Duelo de titãs: Super Óleo 8 Garnier Fructis x Óleo Extraordinário Elseve

Sabrina Olivetti POR Sabrina Olivetti
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: CabelosDuelo de TitãsResenha
Curte aqui:

Eu já havia feito a resenha do Óleo Extraordinário da Elseve e Marina já havia falado sobre o Super Óleo 8 da Fructis, mas algumas leitoras nos pediram uma comparação entre os dois. O que você não me pede que eu não faço, hum!

A ideia destes óleos finalizadores é deixar o cabelo mais brilhante, macio e levinho. Uns prometem benefícios diferentes dos outros, alguns tratam o fio, outros são mais uma “maquiagem” para deixá-los brilhantes por um tempo, a dureza é saber escolher entre tantas opções. Eu continuo gostanto mais do Moraccanoil, mas hoje te conto as semelhanças e diferenças entre a versão da Elseve e da Garnier. Primeira semelhança: os dois são feitos na mesma fábrica no Rio de Janeiro, ambas as marcas são da L’Oreal.

Do ponto de vista técnico, os dois tem a mesma quantidade na embalagem, 100 ml, e praticamente a mesma textura. Ambos são um líquido oleoso e transparente. Nos dedos não consegui sentir diferença entre eles. O da Elseve é R$10 mais caro que o da Garnier. A válvula pump dos dois funciona de forma equivalente.

Não entendo nada de ingredientes, mas dando uma conferida leiga no negócio, notei que o óleo Extraordinário tem um mix de vários óleos e extratos enquanto o da Fructis aposta no argan e na camélia. Marquei ali na tabelinha os ingredientes que são iguais nas duas fórmulas.

Os dois óleos na mão: iguaizinhos!

O cheiro do óleo da Garnier me lembra baunilha mas é bastante suave. Ele não fica por muito tempo nos cabelos e não incomoda os olfatos mais sensíveis. O da Elseve tem um cheiro mais docinho, mais de flor, mas também é suave e some rápido dos fios. Vale falar que o da Garnier não tem aquele cheiro característico que a linha Fructis tem.

Agora falando sobre minha experiência. Achei os dois bastante parecidos, os dois deixaram meus fios brilhantes e macios. Meu cabelo é fino e oleoso, então preciso tomar cuidado na hora de escolher a quantidade de produto. Normalmente passo 3 gotinhas no comprimento e pontas, com os fios ainda molhados. Depois seco normalmente. Se passo mais que isso, ambos começam a deixar os fios grudados nas pontas.

Senti que o óleo da Garnier deixou meu cabelo um pouco mais pesado, enquanto o da Elseve parece deixar meus fios mais naturais. Mas o da Garnier ajuda um pouquinho mais a controlar  o frizz e também notei que deixou os fios um tantinho mais brilhantes.

Ingredientes do Super Óleo 8

Ingredientes do Óleo Extraordinário

Não sei se é só marketing, mas o da Garnier também promete mais benefícios, incluindo a proteção térmica.

Resumindo, os dois são muito muito muito parecidos. A diferença que notei usando os dois por um tempo foi mínima. Gostei mais do da Garnier porque se saiu melhor no quesito anti-frizz e brilho. Mas o da Elseve também é muito bom. Esse negócio de ter vários óleos e extratos me parece interessante, mas ele é mais caro que seu primo da Fructis.

Nessa o Super Óleo 8 levou a melhor, mas foi por alguns décimos (imaginários) de diferença.

Você encontra os dois em farmácias, lojas de cosméticos e supermercados.

Óleo Hidratante Nutritivo Desodorante Corporal Açaí Nativa Spa

Thais Marques POR Thais Marques
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: CosméticosNacionalResenha
Curte aqui:

Tinha uma época em que eu era simplesmente viciada em óleo corporal – usava um de semente de uva, da Corpo a Corpo (alguém lembra?), que era muito cheiroso! Gostava de aplicar esse durante o banho mesmo, retirando o excesso com a água. Lembrei então desses tempos quando ganhei de presente o Óleo Hidratante Nutritivo Desodorante Corporal Açaí, da Nativa Spa (nome gigante!). A ideia dele é que seja passado após o banho, com a pele ainda úmida.

Pois é isso que tenho feito – e adorado! Primeiro porque o óleo é muito cheiroso, com aroma doce, que se espalha depois pelo quarto e fica na roupa de cama. No dia seguinte (tomo banho à noite), ainda sinto a fragrância em mim, o que é bem legal. E segundo porque o poder de hidratação dele é legal. Não substitui o hidratante, mas para as áreas em que ele fica esquecido, como o colo, é bom. A única coisa que tenho a reclamar é da absorção, um pouco lenta. Mas passo e logo deito, por isso não incomoda.

O meu óleo tem só 120 ml, porque era de um kit de Natal, mas o normal conta com 250 ml, saindo por R$ 44,99.

Mythic Oil, da L’oréal Professionnel

Marina Fabri POR Marina Fabri
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: CabelosResenha
Curte aqui:

Desde essa “onda” de óleos capilares, confesso que me acostumei bastante com eles e substitui totalmente os cremes leave in que usava antes (tenho o cabelo longo e que embaraça superfácil, então sempre preciso de uma ajudinha de um produto do tipo para pentear depois que lavo os fios).

Ganhei esse Mythic Oil, da L’oréal Professionnel e estou usando há algumas semanas – é um óleo nutritivo indicado para todos os tipos de cabelo e pode ser usado tanto nos fios úmidos quanto secos. Não tenho o cabelo oleoso, mas como ele é bem liso, evito usar nele seco para que não deixe o aspecto pesado, então uso sempre depois de lavar – aplico, em geral, o equivalente a uma moeda de 50 centavos.

Como é impossível não fazer comparação com o Moroccanoil (e com vários parecidos, tipo o da Tutanat, que tem textura bem semelhante), aí vai: esse é bem mais fluído, quase líquido e o cheirinho é bem gostoso, mas sutil. Achei que ele é superbom para hidratar o cabelo e deixa os fios bem brilhantes, mais que os outros. Porém, na hora de pentear, o Moroccanoil ainda deixa os ‘embaraços’ do meu cabelo mais fáceis de desfazer. Como ele é mais leve, imagino que as meninas que não tenham se dado bem com o Moroccan ou que tenham os cabelos bem oleosos vão gostar mais desse.

Ele custa em média uns R$ 100 por 125 ml, é caro, mas ele rende bastante, vai durar vários meses. Achei para vender por R$ 110 no Beleza na Web e por R$ 99 na Mega Charme. O meu eu ganhei de presente – nunca comprei nessas lojas, se alguém já tiver comprado, por favor nos deixe suas experiências de compra nos comentários :).

Hidratantes Faciais Ultra-Light Neutrogena

Thais Marques POR Thais Marques
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: Publieditorial
Curte aqui:

Que a vida da gente é uma correria todo mundo sabe, né? Mas é preciso arrumar um tempinho pra ficar bonita! E se o sol, a poluição, a má alimentação e o estresse não dão trégua, alguma coisa precisa mudar!

Pensando nisso, a Neutrogena reformulou sua linha Ultra-Light, adequando os produtos para a pele das brasileiras e reunindo em poucos passos a proteção e prevenção de que nosso rosto tanto precisa! Querem ver?

Que mulher tem paciência – e tempo – para hidratar e só depois passar o protetor solar? O Ultra-Light Hidratante Facial Dia FPS 30 resolve a questão de uma vez só e tem versões para as peles mista a oleosa (com toque seco) e normal a seca (com toque aveludado). Custa R$ 36,90.

A hora do descanso é importantíssima para o rosto. Tanto é que a marca desenvolveu o Ultra-Light Hidratante Facial Noturno, que contém glicerina e derivado de ureia, compostos que auxiliam ao máximo a hidratação. O ácido glicólico presente na fórmula ajuda a combater o aparecimento das primeiras linhas de expressão. O valor é R$ 42,90.

Para finalizar o tratamento, há o Ultra-Light Contorno dos Olhos, com glicerina, poderoso umectante, e THPE, que atenua linhas de expressão, além de suavizar bolsas e clarear olheiras. O preço sugerido é R$ 36,90.

E aí, gostaram da novidade? Para mais informações, é só conferir a página da Neutrogena no Facebook.