Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Testei na pele oleosa: Minéral 89 da Vichy

O Minéral 89 da Vichy tem ação preenchedora e hidratante e combina 15 minerais ricos em água e ácido hialurônico, ajudando a fortalecer a pele. Testei ele durante algumas semanas na pele oleosa e hoje te conto o que achei dele.

Resenha: o que achei do Minéral 89 da Vichy

Demorei um pouco para entender do que se tratava esse produto e no começo achei que era tipo um água termal turbinada, mas acho que dá para considerar que é um misto disso com um hidratante suave.

Testei na pele oleosa: Minéral 89 da Vichy

O produto é um gel sem toque oleoso e que, depois de espalhado, some completamente na pele. Ele não deixa brilho e nem pegajosidade no rosto. Usando depois de lavar a pele, sinto que ele funciona mais ou menos como uma água termal, dando aquela refrescada, mas também com uma leve sensação de hidratação.  Como estou usando um tratamento noturno no rosto, sinto que ele deixa a pele gostosa, mas sem acumular ou misturar todo com o creme que uso depois.

Testei na pele oleosa: Minéral 89 da Vichy

Para o pessoal de pele oleosa, talvez seja uma boa opção de hidratante leve e suave, mas para quem busca algo que seja MEEEGA hidratante, talvez não seja a melhor opção. O Minéral 89 não esfarela, não craquela e não interfere em nada no uso da base ou do protetor solar.

Veja também meu super resumão sobre todos os melhores produtos para quem tem pele oleosa.

Ingredientes da fórmula

Testei na pele oleosa: Minéral 89 da Vichy

Preço e onde comprar

O Minéral 89 com 50g custa em média R$130 e pode ser encontrado em drogarias de todo o Brasil.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
28 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Quem aí se lembra de quando a Sá testou a Máscara Colágeno Peel Off Express, da Océane? Pois muito bem, hoje é dia de eu colocar à prova a Máscara Calêndula, da mesma linha! Venham comigo ver o que achei desse produto lançado há poucos meses pela marca:

Máscara Calêndula Océane

máscara calêndula

De acordo com a Océane, o produto resenhado de hoje proporciona saúde e reequilíbrio da pele, além de remover impurezas – tudo isso com poder hidratante. Um fato curioso é que a marca foi mesmo lá na fonte para trazer a fórmula das máscaras da linha. Diz na embalagem que a fabricação é sul-coreana!

máscara calêndula

Outros dados sobre a Máscara Calêndula Océane:

“Faz parte de uma nova geração de máscaras mais tecnológicas que as de papel. Possui o prático efeito peel off express e é feita a partir do pó de alginato, ingrediente de propriedades desintoxicantes encontrado em algas marinhas. É livre de parabenos. Acompanha espátula medidora. Aplicação única.”

O que achei na prática

máscara calêndula

Até aí tudo perfeito, mas o lance é ver na prática! Segundo a Océane, o correto é adicionar ao conteúdo do potinho, que vem em pó, sete medidas de água (há um dosador dentro com espátula de aplicação na outra ponta). Porém, como eu – malandra que sou – já tinha lido a resenha da Sá, fiz metade apenas para poder usar o restante depois. Diz que sobra bastante produto, então já ~fabriquei menos.

máscara calêndula

Uma coisa curiosa é que a Máscara Calêndula vem com umas partículas laranjadas no meio, que se assemelham a raspas de laranja (eu e minha imaginação fértil). E o mais engraçado é que elas só apareceram depois do contato com a água! Falando nisso, a textura alcançada é essa da foto – fica um creme bem grosso, que na hora da aplicação chega a ser até meio MOUSSE (acho que tô com fome).

máscara calêndula

Aqui, temos IBAGENS do rosto sem nada, com a máscara já secando (demora de 15 a 20 minutos para secar por completo) e depois da aplicação. É interessante notar que o produto muda completamente de textura conforme os minutos passam – de um creme grosso vira um treco meio emborrachado na pele.

Porém, tal qual dito na resenha da Sá, tem que passar uma camada generosa mesmo para conseguir o tal efeito peel off. Houve partes do rosto em que a máscara ficou mais fina e foi um parto pra tirar – aliás, pelo amor de Deus, não sejam tontas que nem eu e evitem os cabelos/sobrancelhas. Grudou TUDO e fiquei séculos depois tirando o produto com água pra não arrancar meus fios, hahahaha!

A Océane recomenda o uso da Máscara Calêndula 3 vezes por semana. Considerando que um pote custa 20 realidades e em tese a aplicação seria única, pouquíssima gente daria conta de sustentar esse ritual! Aliás, mesmo dividindo o conteúdo no meio seria caro. Então esse meu teste leva em conta uma única aplicação para ver se rola algum tipo de resultado imediato, que é o que se espera das máscaras faciais.

E, para falar BEM a verdade, não notei nenhuma diferença muito drástica – ao menos não visual! Como podem ver, tenho rosácea e pensei até que o produto fosse dar uma acalmada, mas nisso não houve alteração. A coisa mais expressiva foi sentida: a pele ficou mais macia e surpreendentemente sequinha.

Por isso, acho um recurso interessante para antes da maquiagem, porque ele deixa a pele bem bacana para recebê-la. Enquanto tratamento mesmo tenho lá as minhas dúvidas – e continuarei tendo, porque fica muito caro usar a máscara repetidas vezes como sugerido!

Fórmula e onde comprar

máscara calêndula

A Máscara Calêndula da Océane é vendida online pelo valor de 20 reais (28 gramas).

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
9 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Recentemente comecei a usar alguns produtos muito bons. Por isso, resolvi reuní-los todos nesse post com uma listinha de 5 marcas de cosméticos que vale a pena conhecer.

marcas de cosméticos que vale a pena conhecer

Marcas de cosméticos que vale a pena conhecer

Condicionador Souvie: para começar, uma marca bem legal que tem alguns cosméticos orgânicos. O condicionador, por exemplo, é adequado para quem faz low poo e tem um perfume delicioso! Além dele, estou usando também o creme para as mãos, que hidrata super bem a pele.

Sabonete Trópica Botânica: estou curtindo testar produtos de marcas locais – e a Trópica é daqui de Curitiba. Já testei o sabonete de argila preta, que eu AMO, e o shampoo sólido. Ainda devo o post do shampoo, mas juro que entra logo. Ah, é tudo natural, vegano e com embalagens fofas.

Hidratante Simple Natural: a Simple Organic é de Santa Catarina, mas entra na cota das marcas locais, já que é aqui do ladinho. Esse hidratante multifuncional está sendo um dos melhores produtos que usei ultimamente. Hidrata muito sem deixar a pele gosmenta nem ensebada. Aliás, pelo contrário, a pele fica macia e sequinha. A marca também é vegana, não usa parabenos nem conservantes artificiais.

Protetor solar da Missha: lista minha sem produtos coreanos não é minha, né gente? Já tinha testado os BB Creams da Missha, mas faz tempo. Os protetores solares são novidade pra mim e olha, são maravilhosos. Se você gosta dos da Bioré, vai com fé – tanto o Velvet quanto o Waterproof são sensacionais.

Primer Touch in Sol: outro produto que é asiático é esse primer. Ele é meio diferentão, é tipo um gel com esferas que prometem hidratar a pele. A textura dele é diferente de tudo que já usei – não é mate nem siliconado. Ele meio que deixa a pele mais natural, mas ajuda a deixar a base bem homogênea depois.

Marcas de cosméticos que vale a pena conhecer – em vídeo

E, claro, aproveita que você já tá por aqui e se inscreve lá no nosso canal. Tá tendo vídeo quase todo dia, estamos preparando o conteúdo com carinho e queremos vocês por lá também! Estamos quaaase quase nos 80 mil! VEM, GENTE! <3

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
6 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários