BB Cream: meus preferidos para pele seca/sensível

Marina Fabri POR Marina Fabri
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: MaquiagemResenha
Curte aqui:

 Há alguns meses, a Sabrina listou os cinco melhores produtos na categoria BB Cream para ela, que tem pele oleosa, e hoje resolvi fazer minha listinha também. Sei que nós, que temos a pele mais seca ou sensível, somos minoria, mas muita gente me pede dicas também, justamente pelo fato de termos menos opções (ou resenhas) por aí. Então vamos logo ao que interessa – aí estão meus BB Creams preferidos atualmente:

BB Cream Latika

BB Cream

Gosto tanto dele que trouxe o meu aqui para Paris – e já está acabando. A textura é ótima, é fácil de espalhar e a cobertura também é muito boa sem ficar exagerada. E o bom é que ele serve para todos os tipos de pele, já que também é o preferido da Sabrina.

BB Cream Missha

BB Cream

Fiquei curiosa a respeito desse BB Cream quando vi que ele estava entre os favoritos das leitoras do Coisas de Diva. Resolvi arriscar. Levei uns dias até me entender bem com ele, mas depois amei! Se você gosta de bastante cobertura, o BB Cream da Missha é a pedida – cobre mais do que muita base por aí e o acabamento é bem bonito na pele. Ah, ele tem FPS 42, o que é ótimo também.

CC Cream Dermage

BB Cream

Ok, dei uma roubadinha na lista, como sempre, risos. Esse produto da Dermage na verdade é um CC Cream, mas como não tenho outros primos dele para fazer uma lista só com os CC’s atualmente, achei que estava ok incluí-lo aqui. Enquanto o BB Cream da Missha aqui em cima é super cremoso, o CC Cream da Dermage é o oposto – a textura é super líquida, tem que cuidar na hora da aplicação. Mas é fácil de espalhar e o acabamento no rosto fica lindo. Além disso, acredito que também seja um ótimo produto para quem tem pele oleosa, já que é o mais sequinho dessa lista.

BB Cream Embryolisse

BB Cream

Esse é um BB Cream que eu AMO! Ele só entrou mais para baixo nessa lista pelo simples fato de que não é fácil encontrá-lo para comprar – a Embryolisse é uma marca francesa que até é vendida em outros países, mas em geral fora da França só dá para encontrar alguns poucos produtos (o Cosme-de, por exemplo, vende alguns deles, mas não tem o BB Cream). Esse BB Cream, por exemplo, nunca vi fora daqui. Para se vier para esses lados e tiver gostos mais ou menos como os meus (cobertura mais leve, aparência natural), vale a pena comprar. Ele é o que tem a cobertura mais leve dentre os cinco dessa lista e também é um produto meio ~mágico, como sempre digo por aqui. Quando você aplica, não dá para notar nada de mais – aí uns 15 minutos depois você se olha no espelho e pensa: “nossa, acordei com a pele bonita hoje”, hahaha.

BB Cream Toque de Natureza

BB Cream

Por fim, um que me surpreendeu bastante e que é uma opção boa e em conta: o BB Cream Toque de Natureza. O acabamento dele na pele é bem natural, não fica nem super mate nem brilhoso – o que é ótimo para quem tem pele mais seca, porque os acabamentos mais mate podem ressaltar linhas finas.

E aí, alguém tem outras sugestões? Atualmente tenho outro BB Cream em teste, o da The Body Shop – em breve ele deve aparecer por aqui também!

Base Liquid Powder Dermage: testei na pele oleosa!

Sabrina Olivetti POR Sabrina Olivetti
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: MaquiagemPele oleosaResenha
Curte aqui:

Base Liquid Powder Dermage: testei na pele oleosa!

Sabe a caixinha de pedidos de resenhas ali na nossa barra lateral? Ela super funciona e foi por ali que vi que muitas meninas queriam a resenha desta base por aqui. Pois então, aqui está.

Base Liquid Powder da Dermage

A Dermage ressalta que a base tem textura leve e fluida,  livre de óleo, ação de hidratação, FPS 45 e complexo antioxidante atenuando linhas finas. A promessa é também de cobertura média e de longa duração com pigmentos de alta tecnologia, que se adaptam à pele, disfarçando as pequenas imperfeições. Segundo eles  o resultado é uma pele tratada, com textura e tom uniformes e livre de brilho. O produto é indicado para peles mistas e oleosas.

Base Liquid Powder Dermage: testei na pele oleosa!

Resenha: o que eu achei da base Liquid Powder da Dermage

Desde que esta nova geração de bases começou a ser vendida, testei algumas marcas e te conto que nunca me animei muito. A ideia da textura leve é genial, mas a baixa cobertura e sensação siliconada não fizeram minha cabeça.

Falei tudo sobre a nova geração de bases neste post e aqui, vale a pena ler para saber tudo sobre esta nova tecnologia. Também já fiz a resenha da base Fusion Ink da YSL, que tem mais ou menos a mesma proposta, assim como Marina já falou sobre Air de Teint da Lancôme.

Mas a boa notícia é que esta base da Dermage, mesmo com textura bem leve, tem cobertura média, o que é ótimo para quem possui manchinhas na pele como eu. Como dá para ver nas fotos, ela é super líquida, por causa disso, vem com gotas para diminuir a bagunça na hora de aplicar. Ah, ela não tem a textura semi siliconada como das outras bases desta modalidade que testei.

Base Liquid Powder Dermage: testei na pele oleosa!

Sem nada, com base e maquiada.

A marca sugere 3 gotas na aplicação, mas acredito que uso umas 8 para cobrir o rosto todo. Ela espalha fácil e não esfarela. A sensação na pele é de cobertura aveludada, não pegajosa, não oleosa e sem brilho. Logo que aplicada, a base deixa a pele semi mate e ao longo do dia ajuda a controlar um pouco o brilho do rosto. Vale dizer que ela não craquela nas linhas de expressão.

O acabamento na pele é natural, não parece que estamos com algo no rosto, entende? A pele fica uniforme e com as manchas disfarçadas. Resumindo, gostei bastante desta base e mesmo sendo cara pra caramba, acho que foi uma das bases que mais gostei nos últimos tempos. Ainda não ganha da minha queridinha Touche Eclat da YSL, mas é uma boa opção para quem tem pele oleosa.

O problema é: só existem duas tonalidades à venda, o que é uma bela de uma vergonha! A minha é a Cor 2.

Também com esta proposta, já testamos a base Maestro da Armani, a Nude da L’Oreal e a Dream Wonder Nude da Maybelline.

Base Liquid Powder Dermage: testei na pele oleosa!

Comprei a cor 2.

Ingredientes da fórmula

Base Liquid Powder Dermage Ingredientes da fórmula

Preço e onde comprar

A base Liquid Powder da dermage custa R$110 e está disponívels nas lojas e e-commerce da marca.

Naturalifting CC Cream, Dermage

Marina Fabri POR Marina Fabri
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: MaquiagemResenha
Curte aqui:

Sempre tinha curiosidade de testar alguns produtos da Dermage porque sempre via muita gente elogiando – mas, se não me falha a memória, até recentemente nunca tinha usado.

Aí ganhei esse CC Cream tem algumas semanas e tenho usado bastante. Segundo a marca, entre os benefícios do uso do produto estão: pele uniforme e sem brilho excessivo; efeito primer e ação redutora dos poros; textura ultrafluida; pele hidratada e iluminada e prevenção do envelhecimento.

A embalagem é essa que é bem parecida com a de vários produtos no mercado atualmente – tipo o CC Cream O Boticário e o BB Cream da quem disse, berenice?.

A textura é realmente ultrafluida, o que eu considero um ponto super positivo – como comento aqui de vez em quando, hoje em dia prefiro bases & similares que tenham essa textura mais levinha mesmo. Prefiro um produto que dê uma cobertura menor, mas que fique mais natural e se funda melhor à pele do que um que cubra tudo, mas pareça uma máscara.

E achei esse CC Cream ótimo mesmo – é muito fácil de espalhar, a cobertura é bem boa e ele se funde bem à pele. Achei que o resultado final é bem bonito e natural, bem do jeito que eu gosto – apesar da imagem não mostrar bem, eu tenho sardas na região abaixo dos olhos, que o  CC cream cobriu bem e uniformizou a pele.

(Sem nada, com CC Cream e com a maquiagem completa – o batom é o Siren, do PPF para Tracta e o rímel é o todo poderoso Perversion, da Urban Decay).

Como pontos negativos destaco o fato de que ele vem apenas em duas cores – essa minha é a mais clara e achei que ela é um tiquinho amarelada e escura demais para mim. Não fica super evidente, então uso sem problemas, mas gostaria que as marcas ampliassem um pouquinho a gama de tons. Já acho pouco quando a maioria das marcas faz três cores, imagina duas, então.

Além disso, infelizmente ele também é bem caro – R$ 109,20 por 30 ml.

BB Cream para Olhos? Testei o da Dermage!

Thais Marques POR Thais Marques
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: CosméticosNacionalResenha
Curte aqui:

Que o BB Cream virou uma febre no mundo cosmético todo mundo já sabe. Mas aposto que nem todas imaginavam que o produto também está disponível para a região dos olhos! Confesso que me surpreendi quando soube – mas fiquei louca para testar a novidade.

Não sei se outras marcas possuem suas versões, mas a que testei e resenho hoje é da Dermage, empresa brasileira especializada em cuidados com a pele. O BB Cream Olhos é um balm multifuncional que diz se adaptar a todos os tipos e tons de pele.

A promessa do produto, apresentado em bisnaga de 15 g, é  seguinte: “Proporciona diversos benefícios em um único produto: hidrata, disfarça pequenas imperfeições, auxilia na atenuação de bolsas e na redução de olheiras, ajuda a suavizar linhas de expressão, a manter a firmeza e tônus e a proteger a região da pele ao redor dos olhos. Sua fórmula possui a combinação de ativos antioxidantes, peptídeos e micropartículas que refletem a luz e disfarçam as imperfeições da pele, deixando a pele ao redor dos olhos com aspecto luminoso e hidratado”.

Bastante coisa, né? Bom, vamos começar com o lance de ele se adaptar à tonalidade da pele. Inicialmente, achei que fosse ficar escuro em mim, mas que nada, ao espalhar notei que ficou certinho. Ou seja, a tal tecnologia color adapt funciona mesmo!

Aí temos as questões do efeito de melhoria da região. Senti que ficou mais hidratada e pronta para receber o corretivo – usar o BB Cream sozinho só se for para ir até a padaria, porque ele não tem efeito de cobertura! Como a textura é bem líquida, não dá para disfarçar as olheiras. Aliás, não pude comprovar nenhum efeito de diminuição das benditas, nem de bolsas e linhas de expressão.

Uma coisa que me chateou foi o estilo bisnaga + liquidez (posso usar essa palavra assim, será? hahahaha) do produto (a textura é a mesma daqueles que a gente passa no rosto). Vazou várias vezes e fez uma meleca que só! Outro ponto negativo – e aí não sei se é culpa da Thais ultrassensível – é que ele dá uma leve ardida toda vez que passo, mas aí para.

É uma novidade diferente, mas pra falar a verdade pode ser considerada uma frescurinha. Podia melhorar nos defeitinhos que listei acima. No mais, realmente dá uma turbinada de beleza na região dos olhos, talvez nada que um bom creme para a área possa fazer. O valor é R$ 75,00 (ouch!) e está à venda pelo site e em lojas espalhadas pelo Brasil.

Quer ver o conteúdo mais antigo? Navegue em posts anteriores!
Página 1 de 41234