Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

O Grammy 2014 aconteceu no último domingo e reuniu um monte de músicos e celebridades. Ao contrário de outras premiações, o evento é mais livre no dress code e o pessoal se arrisca um pouquinho mais nos visuais. Deve ser por isso que tanta gente dá uma escorregada, né! A sorte é que tiveram, sim, boas inspirações. Separei meus looks favoritos no post de hoje!

Gente, não conhecia a Foxes mas depois de vê-la durante o prêmio fiquei automaticamente obcecada por esse cabelo! É bizarro porque toda vez que vejo uma franja boa já quero cortar a minha de novo. Como queria essas madeixas fartas e bem pintadas, viu!

Outro cabelo de tapete (adoro essa expressão) que vi no Grammy foi o da Kacey Musgaves, que também não conhecia. Tintura feita à perfeição, fios hidratados e movimento ideal. Posso pensar em deixar o meu crescer? (Mentira, amo curtinho!)

Ainda falando em questões capilares, Ciara arrasou no penteado para a premiação. Eu simplesmente adoro essa forma de prender os fios, deixando-os soltos em mechas na frente. Fica aí de inspiração pras formandas de fevereiro!

Kelly Osbourne mandou bem na cor de batom escolhida, um vinho/framboesa genial (se parece até com o Empress, que eu tanto adoro, mas um pouco mais claro). Só acho que podia ter caprichado um tiquinho mais no contorno!

Queen Latifah mostrou que batom vinho fica muito bem, obrigada, em negras. Ela não está a cara da riqueza com esse daí? Para complementar, nada muito over: sombra cintilante e cílios postiços generosos.

Falando em make-up, para mim o grande vencedor da noite foi esse olhão magia da Rita Ora! Isso é maquiagem bem escolhida e executada! Alguém me indica uma sombra parecida aí? Quero para ontem esse violeta!

Alguns foram os desastres fashion (oi, Katy Perry!) dessa edição, mas houve quem soube escolher um modelito simples e adequado. Adorei esse vestido da Anna Farris, só colocaria um colar grandão para dar mais destaque ao colo.

Taylor Swift tava bonita com esse vestido esvoaçante e repleto de aplicações. Também curti o cabelo meio termo dela, volumoso mas sem os cachinhos. A maquiagem era iluminada no cantinho interno, que ajudou nessa vibe ninfa.

E, para animar a quarta-feira, um post engraçadíssimo do Morri de Sunga Branca sobre os melhores momentos do Grammy!

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
40 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Depois da aparição de Adele no Grammy pipocaram comentários pela internet pois a cantora não estava usando apenas unhas holográficas, mas exibiu também uma técnica conhecida como Louboutin Nails. Olhando a foto você já entende porque.

Foto do site Beautylish onde tem um passo a passo de como fazer a técnica.

Lembra do Louboutin, sapato famosão de sola vermelha? Pois a ideia dessa técnica é a mesma: pintar a parte de trás das unhas de vermelho. Mas só dá certo para quem tem as unhas compridonas!

Pela internet já vi meninas usando outras combinações de cores, não só com o vermelho. O que você acha do visual?

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
52 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Vamos conversar de amiga para amiga, além do entretenimento a gente vê essas festas cheias de celebridades para reparar mesmo no que as mulheres estão usando, não é? Mas quem é que não dá uma espiadinha nos meninos para ver como aquele rapaz gracinha se veste em festas mais chiques?

Tá certo que o Grammy não é o Oscar e os artistas acabam “ousando” um pouco mais na produção moderninha. Não sou entendida em moda e minha opinião fica sempre no “gostei e não gostei”, por isso hoje resolvi fazer uma coisa diferente por aqui. Chamei os meninos do Coisas de Macho para comentar não o visual das mulheres, mas sim dos meninos. Estava super curiosa para saber a opinião deles sobre os homens e se seriam tão exigentes quanto são com as moças. Quem sabe a gente não aprende algo com esses rapazes que não são nada entendidos em moda, mas conhecem o mundo masculino da VIDA REAL como ninguém.

Pedro: Bruno Mars é um mini-craque em tamanho real. Achei bacana, mesmo com a calça pescando siri.

Mahani: Não acho as músicas dele muito boas, mas tenho que admitir, essa fantasia de Oompa Loompas, com sapatos ortopédicos e calça curta, ficou boa demais.

Eduardo: Um terno meio mal cortado. Tá grande no ombro e curto na manga. Largo na coxa e curto na barra. As únicas partes boas são o óculos e o colete, que eu acho muito massa, e gostaria muito de usar.

Thiago: Acho legal essa cor de terno e até entendo que essas calças no estilo “curta” estão na moda, mas nesse caso dá a impressão que a calça foi roubada do figurino da Familía Buscapé. Para piorar, o deixou mais anãozinho do que nunca. Fiquei com a impressão também que o terno ficou um pouco largo para ele. Fora isso, o fato de usar óculos durante a noite não entra na minha cabeça.

Pedro: Outro pessoal que foi pego de calças curtas #brmmmmtshhh Se fossem brasileiros, seriam ridicularizados, assim como acontece com o Restart. Gays.

Mahani: Dos três, acho que o que ficou mais apresentável foi o de blazer preto. Os outros dois uniram peças que, separadas, até poderiam ser legais, mas unidas ficaram estranhas. E a tal da calça curta é moda mesmo, gente?

Eduardo: Não estava sabendo dessa moda de calças curtas, eu não faço o estilo “manguetown”, pescador de carangueijo, que dobra as barras lá em cima. O mais normal é o cara de paletó preto, já os outros caras só podem ter pego esses ternos emprestados.

Thiago: Tem uma galera que é muito moderna para o meu gosto. Esses três são bons exemplos disso. Acho os sapatos legais, mas a calça do cara do meio, putz, certo que roubou do avô enquanto ele dormia. A roupa quee mais me agrada é a do cara da direita, que acabou optando por algo mais clássico. Já no cara ali da esquerda, achei a camisa feia, sem falar o cinto de jacaré dele, ao melhor estilo Crocodilo Dundee.

Pedro: Pô, é uma competição de pinguins de geladeira? Achava a banda mais legal quando se vestiam tipo caminhoneiros sujos.

Mahani: Eu queria ter estilo suficiente pra conseguir usar gravatas-borboleta, mas não tenho. O cara do meio talvez até tenha, mas o tom Agostinho Carrara escolhido para o terno não ajudou muito.

Eduardo: Eu usaria os três ternos, esses caras estão muito bem vestidos. Mas, óbvio que o marrom de gravata borboleta é o mais massa. Até me imagino andando com um “mancar 50 Cent”.

Thiago: Acho que eles exageraram nesses ternos/blazers que brilham muito. Em contrapartida, acho legal essa moda da gravata borboleta. Fora isso, não entendi essa calça de ginástica que o cara da direita está usando. Não precisava ser uma calça tão justa.

Pedro: Maroon5 = Capital Inicial do inferno, sem mais. Ah, bacana o visual do Chris Rock ali do lado do Dinho Ouro Preto.

Mahani: Adam Levine mandou bem demais. Tanto a combinação de cores quanto a estampa listrada da camisa e o coletinho estiloso casaram perfeitamente. O lenço para fora do bolso do paletó completou bem o visual. Já no caso do Austin Powers (mais) feio do lado dele, só tenho a lamentar, começando pelo cabelo.

Eduardo: Todos muito normais, a não ser aquele cara de terno azul tinteiro e com cabelo meio Mahani. O que passa na cabeça desse rapaz? Só porque é famoso acha que pode avacalhar. O inteiro de preto também não é muito bacana. É meio traje de fotógrafo de formatura, que quer passar camuflado a noite toda.

Thiago: Começarei pela coisa mais gritante. O único cara que se pode dar o luxo de usar um terno azul é o Mike Myers, em Austin Powers, fora ele ninguém fica legal. Já o Kurt Cobain ali da direita acertou no terno e na camisa, só acho que poderia ter usado uma gravata. Na esquerda, o “Zac Affron” optou por algo mais clássico, mas acho que escolheu um terno um pouco largo, e também está sem gravata, o que não me agrada. Já os outros dois, o Adam Levine e o outro cara do lado dele escolheram bem os seus trajes.

Pedro: Finalmente alguém vestido de forma autêntica! Dá pra ver que parte do figurino foi adquirido na última viagem da banda pro Centro-Oeste: cinto com fivelão de Dourados, bota direto de Rio Verde e camisas xadrez direto de Campo Novo dos Parecis.

Mahani: Da esquerda para direita. Eduardo: o gordinho desleixado, sempre com um copo de Coca por perto. Pedro: sou feio e meu sorriso é assustador, mas tenho um adereço massa. Hoje, vim de cinto. Mahani: o loirinho tímido e encantador, mas que não compra sapatos e, sim, os coleta dos fios de alta tensão. Thiago: sou muito massa e acho que usar várias coisas xadrez e um óculos diferente é o suficiente para me manter uma graça.

Eduardo: Ao invés de os caras irem bonitos e chamarem a atenção, eles pegaram os piores sapatos e chamaram a atenção. Famosa foto da Família Buscapé.

Thiago: É, pelo visto não é só o Mahani que fecha os olhos e escolhe aleatoriamente uma roupa no armário. Exceto a gravata e o blazer do vocalista, a gravata borboleta e a camisa do amigo ali da direita, nada me agrada, com destaque ao terno do loiro com o coturno. Certeza que a mãe dele comprou tecido para fazer um cobertor, acabou sobrando muito e aproveitou o que restou para fazer a roupa do filho.

Agora é minha vez! Poxa vida, nenhum dos piás comentou Bruno Mars sem meia?
Só tenho uma coisa para acrescentar sobre o Kings Of Leon, o que tenho a dizer é: “Caleb, casa comigo”.
Será que agora ficou mais fácil para a gente dar pitaco nas roupas dos nossos tchutchucos?

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
63 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários