CC Cream FPS50 Avon

Sabrina Olivetti POR Sabrina Olivetti
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: MaquiagemResenha
Curte aqui:

Depois de ter uma mini decepção com o BB Cream da Avon, não estava lá muito animada para testar o CC Cream deles. Galera na fábrica é tão louca por cintilância que colocaram até no BB Cream, rapaz!  Mas como nossas meninas pediram a resenha, comprei a novidade para mostrar como ele funciona na pele oleosa.

Segundo a Avon, ele protege, uniformiza, tem cobertura média e intensa, proteção UVA UVB com FPS50 e cuida da pele em um único passo.Tem fórmula oil-free e é enriquecida com vitamina C, extratos de chá verde e alcaçuz, que uniformiza o tom da pele e melhora o a textura. A marca ainda conta que o CC Cream tem ativos que clareiam áreas escuras e hidratam a pele por 24h. As promessas são parecidas com aquele CC Cream da Smashbox que testei esses dias, não acha?

O CC Cream é bastante líquido e fácil de espalhar, um pouquinho já é suficiente para aplicar por quase o rosto todo. Tive a impressão que é um produto que rende bem. Logo no início da aplicação senti aroma de protetor solar, mas depois passou e até que achei o perfume dele bem gostosinho.

Avon fala que a cobertura do CC Cream é intensa, mas na verdade achei ela bastante transparente. Mesmo uniformizando um pouco o tom do meu rosto, achei que não cobriu minhas manchinhas.

Sem maquiagem, com o CC Cream e maquiada (sem base).

Ele demora um tempo para secar no rosto, e por uma meia hora deixa uma textura cremosa na pele, como um hidratante, sabe como? Mas depois de absorvido, a textura ao toque fica aveludada, como se tivessemos passado um pó, mas ainda transfere um pouquinho. Visualmente ele não deixa a pele matificada ou opaca, no começo chega até a ficar meio brilhante por causa da textura cremosa que comentei. Mas ao contrário do BB Cream deles, este não tem cintilância. \o/

Veja só, por um lado achei o CC Cream bom, pois mesmo tendo FPS 50, ele não tem textura pesada ou melequenta. Mas ao longo do dia meu rosto foi apresentando a oleosidade natural – não piorou mas também não melhorou. O porém é que a cobertura é muito transparente para mim que tenho manchas no rosto. Para ser um multifunções mesmo e substituir a base, precisaria melhorar neste sentido. Se controlasse a oleiosidade, também seria melhor.

A cor que comprei foi a Amêndoa e achei que ficou um tiquinho clara para mim. Para comparação, uso C2 da MAC. Neste paguei R$33 com 30ml.

Se você tem pele oleosa também, talvez goste do BB Cream da quem disse, berenice, da L’Oreal ou até mesmo o protetor solar com cor da Adcos. Aqui você pode ler todas as resenhas que já fizemos sobre BB Creams.

Não esquece, se curtiu o post, dá um likezinho aqui abaixo. A família CDD agradece. :) #pidona

Protetor solar Fluid Tonalizante efeito mate FPS40 Adcos

Sabrina Olivetti POR Sabrina Olivetti
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: CosméticosResenha
Curte aqui:

Continuando com minha série de testes de protetores com cor, chegou a vez de experimentar a versão fluída tonalizante da Adcos. Várias leitoras me contaram que ele é bastante interessante para quem tem pele oleosa, então fiz o investimento.

A promessa é de textura fluida, toque seco – ideal para peles oleosas e acnéicas, alta cobertura, correção de imperfeições e prevenir o envelhecimento precoce. A Adcos conta que as sílicas antibrilho ajudam a manter o efeito mate na pele ao longo do dia e que o filtro solar não é comedogênico, é hipoalergênico, oil-free, resistente à água e sem perfume.

O protetor é bastante líquido, fácil de espalhar e me pareceu cobrir de uma forma bem boa as manchinhas da pele. Logo que seca, ele deixa a pele sem brilho, mas não chega a ser completamente opaco. Veja na minha bochecha como ainda deixa um brilho natural no rosto.

Sem nada, com o filtro solar e maquiada (sem base).

A boa notícia é que o protetor realmente não tem aroma nenhum, o que merece meu aplauso, obrigada Adcos! Outro ponto positivo é que ele controla um pouco a oleosidade da pele, e no final do dia meu rosto parece estar menos brilhante que o normal.

Confesso que achei que este protetor com cor seria igual ao outros que já testei, mas me surpreendi positivamente. Tanto que já faz quase uma semana que estou usando ele direto, sem nem correr atrás da base para deixar minha pele decente.

Ele está disponível em 4 tons: Ivory, Peach ( que foi o que eu comprei), Beige e Bronze. Para comparação, uso a cor C2 da MAC. Este eu paguei R$66 com 50ml aqui em Curitiba na loja da Vicente Machado, mas a Adcos também tem loja online.

Entre os protetores com cor que já testei, este fica em primeiro lugar no meu coração, em seguida vem o da La Roche-Posay e depois o da Vichy. Se você procura um protetor sem cor para pele oleosa, este post pode te ajudar.

Protetor Solar Facial Ultra Sheer Dry-Touch FPS 70 Neutrogena: o que eu achei

Thais Marques POR Thais Marques
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: CosméticosPeleResenha
Curte aqui:

Aqui no blog, somos unânimes em estar sempre em busca do protetor solar para o rosto mais sequinho, aquele que impede a cara de pastel no fim do dia mesmo com o maior calorão! Muitas opções oferecidas pelo mercado já foram testadas e hoje venho contar minhas impressões sobre o Ultra Sheer Dry-Touch FPS 70, da Neutrogena!

A marca afirma que se trata de um produto com solução altamente eficaz contra os raios UVA/UVB, formulação ultraleve com toque seco e resistência ao suor e à água. Pode ser usado diariamente ou na exposição prolongada ao sol. São 50 gramas de protetor, em embalagem de bisnaga.

Confesso que achei a textura muito semelhante a de outros protetores solares oil free de alta proteção que havia experimentado – é um creme firme, meio batumado, mas que espalha com relativa facilidade (relativa porque estamos falando de um FPS 70, que geralmente é bem pesado). A parte interessante é que ele não esbranquiça a pele, tornando-se transparente de forma rápida. Porém, sinto que o rosto não o absorve totalmente. Não chega a ficar “sambando”, mas dá para sentir um residual na superfície. A sorte é que isso não interfere na maquiagem!

O cheiro é suave, mas lembra protetor solar. Ele não fica incomodando o nariz, por isso não é um problema. Não sinto a pele ficar mais oleosa por causa da fórmula. Para mim, que tenho essa tendência, funcionou bem! Entretanto, não sei se recomendaria a quem possui oleosidade pesada. Acho que para esses casos é melhor investir em outro protetor (a Sabrina adora o da Bioré).

O valor médio do produto é R$ 45,00, mas depende muito da região onde está a loja física ou da loja virtual. Vale fazer uma busca!

Aqui tem um post da Marina comparando o Ultra Sheer com o Minesol, da RoC (na época, só existia o FPS 30 dele, hoje também há o 70, que a Sá resenhou aqui). Ah, e o produto da Neutrogena ganhou o segundo lugar no ranking dos Preferidos das Leitoras!

Fórmula:

Protetor Solar Corporal Nivea Sun Protect & Bronze FPS 30

Thais Marques POR Thais Marques
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: CosméticosPeleResenha
Curte aqui:

Esse post é mais um da série “testando todos os protetores solares do mundo porque é verão”. Tô feliz que pude viajar bastante e, por isso, consegui usar vários exemplares de marcas diferentes, sempre devidamente resenhados por aqui!

Minha última viagem, como vocês devem ter acompanhado pelo Instagram do blog, foi a Foz do Iguaçu, a convite de O Boticário, que lançou novos produtos Nativa Spa – vejam no nosso Facebook mais detalhes a respeito! Se tem cidade quente nesse Brasil, essa é uma! Não dá para dispensar o protetor pra nada, especialmente para os passeios que eu fiz (também fui na piscina do hotel).

O eleito para me acompanhar foi o Nivea Sun Protect & Bronze, com FPS 30, proteção UVB e extra proteção UVA. Escolhi um fator de proteção um pouco menor porque já estou mais bronzeadinha (na medida do possível, né!) e havia utilizado dois tubos de FPS 50 antes desse, ambos em spray (resenhas aqui e aqui). Ah, também cheguei a usar o Sundown FPS 50 em creme, mas meu Deus, ele é muito pesado e melequento, uma chatice para espalhar.

Bom, se queria praticidade e proteção com o Nivea, foi o que consegui. Ele tem uma textura de loção, muito semelhante à versão Light Feeling, que eu já resenhei certa vez aqui. Para mim isso é ponto positivo, já que não preciso passar horas esfregando e não fico com umas partes brancas no corpo. Mesmo com o FPS menor e o sol de rachar de Foz, fiquei protegida ao ar livre e na piscina (reapliquei após o mergulho como pede a embalagem). Nada de pele vermelha e, no lugar, uma cor bonita, que todo mundo quer, mas sem comprometer a pele!

A única coisa ruim é o tamanho da embalagem, de 125 ml (podiam fazer um tamanho família para as grandonas de plantão!), e o aroma, que é de protetor solar mesmo. Eu não me incomodo com isso, mas sei que tem gente que precisa usar na cidade e não quer ficar com cheiro de praia. Já usei para caminhar no parque e não me importo!

Nivea

Os fatores de proteção disponíveis para esse produto são 15 e 30. Os valores mudam de lugar para lugar (pode-se encontrar em supermercados e farmácias), mas o preço sugerido é de R$ 19,30 para o FPS 15 e R$ 25,90 para o FPS 30.

Ah, uma curiosidade: o Nivea Sun Protect & Bronze foi eleito o preferido das leitoras!

Quer ver o conteúdo mais antigo? Navegue em posts anteriores!
Página 1 de 1412345