Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Só no rámen!

Seguindo minha série de posts de “Sá no Japão“, hoje te conto um pouquinho sobre a alimentação por lá. Uma das razões de não se animar para ir para o Japão é o fato de que não gosta de peixe cru ou de comida japonesa em geral? Então pode ficar tranquila, porque a comida é bem diferente do que a gente imagina.

Jantar tradicional no hotel.

Quer comer sushi e sashimi todo dia? Beleza, você vai encontrar restaurantes especializados em quase todo lugar que for. Mas os alimentos mais comuns e que estavam em praticamente todo restaurante era o lamen (uma sopinha com macarrão, legumes e ingredientes diversos), macarrão tipo o Yakisoba que conhecemos por aqui e pratos de arroz com molho de curry. Estes também eram geralmente os mais baratos do cardápio.

Os pratos mais comuns: arroz com curry (bem apimentado), macarrão e rámen. 

Diferente do que eu imaginava, o Japão oferece um mar sem fim de lanchonetes de franquias americanas. Tem McDonalds, Burguer King, Denny’s e até o Krispy Kream com donuts delícia. O que você imaginar, tem lá! Franquias que nem na Europa tem, no Japão tem.

Os ocidentais!

Também comi o sanduíche preto do Burguer King. A aparência é horrível, mas o sabor até que ébom.

Então perceba que alimentação não é um problema. As opções são variadas e vão das mais tradicionais possíveis, passam pelas franquias americanas, circulam pela cozinha simples japonesa e vão até os top restaurantes franceses. Tudo fica ao gosto, e bolso, do freguês.

Tem peixe cru e sushi também, claro!

Nós tentamos variar e provar tudo de mais tradional que encontramos. Comemos sushi, sashimi, takoyaki (o bolinho de lula tradicional de Osaka), okonomiyaki (que não curto porque tem repolho, eca!), docinho de arroz e até experimentamos um jantar super tradicional japonês onde não conhecia nem metade do que estava nos potinhos.

Lanchinhos das lojas de conveniência.

Mas também comemos pizza, batata frita, hamburguer e sanduichinhos prontos das lojas de conveniência. Posso dizer que comi bem e não tive nenhum problema alimentar por lá! Falando nas lojas de conveniência, além dos sanduíches, eles disponibilizam saladas, frutas e mini marmitas. Tem bandejinhas de sushi e sashimi, lamen, empanados e até macarrão à bolonhesa. Mais globalizado que isso é impossível! Ah, os valores não são absurdos e dá para comer super bem.

Acho que é doce de arroz, confirma produção?

Os doces são um caso a parte porque o japonês não é fã de muito açúcar – como a gente adora! Brigadeiro é um coisa impensável para eles. Então o que encontramos eram doces lindos, mas meio sem emoção. Veja bem, nenhum deles era ruim, mas parecia que faltava uma colher a mais de açúcar, um pouco de leite condensado ou uma caldinha de brigadeiro mole. O docinho de arroz, que eles adoram, é super sem graça pra gente! Os crepes, que tem em toda feirinha, são abarrotados de chantilly e podem vir com frutinhas ou chocolate, mas parece que falta algo pro nosso paladar brasileiro, entende? A Kazinha Rosa me falou que o japonês não exagera tanto no sal e no açúcar, como a gente faz por aqui e nem percebe.

Os doces!

Por outro lado me empaturrei de sorvete Haagen Dazs, que lá é barato e tem em todo lugar, me aventurei por todo sortimento de chocolatinhos e quase me agarrei num bolinho doce que encontrava no café da manhã.

Café da manhã tradicional e “padaria” que encontramos em Quioto.

No Japão tem várias cafeterias no estilo Starbuck’s, então o café com leite é garantido. Pão francês é iguaria por lá, mas dá para comer torradinhas, muffins, sanduíches, pão com omelete e folhados variados. Nas lojas de conveniência também tem pacotes pequenos de pão, bolos e biscoitos. Se quiser dá até para comprar presunto, queijo e frios e montar seu próprio sanduíche.

Cardápio sem nadinha em inglês!

Tudo muito fácil, né? Mas o problema maior mesmo é o idioma. A maioria dos restaurantes tem fotos dos pratos ou a reprodução deles em moldes de plástico. Mas querer saber se aquela carne é porco ou gado já é outros quinhentos. Muitos japoneses não falam inglês e a grande maioria entende só palavras chave mesmo. Eu não curto muito comida apimentada, então aprendi a falar o “apimentado” em japonês, assim ficou mais fácil e não precisava me agarrar em uma jarra de água durante as refeições.

Nos mercadinhos também é ruim porque as embalagens são todinhas em japonês. Então as vezes via um pacote de pão bisnaguinha mas não sabia se tinha recheio, ou se era doce ou salgado. De vez em quando perguntava para alguém que estava perto, outras usava um aplicativo de celular (o WayGo) que funcionava de forma meio capenga. Aconteceu de comprar algo doce achando que era salgado, mas inclui essas surpresas no meio da experiência e me divertia com a coisa toda.

Pão de queijo? Duvido!

O Giuliano, que estava com a gente na viagem, não come frango, peixe e nem outros frutos do mar, e disse que deu para se alimentar bem por lá. As vezes a gente penava para achar um restaurante que agradasse os 3 paladares dos integrantes da viagem, mas de modo geral, nos empaturramos no Japão.

Aproveitando, hoje o Xoia fez uma post sobre nossa aventura no hotel cápsula, tem que rir pra não chorar, confere lá!

Ah, vale lembrar que já fiz um post contando sobre os custos da viagem e dos hotéis que fiquei e também já fiz um primeiro vídeos das comprinhas que trouxe de lá. Vale a pena ver! Já o Xoia falou no Viajão sobre como proceder para tirar o visto japonês e deu 10 dicas para quem pretende ir para lá.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
54 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários
Nos conte o que tem a dizer

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
O que nossas divas já nos disseram
  1. Lilian

    Sabrina, Marina e Thaís,
    Hoje eu fiquei de plantão para ver se eu conseguia fazer o primeiro comentário do dia…redigi o texto antes do post ir ao ar…kkk
    Lembro-me que ano passado, mais ou menos por essa época, deixei minha mãe e filhas no aniversário de uma tia e me ausentei para conhecer algumas pessoas pessoalmente.
    Foi no dia 15 de dezembro, dia em que foi comemorado o 5 aniversário do blog, data real dia 6 (não é?). Conheci também a Juh e a Mylena (conversamos até hoje). ADOREI!!!
    Então, fazia pouco tempo que estava acompanhando o trabalho de vcs e acho que pelo fato de serem curitibanas me atraiu um pouco mais. A vida de blogueira parecia ser uma vida de garota mimada que compra de tudo e depois corre para as amigas e ficar com cara de eu posso!
    Até que a Sabrina largou o emprego, acho que a Thaís também e começaram a viver para o blog. Gente, como pode uma pessoa conseguir viver e ter sonhos mostrando produtos para as amigas?
    Hoje eu entendo, vendo a Sabrina se realizando em vários sentidos, a Thaís montando um espaço dela e conseguindo dar uma volta na vida que talvez não fosse o caminho que ela planejou, foi Thaís? seguir os passos da sua mãe? e a Marina então nem se fala…conseguindo dar passos firmes para o futuro. Certamente o blog foi um trampolim na vida de todas, um caminho de muitas incertezas, muito medos, muito trabalho, mas que criou em vcs uma base muito bem fundamentada. Vejo que começam a colher frutos e tantos outros virão……………………..não quero fazer previsões aqui mas quero desejar sucesso a vocês e desejar tudo de melhor!!!
    Parabéns pelo sexto ano!!!

    • Lilian

      Para não pensarem que sou uma monstra…voltei cedo para o aniversário da minha tia e fiquei até bem tarde lá….kkkkkk

    • Sylvia Aline

      eu tava lembrando que era em dezembro, mas não lembrava o dia

    • Dany Stacy

      Então não me resta outra coisa a dizer: PARABENSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS
      E QUE VENHAM MAIS 6 E MAIS E 6 E MAIS 6 E MAIS 6…

    • Polyana

      Aniversário do blog??? Parabéns divas lindas. Muito sucesso para vocês e que venham mais 100 anos 🙂

  2. Me surpreendi com a variedade de comidas! As coisas são gostosas? Tem temperinho bom?Morria de curiosidade, obg por matar ela HAHAHAH http://simsemfrescura.blogspot.com.br/

  3. Roberta Martins

    Olá Sabrina!Tudo bem?
    Nossa,que curioso,sempre imaginei como seria na hora das refeições em um lugar
    tão diferente e lindo como o Japão.
    Ao acessar ao blog vejo esse post tão interessante,esclarecedor.Obrigada.
    Beijos,
    Roberta.

  4. Sylvia Aline

    as comidas estão bem atrativas visualmente, mas acredito que eu não comeria nem a metade disso

  5. Letícia Lumi

    Sá, com certeza uma das coisas que mais sinto falta do Japão são as comidas!
    Gosto muito dos doces por não ser tãão doce assim! AMO os chocolates!
    E fala sério, Pocky é muito bom né? De morango então, nem se fale!!
    Ainda estou pirando com a sua viagem, me faz viajar no tempo e a saudade aperta! <3

  6. Michele

    Oi, Sá, adorei seu post e me trouxe várias lembranças também! Morei um tempo no Japão e adorei a experiência! Mas meu comentário é só pra dizer que, pão de queijo igual ao nosso não é, mas é de queijo sim, tá escrito queijo [em Katakana] na embalagem! Aprendi a ler Hiragana e Katakana e ainda lembro de uma coisa ou outra! Bjs

  7. Estela

    Curto essas dicas 🙂
    Não sei se tem acontecido com mais alguém, mas meu APP sempre mostra os post com atraso,mesmo que eu mande atualizar…aí eu entro no site e preciso mandar atualizar. Apesar disso,ainda há problemas:ali diz que tem 7 comentarios mas só consigo ver dois 🙁

  8. Estela

    Agora que postei consegui ver,mas antes não…

  9. Patrícia

    Sá, muito legal você compartilhar suas experiências com a gente! Deu vontade de viajar também…

  10. Adriana Minami

    OI Sá! Acompanho o blog já há um tempo, mas nunca postei nenhum comentário, pois normalmente vejo os posts pelo app! Já fui passear duas vezes no Japão!!! E tô adorando seus posts!!! O que vc diz bate muito com o que eu vi e vivi lá! rs Aqueles “doces” lindos e maravilhosos, rs mas… quando fui comer… aiaiaiai não era muito doce como estamos acostumados aqui no Brasil! Como sou descendente de japonês então não estranho tanto a comida e curto muito várias coisas! Bjokas e continue compartilhando conosco o que vc viu por lá!!!

  11. Seus posts sempre tão detalhados, Sá! Adoro 🙂
    Gostei de ver as carinhas das comidas. Confesso que provavelmente vou me jogar nas comidas mais ocidentais, de fast food e no Haägen-Dazs quando eu for ao Japão, mas devo provar alguns pratos japoneses também, se não gostar, não como mais e sem drama 😛
    Ah! Nessa última foto é pão de queijo mesmo?

  12. Priscila

    Que vontade de provar esse yakissoba!

  13. Fernanda Gabriela

    Que post MARAVILHOSO! Sou mto curiosa por comidas diferentes em viagens. Acho até que é a parte que mais me empolga #gordalokafeelings. Já comi Lamen em um restaurante de SP e gostei muito. Acredito que temos mto a aprender com a alimentação oriental. Lindo Sá seu apanhado de experiências. Palmas palmas palmas!!

  14. Márcia Daniella

    Ah, vc escreve tão bem que consegui visualizar toda a aventura gastronômica de vcs!! Amei!!! Bom, se eu estivesse lá ia querer provar de tudo um pouco também!!! Mesmo as coisas mais exóticas!!!

  15. Ana

    Adorando esses posts sobre o Japão, meu marido é descendente de japoneses e já fui para o Japão duas vezes, quando fui da primeira vez confesso que fiquei supre receosa mas no geral gostei muito das duas viagens que fiz.

  16. Vanessa P

    Demaiiiss

  17. Ouvi uns boatos (não sei se é verdade), que Sabrina acordou todos no Hotel cápsula com o ronco dela. #sóDizendo ahahahaha

    • Lilian

      não me conte!!!!! kkkkkk

    • Edna Yumi

      SABRINA, se defenda aqui!!! Brincadeira, acho que qdo estamos super cansados roncamos mesmo, não dá pra escapar disso, acho 😀

    • Dany Stacy

      #IssoNãoEstavaNoRoteiro kkkkkkkkkkkkk Brincadeira, Sá kkkkkk Mais Divas não rocam ,apenas ronrona tal como uma gatinha kkkkkk

    • Polyana

      Tááá óó Sá. Te entregou 😛 kkkkkk

    • Polyana

      Os doces são tão lindos que dá pena comer 🙂

    • Sylvia Aline

      e aí Sabrina?

    • Isso é RECALQUE pq vc não foi junto. CoM sUaS pEdRaS cOnStRuO o mEu cAsTeLo.

    • Jade

      hahahahahahahaha chorei com essa frase de orkut, Sabrina! Vc é hilária!

  18. Lucia

    Ai, que post bárbaro! Achei que você aproveitou muito bem, Sá! Adorei as comidinhas, só fiquei meio desconsolada com esses doces lindos, não podem ser tão “sem sal” assim, hahaha

    Bjos!

  19. Que aventura gastronômica hein Sá!! Na verdade uma aventura em todos os sentidos! Adoro sushi, sashimi… mas confesso que os doces me chamaram mais atenção!! Humm…

    http://www.beautyterapia.com.br

  20. Fernanda Penido

    Aeeeee!!! O site voltou ao ar! Tava aqui doidinha sem minhas pausas estratégicas para desanuviar a cabeça! 😉
    Ufa!

  21. Mah

    Eu ainda acho que não ia conseguir comer direito..hahaha
    Também ia ficar decepcionada com os doces, doce é doce com açúcar, chocolate e leite condensado.

  22. vanessa

    Sabrina,que lugar lindo. Sacanagem,eu aqui desejando esses sushis e algumas dessas delicias salgadas,kkk. Os posts são sempre detalhados. Sério to aqui saliva do,pena não poder comer direito devido ao aparelho nos dentes que incomodam. Bj

  23. Edna Yumi

    Viajei junto com vc quase em tempo real vendo as fotos do instagram, ficava morrendo de vontade de poder conhecer o Japão, mas um dia chego lá, tô amando os posts sobre a viagem as fotos estão ótimas, e eu mesmo sabendo que a japonesada não curte doce super doce babei nessas fotos aí, agora me diz uma coisa esse suposto pão de queijo é pão de queijo mesmo???

  24. Thamiris

    Super legal a postagem. 😀 Mas desconfio muito que esse último é inspiração de pão de queijo, não é? pq tá escrito “cheese” por ai hehehehehe

  25. Dany Stacy

    Post MaraviLosoooooooo. Descobri agora que além de achar a linguá deles um código binário, as comidas também são códigos binários kkkkkkkk porque não é fácil de descobrir o que é kkkk

    • Lilian

      código binário é? hum…tu é esperta garota!

    • Dany Stacy

      Isso é no minimo que uma hacker de contas de biliardários deve saber kkkkkkkkkkkkkkkk Brincadeiraaaaaaa, na verdade isso é um pouquinho de… ah sei lá, eu vi isso não sem onde kkkkkkkkkkk

  26. Não gosto de Nenhum tipo de comida Japonea … Prefiro as do Brasil 🙂

    http://blogaltoestilo.com/

  27. Bárbara

    Amei o post. É incrível como criamos uma visão errônea das coisas, imaginava muita dificuldade na hora de comer no Japão, mas acho que com um pouquinho de esforço dá para mudar a situação.
    E quanto ao fato de comprar comida errada já fiz isso na Hungria. Sempre me dava mal, mas acho que isso faz parte da viagem e torna-se divertido.
    http://vidadecompras.blogspot.com.br/

  28. Erika/SP

    Sá, muito feliz por vc ter tido essa oportunidade de conhecer o Japão, tenho muita curiosidade, quem sabe um dia irei tbm! Adorei te acompanhar pelo Insta! Beijos, Erika/SP

  29. Laís KLais

    Sá a cada post seu fico com mais e mais vontade de viajar para a terra do sol nascente !!!
    Eu e meus olhinhos puxados, fiquei babando de vontade de comer cada comidinha dessa !!
    Realmente, os doces japoneses são bem pouco doces, e muitas vezes são mais bonitos do que gostosos !! Huahua…
    Que legal, eu não sabia que existiam tantas Fast Foods americanas por lá !! Essa é uma boa saída na dúvida ne !!
    Parabéns pelos Posts e informações tão completinhas e úteis sobre essa viagem incrível Sá !! Coisas de Divas, como sempre, arrasando !!!
    Beijinhos

  30. Jade

    Ai que vontade tá me dando de ir pra Ásia logo! Com essas comidinhas deliciosas então! Com certeza eu provaria as mais tradicionais. Pena os doces não serem tão bons. Os únicos doces japoneses que já comi foram os da Liberdade em SP e também senti falta de açúcar. Mas ao menos os que vc mostrou são lindos.

  31. Diana

    Saudades eternas desse cardápio todo…. Nunca fui tão feliz gastronomicamente falando em um país, mas isso é muito pessoal.
    Gostava dos doces também, justamente por serem pouco doces. Aqui quase não como doce, pq acho tudo muito exagerado e logo me enjoa.
    Fiquei 3 dias com uma familia de japoneses lá e aí sim é mergulhar no paladar deles. Bem diferente do que se come nos restaurantes.
    Parabéns pelos post, Sá” 🙂

  32. Michele Bdz

    A vitrine de doces me deixou com água na boca…
    nossa.. doce é doce em qquer lugar do mundo mesmo…

    Estou amando esses posts…

  33. Ninna

    Nossa as comidas parecem ser bem apetitosas, tirando esse hambúrguer preto rs
    Os doces me deixaram com água na boca!!!

  34. Miriã Andrade

    Post LINDO, Sá! Estou amando conhecer um pouco do Japão com você, de verdade! Eu achei a carinha de algumas comidas bem esquisitas, hehe, mas acho que teria vontade de experimentar tudo também! 😉

  35. Natalia

    Sa, adorei as dicas do japao! To indo para la em abril(mes das sakuras) para passar 20 dias! Ja peguei as suas dicas de hoteis! Mas e os passeios e o roteiro que vc fez?
    Beijos

  36. Blog Pras Meninas

    Mto legal esse post.
    Adorando conhecer o japão com vc. hehehe

  37. Paloma

    Confesso que uma das coisas que mais me desmotivavam a ir pro Japão é o fato de que eu o d e i o comida japonesa, e também não sou muito fã de fast food (ai, que chata hahah) mas pelo visto tem muitas opções! Tô amando esses posts.

  38. […] Coisas de Diva – Japão: O que comi e como são os alimentos por lá […]

  39. Roberta Dobrowoski

    Que coisa linda os doces….

  40. hummmm q deliciaaa amo culinária oriental
    meu marido é de Taiwan e a comida deles é bem parecida, assim como a chinesa, macarrão com sopa e arroz com temperos tipo curry é tipico e sempre tem no cardapio deles e é delicioso, eu amo!!!!