Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Depois da coleção de inverno que foi sucesso (amo o batom cinza até hoje!), agora veio a linha Urban Pop da Panvel, lançada para o verão. São quatro esmaltes e cinco batons – e é deles mesmo que eu falo hoje.

urban pop da panvel

Batons da coleção Urban Pop da Panvel

A coleção Urban Pop da Panvel tem cinco cores de batom: Glam Pop (nude, cintilante), Laranja Pop (laranja, cremoso), Pink Pop (rosa, cremoso), Violeta Pop (roxinho mais quente, cremoso) e Royal Pop (roxo mais frio, azulado, cremoso). A embalagem é preta, como as dos demais batons da marca, mas agora vem com o nome da coleção estampado.

urban pop da panvel

O que achei deles?

Olha, achei as cores bem ‘verão’ e gostei muito da ousadia – tudo bem, duas das cores são mais normais e entendo que as marcas querem agradar a todos (o laranja e o rosa), mas as outras três são menos comuns, especialmente os dois roxos. E né, acho legal encontrar cores mais diferentonas numa marca acessível.

urban pop da panvel

Pra mim, a fórmula do laranja, do pink e do roxo é maravilhosa – ela é bem democrática porque, apesar de não ser mate, ela é sequinha na boca (não é aquele tipo que fica sambando nos lábios e escorrendo) mas ainda assim é confortável. Meu favorito, de longe, foi o Violeta!

Já as fórmulas do nude e do roxo-azul mancham um pouco – é difícil aplicar de forma uniforme, viu? Mas acho que isso é mais por conta das cores do que do batom em si – pelo que sei, batons azuis são todos meio assim. E os clarinhos com brilho também têm um pouco essa característica.

Composição

urban pop da panvel

Preço e onde comprar

Dá para encontrar os batons da coleção Urban Pop da Panvel nas lojas deles ou no site (aliás, alô paulistanos, acho que já abriu a loja daí, viu? Fica no Morumbi Town) – cada batom custa R$ 14,95.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
13 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

batons neutros

Sigo amando os coloridos, mas devo dizer que essa onda de batons neutros que está rolando atualmente me pegou, viu? Tem tanta cor bonita surgindo que até deixei os vermelhos e vinhos um pouco de lado. E meus cinco favoritos atuais são esses aí em cima!

Meus batons neutros favoritos atuais!

batons neutros

São eles, da esquerda para a direita: Luísa, da linha Bruna Tavares; Cinza, da Panvel; Soar, da MAC; Rosa Suave, da Avon e Cáqui, da Dailus.

E olha que, mesmo sendo batons neutros, todos tem lá suas diferenças – o mais seco é o Luísa, já que é o único líquido mate da listinha; em seguida vêm o Cinza da Panvel e o Soar, da MAC, que na verdade é um lápis – ambos sequinhos e sem brilho, mas não tanto quanto o Luísa, e a duração também é bem boa. Por fim, dois que são cremosos e ultra confortáveis nos lábios – Rosa Suave e Cáqui – eles têm duração menor, como já era de se esperar, mas são fáceis de aplicar e tem textura mais hidratante. Ou seja, se estou com pressa ou sem paciência para um batom mais seco, é neles que eu vou!

batons neutros

Enquanto o Cinza e o Cáqui são mais cinzentos, o Rosa Suave e o Soar são mais rosados mesmo – e o Luísa acho que fica no meio do caminho, ele tem um pouco de cinza também, mas está mais para um marrom claro, meio caramelo.

Preço e onde comprar

O Luísa pode ser encontrado em perfumarias e também no site da Tracta, ele custa R$ 32,80. O Cinza da Panvel pode ser encontrado nas farmácias ou na loja virtual deles por R$ 14,95 – o Cáqui é outro que custa mais ou menos isso aí também, dá para encontrá-lo em perfumarias. O Rosa Suave custa R$ 22,99 ou R$ 14,99, se estiver rolando alguma promo – dá para comprar com consultoras ou pela loja virtual da Avon. Para terminar, o Soar dá para encontrar na Sephora (ele vive sumindo, tem que ficar de olho) ou na própria loja da MAC (lá tem!) por R$ 71.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
10 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Já tive várias preferências ao longo dos últimos anos quanto à forma de aplicar base, pó ou corretivo – por anos usei só os dedos mesmo, depois migrei para os pincéis tipo flat top, aqueles que são bem densos e com o topo retinho, e agora eu simplesmente AMO esponjas de maquiagem! Como acho que falei pouco sobre isso por aqui, resolvi fazer um post para mostrar minhas preferidas, que são essas aí da imagem.

esponjas de maquiagem

Curiosamente, nunca me adaptei aos pincéis mais tradicionais para aplicar base – aquele tipo língua de gato (acho que demora muito para espalhar no rosto todo e deixa a cobertura muito pesada) e os duo fiber (acho muito molengas e acho que não espalham direito o produto). Mas vamos ao que interessa, então:

Esponjas de maquiagem: minhas favoritas

Essa em formato de gota é a mais famosa e tradicional das esponjas de maquiagem – a Beauty Blender! Ela é também a mais cara e infelizmente não é vendida no Brasil (porém é facilmente encontrada na Europa ou Estados Unidos). As outras duas são opções nacionais e bem mais em conta, das quais gosto bastante também – a rosinha é da Panvel e a de losango é da Océane.

Dá para usá-las tanto secas (para uma cobertura maior e acabamento mais pesado) ou úmidas (para um acabamento mais natural e leve) – eu prefiro úmidas mesmo. Nesse caso, você molha BEM a esponja e aí remove o excesso de água espremendo ela – você vai ver que ela infla e fica bem gordinha! Essas três que eu mostro no post fazem isso, mas usei as duas rosas para demonstrar ó:

esponjas de maquiagem

E aí é só aplicar a base normalmente, espalhando e dando batidinhas para o produto assentar. Essas duas aí de cima eu uso para aplicar base cremosa ou pó (sim, uso ela molhada até para o pó – vi que a Kylie Jenner usa assim e resolvi arriscar haha, o efeito fica ótimo!), enquanto a de losango uso para aplicar corretivo. Até tentei usar essa última para base, mas não curti muito, ela não é tão ‘anatômica’ quanto as outras, mas aí testei para o corretivo e OLHA, maravilhosa, parece que ela ajuda a concentrar bem o produto onde você quer e a cobertura fica ótima!

A mais macia é a Beauty Blender mesmo, até hoje nunca achei uma igual! A da Panvel já é um tiquinho mais firme e as da Océane são um pouco mais ainda.

Tirando a Beauty Blender, que não tem aqui, a da Panvel custa uns R$ 15 e a Océane uns R$ 13 o pacote com quatro esponjas de maquiagem – sei que a Beliz também tem opções do tipo, alguém já testou? 🙂

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
25 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Desde que o batom cinza da linha Urban, da Panvel, foi lançado, algumas meninas têm me pedido comparação com o Cáqui, da Dailus (já aproveitei e inclui o Hermione da TBlogs também). E a verdade é que eu mesma estava querendo fazer um post sobre o assunto, já que batom cinza é a cara do outono/inverno (e se você é aqui do Sul, sabe que o inverno chegou antes da hora haha). Só tinha um pequeno probleminha: VASCULHEI toda Panvel que encontrei no meu caminho, além da loja virtual, e não encontrava o bendito para comprar. Essa cor fez o maior sucesso e estava sempre esgotada. Mas finalmente CONSEGUI! Então eis o post! 🙂

batom cinza

Batom cinza: três opções

O cinza da Panvel faz parte da coleção que a rede de farmácias lançou recentemente, a Urban; o Hermione faz parte da coleção da Bruna Tavares para TBlogs (existe a versão líquida mate dele também, mas infelizmente não tenho para comparar) e o Cáqui faz parte da linha Dailus Pop, coleção que tem umas cores mais diferentonas.

batom cinza

Cinza Panvel | Hermione | Cáqui

E tem diferença?

Tem, mas é bem sutil – achei que o cinza da Panvel tem um toque mais marronzinho, enquanto o Hermione é mais rosado/malva e o Cáqui é um pouquinho mais claro.

batom cinza

Cinza Panvel | Hermione | Cáqui

A textura também muda um pouco – dos três, o Hermione é o único 100% mate. O da Panvel eu chuto que é uns 85% mate (#institutoCDDdeestatísticacosmética) e o Cáqui é bem cremoso mesmo. E a duração deles nos lábios acompanha a textura – o Hermione dura horas intacto; o da Panvel tem uma duração muito boa, mas um pouco menor; e o da Dailus requer retoques com frequência, como a grande maioria dos batons cremosos.

batom cinza

Cinza Panvel | Hermione | Cáqui

Gosto dos três, mas como eu mesma já tinha feito as resenhas do Hermione e do Cáqui, devo dizer que achei o da Panvel uma surpresa muito boa – a cor é bem bonita, a textura achei ótima (nem super seco nem cremoso, fica confortável) e adorei a mudança de embalagem.

Em resumo: os batons são bem parecidos, sim, o que significa que cada um pode escolher o tom ou textura que mais gostar, não precisa ter os três, não (a não ser que curta muito a cor). No fim das contas, fico feliz de hoje termos essas cores um pouco mais diferentes na indústria nacional e ainda com preços amigos.

Composição

Panvel:

TBlogs:

batom cinza

Dailus:

Esse infelizmente ficarei devendo – a lista de ingredientes vem naqueles lacres plásticos e não consegui tirar sem rasgar!

Preço e onde comprar

O da Panvel dá para encontrar nas lojas da rede ou pelo site deles, ele custa em média R$ 12 (como eu disse, o bichinho vive esgotado, mas dá para cadastrar o email para receber o alerta de quando ele volta ao estoque ou conferir pelo aplicativo da Panvel em quais lojas físicas ele está disponível). O Hermione está a venda apenas pelo site da TBlogs e custa R$ 29,26. Por fim, o Cáqui, da Dailus, pode ser encontrado em farmácias e perfumarias (online achei aqui, mas nunca comprei nessa loja) e o preço pode variar de R$ 9 até R$ 15.

O batons da Panvel e da Dailus foram comprados por mim, o da TBlogs foi enviado para mim pela empresa.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
29 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários