Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Se você esteve por aqui ontem, viu que comecei a compartilhar minhas dicas para uma mala compacta (se não esteve e se interessa pelo assunto, corre aqui!). Lá no outro post eu comentei que ia dividir o assunto em dois para não ficar muito cansativo/longo – ontem falei do assunto em geral e mostrei a mala que eu escolhi e hoje vou mostrar o que levei dentro dela.

Dicas para uma mala compacta

Como também já contei, essa mala até que era bem simples – basicamente porque existem duas estações nos países que eu visitei, quente ou muito quente, risos. E também porque eu estava de férias (e uma boa parte delas foi na praia), ou seja, era uma mala mais relax mesmo. Para isso, tentei levar shorts que pudessem ser usados com mais de uma blusa/camiseta – já que eu levaria super pouca coisa, ao menos assim daria para variar um pouco mais.

Como pessoa experiente em fazer mala errado (quantas vezes levei malas gigantes cheias de coisas que não usei… E não sou do tipo que pensa “ai mas eu poderia ter precisado”, sou do tipo que fica indignada consigo mesma por ter que carregar peso sem necessidade haha), posso dizer que fiquei muito feliz com essa, acertei uns 90% – só teve uma peça que não usei e uma ou outra que usei pouco. Vamos para o que interessa, então?

dicas para uma mala compacta

Levei três shorts mais neutros e de tecidos mais molinhos – não sou grande fã de jeans e prefiro esses mais soltinhos, ainda mais naquele calor. O azul é da Renner e os outros dois são da C&A.

dicas para uma mala compacta

Levei oito blusas – camisetas básicas, uma preta e uma branca (ambas são da My Basic, esse modelo aqui), três camisetas estampadas (a listrada é da Topshop, a florida é da Zara e a cinza estampada é da Ziovara) e outras três blusas que são de um tecido bem fininho, também estampadas (a de golinha branca é Zara e a de golinha preta é Promod). Como vocês podem ver, esqueci de uma delas, que está secando, risos.

Levei dois vestidos e um macaquinho – é tudo Farm (sim, eu gosto de abacaxis haha). Acabei não usando o vestido preto – apesar de ele ter manga comprida, ele é de um tecido bem fininho e tem as costas abertas, não é quente, acho que só não tive nenhuma ocasião que achei que combinava com ele mesmo.

Como já comentei lá em cima, os lugares pra onde fui são muito quentes, então só levei uma calça e um casaquinho – na verdade nem levei porque fui vestindo mesmo. Comprei essa calça, que é de um tecido bem molinho, porque é mais confortável do que viajar de jeans e eu não gosto de legging – é da Renner.

Levei ela também porque sabia que em alguns templos não dá para entrar com roupa acima do joelho (alguns deles disponibilizam um tecido pra você amarrar na cintura, mas às vezes tem fila e eu não tinha paciência), então eu colocava ela por cima da roupa mesmo. Na hora que pensei nisso, ainda no Brasil, parecia uma ótima ideia. Na prática foi meio terrível porque é uma calça preta, ou seja, é quente. Na próxima eu levaria um lenço para amarrar na cintura mesmo. O casaquinho é Zara (foi o único que levei e só usei em aviões mesmo).

dicas para uma mala compacta

Na parte praiana da mala levei um biquini (é Rush Praia), um maiô/wet suit (Lucy in the Sky) e um ~poncho (Free People – essa é a única foto diferente porque é meio difícil mostrar esse poncho haha). O maiô eu levei porque eu sabia que ia fazer uns esportes na água, tipo caiaque ou mergulho. Apesar de ele ser ótimo para isso, de novo subestimei o calor e usei super pouco – da próxima acho que não levaria. Esse poncho eu adoro, acho ele lindo e usei bastante, a única coisa ruim é que ele ocupa muito espaço.

dicas para uma mala compacta

Levei um par de Havaianas, um tênis (é o Stan Smith da Adidas) e uma alpargata (é Dafiti). Levei a alpargata mais para variar porque usar o mesmo calçado fechado por vários dias às vezes é desconfortável, mas usei super pouco. Teria me virado só com o tênis e o chinelo.

dicas para uma mala compacta

Levei três nécessaires pequenas – na menor tem só cabos e carregadores, achei que foi uma ideia boa porque sempre sabia onde eles estavam, e nas outras duas levei produtos de beleza mesmo. Na transparente (as duas transparentes são do Aliexpress), levei tudo que era líquido e na amarela (é Kipling) tinha coisinhas tipo escova de cabelo, escova de dentes, grampos, elástico de cabelo, balm labial, etc.

Sempre levo as coisas líquidas em uma nécessaire transparente porque, na Europa, eles pedem para você colocar os produtos num saquinho ziplock para passar no raio-x dos aeroportos – como a minha já era transparente, em geral passava sem problemas. Na Ásia não precisei tirar da mala nenhuma vez. Mas a regra das embalagens com no máximo 100 ml continua valendo mesmo assim, não levei nada maior.

De maquiagem levei só o BB Cream da Latika, um Chubby Stick e máscaras de cílios (Roller Lash e Lash Love). Aí levei também sabonete facial, sabonete para o corpo, um hidratante facial, leave-in pro cabelo, shampoo, condicionador (levei um potinho com condicionador normal e várias ampolas que eu ia usando e jogando a embalagem fora em seguida, já vai diminuindo o espaço), gilette, desodorante, protetor solar facial e corporal, perfume miniatura e acho que era isso. Hidrante corporal eu comprei lá.

dicas para uma mala compacta

Dentro da mala também levei essa mochila (da Jansport) enroladinha – comprei pouca coisa, mas quando as coisas pararam de caber na mala, comecei a dividir entre as duas. Levei também minha bolsinha da Adô – essa já anda sozinha e viaja pelo mundo haha.

Ufa, acho que era isso – aí nas fotos só faltaram roupas íntimas, pijama e minha câmera/acessórios de foto. Acho que no geral foi uma mala muito boa para a ocasião, me virei super bem com ela. A única coisa que senti falta – mas também vivi numa boa sem – foi secador de cabelo, porque nem todos os hotéis tinham. Mas de resto, acho que foram boas escolhas.

 

 

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
70 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários
Nos conte o que tem a dizer

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
O que nossas divas já nos disseram
  1. Milena - SP

    Ótimas dicas! Sou dessas que se martiriza por carregar peso à toa. Beijo.

  2. mayara

    Maravilhosa! Amei a mala e a matéria, brigada!

  3. Sylvia Aline

    pouca coisa para tantos dias fora. eu levo metade do meu guarda-roupa para passar uma semana fora

  4. Márcia Daniella

    Ameiiii o post. Já To anotando várias dicas pra usar na minha próxima viagem em janeiro! 😉

  5. Luisa

    Marina, você não teve problemas com a gilette na mala de mão?

  6. Renata

    Sou uma das que pediu este post e vim aqui pra agradecer 🙂
    Vou viajar para o Caribe em fevereiro e pretendo ir com bagagem de mão.
    Minha última dúvida é: qual protetor solar corporal você levou? Era comum e acondicionou em embalagem menor ou já comprou de 100 ml?

    Beijo e muito obrigada!

    • Levei o FPS 30 da Nivea, mas eu coloquei num potinho de 100 ml – como o meu acabou lá, comprei outro, igual, já numa embalagem de 100 ml (aqui não achei nenhum pra comprar assim, mas lá tinha bastante).

  7. Lola

    Adorei as dicas!
    Viajei por uma semana pra SP e só levei uma mochila e uma bolsa. Até teve coisa que não usei hahah

    Marina, já que você já passou inverno na Europa e essa mala é pra um lugar quente, poderia depois fazer um post similar, mas pro inverno europeu? Adoraria ver suas dicas também 😀

  8. Roberta

    marina, que sucesso! adorei as dicas! uma dúvida, essa bolsa da adô é a cla? queria muito uma!

    • Isso! Tenho duas e amo, tamanho perfeito pra mim!

  9. Juliana Gama

    Amei o post! Quero ser compacta assim na minha próxima viagem!

  10. Jade

    Tava ansiosa por esse post! Adorei principalmente as dicas de make pq fico sem saber, mas no fim qd se aproveita muito uma viagem, não há tempo de ficar se maquiando e o que vc levou, mesmo sendo quase nada, me parece suficiente. Parabéns pelo desapego! Não sei qual a próxima viagem que farei, mas com certeza aproveitarei suas dicas. Muito obrigada =*
    Ah, tb tô louca pra saber sobre essa viagem que deve ter sido maravilhosa!

  11. Sandrinha

    As duas partes desse post são ótimas e ajuda bastante. Eu sou exagerada quando viajo e lendo aqui me ajudou a ter noção do que levar na próxima. 🙂

  12. Obrigada por compartilhar!
    Acho lindos, mas minhas coxas assam só de pensar em usar esses shortinhos rs inclusive pretendo levar vestidos mas pre-ci-so achar uma solução pras coxas (comprar um shorts agarradinho e usar por baixo é uma opção)
    Eu tbm costumo levar várias necessaires e os cabos e fones todos dentro de uma só, mais prático!
    O pessoal encheu o saco de vc estar com a mala de mão + a mochila + a bolsinha pra entrar no avião? Meu esquema será bem assim mesmo 🙂
    Beijão!

    • Sobre as coxas: eu não tenho muito esse problema, mas já vi gente indicando passar desodorante daqueles sólidos, sabe? Tipo o novo da Nivea, aquele estilo clinical.
      E sobre as malas ninguém falou nada, acho que na Ásia o pessoal é mais relax mesmo, se fosse na Europa acho que não teriam deixado – mas eu sempre colocava a bolsinha dentro da mochila na hora do embarque.

    • marcia

      Lívia, dando uma de entrometida: como pessoa que sempre ‘assa’ as coxas, mas detesta ficar de calça no verão, comecei a usar produtos com silicone para bolhas. A granado, na linha pink, tem um gel para calos e bolhas que funciona maravilhosamente bem entre as penas. Cria uma camada entre elas e não arde com o atrito e nem fica nada melequento. Lá fora tem um zilhão de produtos desses ( o monitat, por exemplo), inclusive para manter o biquíni no lugar, mas esse brazuca tá conta do recado bem para mim. Sem falar que é uma maravilha para passar em pontos estratégico dos pés para evitar bolhas (principalmente de sandálias de tirinhas), só não recomendo passar no pé todo, por que aí não rola, fica escorregadio.

    • Muito obrigada pelas dicas, meninas! <3
      O desodorante tenho em casa, vou testar. o gel não deve ser muito caro, né? Tbm vou testar!

    • Heloisa Carvalho

      Oi, Livia
      Eu sou do #teamshortinhos por baixo de tudo, rsrs, mas a Ju Romano já deu algumas dicas no blog dela:
      http://juromano.com/moda/5-dicas-para-evitar-assaduras-entre-as-pernas

    • Ana

      Oi Livia!! Esse ano eu viajei só com mala de mão para a Europa. A Easyjet deixava levar apenas 1 volume, sem limite de peso, então eu colocava dentro da mala minha câmera, ipad e tudo que estava na malinha pequena. Já a vueling deixava levar uma mala de mão de no máximo 10kg + uma bolsa pequena. Não tive problemas! 🙂

  13. Sou a louca das malas. Levo muitas roupas e olha que passo poucos dias viajando. kkkk Adorei as dicas. Anotadas! bjs

  14. Carol

    É incrível perceber que a gente não precisa de tanta coisa como imagina né? Este ano passei 15 dias na Europa sem minha mala – que extraviou, e chegou no último dia de viagem!. E sem mala de mão (o que foi um erro!). Mas sobrevivi super bem, comprando um pouco, repetindo um pouco e pegando emprestado o que dava. No início fiquei muito chateada, mas depois… pô, era minha primeira vez na Europa! O que são minhas roupas perto de toda a experiência que tive? Hoje vejo as fotos e dou um pouco de risada dos looks hahahah! Mas posso dizer que foi uma experiência maravilhosa pra vida! Desapego mesmo! Beijos!!!

  15. Fernanda

    Marina, sempre fico de olho nessa sua bolsinha! Faz um post contando o que leva nela! Ou o que caberia… bjo

  16. Izabela

    Nossa, não é que coube muita opção? Vendo tudo separadinho é que a gente nota como exagera normalmente nas malas. Uma peninha esse maiô não ter sido a melhor opção, achei lindo demais, mas morando aqui em Natal não dá pra brincar com o calor.

  17. Fernanda Gabriela

    Essa mala ficou perfeita!!!! Bem balanceada e planejada. Parabéns, Marina. 😉 Ainda fiquei surpresa com 3 necessaires, mas mulher é mulher, né? Não dá pra virar menino. Rsrsrs bjooos

  18. Julia Kubrusly

    Fazer mala pra lugar quente é mais fácil, né… casaco e calça são muito volumosos. Viagem longa tem que lavar roupa mesmo e repetir combinações, achei ótima sua mala (talvez eu levasse ainda menos coisa rs) e acho que o maior medo é de precisar de algo que esqueceu, mas aí é só comprar ou improvisar, deixar pra lá, tipo vc com o secador nos hoteis que não tinham… desapega hahaha
    http://www.issoaquiloetal.wordpress.com

  19. Nicolle

    Volto a dizer: quando eu crescer, vou viajar com mala pequena assim… kkkkk
    Parabéns pelo post, Marina!

  20. Roberta Martins

    Olá Marina!Tudo bem?
    Ótimas sugestões para fazer uma mala bacana!Obrigada!
    Beijos,
    Roberta.

  21. Nicole Vitto Gomes

    Amei os dois posts e o seu desprendimento de ir viajar apenas com a mala de mão!
    Sempre que tenho que fazer mala de viagem, fico estressada e me sentindo pesada mentalmente. Acho que é porque assim percebemos a quanta coisa somos apegados…
    Fiz uma viagem de um mês pela Europa no inverno, dessas de ir pulando de cidade em cidade, rs. Não tinha jeito, a mala tinha que ser grande pq sou uma pessoa grande (1,77m) e roupas de inverno são volumosas. Só de lembrar daquele vai e vem subindo mala em trem e descendo escada em estação, já fico cansada.
    Fica a sugestão de post para uma mala compacta no inverno! Já que acredito que tenha experiência com isso tbm, tendo morado fora 🙂
    Acho sempre válida a ideia de levar apenas peças que combinem entre si… de preferência em tecidos que não sujem/amassem tão facilmente.
    Enfim, adorei a sua escolha e a admiro por isso.
    Afinal, o importante de viajar é a viagem! A experiência! A parte mais legal é poder deixar pra trás essa rotina louca a qual somos escravos diariamente e com isso refletir.
    Beijo!

  22. Bárbara

    Marina, arrasou mais uma vez no post, mas para chegar no seu nível eu ainda preciso treinar muito. Sou do tipo que leva o mundo…hehehe.
    http://vidadecompras.blogspot.com.br/

  23. Vanessa

    Adorei o post! Só fico pensando de ir, por exemplo, apenas com mala de mão pra europa, como passaria alguns itens, não sei se daria certo, eu teria que despachar uma mala pequena de porão só pra essas coisas.

  24. Só mais uma dúvida: e a toalha de banho, Marina? como fez?

    • Usei a dos hotéis mesmo, toalha de banho ocupa muito espaço e é ruim ficar carregando ela molhada (já tive uma daquelas que não molha e também não gosto porque acho que não secam bem, risos). Mas mesmo quando fico em hostels não levo toalha, em geral eles têm para alugar.

  25. Priscila

    Eu sou uma pessoa desapegada na hora de fazer mala, mas você está de parabéns…boas escolhas para poucos itens!!

  26. Aaaaahhhh Marina, ameiii sua mala, usaria TUDO, inclusive a própria mala, kkk! Vou viajar no final do ano e quero tentar simplificar, sempre levo milhões de coisas, muito peso, esse ano quero ser mais low profile e levar somente o necessário!

    Tenho um blog sobre emagrecimento, perdi 25 quilos depois de um pé na bunda e de perder o emprego, uma mudança radical na minha vida, sem remédio, sem dietas radicais, quem quiser visitar é http://www.marilianaopodeparar.wordpress.com

  27. Laura

    Quando fui para a Itália, era alto verão, um calor horroroso e claro, andava quase pelada pelas ruas. Mas nas igrejas eles não termitem que se entre com roupas curtas e de regatas. Levava uma camiseta e uma saia longa na bolsa e colocava por cima da roupa para entrar nas igrejas.
    Sobre toalha de banho. Tem uma que venda na decathlon que é muito compacta e de secagem ultra rápida. Enrolada, ela fica bem pequena e é de um tecido bem leve, tipo uma microfibra. Uso muito na academia.

  28. Deborah

    Oi Marina! Amei o post!!
    Você teria o contato do vendedor das necessaires?

    Obrigada!

  29. Sou salvar seu post para me lembrar que dá sempre para carregar menos! XD Eu sou aquele tipo de pessoa que sempre leva coisas com o pensamento “vai que eu preciso?” e nem sempre usa. Não tenho o costume de viajar para lugares distantes, então não deveria ser tão difícil colocar isso em prática, né?
    Por um 2016 com malas menores. hahaha

  30. Polyana

    Ótimo post Marina. Super explicado 😉
    Não gosto muito de fazer malas, mas com essas dicas, ajuda bastante 🙂

  31. Lua

    Meu sonho é viajar com uma malinha pequenininha dessas , mas ai vem dois filhos e um namorado, e 4 malas pequenas pra arrumar…eu sempre levo tuuuuuuudo(remédio,toalha ,lençol, etc)aí já viu né?!!!Levo coisas que não uso e morro com consciência pesada. É um dilema…bjucas

  32. Thaís

    Aiiinn Marina, me passa o link das necessaires do Ali.. juro estou a procura um século e não encontro!!!!

  33. Ana

    top! fiz minha primeira viagem leve esse ano e só quero viajar com pouca bagagem daq

  34. Ana

    top! fiz minha primeira viagem leve esse ano e só quero viajar com pouca bagagem daqui pra frente. é libertador. o mais engraçado eram as pessoas dizendo que eu não ia conseguir e que era um absurdo. mal sabem o que estão perdendo!

  35. Marina G.

    Adorei o post! Até salvei nos favoritos para facilitar a busca por ele quando for fazer uma mala de viagem. Eu sou daquelas pessoas que quer carregar a casa na mala, então passo o maior trabalho para carregar tudo nas viagens.

  36. Adorei os dois post sobre a bagagem de mão, super inspirador, mas não sei se sou capaz de tamanha façanha, mas espero chegar lá. Marina sei que não tem muito a haver com o post, mas gostaria de uma opinião sua, achei incrível sua viagem e vou pra lá em abril, mas como são apenas 17 dias, infelizmente não dá pra fazer tudo, então estou super na dúvida se faço Tailândia, Camboja e Vietnã ou Tailândia e Indonésia. Por tudo que vc viu e viveu lá o que vc achou melhor? Sei que cada lugar tem sua beleza, mas gostaria muito da sua opinião. Obrigada

    • Olha, depende um pouco do que você mais gosta e do seu estilo – se prefere praia, eu ficaria com Tailândia e Indonésia, se gosta mais de cidade, Tailândia, Camboja e Vietnã 🙂

  37. Gio

    Gostei muito do post! Boas dicas!

  38. Miriã Andrade

    Incrível como você consegue levar somente o necessário, Marina! Eu commeço a pegar tudo e quando vejo a mala já não fecha, hehe. Vou seguir as suas dicas! 😉

  39. Maria Baptista

    Oi Mari! Onde voce comprou o um maiô/wet suit (Lucy in the Sky)? em alguma loja em Curitiba ou pelo site mesmo?
    beeeijos

  40. […] Ambos são em tamanho mini em primeiro lugar porque assim dá para experimentar mais coisas (eles têm promoções na loja do tipo leve 3 e pague 2) e em segundo porque minha mala também era mini (se você não viu, mostrei aqui e aqui). […]

  41. Renata

    amei as dicas <3

  42. Denise Gouveia

    Precisava muito destas dicas menina, rsrs.
    Bjokas

  43. Gabriela Ronchi Salomon

    O post ficou ótimo! Além disso, que mala compacta! São dicas valiosas para viajar com uma única mala 😀

  44. Post super útil pra mim, sou muito exagerada no quesito mala para viagem.
    E olha que minhas viagens não são internacionais! Hahaha
    Já favoritei o post aqui!

    Beijos,
    http://www.rabisqueimeuhorizonte.com.br/

  45. Bárbara

    Preciso aprender a viver gente… Acabei de voltar da lua de mel e fiz Tailândia e Dubai… Nos enfiamos nos barquinhos com duas malas enormes, mas foi ótimo da mesma forma! Não consigo imaginar só um biquíni pra tanto dia de praia, sou exagerada desde sempre… Mas já anotei as dicas pra aprender a reduzir o peso! Amei!

  46. Mari

    Ameeei!
    Mais uma sugestão de post: Tá quanto? de malas de mão nesse estilo, super úteis pra roupa mesmo.

  47. Juliana

    Esse post foi para mim, Marina, adorei as dicas e certamente vou ficar com ele aberto no meu celular qdo fizer as malas daqui uns meses. Obrigada!

  48. Luana Santos

    Sempre quando penso em fazer apenas mala de Mao a preocupacao é com os produtos de higiene, shampoo, cremes, sempre pensei que serial 100ml no total, entao nesse caso seria 100ml por casa potinho, eh is so Marina? Viajo na proxima semana p a Tailandia e ainda nao me resolvi com a mala, me ajude rs

    • Sim, pode levar vários potinhos de até 100 ml cada um.

  49. Luana Santos

    Obrigada Marina, e a mala de rodinha foi de facil locomoçao para andar nas ruas e barcos para chegar nas ilhas?

  50. […] você perdeu meus posts sobre minha mala pra essa viagem, clica aqui e aqui pra […]

  51. Juliana

    Oi, Marina!
    Estou planejando uma viagem para a Tailândia e muito me interessou essa sugestão de levar apenas a bagagem de bordo.
    Você saberia me dizer com quantos quilos a sua mala ficou? Estou preocupada pois nas minhas pesquisas vi que o limite nas cias aéreas que operam naquela região é de 7kg… 🙁
    Obrigada!

  52. […] você perdeu meus posts sobre minha mala pra essa viagem, clica aqui e aqui pra […]

  53. Juliana

    Quase nuuunca comento mas acho que já reli esse post umas 15 vezes! hahaha Vou fazer essa viagem em fev e tô aqui nos planejamentos! 🙂
    Você chegou a pesar a sua mala antes de ir Marina? Sei que falou que não costumam pesar.. mas só p saber se tava dentro dos 7kg.
    Se tiver passando um pouco não dá muito problema não né?

  54. Renata

    Adorei as dicas.
    Eu já me considero uma viajante leve, porém ainda procuro dicas otimizar minha bagagem. Minhas primeiras viagens para o exterior foram sozinhas, no local eu sempre tinha alguém conhecido, mas no caminho sozinha, logo aprendi que aquele par de sapato a mais que eu sequer usava, era um peso grande. Independente do tempo, não levo roupa para mais de uma semana, claro que se tiver lugar para lavar facilita, mas tbm nunca viajei para o inverno.
    Adoraria a cada atração turística diferente, um visual diferente, sou vaidosa, mas prefiro ser prática.