Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Você também passa um tempão no Instagram só de olho nas fotos e inspirações por lá? Se eu não prestar atenção, posso ficar horas olhando tanto fotos de apartamentos bonitos como de pessoas inspiradoras. Neste post reuni cinco contas de mulheres maravilhosas no Instagram que trazem um pouco de inpiração pra gente.

Jéssica Lopes – @femmefatalebyjeh

A Jéssica é vlogueira e sommelier de cervejas, veja só. Na conta do Instagram, ela posta coisas de seu dia a dia – já anotando aqui as dicas de cervejas – e também as roupas que usa.

5 mulheres maravilhosas para seguir no Instagram!

5 mulheres maravilhosas para seguir no Instagram!

Renata Freitas – @renatafreitas

A Renata tem um estilo muito bacana e moderninho com um feed no Instagram todo bonitão. Dá até vontade de começar a organizar meu feed pessoal também. 🙂

5 mulheres maravilhosas para seguir no Instagram!

5 mulheres maravilhosas para seguir no Instagram!

Magá Moura – @magavilhas

A Magá também tem um canal no YouTube recheado de dicas de moda e beleza, assim como um site cheio de inspirações. O Instagram dela é nada menos que sensacional.

5 mulheres maravilhosas para seguir no Instagram!

5 mulheres maravilhosas para seguir no Instagram!

Luiza Brasil – @mequetrefismos

Luiza é jornalista e “fazedora de conteúdo”, como ela mesma diz. Seu Instagram é cheinho de looks diferentes e inspiradores.

5 mulheres maravilhosas para seguir no Instagram!

5 mulheres maravilhosas para seguir no Instagram!

Marina Santa Helena – @santahelena

Marina mora em São Paulo e é consultoria de estilo, de styling, produtora de moda e também tem um canal no YouTube. Gosto demais do estilo dela e estou me inspirando nos looks dela toda vez que vou comprar alguma coisa.

5 mulheres maravilhosas para seguir no Instagram!

5 mulheres maravilhosas para seguir no Instagram!

Aproveite e siga também o @coisasdediva lá no Instagram.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
9 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Opa, voltei com as roupas do mundo real que usei nos últimos tempos. Aqui mostro dois visuais que usei para jantar fora com o namorado e também um look que usei num café da tarde.

Seguindo as dicas que o pessoal me deu no vídeo passado, coloquei algumas cenas um pouco mais lentas, para poder ver direito as roupas junto com a indicação das lojas. Também coloquei no início da edição, aquelas chamadas para o pessoal que não conhece o blog, saber que por aqui, é tudo pé no chão. Me diz se ficou bom!

Se inscreva no nosso canal.

Percebeu que estou usando calças? Sim! Nunca gostei muito da peça, mas ultimamente ando numa crise de identidade fashion, então redescobri minhas calças por aqui. Foi como ter comprado roupa nova, hahahaha. Uma delas tem a boca larga, então acaba balanceando com o meu quadrilzão, e a outra é bem soltona, tipo pantalona.  Estou gostando bastante de usá-las.

Se você perdeu, aqui vão os outros dois vídeos que já fiz dentro dessa tag.

Saudades do calor.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
25 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

ID Fashion: tudo sobre o evento de moda paranaense

Desfile NovoLouvre

Nos dias 28 e 29 de outubro, tivemos a oportunidade de conhecer o ID Fashion, um evento de moda paranaense muito legal que rolou lá no Museu Oscar Niemeyer, um dos pontos turísticos mais bonitos aqui de Curitiba. Essa foi a primeira edição do evento e, juro, se pudesse defini-lo em uma só palavra, seria surpreendente.

ID Fashion: tudo sobre o evento de moda paranaense

Fora os desfiles, tinha muitas outras coisas boas para ver – como as várias marcas expondo suas coleções no Living Lab, por exemplo. Dei uma circulada por lá e amei os acessórios da Noiga, que faz tudo em impressão 3D (já até tinha visto o Instagram deles, mas ao vivo as peças são ainda mais bonitas) e as estampas lindas das peças da Jacu. Muito bom ver marcas daqui fazendo um trabalho tão legal!

ID Fashion: tudo sobre o evento de moda paranaense

Desfile Abbici

Ah, estava rolando também uma espécie de pesquisa bem interessante para saber mais sobre o corpo da mulher paranaense – todas que quisessem podiam ir até lá para registrar suas medidas (de busto, cintura, quadril), assim as marcas vão poder saber mais sobre o corpo das paranaenses e fazer suas peças de forma mais padronizada. Achei muito bem pensado – afinal, quem é que não tem calças de 3 tamanhos diferentes no armário? Uma padronização seria muito bem-vinda!

Mas voltando às passarelas, a do ID Fashion foi a mais diferente que eu já vi – parecia mais um lounge, cheio de cadeiras e sofás, onde todo mundo se sentia na fila A! Super democrático, já que todo mundo conseguia ver de pertinho as peças. Isso sem falar do cenário, que tinha como plano de fundo todo o verde ali do entorno do museu.

ID Fashion: tudo sobre o evento de moda paranaense

Desfile Vale da Seda

Para terminar, o evento além de ser aberto ao público, é gratuito! Se você se interessa por moda, recomendo que curta a página deles lá no Facebook  e siga no Instagram (@IDfashionPR) para ficar ligado nas próximas edições e ir conferir o ID Fashion de perto.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
13 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Dia desses vi um comentário assim: “tomara que isso continue na moda pra eu continuar usando sempre”. Fiquei pensando sobre o assunto.

Acho que o bacana da moda é que ela possibilite que a gente encontre nosso estilo. Uma forma de nos vestirmos, de nos sentirmos bem e bonita e que “comunique” quem somos. Penso que mais interessante do que estar na moda, é encontrar este estilo próprio. E não precisa ser um estilo super fashionista ou mega antenado, não! Apenas o nosso estilo.

Estilo próprio: não precisa estar na moda

Ana do Hoje vou Assim Off

Eu não sou uma pessoa fashion, mas hoje já sei o que gosto e o que não gosto. O que funciona no meu corpo e também o que faz eu me sentir estranha.

Demorei para me encontrar. Já passei pela fase gótica, pela patricinha, pirigueti,  e pelo “não sei o que comprar então vai camiseta e calça jeans mesmo”. Hoje percebo que gosto de roupas coloridas, mas que não chamem atenção demais. Não gosto de coisas justas, ultra decotadas ou que mostram muito uma parte do corpo. Não me sinto bem.

Audrey do Big or Not Big

Recentemente estou percebendo que já não gosto de coisas muito “menininha”. As marcas que costumava comprar já não andam me interessando mais. Notei que estou passando por uma transição na vida e meu estilo está mudando um pouquinho. Mesmo ainda sendo fãzona de vestidos e saias rodadas, tem algumas estampas e modelos que já não me identifico mais. Isso é ruim porque quando preciso de roupa, fico meio perdida. As lojas que costumava fazer a festa já não se encaixam mais com meu perfil e fico sem saber onde procurar coisas para mim. Da mesma forma, ainda não me identifico com roupas mais sérias ou mais ~~adequadas~~ a minha idade. Estou num momento perdida modisticamente.

 
Carla do Modices

 

Enfim, tudo isso é para dizer que acho que, mesmo perdida agora, tenho meu estilo e nem sempre me identifico com o que está na moda. Isso faz de mim uma pessoa mal vestida? Acho que não! Estou bem louca por um sutiã de tirinhas e acho que usarei o modelo eternamente com roupas com as costas decotadas. Mas passei reto pela moda das calças com listras verticais, lembra delas?

O bom da moda é poder pinçar o que o mercado nos oferece no momento. O bacana é escolher o que está em alta e se encaixa com nosso estilo e usar o item a nosso favor. A moda passou? Não faz mal, porque aquele item é nossa cara, se encaixa no que gostamos de usar. Qual o problema de continuar vestindo felizona algo que não está mais nas prateleiras mas que tem tudo a ver com a gente? Vamos nos permitir, amiga!

http://umanosemzara.blogspot.com.br/

Joanna do Um Ano Sem Zara

Leia também:  Reflexão – A beleza e o medo. Vale a pena!

E né, dinheiro ainda não está dando em árvore, então vamos fazer a grana investida render mais do que uma estação.

Para este post selecionei fotos de meninas que tem estilo próprio, que usam, sim, coisas que estão na moda no momento, mas que também tem estilo próprio, usando os itens de forma atemporal. Vale a pena ficar de olho nelas para servir de inspiração.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
38 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários