Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Lembram que um tempinho atrás fiz um post com dicas sobre o que usar numa entrevista de emprego? Pois nos comentários algumas meninas pediram indicações de maquiagens para esse momento. E como por aqui a voz do povo é a voz de Deus, eis esse post para dar uma iluminada nas ideias das candidatas!

Na minha opinião, a melhor coisa a se fazer para não errar é investir num make natural, aquele de bonita, sabem? A ideia é ressaltar os pontos fortes e esconder as imperfeições. Por isso, vale pensar em tonalidades mais neutras, próximas àquelas encontradas no próprio rosto. Batom vermelho, delineador a la Amy e esfumados coloridos são lindos, mas melhor deixá-los para outra ocasião!

Corretivo Fake Up Benefit | Base Diorskin Nude | Lápis Duplo Quem Disse, Berenice? (é para a sobrancelha, mas pode ser usado na pálpebra tranquilamente) | Batom Palê Duda Molinos | Curvex Contém 1g | Rímel Colossal Super Filme Maybelline | BB Cream L’Oréal | Paleta Naked 1 Urban Decay | Blush Melba MAC

Aqui em cima tem uma seleção de produtos que considero interessantes para uma maquiagem básica. Primeiro, temos a base – quem quiser uma cobertura mais leve pode investir no BB Cream! É bem importante complementar a correção do rosto com um corretivo, especialmente nas olheiras e manchinhas. Para dar cor às bochechas, blush rosa/pêssego e, nos lábios, um batom nude rosado (cor de boca fica ótimo também!). Os olhos podem ganhar a dupla curvex + rímel e serem marcados por sombras neutras, em tons de marrom, e por lápis com as mesmas tonalidades. O lápis bege é bacana para ser usado na linha d’água, pois abre o olhar! Ah, vale dizer que as marcas e cores são apenas sugestões, ok? Dá para adaptar com o que se tem em casa.

Depois da seleção, e com o emprego garantido, é bacana repetir o estilo por algumas semanas até notar a forma como as colegas de trabalho se maquiam. Parece besteira, mas é a partir dessas referências que vai ser possível descobrir se dá para ousar um pouco mais (ou não)! Tudo depende sempre do grau de formalidade do ambiente.

E aí, ajudei na maquiagem para entrevista de emprego?

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
38 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários
Nos conte o que tem a dizer

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
O que nossas divas já nos disseram
  1. Adorei o post! Acho que vale lembrar que isso depende do tipo de emprego, né? Se for para o setor financeiro, menos é mais! Se for para uma revista de moda pode mostrar um pouco mais da sua personalidade através da make 😉

  2. Dani C.

    Ajudou muitíssimo. Essa make também serve para o dia-a-dia, certo? Pra faculdade e tal…Ficar com cara de saúde é sempre bom né? rs
    Abraço e :*

  3. Larissa Meiglin

    Tha, suas orientações estão certíssimas. Sou Psicóloga e Consultora de Carreira e estas dicas estão muito bem alinhadas com as práticas do mercado de trabalho. Quando pensamos em uma entrevista de emprego, o que deve brilhar é o perfil profissional e a trajetória da candidata. Ou seja, a roupa, a maquiagem e os acessórios devem ser apenas complementos. Outra dica legal também é sobre o perfume. Na hora da entrevista, deixe seu perfume mais docinho ou marcante para uma outra oportunidade, escolha algo levinho e em pouca quantidade.

  4. Daniella

    Ajudou muito Thais! Estou adorando esta série de empregos. É sempre bom saber essas dicas, mesmo quem não está procurando, vai que um dia precise… Fora que dá para usar tranquilamente no dia a dia.

  5. Paula Raya

    Oi Thais,
    Trabalho com recrutamento e seleção… toda a área de RH.
    O que impera na hora de avaliarmos é: a forma como ele se porta e se as suas experiências condizem com o cargo pretendido. Pensando nisso, tenho como premissa que no momento da seleção o candidato deve expor suas competências comportamentais de forma clara e sucinta, não deixando que a sua aparência fale antes de si próprio, criando até mesmo uma falsa imagem.
    Em contrapartida, ir sem make algum demonstra um certo desleixo.
    Ou seja, menos é mais nesse caso. 😉
    Outra dica importantíssima:
    Tenho me deparado com currículos escritos assim: “sou proativa, determinada, com foco nos resultados…”. Tudo isso é legal a pessoa ter, mas cabe o gestor avaliar essas competências. Pega mal,sabe?!
    Espero ter podido contribuir 🙂

    • Lele

      Eu tenho tanta preguiça desse tipo de dica de “como se dar bem em uma entrevista de emprego”… no fundo o que deveria valer é a competência e talento do candidato e não a aparência. Os RHs deveriam avaliar a fundo o candidato e não ter uma impressão pela aparência ou que quer que seja. Todo mundo tem que vestir uma máscara pra ser contratado? Todo mundo tem fazer cara de bonito pra se dar bem? Conheço gente muito competente, que não usa maquiagem mas nem por isso tem uma aparência desleixada. Conheço gente que usa sombra roxa de dia e faz um trabalho impecável. Já trabalhei em empresas, de pequenas a grandes corporações, e sempre passei por processos seletivos longos e muitas vezes cheios de segredos e o que pude constatar é que apesar de tudo isso contratam muita gente que pode ser bonita por fora, mas que não tem nem caráter e nem ética e muitas outras qualidades tão essenciais. Hoje trabalho por conta própria e posso garantir que nem roupa, nem maquiagem, nem status são importantes quando contrato alguém pra trabalhar comigo. Aliás, quanto mais a pessoa se mostrar como ela é, mais interessada vou ficar. O mundo seria bem melhor sem tantas máscaras!

    • Raíssa

      Lele, eu concordo que o que deve importar é a pessoa, não sua aparência, mas, sendo prática, o sucesso de uma entrevista de emprego depende do que é apreensível. A competência da pessoa só é avaliada depois que alguém já a entrevistou e já se interessou por ela, infelizmente nesse caso é a primeira impressão que conta. Como mais nós conseguiríamos um emprego, se não tivermos experiência ou trabalho reconhecido por todos?

    • Paula Raya

      Lele, o que eu quis dizer é para se ter zelo com a aparência. Sim, eu avalio o que a pessoa sabe fazer antes de qualquer coisa. Mas eu sou uma intermediadora entre empresa e candidato.
      Já contratei médico para fazer trabalho de call center… Acredito que qualquer função que a pessoa se propõe a fazer com empenho e determinação é digna. E isto não se trata de máscara e sim de postura profissional. Por exemplo: eu me rendo á preguiça e não passo maquiagem, mas minha roupa está sempre impecavelmente passada e o mínimo uma camada de máscara e um gloss eu passo.
      Acho legal que ocorram debates, somos pessoas diferentes, com idéias e opiniões idem.

    • Lele

      Mas Paula, não estamos falando de uma função ser digna ou não, se um médico precisa ou quer trabalhar em um call center e você o contratou, bom pra ele. Estamos falando de aparência, de imagem, de querer mostrar algo que você não é, de vestir uma máscara para poder concorrer a uma vaga de emprego, de ter que manter o visual “correto” por algumas semanas depois de contratado pra se encaixar em um padrão. Esses julgamentos pela aparência infelizmente fazem parte de várias situações, como a pessoa que é mal tratada quando entra em uma loja chique e está “mal vestida” para o lugar ou quando a gente vê um homem de terno de gravata e imagina que ele deve ser bem sucedido ou quando vemos uma pessoa em um carro caro no trânsito e imaginamos que aquela pessoa é rica… enfim, o que aparentamos e o que mostramos cada vez mais parece mais importante do que o que somos. Infelizmente. Acho o texto da campanha aqui do blog “Use o que te faz feliz” superlegal, isso é uma libertação, é uma quebra de paradigma, uma forma das pessoas se mostrarem como elas são e isso deveria acontecer sempre e em todas as situações!

    • Meninas,

      Infelizmente, apesar de pregarmos que a gente precisa usar aquilo que nos faz feliz, vivemos num mundo que espera determinadas coisas de nós. E penso que não há como fugir disso. O que podemos fazer é buscar formas de nos encaixarmos em expectativas sem perder o foco de quem somos e do que nos faz bem. É difícil, claro, mas não acho que nadar contra a maré ou se entregar totalmente a ela sejam as respostas. É preciso equilíbrio, sempre!

    • Lele

      Pois é, equilíbrio é legal, é maduro. A gente abre mão de umas coisas, luta por outras, mas no final a conta tem que fechar. Mas é só o desequilíbrio que traz mudanças, que faz a gente pensar mais profundamente… Acho bobo viver de regrinhas, principalmente se essas regras tentarem modificar o que é essencial pra vc, se essas regras tentarem mudar a tua personalidade. Essas regras só querem formar um mundo de pessoas pasteurizadas, fazendo com que se enquadrem em uma fórmula de “sucesso”. Fico bem triste em saber que a campanha Use o que te faz feliz é só se não for em uma entrevista de emprego. Use o que te faz feliz só se não for em um primeiro encontro. Use o que te faz feliz só se vc não for ficar muito diferente dos outros….

    • Paula Raya

      Oi Lele…
      Gostei do “pessoas pasteurizadas” rs… Você chegou no X da questão!
      Use e seja o que te faz feliz… Entenda e procure por ocupações que tenham a ver com o seu estilo de ser… a sua personalidade. Aí a conta fecha e soma pontos a seu favor.
      Quando nos sentimos bem no que fazemos, tudo flui…

    • Andrea

      Concordo com a Lele. E não usar maquiagem não tem nada a ver com desleixo; ou os homens são todos uns desleixados e não deveriam ser contratados?

    • Paula Raya

      Oi Andrea…
      Eu estou querendo dizer que sim, a aparência importa na hora de contratar uma pessoa. E isso é independente da minha opinião, é o sistema que tem essa estrutura.
      E sim, homens com barba mal feita, regata e boné não seriam aceitos em determinadas seleções.
      Não adianta me gongarem falando que isso é errado. A minha opinião é pela liberdade de expressão e sentimento… mas como disse em comentários anteriores: sou uma intermediadora entre candidato e empresa.
      Ou seja, não sou eu quem falo que precisa de o mínimo de asseio para se apresentar em uma empresa.
      Mas fica a dica da Mariana Balan: tenha feeling para ir numa entrevista com batom vermelho ou maquiagem mais forte.
      Sim, as meninas do CDD são a favor da beleza natural… mas pq. você acha que a Thais não colocou no post maquiagens em tons fortes?!?!?! Pois é uma questão de postura.
      Não convém eu dizer se acho certo ou errado… mas só dei a minha opinião, pois, tantas pessoas estão interessadas em se colocar profissionalmente… pensei poder ajudar.
      http://lopesrh.com.br/site/videos/#/featured_works/3

  6. Sylvia Aline

    gostei muito dessas dicas para usar também no dia-a-dia. eu gosto muito de maquiagem, mas sou a única mulher no meu serviço e fico meio sem jeito de vir maquiada, uso no máximo um BB Cream, um batonzinho e máscara de cílios bem de leve.

  7. Brenda Valadão

    Gostei do post. Nunca sei o que usar no dia-a-dia e acho que dá pra fazer essa produção também. Minha rotina está uma loucura, ando meio desleixada comigo, mas quero voltar à vida feminina (se é que me entende) o quanto antes hehe. #oremos

    • Isso aí! Começa com um batonzinho… Devagar e sempre! 🙂

  8. Gente, eu já fui de batom vermelho em uma entrevista de estágio e fui contratada! Hahaha mas só porque eu já sabia o estilo da futura chefe, que já tinha trabalhado com uma amiga – e é claro a roupa e o resto da maquiagem estavam discretos.

    • Ah, mas nesse caso tudo bem! Como é bom ter uma ideia de tudo isso antes, né? 🙂

  9. Blog Pras Meninas

    Ótimas dicas! Amei!!!!
    Acho que serve pra usar tbm no trabalho no dia a dia. 😉

  10. Beatriz Martins

    Adorei *–* .
    Na minha busca a emprego irei seguir as dicas.

  11. Priscila

    Ajudou bastante! A melhor maquiagem é aquela que mal parece que estamos maquiada!

  12. Márcia Daniella

    Amei as sugestões. São itens que conferem muita classe ao visual. Alguns são super em conta e não vão pesar no bolso de quem está em busca de um emprego novo.

  13. Raíssa

    Eu fui bem assim na entrevista que eu fiz, também acho que pega mal aparecer com cara de maquiada. Até porque, querendo ou não, tem muita gente que tem preconceito contra mulher que se maquia – apesar de eu achar bem idiota.

  14. Danielle de Sant'Anna

    Muito legal o post, Thais! Acertou em cheio com as sugestões!
    Também estou adorando essa série sobre entrevista de empregos. Veio na hora certa porque estou participando de um processo seletivo na empresa, estou aproveitando as dicas, hehe.
    Beijos em vocês três!

  15. Bruna Kuhn

    Parabééns Diva! Amei mais essa matéria!
    Com essas dicas todas ficarão divas pra entrevista de emprego!
    Beijão!

  16. Polyana

    Parabéns pela matéria Thais! Ótimas dicas para as mulheres ficarem mais bonitas, independente de entrevista de emprego ou não 😉

  17. Renata

    Adorei as dicas, Thais!!!
    Tenho uma entrevista amanhã e já vou utilizar suas dicas 😉
    Obrigadaaaa!!
    Beijoos

  18. Fernanda Penido

    Adoro maquiagem com cara de bonita! Se vc fizer direitinho, a maioria dos homens nem sabe que vc passou maquiagem! hehehe

  19. Michele Bdz

    Adorei o post Thais!

    Eu realizo entrevistas aqui na empresa, e vejo o quanto muitas meninas pecam nisso.

  20. Camila Melo

    Muito legal, Thaís, mas no lugar da Naked 1 indicaria a Naked Basics por ter mais sombras opacas. Bjooo…

  21. Carol Bel

    Concordo, make basico, roupa adequada, perfume discreto, unhas bem feitas. É a primeira impressão, depois vem o resto.

  22. Olá!

    Eu adorei as dicas. Sempre me falaram que o bom é maquiagem neutra.Na real, eu também sempre segui isso. E eu tambem acho que quando a empresa é muito formal, essas dicas são fundamentais!

    Bjs

  23. Larissa

    É desse jeitinho também que eu gosto de usar pra faculdade e pra trabalhar, depois da entrevista!! hahaha

  24. Miriã Andrade

    Muito legal essas dicas, ajuda bastante as meninas que estão iniciando a jornada de trabalho, até mesmo as que já iniciaram e tinham dúvidas. Acho que nesse quesito eu sempre acertei, que bom, hehe. 😉

  25. […] Coisas De Diva: semana passada a Thais fez um post bem legal sobre maquiagem para entrevista de emprego. Claro que o visual vai variar de acordo com a empresa que você irá visitar, mas  produções […]

  26. Joana Gama Filho

    Assino embaixo das suas indicações. Nada pior do que entrevistar alguém que aparece como se estivesse indo para a night. Fico chocada com a quantidade de pessoas que acha que olhão esfumado preto, brilhos e batonzão vermelho são adequados.
    Acho que a questão é manter um visual simples, básico, afinal, você não quer que a sua aparência roube à cena, certo? O importante é conhecermos a suas competências e personalidade.

  27. […] Aproveitando a deixa, aqui tem um post meu sobre como se maquiar para a entrevista de emprego! […]

AULA MAQUIAGEM!!!