Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Já tem um tempo que passei a prestar mais atenção na importância de prestigiar a produção local de qualquer produto – e sei que tanto a Sá quanto a Marina também curtem muito isso! Não é incomum que vocês vejam a gente em feiras, bazares e lugares fora do circuito das grandes redes.

E isso não é só uma questão de encontrar nessas situações coisas diferentes do que vemos por aí, mas também de incentivar os pequenos produtores, aquelas pessoas que vendem itens com mais alma e em menor escala – o que interfere positiva e diretamente na qualidade e na economia.

Não estou dizendo que seja errado levar nosso dinheiro para o comércio varejista tradicional – afinal, ele também gera empregos, pode ter bons produtos e é, sim, mais prático pela alta disponibilidade. Mas ligar o radar para os negócios menores – especialmente feitos por empreendedoras! – é algo que pode mudar nossa relação com a forma de consumir. Mesmo!

Em vários casos, a produção local privilegia as matérias-primas da região também. Ou seja, quem tem um pequeno negócio está ajudando outras pessoas na mesma situação, o que forma uma cadeia autossustentável. E isso é muito bacana, né?

Um exemplo: a estilista cria peças com tecidos de fabricação natural, vamos dizer. Com o dinheiro das encomendas, o fornecedor sustenta a casa. Um dos itens da lista de compras é o pão artesanal feito pela padaria do bairro. Com o dinheiro conseguido pelo dono da padaria, ele vai até a granja da região e compra ovos direto do pequeno produtor. E assim por diante!

Pensando nisso tudo, hoje mostro 3 iniciativas made in Curitiba para quem quer começar a comprar de quem faz aqui – e faz muito bem, por sinal!

Comprando a produção local

Maçã – Padaria Artesanal Brasileira

produção local

Quem acompanha a gente sabe que somos fãs da MAÇÃ – Padaria Artesanal Brasileira. Pra mim é um lugar especialmente querido porque sou amiga do Jorge, O PADEIRO, hahahaha! Tem sempre uma fornada de pão fresquinho, além de outras deliciosidades, incluindo doces da também amiga Julia Guedes. Recomendo o pão Brasileiro (eita, saudade! hahahaha) e também o brunch que eles fazem aos domingos – inclusive, o próximo é dia 16/07. Aqui vai a página do Facebook para ficarem de olho nas novidades e também saberem mais detalhes, como o endereço de lá e o horário de funcionamento.

Peita

A Peita é iniciativa de duas designers curitibanas que criaram uma linha de camisetas (e outras coisinhas mais) para celebrar o empoderamento da mulher. Aposto que algumas de vocês já viram por aí mulheres e homens com os dizeres “lute como uma garota” estampados no peito! Mas as mensagens vão além: tem “pedale”, “tatue”, “corra”, enfim, tudo para mostrar que a gente pode fazer o que quiser! <3 A venda das peças é feita pela página da marca no Facebook. Aproveito para indicar o play no vídeo acima, que explica melhor sobre a motivação de ser da Peita e é do canal da Guid, uma criadora de conteúdo daqui que volta e meia dá dicas de moda que prestigiam a produção local!

Guria Marcenaria

produção local

Conheci a Guria Marcenaria numa feira bem legal que fazem na cidade de vez em quando (já chego nesse tema!). No fim das contas, a dona, Juliana, é nossa leitora! Como o nome já diz, esse estúdio de design é mais curitibano impossível: aqui se usa “guria” em vez de “menina” sempre – aliás, no Sul como um todo é assim! Os produtos são todos feitos artesanalmente em madeira, mas sem aquela pegada rústica demais. Há um toque moderninho em tudo, dos móveis às luminárias! Vale a pena ficar de olho na página deles do Facebook para acompanhar onde estarão expondo produtos e até para fazer pedidos!

Feiras, bazares e afins

O melhor jeito de conhecer produtores locais novos é participar de feiras, bazares e eventos afins. E sempre tem um ou outro pipocando por Curitiba! O último foi o Manoo, que tanto eu quanto a Sá adoramos. Para ficarem de olho, recomendo fortemente visitas frequentes à página Eventos do Facebook – é lá que descubro um montão de coisas legais pra fazer na cidade!

Existem também contas no Instagram com novidades que acontecem por aqui, como o @curitibacult.

É bem menos difícil do que parece comprar de produtores locais. Espero ter despertado em vocês essa vontade! Procurem nas suas cidades, vasculhem, liguem o radar! Vale muito a pena. <3

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
10 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários