Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Quem aí é fã de boca vermelha? Eu sou muito! Essa cor é super clássica, mas ao mesmo tempo consegue ser bastante democrática – tem sempre opções muito lindas que complementam todos os tons de pele. No post de hoje mostro 3 versões do batom líquido MAC para vocês compararem e escolherem a sua!

Batom líquido MAC

batom líquido mac

O nome certinho dessa linha é Retro Matte Liquid Lipcolour e eu até já resenhei a cor To Matte With Love uma vez por aqui, estão lembradas? Basicamente, eles são os primeiros batons líquidos com efeito opaco lançados pela marca. A cartela compreende 18 tonalidades, sendo que 5 delas vêm do vermelho (faltaram aqui as cores Fashion Legacy e Red Jade, que parecem lindas também).

batom líquido mac

Ok, mas vamos focar nas 3 que eu tenho: Dance With Me (vermelho cranberry profundo), Feels So Grand (vermelho verdadeiro profundo) e Quite The Standout (vermelho alaranjado brilhante). Assim como todos os batons da linha, o conteúdo vem numa embalagem de 5 ml com aplicador em esponja – com formato ideal para alcançar mesmo os menores cantinhos. A promessa é de longa duração (até 8 horas), sem que a cor borre ou escorra.

O que achei dos vermelhos

Achei todos eles lindos demais! Aqui nas amostras, vocês vão ver que são vermelhos bem diferentes entre si – e quanto mais opções, melhor, não é? O que mais achei bacana é que as texturas não mudam entre um e outro, coisa que acontece com algumas marcas e, convenhamos, é um saco!

batom líquido mac

batom líquido mac

batom líquido mac

Minha cor preferida das 3 é a do Dance With Me – uma coisa meio framboesa, mais fechada! Acho que o tom fica muito bonito em quem é branquinha, como eu, por ter fundo mais rosado. Já o Feels So Grand é aquele vermelho clássico, aberto. E o Quite The Standout é perfeito para o verão, porque fica quase alaranjado mesmo – também acho que meninas de pele com fundo oliva usam muito bem esse batom!

A pigmentação do batom líquido MAC é super boa – compararia com a linha similar da quem disse, berenice?, que pessoalmente adoro. Além disso, ainda seca rapidinho após a aplicação, não é difícil de passar contornando os lábios com a ajuda da esponjinha e dura boas horas – minha única necessidade é reaplicar no centro da boca, que geralmente dá uma clareada.

Fórmula e onde comprar

batom líquido mac

Os batons líquidos matte desse post não são baratos – custam R$ 89 cada um, mas na minha opinião valem o investimento caso alguma de vocês se apaixone por determinada cor. Eles estão à venda nas lojas da MAC por todo o Brasil e também no site da Sephora (pelo mesmo valor).

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
16 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Você acompanhou minhas resenhas por aqui, não foi? Mas hoje resolvi juntar tudo no mesmo lugar e começo o dia comparando as bases MAC que testei recentemente. Aqui tem a Studio Fix Fluid, Pro Longwear Nourishing e a Matchmaster, todas ótimas opções para quem tem pele oleosa.

No vídeo abaixo tem tudo super completo, com as informações sobre cada base, a comparação delas na pele com e sem maquiagem e também o que achei de cada uma. Vale muito a pena ver tudo isso em movimento.

Se inscreva no nosso canal.

Base Matchmaster MAC

Esta base tem acabamento opaco e deixa a pele sem nenhum brilho. Ela tem textura leve e não deixa nenhuma sensação sobre a pele, nem de toque acetinado e nem melequento. Das 3 bases MAC que testei recentemente, é a que tem menor cobertura, de baixa para média. A cor que tenho é a 2.0, que é um pouco amarelada, mas acho que deu certo no meu tom de pele. Como ela é bem sequinha, tive a sensação que esta base deixou minha pele sem brilho por mais tempo. Mas nada assim extremamente milagroso, só uma ajudinha pequena mesmo. Das 3, foi a que mais gostei, mas todas elas são ótimas para pele oleosa. A resenha completa está neste link.

A base Matchmaster da MAC com 35 ml custa R$ 171, está disponível em 12 cores e pode ser encontrada nas lojas da MAC e na loja virtual da Sephora.

Comparando as bases MAC: Studio Fix Fluid, Pro Longwear e Matchmaster

Comparando as bases MAC: Studio Fix Fluid, Pro Longwear e Matchmaster

Sem nada, com a base e maquiada.

Base Studio Fix Fluid MAC

Studio Fix Fluid é bastante líquida e espalha fácil sem esfarelar ou craquelar no rosto. A cobertura é média e o acabamento não chega a ser mega opaco. Tocando na pele, a sensação é aveludada, ela não fica peguenta e nem oleosa. Não é uma base grossa, não marca os poros e nem acumula no canto do nariz ou abaixo dos olhos. No quesito oleosidade,  não senti melhora e nem piora no brilho do rosto. Encostando um guardanapo no rosto, ela transfere um pouco. Testei a cor Nw25, que ficou um pouco escura para mim. Resenha completa da Studio Fix Fluid aqui.

A Base Studio Fix Fluid MAC com 30ml está disponível em 34 cores e custa R$123. Tem MAC nas lojas da marcae na Sephora online.

Comparando as bases MAC: Studio Fix Fluid, Pro Longwear e Matchmaster

Comparando as bases MAC: Studio Fix Fluid, Pro Longwear e Matchmaster

Sem maquiagem, com a base e maquiada.

Base Pro Longwear Nourishing MAC

Mesmo tendo uma cobertura média e acabamento semi opaco, a Pro Longwear é uma base bem leve. Ela tem textura líquida e não pesa na pele, não fica craquelando e nem marcando algumas regiões do rosto, como algumas bases de cobertura maior costumam fazer. Não percebi nenhuma oleosidade extra na pele, mas também, não notei nenhum controle a mais do brilho.

Ao tocar no rosto, a sensação é acetinada, a base não fica peguenta e nem melecada. Passando um lenço com força na pele, ela transfere só um tiquinho. Ela rende muito e uma quantidade pequena já dá para espalhar no rosto todo. Em nome da ciência entrei com ela embaixo do chuveiro e a Pro Longwear ficou no lugar. Ela só saiu mesmo com o demaquilante. Para quem tem pele oleosa e gosta de acabamento leve e sem brilho, ela pode ser uma boa opção.

Essa base tem a fórmula diferente da versão que é vendida na embalagem de vidro, essa do post é à prova de água e pode ser usada também como corretivo. Resenha completa aqui.

A base com 25 ml custa R$151 e está disponível nas lojas físicas e no e-commerce da MAC e também na loja virtual da Sephora.

Comparando as bases MAC: Studio Fix Fluid, Pro Longwear e Matchmaster

Comparando as bases MAC: Studio Fix Fluid, Pro Longwear e Matchmaster

Sem nada, com a base e maquiada.

Veja também o post onde mostro minhas bases preferidas para a pele oleosa.

Todas elas tiveram a mesma duração no meu rosto durante o inverno aqui em Curitiba. Mas acredito que no verão, a Pro Longwear, que é à prova d’água, deve se comportar melhor.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
20 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Resolvi aproveitar que setembro chegou ao fim ontem (gente!!) para mostrar aqui no blog os produtos que usei até o final nos últimos tempos – às vezes mostro lá no Instagram ou até no Snapchat (é tudo @coisasdediva, segue lá!), mas como sei que muita gente curte ver os acabados (porque, né? Significa que amei muito e usei até o finzinho), escolhi fazer aqui dessa vez.

Produtos que usei até o final

usei até o final

Hidratante Embryolisse: eu amo esse hidratante há anos, me arrependi de não ter trazido mais quando voltei da França, mas infelizmente não cabia um alfinete nas minhas malas, haha. Ele já é vendido aqui, felizmente, mas custa mais ou menos um rim, infelizmente.

CC Cream Dermage: se não me engano, esse é o segundo que usei até o final, AMO esse CC Cream, se não tivesse tantos outros produtos para a pele para usar no momento, certamente compraria mais um. Ele deixa a pele muito bonita e fica bem natural.

BB Cream Latika: acho que nem preciso falar muito desse, né? Mostro ele aqui dia sim dia não, haha. Sorte que já tenho mais um fechadinho aqui!

Sérum Urby, Mantecorp: usei tanto esse que a embalagem ficou até meio torcidinha, haha, é um sérum que promete combater sinais da idade e devolver o viço à pele – usava sempre pela manhã e adorava a textura, ele é leve e absorvido bem rapidinho.

Demaquilante Cleanse off Oil, MAC: outro que já usei muito e sempre mostro aqui, amo muito demaquilantes em óleo. Só não comprei mais desse da MAC porque tive sorte do que encomendei no eBay chegar rapidinho, mas não vivo mais sem esse tipo, para mim não tem nada melhor. Ah, dá para trocar embalagens vazias da MAC por batom ou sombra, viu?

Hidratantes labiais Nivea: uso isso enlouquecidamente, então sempre alguns acabando – deixo em todo lugar, na bolsa, na prateleira do banheiro, na mesinha de cabeceira… E se eu sair sem, vou ter que parar para comprar mais um. Nunca tinha usado esse de melancia e amei muito, gostei mais que o de morango.

Pó Mineral Veil, bareMinerals: ele é bem fininho e por isso não deixa o visual pesado, gosto muito dele, tanto que usei até o fim, mas devo admitir que meu favorito atual é o pó solto da linha Make B., de O Boticário, então não vou comprar outro da bareMinerals por enquanto.

usei até o final

Yamasterol Óleo de Argan: para os cabelos, tenho mais três produtos – vocês já devem saber que, desde que eu redescobri o Yamasterol, eu uso MUITO, e adoro – uso tanto puro quanto misturado com outras coisas ou outros condicionadores, vou até fazer post sobre isso em breve. E o que acabou recentemente foi esse com Óleo de Argan.

Shampoo e Condicionador Shine Blonde, L’Oréal: eu uso produtos desamareladores no cabelo, mas não é com tanta frequência, o que significa que eles levam muito tempo para acabar. E os que se foram nos últimos tempos foram os dessa linha Shine Blonde, que é muito boa, da L’oréal – dá uma avivada na cor e ainda é suave com os fios.

Ufa, é isso! Adoro quando consigo chegar até o final de um produto – e vocês, com o que acabaram ultimamente?

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
11 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Resenha: base Matchmaster MAC

Segundo a MAC a base Matchmaster é toda modernosa com pigmentos customizáveis que se ajustam ao tom da pele, acabamento semimate, proteção solar UVA/UVB SPF 15/PA++ e ajuda a absorver o excesso de oleosidade.

Resenha: o que achei da base Matchmaster

Esta base tem acabamento opaco e deixa a pele sem nenhum brilho. Ela tem textura leve e não deixa nenhuma sensação sobre a pele, nem de toque acetinado e nem melequento. Das 3 bases MAC que testei recentemente, é a que tem menor cobertura, de baixa para média. Quando estava com machucadinhos na pele, ela não cobriu as manchas vermelhas.

A cor que estou testando é a 2.0, que é um pouco amarelada, mas acho que deu certo no meu tom de pele.

Resenha: base Matchmaster MAC

Cor 2.0.

Como ela é bem sequinha, tive a sensação que esta base deixou minha pele sem brilho por mais tempo. Mas nada assim extremamente milagroso, só uma ajudinha pequena mesmo.

Também já testei a base Pro Longwear e a Studio Fix da MAC, não deixe de ler as resenhas.

Resenha: base Matchmaster MAC

Sem nada, com a base e maquiada.

“Tá Sabrina, mas de todas essas bases da MAC que testou, qual é a melhor?” Olhaaaa, tai uma pergunta difícil, viu Brasil! Todas elas são sequinhas, não escorrem ao longo do dia e nem deixam a pele oleosa. Mas comparando as 3, acho que a Matchmaster tem uma cobertura um pouco menor e um acabamento mais fino. Aquele coisa de base que parece que a gente não tá de base, entende? Das 3, acho que gostei levemente mais dessa.

Se você já usou, não deixe de deixar sua impressão sobre esta base aqui nos comentários.

Ingredientes da fórmula

Resenha: base Matchmaster MAC

Preço e onde comprar

A base Matchmaster da MAC com 35 ml custa R$ 171, está disponível em 12 cores e pode ser encontrada nas lojas da MAC e na loja virtual da Sephora.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
42 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários