Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Opa, opa! Estou de volta, dessa vez escrevendo do iglu conforto da minha minha casa! Como vocês sabem, passei as últimas semanas estudando em Roma e passeando pela Itália nos dias livres (vejam os diários de viagem atualizados aqui e aqui). Além da capital, conheci também Florença, Pádua e Veneza – mais fotos no nosso Insta!

Essa foi uma viagem das primeiras vezes: a primeira em que passei tanto tempo em outro país (no total, foram 17 dias), a primeira em que estudei fora e também a primeira em que tive a companhia exclusiva da minha mãe. Ou seja, um presente para quem teve um início de ano um tanto quanto turbulento. Sinto como se estivesse recomeçando 2015, sabem?

E acho que é aí que mora a beleza de viajar. Meu físico está bastante cansado (especialmente por causa das andanças intermináveis por Roma, do calor de 40 graus todo dia e do jet lag), mas com a minha mente é outra história. Me inspirei, arejei a cabeça e estou pronta para encarar esses meses que ainda estão por vir!

A ideia toda da viagem aconteceu uns dois meses antes de eu ir. Minha mãe queria fazer um curso na área dela na cidade pela universidade em que leciona e ia com um grupo de outros professores e alunos. Quando comentou comigo, eu disse: “vou com você”, assim, sem pensar muito. Aí me perguntei: “mas o que raios vou fazer lá sozinha por uma semana enquanto ela estuda?”. Aí resolvi pesquisar no santo Google e encontrei um curso de verão de duas semanas na mesma época em que ela ia. Li a respeito, gostei e me inscrevi.

Claro que só tomei essa decisão porque estava guardando um dinheirinho e sabia que tinha essa reserva para viajar. Aliás, isso era uma coisa que todo mundo sempre me perguntava: “pô, Thais, por que você não aproveita pra conhecer outros lugares já que tem horário flexível com o blog?”. Na hora nunca sabia muito bem o que responder, mas no fundo tinha certeza de que era por medo.

Falando agora parece tão ridículo, mas eu sei que isso não é um mal que acomete somente a mim. Dia desses vi uma amiga no Facebook comentando que vai tirar férias e está com o roteiro definido para dois países mas considera nem ir mais por falta de coragem de enfrentar o processo sozinha. E querem saber? Eu entendo, mas hoje vejo que a gente tem mais é que enfiar a cara e aproveitar as oportunidades.

Por mais que minha mãe tenha ido comigo, passei a maior parte do tempo me virando nos 30 em Roma, conhecendo pessoas, fazendo amigos e usando muito meu inglês, já que o italiano fui aprender melhor lá no curso. E foi muito melhor do que eu pensava! Perdi o medo de me comunicar em outras línguas e de pedir ajuda quando necessário.

Para falar a verdade, fui meio sem planejamento, o que é bom e ruim ao mesmo tempo. Bom porque se perder num lugar estranho é, em parte, uma experiência bastante reveladora. No começo dá aquele frio na barriga, aí você descobre a alegria de dar de cara com coisas incríveis pela primeira vez e, depois, quando menos espera, já está tirando tudo de letra e até ajudando outros estrangeiros a se localizarem, hahahaha! E ruim porque, lógico, perde-se um pouco de dinheiro e tempo com coisas inúteis. Mas tudo bem, porque tudo na vida é aprendizado, não é?

Fiz amigos que nunca esquecerei durante o curso, visitei lugares inspiradores (Roma é cheia de monumentos antigos, muita arte e um caos que intriga a cabeça) e ainda por cima me senti mais confiante para fazer tudo de novo. Foi bom estar lá, mas voltar fez minha casa parecer mais bonita, meus amigos mais legais e meu trabalho mais prazeroso (não que não fossem antes, mas a saudade fez tudo aumentar). Por isso, o que tenho a dizer é: se surgir a oportunidade, viajem. Vai ser o dinheiro mais bem gasto da vida de vocês! <3

Roma sob meu olhar

Viajar é…

Caminhar para reconhecer;

Deixar a luz entrar para dentro de si;

Sentir o vento;

Observar com mais atenção;

Se permitir descansar;

Ver tudo mais colorido…

…Mais bonito…

…E mais engraçado;

Não perceber o tempo passar;

Viver momentos para guardar;

Ver amor em todo lugar;

Dar um sorriso sincero;

E deixar a memória ficar.

PS: A partir de hoje, começo a responder os comentários e e-mails acumulados, combinado?

PS 2: Claro que vão rolar vários posts sobre a viagem com todos os detalhes que vocês querem saber! Aguardem!

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
69 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários
Nos conte o que tem a dizer

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
O que nossas divas já nos disseram
  1. Karla

    Thais, uma vez li uma frase que levo ela comigo pra vida: Viajar é a única coisa que vc compra que te faz mais rico!!!
    Amo viajar e guardo $$ para fazer pelo menos 1 roteiro por ano!!!!!
    Tenho receio de ir sozinha, afinal viajar acompanhada é mais seguro e divertido, tenho. Mas o impulso que me faz sair da inércia para conhecer outros lugares e pessoas é muito maior que meu medo!!!
    Sem falar que voltamos renovadíssimas!!! Não há creme para rugas que supere essa alegria!!! kkkkkkkkkkkkkk

  2. gleika bernardo

    viajar eh tudo de bom, voltamos outras pessoas..e principalmente, mais ricas..ricas culturalmente e de viviencia de coisas novas…

  3. Fernanda Gabriela

    Olha, não tenho coragem ainda, mas quero chegar ao nível de amadurecimento de encarar uma viagem sozinha sim. Cada viagem que faço volto muito diferente e com uma sede de desbravar mais ainda o mundo. Uma pena que esse ano que vem vou ter que segurar as pontas e não viajarei por aquele motivo de sempre (money), mas será um ano de planejamentos e etc. Quem sabe role uma viagem mais baratinha e tals… sonhar é de graça. hehe
    🙂 Bem vinda de volta (nova), Thais. 🙂

  4. ANA

    thais, seu post veio muito a calhar. eu sou um pouco pão-dura (hehehe) e estou sofrendo pois estou com o meu primeiro mochilão sozinha marcado para setembro. as vezes me pego pensando se não estou gastando muito dinheiro com algo desnecessário e me assusto com as noticias de crise que ouço por aí. tbm estou apreensiva pois serão 15 dias all by myself e apesar de saber que é seguro, nós mulheres sempre ficamos um pouco mais apreensivas não é mesmo? começarei meu tour por londres e, entre outras cidades, passarei por roma tbm! vou esperar seus posts!
    enfim, obrigada pelo post encorajador!

    ps: esse imperativo de viajar no final do texto é com J mesmo: se surgir oportunidade, viajem. beijos!

  5. Guria depois de anos viajando pelo mundo a fora… acredito que sim.

    bjs

    http://ladycatblog1.blogspot.com/

  6. Luciana

    Viajar é tudo! Viajo muito menos do que gostaria por falta de grana, sou gastadeira, não me organizo, essas coisas…
    Sou casada e normalmente os passeios são em família, mas acho que não teria muito problema quanto a ir sozinha. Não falo outras linguas e este é um fator que acho que sempre me limitou, principalmente dentro da minha própria cabeça.
    Costumo dizer que se ganhasse na mega já sei qual seria o meu primeiro passo: comprar um motor-home e pé na estrada!

    Seja bem vinda Thaís!

  7. Rosana

    Eu amo viajar sozinha. Inclusive acho que teria dificuldades de viajar em grupos, quando tu tem que ceder a ir ou não ir em lugares que queria ou não. Sozinha, a viagem é no teu tempo, onde tu gosta. Eu, por exemplo, amo arte e perco tardes em museus. Poucos amigos que conheço tem esse mesmo gosto que eu e teriam a mesma disposição. Considero que são dois tipos de viagens diferentes e duas formas de conhecer um lugar.
    Viajar sozinha é libertador, é se conhecer melhor e ver que tudo pode ser superável. Já fui a Espanha, Chile, Argentina (esse, duas vezes para estudar) e Uruguai. Claro que falar a língua foi mais fácil, mas foi conhecendo gente de outros países que vi que meu inglês nem é tão ruim.

  8. Priscila

    Que lindo post, Thaís!
    Confesso também ter medo de viajar sozinha, de não conseguir acertar algo, pois me cobro demais. Tento trabalhar pra melhorar isso, mas não é do dia pra noite. Suas fotos estão muito lindas…adorei o sorriso do cachorro e as legendas.

  9. Heloisa Carvalho

    Essa menina com o cachorro sou eu nas minhas viagens, rsrs. Só viajei sozinha uma vez, fui para um simpósio em Florianópolis. Mesmo sendo no Brasil, dá aquele medinho por estar sozinha num lugar estranho, mas no fim deu tudo certo!

  10. Maria

    Thais, já tinha observado mesmo que das meninas vc é a única que n faz(fazia) grandes viagens. Tbm amo viajar, já fiz grandes viagens com família e amigos e ensaio fazer uma sozinha. Viajar é uma chance de ao mesmo tmpo nos perdermos e nos encontrarmos, né?! Bjo

  11. Pollyana

    Ano passado resolvi fazer um curso de verão sobre Direito do Consumo em Coimbra, pois bem, uma semana antes o bendito curso foi cancelado, fiquei 15 dias ótimos passeando em Portugal, detalhe: completamente sozinha haha, nunca tinha viajado para a Europa, nunca tinha viajado sozinha… morri de medo, mas foi incrível!!!

  12. Eu descobri isso: tenho medo de meter as caras e me lascar… rs
    Tanto que nunca viajei sozinha,.. sei lá.. apesar d gostar d ficar sozinha e curtir programas no meu tempo do meu jeito…

    Vou repensar nisso.. e vou tentar me arriscar.. nem que seja viajando sozinha pro estado vizinho.. sim.. isso será um grande progresso para mim…

  13. Bem-vinda, Thais!!!

  14. Laura

    Post lindo e inspirador! S2 S2 S2

  15. Jade

    Que legal, Thaís, amei as fotos. Nunca viajei completamente sozinha, embora faça questão de andar só meio perdida pelo menos em algum momento da viagem. Sempre viajo com meu namorado, mas nós temos um ritmo muito parecido em viagens e gostamos de muita coisa em comum, então nunca deixei de fazer o que queria, nem ele (acredito eu hahaha). Mas talvez um dia eu tente ir só, nem que seja aqui pela América Latina mesmo. Tenho amigas que praticamente já deram a volta ao mundo sozinhas, vou me inspirar nessa coragem ao meu redor hahah. Bjo

  16. cristina

    Adorei o post thais! ! Vai me ajudar bastante. Eu terminei este mês um relacionamento de 6 anos e uma semana depois ja estava toda planejada uma viagem para Londres de um mês. .. em duas semanas estarei lá, sozinha, com a fé e a coragem. . ; )

  17. Márcia Daniella

    Viajar de forma cultural é mesmo a melhor coisa que já inventaram. É aprendizado em movimento. Parabéns pela viagem, Thaís. Fico feliz em sentir a alegria no seu texto.

  18. Elaine

    Querida poderia me dar informações sobre o curso .. Pois fiquei bastante interessada em realiza-lo bjo

  19. Morro de vontade de conhecer a Itália, nem imagino quão lindo é!
    As fotos estão demais, Thai.. .adorei

    Beijos,
    Mani Piñeiro

  20. Nina

    corrige essa frase por favor: “se rolar a oportunidade, viagem”. Nesse caso é viaJem, com J. É um verbo e não substantivo.

    • Helaine

      Nossa.

    • Dany Dyva

      Qualquer merda vai menina.

    • Tá corrigido! Isso que dá escrever cheia de jet lag na cabeça, hahahaha

  21. Nandi

    Que post mais lindo.. as fotos ficaram perfeitas com sua reflexão!

  22. Viajar sozinha mudou a minha vida. Mesmo. Meus roteiros solo me trouxeram muito mais (auto)conhecimento do que qualquer outra experiência.
    E, de todas as coisas que ninguém pode nos roubar, memórias de viagens certamente estão entre as mais incríveis. <3

  23. Amei sua reflexão <333 Ainda não tenho coragem de viajar sozinha, não.. mas imagino que deve ser uma experiência incrível e a gente deve voltar renovada, vendo as coisas de outras formas né?! http://simsemfrescura.blogspot.com.br/

  24. Daniele Machado

    Thais,

    Muito inspirador este seu post. Obrigada por dividir conosco.

    Bem vinda de volta!

  25. Marília

    Suas fotos ficaram muito lindas, parabéns! Passaram emoção pra tela do computador! =)

  26. Priscilla

    Lindas as fotos!!! Profissas!!

  27. Que postagem mais interessante e linda! Me identifiquei demais com suas palavras e mais ainda quando vi as imagens! Amei.

    bjs

    http://www.tpmbasica.com.br
    youtube.com/tpmbasica

  28. Marina G.

    A ideia de viajar sozinha ainda me assusta. Por mais que meu inglês seja o suficiente para me comunicar lá fora, sinto falta de alguém do meu lado, de comentar experiências, trocar ideias (e também de alguém para segurar minha mão quando o avião decola = pânico).

    • Helaine

      Marina, hahahaha eu tenho pânico quando o avião decola, quando está no ar e quando aterriza, SÓ isso.

  29. Estela

    Tb fiz minha primeira viagem para Europa depois de um período difícil, mas no meu caso fui completamente sozinha. É muito bom!E como fui fazer curso, em poucos dias eu já tinha novos amigos para me acompanhar nos passeios. Se vc vai acompanhado, não conhece tanta gente e não aprende tanto 🙂

  30. Helaine

    Nossa…não me imagino nem indo ao cinema sozinha imagina outro país! Admiro muito quem faz tudo, eu sou bem cagona…
    Thais, que lindas as imagens e os dizeres…ficou muito, muito fofo mesmo!

  31. Siria ferreira

    thais, acompanhei pelo insta sua aventura, lendo agora esse post me identifiquei muuuito!!! Meu sonho é viajar, conhecer esse mundão todo, mesmo que sozinha, mas o medo e o pouco planejamento ainda me impedem, mas assim que o mundo girar mais um pouquinho conto minha experiência.

  32. Aiaiaiii Roma… Itália… ?
    Não tem como não dar certo uma viagem pra lá! haha

    Amo muito.
    Quando fui fazer intercâmbio em Milão, foi minha 1a GRANDE viagem (sem contar Buenos Aires e viagens aqui), grande mesmo, outro continente, bem longe. Foi a 1a vez que viajei sozinha. Estava com meu melhor amigo, mas mesmo assim… ele ficou em um lugar e eu em outro e muitas vezes não nos encontrávamos devido a isso e aos horários na faculdade. Tudo novo, novíssimo. Tinha 21 anos. Um bebe. haha
    Sofri. A 1a semana foi sofrida. A 1a noite não dormi e só pensava “pqp qq eu to fazendo aqui, amanhã vou embora.”

    Mas passou. Passou e foi tudo lindo.
    Não é fácil mesmo, o novo não é fácil. Sair da zona de conforto não é nada fácil. Sair da zona de conforto em outra língua… fudeu!

    Mas foi o melhor ano da vida. As melhores descobertas, as amizades mais loucas e isso tudo abre muito a cabeça. E abre a vontade de viajar loucamente. Vide todas as outras que fiz sozinha (e acompanhada) por aí.

    Agora ninguém te segura mais Thaís. Você sabe que o medo passa e que o que vem depois é muito mais maravilhoso! =D

    Que não te faltem oportunidades para novas experiências. =*

  33. Michelline

    Nossa Thais! que riqueza essas suas fotos! Lindas!!!!!Mais que fotos, capturou o sentimento do momento!

  34. Izabel

    Aahh… Viajar é tudo! Inclusive, sozinha! Eu já encarei algumas, e confesso que até sinto falta. Hoje estou casada, então é diferente. Mas, quando estava sozinha, tenho muitas lembranças boas das andanças por aí.
    Acho que é uma questão de hábito. Lógico, é uma delícia ter companhia de quem a gente gosta, mas, às vezes, isso não é possível. Acho que é uma excelente oportunidade para se conhecer, descobrir coisas novas e, principalmente, ver que estar sozinha pode ser muito divertido. A gente descobre o que gosta, o que não gosta, se perde e ri sozinha… E tem história pra contar depois!!

  35. Amanda

    Parabéns pela fotos, pela inspiração de cada frase… ficou perfeito, é possível “sentir” cada momento representado… esta mesmo de PARABÉNS pelo post…

  36. Jacqueline

    Itália <3 o sonho da minha vida que ainda não realizei! E agora no CDD!! rsrs Quero muitos posts!
    Amei o relato, mais do que um relato, a honestidade com que foi escrito.
    E Thais, como fotógrafa, fiquei babando nas suas fotos, sério! Composições lindas!

  37. Juliana

    Thaís, fez muito bem em enfiar a cara e ir! Sua viagem deve ter sido incrível!

  38. Luciana

    Não dizem que o que mais nos provoca medo é o que mais nos recompensa? Temos mais é que encarar mesmo. Na verdade entrei mesmo pra comentar: QUE FOTOS LINDAS!
    Amo a Itália, mas no verão nunca mais. Nunca senti tanto calor na vida, e eu moro no Norte!

  39. caroline viana

    lindo post!
    fotos lindas também!!!
    e é bem isso mesmo, o medo nos tira muitas experiências boas, temos mais é que meter a cara rs

  40. Renata

    Viajar e sempre divino! um investimento em você…eu amo investir em mim rs 🙂

  41. Deise

    Adoro este blog e amo viajar!!! Viajar faz recarregar as baterias da alma, do corpo e da mente. Hoje sou casada, mas já viajei muito sozinha para fora do país e apesar da mistura do medo com frio na barriga, acho que é o momento em que realmente nos conhecemos!!! Enfim, é o seu momento… Meu marido tb ama viajar, dei sorte!! Bjs

  42. Gabriela Ronchi Salomon

    Viajar é tudo de bom! Ainda não viajei sozinha, mas ainda quero encarar!
    Além disso, que post maravilhoso de ler! As fotos ficaram incríveis 🙂 Qual câmera usou, Thais? 😀

    • Minha câmera nova! <3 É igual à da Sá, uma Canon EOS Rebel T5i. Apesar de a lente 18-135 ser pesada, é muito versátil para fotografar!

    • Gabriela Ronchi Salomon

      Muito obrigada, Thais 😀 Estou precisando de uma câmera e adorei a qualidade das fotos da sua! *-*

  43. Pat

    Que texto bacana! Deu pra perceber o quanto essa viagem te deixou inspirada, amei o seu relato thais.

  44. Miriã Andrade

    Viagem inspiradora, linda e com certeza ficara guardado para a vida, né?! Espero um dia realizar esse sonho também! 😉

  45. Gaby

    Oi Thais!! Adorei o post e amo Roma! Já fui a um ano atrás e é realmente uma viagem inesquecível! Tô esperando tuas dicas de como sair de roma com destino a Florença, Pádua e Veneza pois esse ano pretendo voltar lá. Lindas as tuas fotos, beijos!

  46. Nunca viajei sozinha pra outro país, quase desisti de ir pra europa por falta de companhia (mas acabei me encaixando na viagem dos meus pais e foi ótimo), mas em dezembro do ano passado fiz minha primeira viagem sozinha (sp e curitiba), eu tava com medo no início, mas encarei e foi maravilhoso, quero demais voltar a viajar sozinha porque é demais.
    http://www.issoaquiloetal.wordpress.com

  47. Dany Dyva

    Que coisa mais liiinda esse post <3 Quase choro aqui!!
    Então, eu acho que viajaria sozinha sem problemas sim, até porque a minha miga Alone é minha companhia desde que me entendo por ser humano, então eu considero isso ok. A questão mesmo, a mais crucial é que não tenho dinheiro nem pra viajar pro piscinão de ramos (Não que eu goste, sou pobre porém não sou bagunça e farofa hahaha só usei pra fazer uma comparação. Enfim é a questão da grana mesmo. O jeito vai ser fazer book rosa (Oi?) hahah

  48. Beautiful pictures Thais!
    I would like to send Rosa the one that you took of her and her husband walking away. Very poignant.
    Great meeting you. Sorry I didn’t get a chance to say good by.
    Best,
    Ed

    • Hi, Ed!

      I’ll send you all the pictures soon! Lots of work here in Brazil…

      It’s a shame that we couldn’t have the chance to say goodbye! But be sure that your presence and life teaching were precious to me! <3

  49. Fernanda

    Que post mais lindo, Thaís! Independente de como começou seu ano, é visível que os fatos trouxeram grande crescimento interior para você, e que isso está te fazendo muito bem! Continue aproveitando muito a vida e trazendo coisas lindas para a gente pelo blog! 🙂

  50. Karol Kaminski

    Thaís, ameeeei as suas fotos!
    Viajar sozinha é vida, eu amo. Acho que todo mundo deveria viajar sozinho uma vez na vida..
    Feliz por você, beijos

  51. Sou tão a favor de se virar sozinha *-*
    Passei duas semanas na Europa com meu namorado, que já tinha ido pra lá mas pra mim eram várias primeiras vezes: primeira viagem com mais de 7 dias, primeira viagem pra fora do Brasil, enfim. No final das contas, mesmo sabendo se virar melhor do que eu lá fora, o namorado deixou TUDO por minha conta, pra eu sentir na pele um pouco melhor como seria se eu estivesse sozinha. Claro que não é a mesma coisa, mas ajudou bem!
    Tive essa mesma sensação que você teve: foi bom estar lá, mas voltar foi ótimo tbm!
    Amei muito suas impressões, Thaís! Já tô na expectativa dos próximos posts ^^
    Beijão e bem vinda de volta 🙂

  52. Sylvia Aline

    amei o seu post. eu odeio ficar sozinha, não tenho o mínimo interesse em viajar sozinha. admiro muito a sua coragem

  53. Roberta Martins

    Olá Thais.Tudo bem?
    Que bom você retornar tão feliz,com ótimas lembranças e tanto pra contar…
    Realmente viajar é bom demais,especialmente quando estamos com pessoas queridas.
    Beijos,
    Roberta.

  54. Polyana

    Muito legal o post. Deve ter sido uma experiência maravilhosa e um amadurecimento valioso. Parabéns, Thais e seja bem vinda 🙂

  55. Bruna

    Adoreiii o post Thais!!!!! Parabéns!!!

  56. Vanessa

    adorando as fotos!

  57. Natalia Dal Piva

    Thaís, eu não costumo comentar, mas que post LINDO, que fotos LINDAS, quanto amor!! Amei, amei, amei!

AULA MAQUIAGEM!!!