Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Já tem um tempo que passei a prestar mais atenção na importância de prestigiar a produção local de qualquer produto – e sei que tanto a Sá quanto a Marina também curtem muito isso! Não é incomum que vocês vejam a gente em feiras, bazares e lugares fora do circuito das grandes redes.

E isso não é só uma questão de encontrar nessas situações coisas diferentes do que vemos por aí, mas também de incentivar os pequenos produtores, aquelas pessoas que vendem itens com mais alma e em menor escala – o que interfere positiva e diretamente na qualidade e na economia.

Não estou dizendo que seja errado levar nosso dinheiro para o comércio varejista tradicional – afinal, ele também gera empregos, pode ter bons produtos e é, sim, mais prático pela alta disponibilidade. Mas ligar o radar para os negócios menores – especialmente feitos por empreendedoras! – é algo que pode mudar nossa relação com a forma de consumir. Mesmo!

Em vários casos, a produção local privilegia as matérias-primas da região também. Ou seja, quem tem um pequeno negócio está ajudando outras pessoas na mesma situação, o que forma uma cadeia autossustentável. E isso é muito bacana, né?

Um exemplo: a estilista cria peças com tecidos de fabricação natural, vamos dizer. Com o dinheiro das encomendas, o fornecedor sustenta a casa. Um dos itens da lista de compras é o pão artesanal feito pela padaria do bairro. Com o dinheiro conseguido pelo dono da padaria, ele vai até a granja da região e compra ovos direto do pequeno produtor. E assim por diante!

Pensando nisso tudo, hoje mostro 3 iniciativas made in Curitiba para quem quer começar a comprar de quem faz aqui – e faz muito bem, por sinal!

Comprando a produção local

Maçã – Padaria Artesanal Brasileira

produção local

Quem acompanha a gente sabe que somos fãs da MAÇÃ – Padaria Artesanal Brasileira. Pra mim é um lugar especialmente querido porque sou amiga do Jorge, O PADEIRO, hahahaha! Tem sempre uma fornada de pão fresquinho, além de outras deliciosidades, incluindo doces da também amiga Julia Guedes. Recomendo o pão Brasileiro (eita, saudade! hahahaha) e também o brunch que eles fazem aos domingos – inclusive, o próximo é dia 16/07. Aqui vai a página do Facebook para ficarem de olho nas novidades e também saberem mais detalhes, como o endereço de lá e o horário de funcionamento.

Peita

A Peita é iniciativa de duas designers curitibanas que criaram uma linha de camisetas (e outras coisinhas mais) para celebrar o empoderamento da mulher. Aposto que algumas de vocês já viram por aí mulheres e homens com os dizeres “lute como uma garota” estampados no peito! Mas as mensagens vão além: tem “pedale”, “tatue”, “corra”, enfim, tudo para mostrar que a gente pode fazer o que quiser! <3 A venda das peças é feita pela página da marca no Facebook. Aproveito para indicar o play no vídeo acima, que explica melhor sobre a motivação de ser da Peita e é do canal da Guid, uma criadora de conteúdo daqui que volta e meia dá dicas de moda que prestigiam a produção local!

Guria Marcenaria

produção local

Conheci a Guria Marcenaria numa feira bem legal que fazem na cidade de vez em quando (já chego nesse tema!). No fim das contas, a dona, Juliana, é nossa leitora! Como o nome já diz, esse estúdio de design é mais curitibano impossível: aqui se usa “guria” em vez de “menina” sempre – aliás, no Sul como um todo é assim! Os produtos são todos feitos artesanalmente em madeira, mas sem aquela pegada rústica demais. Há um toque moderninho em tudo, dos móveis às luminárias! Vale a pena ficar de olho na página deles do Facebook para acompanhar onde estarão expondo produtos e até para fazer pedidos!

Feiras, bazares e afins

O melhor jeito de conhecer produtores locais novos é participar de feiras, bazares e eventos afins. E sempre tem um ou outro pipocando por Curitiba! O último foi o Manoo, que tanto eu quanto a Sá adoramos. Para ficarem de olho, recomendo fortemente visitas frequentes à página Eventos do Facebook – é lá que descubro um montão de coisas legais pra fazer na cidade!

Existem também contas no Instagram com novidades que acontecem por aqui, como o @curitibacult.

É bem menos difícil do que parece comprar de produtores locais. Espero ter despertado em vocês essa vontade! Procurem nas suas cidades, vasculhem, liguem o radar! Vale muito a pena. <3

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
10 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários
Nos conte o que tem a dizer

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
O que nossas divas já nos disseram
  1. Mulher, aqui no interior infelismente as pessoas nao valorizam a produção local, as vezes saem e vai a outra cidade para comprar o mesmo produto, as vezes ate mais caro
    beijos

    • Que tristeza isso, né. Ainda mais porque o interior tem uma produção local, especialmente de alimentos naturais, maravilhosa.

  2. Sou louca pra conhecer o Maçã!
    Inclusive soube da existencia deles através do insta da Julia mesmo…
    Fiquei apaixonada demais pelas fotos das estantes cheinhas de pão….

  3. Márcia Daniella

    Que legais os produtos da Peita!!! Ideia maravilhosa

  4. Mari

    Conheci o Peita por vocês e achei massa. Estou esperando minha blusinha chegar. Queria indicar a marca do meu irmão que tá começando agora, de bolsas. As bolsas e estampas são criação dele. Acho tudo lindo! Ahaha. O insta é @usehenriqueabreu bjo meninas!

  5. Mari

    Acho massa valorizar e comprar produtos diretamente de quem produz. Conheci o Peita vendo a Sá e a Marina usarem. Comprei e estou esperando minha blusinha chegar. Queria indicar a marca do meu irmão de bolsas que está começando. Os modelos e estampas são criações dele. Acho todas lindas! Ahaha O insta é @usehenriqueabreu beijo, meninas! Ps: tinja feiro outro comentário e n foi.

    • Que legal! Olhei o trabalho dele e é muito bonito, bem alegre, colorido. Mande meus parabéns pro Henrique! <3

  6. […] Que tal a gente prestigiar a produção local? […]

  7. Miriã Andrade

    Adoro esses eventos, feiras, pela cidade, estou sempre ligada também! 😉