman). Os vídeos são gravados pela Heloísa Capelas, e ela é simplesmente SENSACIONAL!!!!

    • Karine, quando puder, faça o eneagrama! É uma PUTA descoberta! 🙂 E, sobre o Processo Hoffman, que coisa bacana: fui procurada por eles JUSTAMENTE por causa desse post! Em breve trarei novidades! <3

AULA MAQUIAGEM!!!