Ahá, chegou o dia de mostrar Ele, Miracurl, o Babyliss Mágico – e também minha compra preferida da minha última viagem de férias. Ele é desse modelo novo, que engole o cabelo.

Um pouco antes de viajar, já tinha visto algumas pessoas falando dele e mostrando e fiquei mega curiosa (tanto é que já tinha até pedido para uma amiga que estava por lá para investigar para mim se tinha na Irlanda – e tinha! Obg, Marcela!). Assim que cheguei, fui procurá-l0 – encontrei UM Miracurl na loja que eu fui, nos abraçamos e saímos felizes.

Eu tenho o cabelo super liso. Muito liso. E ainda por cima longo. Super difícil de cachear – já tentei babyliss com espessuras variadas e nunca conseguia um resultado satisfatório. Até hoje nunca tinha conseguido manter meu cabelo ondulado por tanto tempo, por tanto já digo que foi uma compra cara, mas não me arrependo NADA.

Para usar, você liga e escolhe primeiro a intensidade do calor (I ou II – eu uso no II porque meu cabelo é escorridão, mas sempre passo protetor térmico) e depois o tempo (8, 10 ou 12 segundos – aqui eu vario).

Quando você pega o jeito, é muito rápido de fazer. Eu faço em uns 10 minutos – muito menos do que levava com babyliss normal e com resultado muito mais duradouro (dura dois dias tranquilamente – as ondas vão ficando mais suaves, é claro, mas continuam lá).

(tão vendo esse lado que tem essa bolinha preta? Ele tem que ficar virado sempre pro lado da sua cabeça).

Como funciona:

Primeiro você separa uma mecha de cabelo – igual babyliss normal, não pode ser muito grossa (fininha pode ser, mas aí você vai levar séculos para fazer e vai ficar com cabelo de menina Maísa). Depois coloca ela na fenda que tem no babyliss (tem um espaço certinho, bem tranquilo) e aperta ele. Ele vai puxar seu cabelo sozinho.

Aqui a mecha que você pegou tem que estar super bem penteadinha, se tiver semi-embaraçado, o babyliss se recusa a puxar o cabelo (sim hahaha, ele apita para indicar que tem algo errado), então eu já faço com uma escova ao lado, pego as mechas e penteio antes.

Aí você espera ele apitar três vezes. O tempo vai depender do tempo que você tiver selecionado – 8, 10 ou 12 segundos. Eu costumo usar no 12 para as mechas de trás da cabeça, que são mais longas, e 10 para as da frente. Assim que ele apitar, você solta e o cabelo sai magicamente cacheado!

(Se ficou difícil de entender com as fotos, aqui tem um vídeo da Vic Ceridono usando – tive que tirar as fotos sozinha, ou seja, meio que falta mão pra segurar cabelo, câmera e babyliss!)

Para fazer esse teste e mostrar para vocês eu não apliquei nenhum produto fixador nos fios – em primeiro lugar porque queria que vocês vissem como fica naturalmente, especialmente em um cabelo super difícil de cachear como o meu, e em segundo porque, como tinha desistido há tempos de deixar meus fios ondulados, eu meio que não tenho nenhum produto fixador #risos. Vou providenciar já já…

Questões práticas

O meu eu comprei na Boots em Dublin (Boots é uma rede de farmácias que existe na Inglaterra e Irlanda) e paguei mais ou menos 150 euros. Não sei informar com precisão outros lugares onde dá para comprar – na França, os produtos da Babyliss são vendidos em supermercados maiores (Franprix, Monoprix), mas nos que eu passei eu não vi esse modelo especificamente (pode ser que tenha acabado momentaneamente). Imagino que tanto nos outros países da Europa quanto nos Estados Unidos dê para encontrar em farmácias grandes.

Ele é 220 v (só vi esse, acho que não existe 110 v) e aqui em Curitiba a voltagem é 110, então eu uso com transformador de voltagem e funciona tranquilamente. O plug para ligar na tomada também é diferente, já que comprei na Irlanda. No meu caso, meu pai, que é uma pessoa habilidosa, trocou para mim a pecinha para que eu pudesse ligar nas tomadas daqui.

Sei que existem alguns aparelhos desse tipo mas diferentes do meu ou de outras marcas (a Lu mostrou um da Conair)- infelizmente só testei esse, então posso opinar sobre os outros.

Ufa, acho que é isso!

×