Óleo bifásico para pentear, Seda

Marina Fabri POR Marina Fabri
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: CabelosCosméticosResenha
Curte aqui:

Nunca tinha visto um produto tipo esse, ou seja, um óleo bifásico para os cabelos (tem óleo de Argan e de amêndoas), então assim que vi esse da Seda, que foi lançado há pouco tempo, fiquei curiosa. Ele faz parte da linha voltada para cabelos secos, do Thomas Taw, e serve para hidratar e nutrir os fios de forma leve, sem pesar.

Meu cabelo é mais para o normal mesmo, mas como ele é longo (cortei um pouco agora, mas continua longo) e tenho luzes, as pontas acabam sempre um pouco mais maltratadas e precisando de hidratação. Estou usando esse spray há umas duas semanas e curti bastante o resultado – rola aplicar tanto no cabelo úmido, antes de pentear mesmo, quando nos fios secos, para aquela hidratada extra. Ah, para aplicar o esquema é o mesmo de qualquer outro produto bifásico, você chacoalha a embalagem até os líquidos se misturarem.

Eu curti mais aplicar no cabelo seco, porque achei que a diferença é mais notável – ele diminui um pouco o frizz e deixa o cabelo macio. Também é ótimo para me ajudar em um problema meio bobo, mas chato – às vezes durmo em cima do cabelo de uma maneira que, quando acordo, uns pedaços estão meio amassados ou emaranhados. Aí passo um pouquinho desse óleo, penteio e ele vai voltando a sua ~forma normal. Para os cabelos úmidos, achei que ele é leve demais (ao menos pro meu cabelo facilmente embaraçável), então continuo fiel ao UniqOne nessa etapa.

O cheiro dele é suave e gostosinho (não sei definir, meio cheiro de “produto para cabelo” mesmo risos) e uma coisa que eu gostei mesmo foi a embalagem. No geral, nunca gosto muito de frascos em spray (fora para os próprios sprays de fixação) porque acho que eles acabam depositando muito produto numa área específica e, em se falando de um óleo, como é o caso desse, isso seria terrível porque aí fica difícil espalhar, um pedaço do cabelo ia ficar oleoso e pesado e etc. Mas não! Esse é bem bom, o spray sai bem ~esparramado~, sem concentrar, e sai pouquinho, meio que uma névoa.

A embalagem de 120 ml custa mais ou menos R$ 15 (e deve durar muito).

Tratamento em 2 Passos Keratinology Seda

Sabrina Olivetti POR Sabrina Olivetti
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: CabelosNacionalResenha
Curte aqui:

A teoria da Seda é que os fios danificados internamente perdem muitas proteínas ficando fracos e quebradiços. E claramente que a ideia desse kit é repor e reter estas tais proteínas. Segundo eles o produto ajuda a reconstruir a estrutura das fibras capilares, interessante, num é?

O sistema funciona em dois passos, o primeiro deve ser aplicado no comprimento dos fios, deixando agir por 3 minutos e cuidando para não aplicar muito perto das raízes. O passo 2 serve para fechar as cutículas, também deve ser aplicado evitando as raízes e não precisa enxaguar.

O Passo 1 tem um creme consistente, parece uma máscara, já o 2 é mais líquido. Na embalagem vem quatro ampolas de cada um, mas no meu cabelo que é meio nada cada ampola dá para duas aplicações. Segundo a Seda o tratamento deve ser aplicado uma vez por semana até completar um mês.

Na primeira vez que usei achei sensacional e tive a impressão que meu cabelo estava mais forte, grosso, não sei explicar muito bem. Mas ficou lindão. Já na segunda semana, essa da foto, achei que o resultado não foi tão supreendente assim. Não sei se dessa vez meu cabelo não estava tão ferrado ou se exagerei no passo 2, que acabou deixando ele meio pesadão. Mas não vi tanta diferença.

Antes e depois.

Mas de qualquer forma, achei uma boa opção para tratar o cabelo que está um pouco danificado. Vale lembrar que tenho os fios ultra finos e oleosos. Este kit eu ganhei de presente da Panvel, mas ele custa em média R$28.

O que representa mesmo as brasileiras…

Marina Fabri POR Marina Fabri
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: Dicas
Curte aqui:

Fiquei bem feliz que meu post de semana passada gerou toda uma polêmica… Adorei a participação em massa de leitoras apontando vários outros produtos legais que são a cara das brasileiras, tanto é que juntei a maioria dos mais citados para mostrar aqui para todo mundo.

Tão aí:

Acho que os dois mais citados foram esmaltes coloridos e hidratantes Victoria’s Secret (e né, que atire o primeiro vidro de acetona quem não adora esses itens também!). Outros bastante lembrados foram o esmalte Renda, da Risqué; filtro solar (em especial o Minesol) e batom rosinha (com menção honrosa para o Rosa Queimado da Avon).

Também não dá para esquecer dos perfumes do Boticário, rímel da Avon ou Maybelline, shampoo Seda e lápis de olho preto.

E aí, será que nossa lista representa melhor as brasileiras? Acho que sim, viu? Adorei!

Produtos para as loiras

Marina Fabri POR Marina Fabri
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: CabelosNacionalResenha
Curte aqui:

Esses dias, pensando em todos os produtos específicos para cabelos loiros que já usei ao longo da vida, resolvi fazer um post sobre eles para dividir minhas dicas (e pegar algumas dos comentários também hihi) com vocês!


A primeira delas é para quem tem cabelo tingido ou com luzes (o meu cabelo é naturalmente loiro escuro, mas faço luzes): shampoos anti-amareladores. Já até falei sobre isso aqui. Esses shampoos são ótimos para evitar que o cabelo fique com aquela cara de “velho”, sabe? Tipo “a última vez que retoquei as luzes foi em 2004″. Isso porque, como diz o próprio nome, eles tiram o aspecto amarelado e deixam uma cor mais levemente champagne. Ah, esse tipo de shampoo demora um minutinho para agir, então não passe e lave logo em seguida. Eu uso uma ou duas vezes por semana, depende. As marcas que tenho usado são essas da foto, Kert e Felithi.

Outro produto sobre o qual já falei aqui também é o Sun In, da Phytoervas (nos comentários do post têm muitas dicas de onde encontrar o produto, é só dar uma lida). Ele é um creme para pentear sem enxague com um pouquiinho de água oxigenada, para clarear levemente o cabelo. Como muita gente perguntou no post anterior, resolvi esclarecer algumas coisas: em primeiro, ele só funciona para quem tem o cabelo naturalmente claro e não-tingido. Segundo: o efeito dele é bem sutil e cumulativo, ou seja, não adianta passar e querer acordar igual a Christina Aguilera. Terceiro: ele age com o calor, ou seja, você precisa secar os cabelos ao sol (na praia, por exemplo) ou com o secador. Quarto: já uso há um tempo e não achei que ressecou meu cabelo.

Por último, um produto baratinho do qual gosto bastante: água para pentear Iluminé, da Seda. Ele sempre aparece nas prateleiras no período de verão e promete realçar as luzes/reflexos do sol no cabelo. Gosto porque ele é muito levinho, tem um cheirinho bom e deixa um brilho no cabelo.

Quem tem mais dicas?

Quer ver o conteúdo mais antigo? Navegue em posts anteriores!
Página 1 de 212