Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Os dois produtos sobre os quais eu vou falar hoje – o demaquilante Deep Clean da Neutrogena e o Normaderm Total Mat, da Vichy – já apareceram aqui no blog. Inclusive, eles foram reprovados pela Sá (de quem herdei esse produto da Vichy, risos) e pela Thais. Acontece que eu gosto muito dos dois e tenho opiniões diferentes das delas, por isso o post de hoje – às vezes a gente tem necessidades diferentes – e talvez algumas leitoras tenham características parecidas com as minhas, por isso reuni os dois nessa re-resenha.

Começando pelo demaquilante – ele é em creme, e em geral não curto muito esse tipo de demaquilante, mas para mim ele funcionou super bem. Uso alguns tipos de maquiagem à prova d’água, como delineador e lápis, mas passo longe de rímel (juro que não entendo quem usa, pra mim é um suplício tirar depois) e isso o demaquilante tira numa boa e não ardeu na minha pele.

Nas amostras aqui embaixo, por exemplo, eu só passei o algodão com o produto uma vez e ele já tirou esse delineador da Urban Decay que é levemente difícil de tirar (não é assim terrível, mas é necessário um tantinho de paciência) e derrete bem o rímel (lavável). Ou seja, para o tipo de produto que eu uso, ele é ótimo, já está quase acabando. Ah, como praticamente todos os demaquilantes em creme, é preciso lavar o rosto depois de usá-lo.

Agora passando para o Normaderm Total Mat, que é um gel hidratante que promete deixar a pele matificada e protegida da umidade. A Sá não curtiu porque, nela, ele não segurou a oleosidade. Só que ela tem a pele oleosa, enquanto eu tenho a pele mista (ela é um pouco temperamental, varia um pouco, de vez em quanto está mais seca ou normal, mas nunca super oleosa) e simplesmente amei esse gel.

Tenho usado como um primer, ou seja, passo o filtro solar e depois passo o gel, antes de começar a me maquiar. Ele deixa a pele sequinha mas sem repuxar e, o que para mim é sensacional: parece que a base adere à pele muito melhor. A textura fica linda e aveludada e dura o dia todo.

Em resumo: se você tem a pele mista ou levemente oleosa, eu recomendo bastante. É o tipo de produto que vou comprar outro depois que acabar. Já se você tem a pele oleosa, melhor não.

Ingredientes do demaquilante:

Ingredientes do Normaderm:

O demaquilante da Neutrogena (custa em média R$ 20) foi enviado pela assessoria e o Normaderm Total Mat (custa em média R$ 65) foi presente da Sabrina.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
21 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários
Nos conte o que tem a dizer

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
O que nossas divas já nos disseram
  1. Helo Inoue

    Marina!! Corrige lá o Maybelline antes que venha alguma ‘legalzona’ te chamar de burra !!!

    beijos!!!

  2. Muito bom parabéns, excelente matéria!!

  3. Marina, AMEI a idéia de fazer “re-resenhas”! É verdade que muitas vezes um produto não dá certo na pele de uma pessoa mas se adequa totalmente na pele de outra. Foi o que aconteceu com o BB cream da Loreal, que é péssimo pra mim, mas todo mundo fala bem! E acho que eu gostaria bastante desse produto da Vichy!
    Obrigada pela postagem!

  4. Edna Yumi

    Tá certa em fazer essa re-resenha, até porque cada uma tem uma pele diferente, e a nossa própria pele parece que é meio mutante no meu caso normalmente tenho ela bem oleosa porem nos últimos meses mais no frio ela chegou a descamar um pouco na bochecha, mesmo hidratando tive que mudar o hidratante e comprar um mais potente normalmente uso para pele oleosa no caso o Gel da Nivea que vc mostrou eu comprei e amei e tbém uso o da Clinique, mas não deu conta e tive que buscar um mais potente, sei lá se é só o frio ou se a idade chegando ¬¬, faz a pele ficar mais sequinha.

  5. Raíssa

    Gostei, uma segunda opinião é importante também.
    Eu fiquei super animada quando vi esse hidratante da Vichy pela primeira vez, pena que é carinho, né?

  6. Isso acontece muito comigo e minha mãe, um produto é bom pra mim e ruim pra ela e vice e versa.
    Gosto de demaquilante em creme, os outros costumam arder minha pele.

    http://www.nutribobagens.blogspot.com

    BjoS

  7. Alice

    Adorei o post ”re-resenha”. E também não entendo quem usa rímel a prova d’água, Marina. A versão normal é muito mais prática e, pelo menos em mim, não borra enquanto estou usando a ponto de justificar o uso da versão à prova d’água.

  8. monica

    Pra vcs verem como são as coisas: eu não entendo como as pessoas NAO usam rimel a prova d’agua!!! Rsrsrsrs Em mim, depois de uma, duas horas, o normal ta todo embaixo do olho, aquele borrao liiiiiindo!!!! Hahahahaha E nao acho assim tao dramatico tirar o a prova d’agua… 😉 Definitivamente, cada um eh cada um, né? E viva a re-resenha!

    • Elaine

      Mônica, vc tirou as palavras da minha boca! Acho que faço uma cara de “Como assim seu rímel não é a prova d’água?” quando me perguntam se meu rímel é waterproof. Hahaha. Tmb acho super estranho usar rímel “comum”, pânico de ficar com borrão tipo aquelas bonecas (antigas) esquisitas que tem os cílios inferiores enormes desenhados/pintados! E sinceramente, acho lápis pior pra retirar do que rímel. É cada uma tem sua preferência…

  9. “juro que não entendo quem usa” Eu explico: pálpebra oleosa. Em uma hora já começa o processo de ~Bozificação~ da maquiagem e fica aquela delícia, parecendo um panda, mas sem a fofura. Quando o rímel não é lavável o processo passa de uma pra cinco horas, problema que eu só resolvi com o Colossal Filme (aquele novo), que eu pretendo manter na minha vida pra sempre.

  10. Vivianny

    Eu lembro qdo a Sá fez a resenha desse Normaderm e fiquei com pé atras em comprar pq minha pele tbm é oleosa. Deve ser muito bom ter a pele tipo a sua Mari, de normal à mista!! Eu queria!!rsrs

  11. Priscila

    Eu já usei esse demaquilante da Neutrogena e como qq demaquilante em creme, eu ponho um pouco nos dedos e passo nos olhos, massageio para “derreter” a maquiagem, depois que eu passo o algodão por cima. Acho que usar o demaquilante no algodão diretamente deixa muito resíduo de produto. Ah, claro que tem que lavar o rosto depois…

    Bjs

  12. Isabela Rissio

    Esse demaquilante funciona, mas é muito agressivo… Eu lembro usava e meus olhos sempre ardiam!! 🙁

  13. Monica

    Oi Marina!
    Eu tenho esse hidratante e também acho que não segura a oleosidade da minha pele (tenho a pele MEGA oleosa). Ele é bom, deixa a pele macia, mas, no quesito segurar a oleosidade, ele não dá conta do serviço.
    Vou usar até o final por dois motivos:
    1) Já comprei e ele não foi barato (paguei quase R$60)
    2) Quero ver se o efeito cumulativo funcionada e, daqui a algumas semanas, ele cumpre o que promete.
    Parabéns a todas pelo blog. É muito legal!

  14. Rox

    O melhor hidratante que eu já usei pra minha pele oleosa é o Morning Energy, tanto que tenho um estoque dele.
    Eu sou do time das Waterproof e explico: garotas que suam muito e/ou moram num lugar muito quente NECESSITAM de rímel à prova d’água. Eu por exemplo, se usar um lavável qualquer, em poucos minutos derrete absolutamente tudo.
    Então sempre tenho aqui um rímel à prova d’água pra “selar” as camadas de rímeis laváveis. 😉

  15. Jessica

    Eu uso esse demaquilante da Neutrogena e não gosto! Tenho que passar o algodão com o produto duas vezes para a maquiagem sair, e nem sempre ela sai por inteiro. Comprei ele porque fui recomendada por ter a pele oleosa, mas não achei um bom produto..! =/

  16. Rox

    Eu uso esse Neutrogena desse modo: passo ele em todo o rosto e lavo/tiro ele com sabonete líquido p/ rosto. Não sei se é “”””errado”””” mas é o que funciona. Ah, eu odiei esse Neutrogena, aí comprei um da Clean&Clear e vi que é mal de loção mesmo… parece que o contato com a água transforma ele em gordura, dá até aflição tocar no rosto. hahahaha
    Eu gosto de usar assim, sempre sobra sóóó um restinho de rímel e aí eu vou com demaquilante líquido. 😉

  17. Laura Bandeira

    Adorei a ideia da re-resenha! Como vcs são 3 podem fazer esse rodizio de vez em quando. Com outros produtos também, como shampoo e maquiagem. Bjs…

  18. Monica Matte

    oi marina! em primeiro lugar queria dizer que adoro o blog de vocês ^^ em segundo queria comentar aqui sobre o rímel à prova d’água. eu também já passei por isso de só usar rímel lavável e achava loucura quem usava o outro tipo pois eu também nunca conseguia tirar. mas hoje não vivo sem o à prova d’água. é muito simples, só comprar um demaquilante bifásico pode ser até dos baratinhos e com uma toalhinha de algodão colocar um pouco e num passe de mágica remove tudo! muito mais fácil do que lavar o outro. fora que tem muito mais opções no mercado de rímeis à prova d’água do que laváveis para escolher! 😉

  19. Alessandra Corrêa Santos

    Marina,

    Obrigada pela nova resenha, porque minha pele é meio parecida com a sua.
    Fica mais seca no inverno e quando esquenta mais pra mista.
    Suas dicas são sempre bem vindas.

    Obrigada, Alê.

  20. isabela

    Esta é a primeira vez que comento no blog. Parabéns pelo formato! Gente, vim comentar porque, por uma obra do destino, calhou de eu ter em casa estes dois produtos e de estar usando MESMO eles. Confirmo que eles deixam MUITO a desejar, mas que o Vichy ainda serve para alguma coisa, enquanto que o demaquilante DEVE FICAR LONGE DOS OLHOS, pois oferece grande reação da pele da córnea e, inclusive podendo criar microlesões na mesma, como é o meu caso no momento (o creme entra no olho e arde, deixando a córnea sensível e porque não é de qualidade, tenho que esfregar muito para tirar maquiagem a prova d’água, o que ocasionou a lesão).

    Por outro lado, existe um produto da Vichy que é muuito parecido com este creme, que é o PRO MAT. Eu usei ele até acabar, e depois comprei o seu TOTAL MAT do post, achando que era a mesma coisa. SÓ QUE NÃO É, DE JEITO NENHUM. Uso tentando segurar oleosidade e suor. Ocorre que venho usando a noite porque ele não tem fator de proteção e seca devagar demais, não permitindo que eu coloque protetor solar logo em seguida em um lugar tão quente como aqui, em Natal-RN. Porém, quando acordo, venho percebendo nos últimos dias que as partes mais oleosas do rosto (nariz, poros das bochechas e queixo) estão com aparência de abrasadas e avermelhadas (mesmo usando protetor solar fator 50 todos os dias), ou seja, o problema está na reação da pele ao produto em questão, que era para realizar exatamente o contrário!!! (acalmar a pele).

    Pronto, está aí a minha opinião sobre estes produtos. Gosto muito do blog! Abs