Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Testei: máscara Lumino Contrast L'Oreal Professionnel

Vamos falar sobre a blogueira que esquece de usar máscara nos cabelos e que, por razões que vão além do seu conhecimento, acaba com os fios ressecadíssimos? Olá pessoal, essa sou eu.

Acho que por não deixar as máscaras a vista ou por “confiar” no cabelo oleoso, acabo deixando pra lá esse tratamento mais intensivo nos meus fios. Mas no final das contas, com banhos ultra quentes e tudo mais, meu cabelo anda com as pontas espetadas e ressecadas. Como ainda tenho o ombre hair nas pontas, achei que era um bom momento para testar a máscara Lumino Contrast.

Lumino Contrast L’Oreal

Segundo a marca, esta máscara é indicada para cabelos com mechas e luzes. Teoricamente ela trata profundamente, hidratando e dando brilho aos fios. Tudo isso sem pesar no cabelo.

Testei: máscara Lumino Contrast L'Oreal Professionnel

Resenha: o que achei da máscara

Como prometido, ela hidratou muito meu cabelo, tirando aquela aparência ressecada nas pontas e dando bastante brilho. Senti meu cabelo super macio, condicionado, com menos frizz e o melhor de tudo, sem ficar grudado nas raízes ou pesadão no comprimento. Gostei demais dessa máscara.

Testei: máscara Lumino Contrast L'Oreal Professionnel

Tenho o cabelo bem fino, como de neném, oleoso e com descoloração nas pontas. Achei que a máscara deu aquela carinha boa, de cabelo saudável e tratadinho. Achei que foi uma das máscaras que testei e mais deu certo para mim. Olha minha carinha feliz na foto!

Para usar, é só aplicar no cabelo limpo e úmido e deixar agindo por uns 3 minutos, depois é só enxaguar.

Hidratar, nutrir ou reconstruir, saiba neste link qual é a máscara ideal para seu tipo de cabelo.

Ingredientes da fórmula

Testei: máscara Lumino Contrast L'Oreal Professionnel

Preço e onde comprar

A máscara Lumino Contrast está disponível em salões de belezas e lojas de cosméticos. Online tem na Beleza na Web, por R$ 140,99 com 200 g.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
8 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Quantas vezes você deixou de fazer alguma coisa que queria muito simplesmente porque estava sem companhia? Para mim, foram algumas – e ainda me lembro do sentimento de frustração por não ter tido a coragem de me atirar, sem medo. É por isso que quero convidá-la para uma reflexão: até quando você vai deixar isso acontecer? Eu dei um basta nessa besteira já faz um tempo – acredite, é libertador.

sair sozinha

Me recordo bem da primeira vez. Era 2013 e fiquei sabendo do show do John Mayer (meu muso) aqui no Brasil. Dei uma checada com as amigas para ver se alguém estava afim de ir também. Nada. Aí pensei com meus botões: “chega de palhaçada, vou comprar o ingresso, ver a passagem pra São Paulo e pegar um hotel pra mim!” – e assim fiz. Cheguei sozinha no show e, logo na fila, já fiz umas amigas (geminiana, né). Fiquei com elas um tempo e, magicamente, encontrei uns conhecidos do Rio que também eram fãs do cantor. Pronto. Foi maravilhoso, cantei, dancei e até chorei de emoção. Voltei para casa realizada!

Mas ok, tive sorte. Aconteceu algo parecido no ano passado, quando decidi sair sozinha para o show do Vanguart (banda brasileira que amo também) aqui em Curitiba. O que não esperava era que, na página do evento no Facebook, tinha uma galera que pretendia fazer a mesmíssima coisa. Resultado? Nos encontramos lá e foi ótimo. Pra completar, depois que o show já tinha terminado, tava de bobeira na frente de uma escada que descia para o subsolo e ouvi de repente o segurança gritar: “quem quiser conhecer a banda faz fila aí” – fui a primeira, hahahaha! E assim tirei foto com todo mundo que tanto admirava. Sucesso total. <3

Depois de duas experiências tão bem-sucedidas, no último sábado foi a vez de repetir o feito. Estava afim de ver o cover de uma banda que adoro (The Kooks) e nenhuma das minhas amigas conseguiu me acompanhar. Pois muito bem: saí de um aniversário e toquei para o Peppers, onde rolou o show, sozinha. Cheguei, me encostei no balcão e ali fiquei dançando (sim, afinal de contas, não conhecia ninguém então não sou obrigada, hahahaha) até a banda começar. Fiz um amigo aleatório, depois perdi o menino quando encontrei uma conhecida e aí, quando vi, estava por minha conta novamente.

Ao sair sozinha, o céu é o limite. Dá para fazer tudo o que você quer sem precisar depender de ninguém. Foi assim que, devagarzinho, fui chegando pertinho da banda. Mais uma vez, cantei, dancei – e chorei de emoção (dessa vez por ter feito tudo aquilo acontecer). Tava ali, tão entregue, tão eu mesma, tão sem medo de ser feliz! Acabou o show, fui tomar um ar, conheci mais um amigo (e quando digo amigo, é amigo mesmo, hein?), dei tchau e fui embora. Livre, leve e solta. Liberta, como disse antes.

Todas essas historinhas estão aqui por um único motivo: não para eu vir dizer “olha como eu sou descolada” (até porque sempre fui uma boba medrosa), mas para inspirar você a não se privar de absolutamente nada por falta de companhia. E não precisa ser somente encarar a noite, mas também ir ao cinema (pretendo experimentar também), sair para comer um doce gostoso, dar uma volta no parque, qualquer coisa! Fazer aquilo que se tem vontade e deixar a vida te presentear com alguma surpresa!

Quanto tempo eu passei pensando que sair sozinha era sinônimo de derrota, de não ter amigos, de não ser querida. Mas que bobagem! A verdade é que nem sempre as agendas batem, as pessoas podem estar com você, os amigos possuem os mesmos interesses. E tá tudo bem, a vida é assim mesmo! O importante é a gente não deixar de fazer aquilo que gosta imaginando o que os outros vão pensar. Sinceramente? Não tô nem aí! E descobri no meio do caminho que mais gente faz o mesmo e é feliz – gente essa, inclusive, que acabou por me acompanhar nas nossas aventuras individuais.

Saber aproveitar a própria companhia é sinônimo de maturidade, de aprendizado, de evolução pessoal. Pode ser que você ache estranho nas primeiras vezes, mas insista! Tenho certeza de que vai aprender muito sobre si mesma e, quando estiver na companhia de alguém, conseguirá valorizá-la ainda mais.

Depois me conta como foi sair sozinha pela primeira vez, caso nunca tenha tentado? Vou gostar de ler sua história! E para quem já faz isso com frequência, quero saber como se sente também!

Foto: Shutterstock

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
76 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

shampoo a seco aspa

Quando comprei o esmalte em spray, aproveitei que já ia pagar frete mesmo e comprei também um shampoo a seco Aspa. Eu mesma já tinha testado um desse tipo deles há alguns anos, mas pelo que vi, toda a linha foi reformulada – tanto que agora é até difícil escolher qual usar, porque são MUITOS (juro, tem até um que se chama Zero Gordura hahaha)!

Shampoo a seco Aspa

shampoo a seco aspa

Como fiquei na dúvida entre tantas versões e perfumes, fui no mais básico de todos: o sem perfume. Ele promete limpar, refrescar, perfumar e retirar a oleosidade excessiva dos fios, permitindo assim espaçar as lavagens. Ele é indicado para todos os tipos de cabelos e tem ativos de Mirra, que têm propriedades desodorizantes e prometem deixar os fios macios. A aplicação é como a de qualquer produto desse tipo – você agita o frasco e aplica na raiz dos cabelos a uma distância de mais ou menos 15 cm, deixa ele agir por um minutinho e depois escova bem os fios.

Resenha: o que achei dele?

shampoo a seco aspa

Bom, acho shampoo a seco uma invenção incrível e um ótimo salvador para dias de pressa, viagens ou imprevistos, então sempre tenho um disponível. Além disso, apesar de não ter os cabelos naturalmente oleosos, eu tenho franja – e quem tem também sabe bem como é, às vezes a gente fica mexendo demais nela para ajeitar e ela acaba ficando oleosa mais rápido.

E especificamente sobre esse shampoo a seco Aspa, achei que ele tem um bom custo benefício – não é caro e achei bem digno. No geral ele é bastante similar ao original da Batiste (aquele da embalagem verdinha, que é o que eu mais uso), o que significa que ele tira bem a oleosidade, só que ele dá um tiquinho a mais de textura aos fios – o que, dependendo da ocasião ou do seu gosto, pode ser bom ou ruim. Como meu cabelo é bem liso, eu gosto. Além disso, é uma diferença bem sutil, o cabelo não fica duro nem nada, pelo contrário, achei que fica bem soltinho.

shampoo a seco aspa

Ah, como dá para ver nas fotos, ele é aquele tipo que é branco – como meu cabelo é claro, eu não me incomodo, mas eles tem também versões para fios castanhos e pretos. Em resumo: eu curti!

Composição

shampoo a seco aspa

Preço e onde comprar

O frasco de 150 ml do shampoo a seco Aspa custa entre R$ 14 e R$ 16 – mas esse valor pode variar de acordo com a perfumaria. Online dá para encontrar na loja virtual deles, que foi onde eu comprei (sim, é confiável).

 

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
14 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Testei: Deo Parfum Luck Avon

A novidade no mundo dos aromas é o deo parfum Luck Avon. A marca conta que a fragrância faz parte da família oriental floral e tem toques cítricos de bergamota, frutas vermelhas e buquê de pétalas de flores aveludadas.

Resenha: o que eu achei do Luck Avon

Assim que borrifado na pele, o Luck tem um cheirinho suave e frutal, super gostoso mesmo. Bem que eu gostaria que ele tivesse esse aroma por todo o tempo que permanece na pele!

Porém, ao logo do tempo, o aroma vai ficando mais doce, mais encorpado e não tão gostoso como no começo. As notas de saída me pareceram bem mais gostosas, sabe? Mas claro, isso vai do gosto de cada um, eu tenho a tendência de gostar mais dos perfumes fresquinhos e suaves mesmo.

Testei: Deo Parfum Luck Avon

Quem ai pensou em Miss Dior quando viu esse frasco?

Passando o Luck as 14h, consigo sentir ele na pele até as 18h, depois disso ele vai ficando cada vez mais fraco e sumindo lentamente na pele. Para quem gosta de aromas mais marcantes, pode ser que goste dele. O Luck não chega a ser doce ou enjoado, mas é mais forte do que eu costumo gostar.

Se você tem um gosto parecido com o meu para perfumes, talvez goste deste post com 5 indicações de aromas frescos e suaves.

Curiosidade

Antes de ganhar esse perfume da assessoria da Avon, recebi aqui em casa uma caixinha com duas mini amostras de perfume, sem nenhuma marca, mas pedindo que eu entrasse em um site e indicasse qual das duas eu gostava mais. Me deram até uma senha para podar dar meu voto. Achei a coisa toda meio suspeita, mas na curiosidade, escolhi a amostrinha preferida e votei.

Dias depois, fiquei sabendo que uma das amostras era deste perfume e a outra era da fragrância mais vendida no Brasil, que, infelizmente, a Avon não revelou qual era. Entre as duas, acabei escolhendo o Luck sem saber. A outra amostra era super doce e não me agradou nadinha.

Neste press kit, a Avon disse que, assim como eu, 62% das pessoas que fizeram este “teste cego”, acharam esta fragrância mais gostosa que a outra. E a curiosidade agora em saber qual era a outra amostra, como fica? 🙂 Conta ai pra gente, Avon!

Ingredientes da fórmula

Ingredientes da fórmula Deo Parfum Luck Avon

Preço e onde comprar

O deo parfum com 50 ml custa R$87 e está em promoção por R$69,99 agora em junho de 2016. Você encontra Avon com as revendedoras ou no e-commerce da marca.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
33 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários