Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Mês passado fiz um post aqui com indicação de livros em francês/sobre a França/de autores franceses e bastante gente gostou – também vivo recebendo mensagens e comentários de pessoas que gostam das minhas indicações, então resolvi sugerir mais alguns. Dessa vez, porém, são todos livros escritos por mulheres! Os primeiros eu já li e recomendo, enquanto os quatro últimos são alguns títulos que já separei para leituras futuras – amo ler e ultimamente minha rotina de leitura andava meio prejudicada porque precisava finalizar meu trabalho de conclusão de curso aqui em Paris. Agora que ele já foi entregue, estou retomando minha rotina normal :).

Livros escritos por mulheres: recomendados!

livros escritos por mulheres

Nessa categoria, selecionei três autobiografias e três livros de ficção que li ultimamente e dos quais gostei muito. Começando pelas autobiografias: tem aí a da Amy Poehler (Yes, Please), a da Tina Fey (A Poderosa Chefona) e a da Sophia Amoruso (Girl Boss). Vou começar pela minha pessoa e livro favoritos, risos, Amy Poehler, claro – infelizmente esse por enquanto só tem em inglês, mas não achei o vocabulário difícil e é bom para praticar. Para quem não conhece, a Amy é atriz/roteirista/escritora/produtora (além de maravilhosa haha) – é ela que faz a mãe da Regina George em Garotas Malvadas, lembram? Pois bem, ela também fez parte do elenco de Saturday Night Live e é protagonista de uma das minhas séries preferidas de todos os tempos, Parks & Recreation. Fora isso, o texto do livro é engraçado, inteligente e divertido.

Os outros dois, o da Tina Fey e o da Sofia Amoruso, já estão disponíveis em português. Tina Fey também trabalhou no Saturday Night Live (para quem gosta do programa é bem legal também, porque ela conta várias coisas dos bastidores), e conta a vida dela de forma engraçada e divertida – ela e Amy são amigas e ambas comediantes, então se você leu um e gostou, provavelmente vai gostar do outro também. Por fim, o da Sophia Amoruso – resolvi ir atrás porque vi muita gente curtindo e elogiando o livro. A Sofia é a dona da Nasty Gal, a marca que começou como e-commerce e agora já tem loja física também – a história dela é super inusitada e é bem legal acompanhar o processo dela para “se encontrar”, descobrir o que gostava mesmo de fazer e se tornar a poderosa que é hoje.

livros escritos por mulheres

Dos livros de ficção, dois são enormes, mas são aqueles livros que te prendem tanto que quando você repara, “opa, são 3h da manhã e preciso acordar às 8h”. O primeiro é O Pintassilgo, da Dona Tartt, que até já indiquei aqui antes – é sobre um garoto que perde a mãe num ataque terrorista em Nova York e o livro mostra a vida dele depois disso. É um pouco mais longo do que o necessário, mas gostei do estilo. O segundo na categoria #livrão é As Cataratas, da Joyce Carol Oates – foi o primeiro que li da autora, que é super renomada, e amei. É um livro que conta a história de Ariah, personagem que perde o marido de forma trágica e depois vai reequilibrando a vida, tendo sempre que lidar com uma certa aura mística e meio trágica que as Cataratas do Niágara exercem. A descrição parece meio insólita, mas é difícil não falar demais haha, não gosto de estragar as surpresas.

Por fim, um livro bem legal que li recentemente, Suíte em Quatro Movimentos, da Ali Smith, que é a história de um cara que vai jantar na casa de uns conhecidos e resolve se trancar num dos quartos e não sai por nada, só se comunica por bilhetes que passa por debaixo da porta. É uma história sensível e ao mesmo tempo irônica e absurda. Bem diferente.

Livros escritos por mulheres: na listinha

E esses outros quatro já estão na minha listinha de leitura – ainda não li mas inclui aqui junto porque são sugestões legais também. São duas autobiografias e dois de ficção.

Na primeira categoria tem o da Lena Dunhan (Não Sou Uma Dessas) e o da Alexa Chung (It) – adoro as duas e fiquei curiosa para ler os livros, mas sempre vou adiando porque as críticas/resenhas que vi de ambos não foram lá muito animadoras. Alguém já leu? O que achou?

livros escritos por mulheres

Já com esses dois de ficção eu estou bem animada, acho que vão ser os próximos que vou ler assim que for acabando os que larguei pela metade para terminar meu TCC da pós-graduação, haha. São eles: Americanah, da nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, que foi eleito um dos melhores livros do ano em 2013 pelo New York Times; e A Elegância do Ouriço, da marroquina Muriel Barbery, que fez um super sucesso aqui na França há alguns anos, quando saiu. O primeiro conta a história de uma nigeriana que acaba virando blogueira (!!) nos Estados Unidos, e depois volta para o seu país natal, enquanto o segundo conta a história de alguns moradores de um prédio em Paris. 

E aí, quem já leu algum? Ou escolheu o próximo a ser lido? 🙂

 

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
54 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Comidinhas, livros, filmes, sites, seriados e até museum, veja as dicas bacanas que separamos para você!

Café Dell’Arte: Sou frequentadora desse café, que fica na Galeria Glaser (Rua Visconde do Rio Branco, em Curitiba), há anos. Sei nem porque nunca comentei sobre ele aqui! O lugar é uma delícia tanto para um almoço (na entrada, há uma seleção de pratos do dia) quanto para aquele lanchinho. As sobremesas, como essa de suspiro, nata e morango da foto, são de babar!

A Vida Secreta de Walter Mitty: Esse filme é simplesmente sensacional. Adorei a direção (que é do próprio Ben Stiller, ator protagonista) e a fotografia. É interessante ver como, de forma imperceptível, a gente pode passar nossa vida inteira em determinadas funções e papéis sem nunca se permitir sair daquele eixo tão seguro. É sobre isso que fala o longa. Assistam!

Museu da Língua Portuguesa: Estive em São Paulo a passeio (milagre!) e fui conhecer esse museu. Como boa fã do português, adorei! Mas ó, pra quem não é tão adoradora assim, ele continua sendo interessante. Tem muitos espaços interativos! Afinal, conhecer melhor a nossa língua é conhecer também nossa identidade, né?

Livro Foras da Lei Barulhentos…: O título desse livro é gigantesco, nem coloquei aqui para não desconfigurar o padrão hahaha, mas foi justamente isso que me chamou a atenção nesse livro. É uma seleção de contos de vários autores, mas comprei mesmo por causa do do Jonathan Safran Foer e do do Neil Gaiman, de quem gosto bastante. Todos são ilustrados e o livro é lindo e muito divertido.

Girls: Acho que até já falei desse seriado por aqui há bastante tempo, mas acabei vendo só a primeira temporada e larguei. Aí, há uns dias, vi a semana temática de Girls que a Jo (#íntima) do Um Ano Sem Zara fez e fiquei com vontade de ver o resto. Estou no finzinho da segunda temporada e até agora estou (re)curtindo.

La Chiviteria: o La Chiviteria é um bar/restaurante que abriu há super pouco tempo, mas dei uma olhadinha no cardápio e quis ir experimentar as comidinhas. Eles são especializados em um lanche uruguaio que se chama chivito – é um sanduíche com filé mignon assado, bacon, queijo e outros complementos. É uma delícia e a batata frita também é ótima (é batata “real”, não da congelada!) Fica na Jaime Reis 598, aqui em Curitiba.

Humans of NY: O site é de um rapaz que tira fotos de pessoas pelas ruas de Nova York e que, em algum momento de sua jornada, começou a também conversar com as pessoas. Junto com as imagens ele publica frases ou pedaços do diálogo que teve com elas. As imagens são bonitas, mas o talento mesmo dele é conseguir que os “entrevistados” contem histórias interessantes, curiosas e até emocionantes. Parece bobeira, mas já fiquei tocada várias vezes pelas histórias publicadas por lá. Dá para acompanhar pelo Facebook também. (A menininha da foto estava coletando pedras pelas ruas)

Site the Beauty Brains: É um blog escrito por cientistas que trabalham na indústria cosméticas e que explicam tudinho sobre ingredientes, o que realmente funciona, se vale a pena pagar por produtos mais caros e por ai vai. Tudo isso com conhecimento sobre as fórmulas dos produtos. O site é em inglês, se você estiver afiada  na língua, vale a pena dar uma olhada. Gostei da explicação deles de como funciona aquele pozinho para dar textura aos cabelos e também sobre o raio x que fizeram na fórmula do Moroccan Oil.

Macarrons Passion du Chocolat: A Passion é uma chocolateria com lojas em Curitiba, mas além dos chocolates, vendem também macarrons. Provei vários deles estes dias – quem consegue escolher um só? – e achei pequenas deliciosidades coloridas. Não são lá muito em conta, mas vale a pena se dar este mimo de vez em quando.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
45 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Nem só de cosméticos vive o Coisas de Diva. Essas são nossas dicas gastronômicas e culturais do mês!

Restaurante Le Bourbon: Tive a oportunidade de conhecer o restaurante do Hotel Bourbon, em Curitiba, durante a última edição do Restaurant Week. A culinária é franco-italiana, com alguns toques de ingredientes brasileiros. Na foto, está um creme de cebola delicioso que eu provei lá, servido dentro do pão. Vale a pena ir a dois, porque o clima é bem romântico e sofisticado!

Banda Arcade Fire: Fui para o segundo dia de Lollapalooza esse ano e saí de lá amando mais ainda a banda canadense Arcade Fire. Para quem ainda não conhece, ela é formada por um casal (na foto) e mais várias outras pessoas. Todos eles tocam instrumentos variados – tem uns bem diferentes! Reflektor, último disco lançado, é sensacional. Ouçam!

Restaurante Poco Tapas: Ele é famoso em Joinville, onde nasceu, mas tem filial aqui em Curitiba também! Eu e Sá fomos experimentar o menu degustação do restaurante esses tempos e adoramos. As tapas nada mais são que pequenas porções de comida – juntas, formam uma refeição completa, acreditem (o menu tem 10 pratos salgados e 5 sobremesas)! A inspiração para elas é a cozinha molecular, então surpresas saborosas é que não faltam. Recomendo!

Maria Quindim: A Juliana, leitora aqui do blog, começou a trabalhar com doces e desenvolveu toda uma técnica para fazer quindins. Ela faz desde o sabor tradicional até com chocolate e café. A Ju atende por encomendas aqui em Curitiba e monta kits fofinhos como este que ganhei. Desnecessário dizer que os quindins são sensacionais!

Coxinha do Café Grãns café no shopping Palladium: Note que desta vez estou só nas dicas gastronômicas. Dias desses estava no shopping com fominha mas sem tempo para uma super refeição, comprei esta coxinha e chorei por sua deliciosidade. Uma das melhores que comi na vida.

Zé do Hamburger em São Paulo: Sempre que vou para SP, dou um jeito de ir no Zé. Qualquer coisa de lá é boa, mas as batatinhas, os doces e a limonada cor de rosa são paixões à primeira vista.

 

Livro 100 Anos de Solidão: Bom, depois da (triste) notícia da morte do Gabriel Garcia Marquez, não pude deixar de deixar um espacinho para ele por aqui! Gabo é um dos meus escritores preferidos e 100 anos de solidão também está entre os mais queridos – já li umas três vezes, em momentos bem distintos da vida, e sempre tenho impressões diferentes. Lindo!

Série Scandal: Talvez eu já tenha dado essa dica aqui, mas não resisti porque estou acabando de ver a terceira temporada. Scandal é sensacional, ótima para quem curte um bom drama (no sentido de dramático mesmo, risos).

Tumblr projeto Posteescrito: Esse tumblr é bem legal, reúne imagens de um projeto feito por duas meninas, Raphaela e Fernanda, que reproduzem frases do Millôr e colam nos postes de Curitiba, Londrina e São Paulo.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
39 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários