Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Resenha: blush Kiko n103 (o primo do Orgasm da Nars)

Já estamos sabendo que a Kiko abriu algumas lojas no Brasil, não é? Ainda não tem nenhuma em Curitiba, este blush que te mostro hoje foi comprado numa viagem, mas ele é tão parecido com a versão da Nars que achei que valia a pena mostrar. Acho que a embalagem dele já mudou, mas a corzinha continua a mesma.

Resenha: blush Kiko n103 (o primo do Orgasm da Nars)

Resenha: o que achei do blush

A cor do blush é aquele rosinha com brilhos dourados que a gente já conhece. Ele é bem cintilante e fica bastante ILUMINATIVO no rosto. Ele é muito pigmentado e solta fácil no pincel, então precisa ter um certo cuidado na hora de passar para não exagerar na cor.

Resenha: blush Kiko n103 (o primo do Orgasm da Nars)

A duração na pele é média, não tem uma super fixação mas também não some super rápido. Gostei bastante dele. Infelizmente não tenho mais comigo o blush da Nars para comparação, mas puxando pela memória, sei que são muito parecidos.

Resenha: blush Kiko n103 (o primo do Orgasm da Nars)

Ingredientes da fórmula

Infelizmente não tenho mais a caixinha com os ingredientes, se alguém tiver e puder me enviar, a família Coisas de Diva agradece.

Preço e onde comprar

Não tenho certeza se ele já está à venda no Brasil, mas como base de preços, as sombras custam em média R$20. Tem loja da Kiko no Shopping Pátio Paulista e Shopping Pátio Higienópolis, em São Paulo. A previsão é que a marca abra mais 7 unidades ainda este ano no Brasil.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
4 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

kiko

Já que a Kiko, marca italiana de maquiagem e cosméticos, está chegando no Brasil em breve (segundo a Vogue, em novembro eles começam a abrir as primeiras lojas por aqui, todas em São Paulo), resolvi comemorar a novidade com uma resenha de um produto deles, iluminador em creme Radiant Touch. Querem ver mais?

Iluminador Radiant Touch, Kiko

kiko

Ele é um iluminador cremoso que vem em bastão – a embalagem é tipo a de um batom, só que maior. Ele é retrátil e foi feito para iluminar levemente o rosto, além de ser fácil de aplicar e esfumar na pele.

O que achei dele?

kiko

Olha, já vou começar entregando o ouro e dizendo que AMO esse iluminador. É um dos meus favoritos, mas acabou que nunca fiz resenha dele antes aqui justamente porque não era tão fácil ter acesso aos produtos da marca, já que é uma marca europeia antes vendida só por lá mesmo. Mas agora que a Kiko está chegando por aqui, o negócio fica bem mais fácil, né? Vamos torcer para que os preços continuem acessíveis como são por lá!

kiko

Mas voltando ao assunto, o Radiant Touch é um iluminador cremoso levemente rosado com um brilho meio difuso – ele não tem partículas de brilho ou cintilância e dá um ar de pele saudável, como se o brilho viesse dela mesma, sabem como? Além disso, mesmo sendo em creme (sei que muita gente tem preconceito), ele tem textura sequinha, não-melequenta e fácil de espalhar. Eu passo o bastão direto no rosto mesmo e depois esfumo com os dedos, funciona super bem, adoro o efeito e acho que dura bastante na pele.

Adoro esse produto e torço para que ele venha para cá – vamos torcer e aguardar mais novidades da Kiko por aqui!

Preço e onde comprar

Se não me engano, paguei em torno de 5 euros nesse iluminador – comprei na época que ainda morava em Paris, já que tem lojas da Kiko por lá (várias pessoas já me perguntaram sobre vendedores pra comprar Kiko no eBay, infelizmente nunca comprei por lá, então não tenho nenhuma indicação). Vou ficar devendo a lista de ingredientes porque joguei a caixinha fora sem fotografá-la antes.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
19 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Aproveitando que a marca francesa Embryolisse chegou ao Brasil há pouco tempo, fiquei com vontade de fazer um post sobre produtos clássicos gringos que super valem a pena – alguns deles dá para encontrar por aqui, outros infelizmente não (mas dá para guardar a dica para o futuro!). Bora?

Outro produto que super vale a pena mas não incluí aí na lista é o Bioré – acho que já falamos muito nele por aqui, então escolhi outras coisas!

5 clássicos gringos que valem a pena

Embryolisse

classicos gringos

Bom, então vamos começar logo com a marca que motivou esse post: a francesa Embryolisse. Lá fora eles têm uma gama enorme de produtos e é uma marca relativamente acessível (a maioria das coisas são mais baratas, mas alguns produtos nem tanto – o BB Cream que eu amo, por exemplo, custa uns 20 euros). Por aqui, vários dos produtos da linha já chegaram e dá para comprar tanto pelo site deles quanto em algumas farmácias, como Drogaria Iguatemi – entre eles está o mais clássico de todos, o hidratante facial Lait Creme Concentré que eu amo e uso há anos. O ponto negativo? Os preços aqui são altíssimos.

Missha

clássicos gringos

Outra que já é vendida aqui é a coreana Missha – o BB Cream Perfect Cover ficou famoso no mundo inteiro e é o produto mais vendido deles. Para quem procura um produto com os benefícios de um BB Cream mas cobertura de base, vai nele que é sucesso – acho que deve ter sido por isso que ele ficou tão famoso. A marca também já é vendida por aqui em algumas farmácias ou na Época Cosméticos.

Kiko

A Kiko é uma marca italiana, mas existem muitas lojas deles espalhadas por vários países da Europa. Apesar de não ser encontrada por aqui, vale a pena guardar a dica: os produtos são maravilhosos e são MUITO BARATOS! Já testei vários e recomendo muito dar uma fuçada numa loja caso apareça essa oportunidade – esses batons aí da foto, por exemplo, são maravilhosos e custaram uns 6 euros.

Bepantol Stick

clássicos gringos

Fico feliz que agora temos por aqui uma gama bem grande do Bepantol – tem pomada, tem uma especial para as grávidas, tem líquido em potinho, líquido em spray, tem o especial para os lábios…. Mas falta justamente o meu favorito, que é o Bepantol Stick, também para os lábios. Eu gosto do que a gente tem aqui, sim, mas gosto mais desse aí da foto, em bastão – acho ele super potente e ao mesmo tempo ele fica muito fininho nos lábios, ótimo para usar com batom por cima sem ficar melequento. Infelizmente só tem na Alemanha, vamos começar uma campanha para ele vir pra cá?

Rimmel London

clássicos gringos

A Rimmel London é uma marca inglesa, mas fundada pela família Rimmel, que era francesa, em 1820 – foram eles que desenvolveram a primeira máscara de cílios, por isso até hoje a gente chama de rímel! Hoje a marca, que pode ser facilmente encontrada nos Estados Unidos e Europa, tem de tudo, de maquiagem a esmaltes – eu considero mais ou menos do mesmo estilo que Maybelline, já que os preços também são bons. Hoje eles têm algumas coleções muito legais, tipo os produtos da linha da Kate Moss (as paletas de contorno são liiindas!).

E aí, qual dessas marcas (ou produtos) você gostaria de testar?

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
27 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários

Desde que a Lu mostrou esses batons da Kiko, chamados Double Touch, eu estava louca para testá-los – tanto que foram a primeira coisa que eu fui procurar quando entrei numa loja da marca.

Várias marcas têm esse tipo de batom – de um lado é a parte colorida, que você passa primeiro, e depois tem um gloss transparente para não ficar com a sensação muito ruim/seca na boca, porque eles batons costumam ser um pouco pegajosos. E mesmo já tendo testado alguns, tipo os da MAC, por exemplo, vou dizer que nunca usei um batom que durasse TANTO nos lábios – juro, eles prometem dez horas mas provavelmente o batom fica mais que isso na pele.  Para tirar, só com demaquilante bifásico e um pouco de boa vontade, porque eles grudam mesmo nos lábios.

O aplicador da parte colorida é esse tipo de gloss e as cores que eu comprei foram a 113 (vermelho) e 112 (vinho/ameixa)

A qualidade deles me surpreendeu muito – achei os dois ótimos e são perfeitos para quem não gosta de retocar muito o batom (mas o gloss sai mais rápido – mas bom, ele é transparente, então não precisa de muita destreza para reaplicar).

Além dessas duas, a linha tem mais várias outras cores – recomendo uma passadinha na loja se você vier para a Europa (ou uma encomenda com a amiga que vem, risos).

Cada um custou 6,90 euros, ou seja, bem digno – dá para fazer um estrago na loja e nem gastar tanto assim. Aqui dá para conferir onde tem loja – em Paris, comprei na da Rue de Rennes, que é bem boa.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
34 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários