Base em pó Lightful Marine-Bright Formula FPS25

Sabrina Olivetti POR Sabrina Olivetti
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: eBayMaquiagemResenha
Curte aqui:

Sabe o pó/base Studio Fix da MAC? Pois esta base é uma versão mais potente para peles oleosas e que só é vendido na Ásia, ahhhhhh! Coisas que ninguém entende, não é, minha gente?

A linha Lightful até é encontrada em outros países, mas a base, só na Ásia mesmo. Nhé!

Pelo pouco que o Google me ajudou a traduzir do site japonês da MAC diz que o pó tem uma tecnologia que absorve a oleosidade da pele e também contém fator de proteção solar 25 PA+++. O que é bem interessante para retoques ao longo do dia.

Senti que aplicando a base com uma esponjinha – vem uma dentro da embalagem, a cobertura fica boa. Já com um pincel, ela fica mais levinha e transparente. Logo na sequência da aplicação, a textura fica meio estranha, meio “tem pó no meu rosto HALP”. Mas depois de um tempinho parece que a base ~assenta~ e começa a se fundir com a pele, dando um acabamento mais natural.

Para quem gosta de acabamento opaco, essa base é uma maravilha. Ela tira o brilho do rosto e fica sequinha por umas 6 horas.

Sem nada, com base e maquiada.

Mas Sá, eu quero agora como faço ai meu Deus!? Calma! A Lightful é uma maravilha para pele oleosa, mas ela não é assim tão mais absurdamente melhor que a Studio Fix, sabe? Se você gosta da Studio Fix, fica de boa que não vale a pena virar o mundo atrás dessa versão aqui. Ela é genial sim, sem dúvida, mas se não tiver como comprar de uma forma fácil, nem esquente que a Studio Fix também é interessante.

Essa cor é a NC20, que acabou ficando meio clarinha para mim. O refil custa mais ou menos uns US$45 e o estojinho custa US$10. Esta eu ganhei de presente da minha amiga Karina, mas acho que se procurar, pode ser que encontre no eBay (não achei nenhum vendedor antes de eu sair de férias, perdão).

Ingredientes: Synthetic fluorphlogopite, Ethylhexyl methoxycinnamate, Talc, Silica, Celullose, Polymethyl Methacrylate, Titanium Dioxide, Dimethicone, Phenyl Trimethicone, Tocopherol, Hydrangea serrata, Elder, Phytosteryl/Octyldodecyl Lauroyl Glutamate, Lauroyl lysine, Sodium stearoyl glutamate, Stearyl Glycyrrhetinate, Petrolatum, C9-15 Fluoroalcohol Phosphate, Synthetic wax, Dimethicone/methicone copolymer,Dimethicone/Vinyl Dimethicone Crosspolymer, Hydroxyapatite, Barium Sulfate, Magnesium sulfate, Magnesium Myristate, Alumina, Trimethylsiloxysilicate, Potassium Sorbate, Phenoxyethanol, Mica, Iron Oxides (CI 77491, CI 77492, CI 77499), Zinc Oxide (CI 77947).

*MercadoLivre: Liberdade é vestir o que gosta!

Thais Marques POR Thais Marques
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: Publieditorial
Curte aqui:

Olha só que novidade legal: o MercadoLivre, empresa líder de e-commerce na América Latina, agora tem um canal especial para moda! A ideia foi criar um espaço que reúne mais de 80 marcas importantes do mercado brasileiro e internacional, como Carmim, TVZ, Von Dutch, Amaro e Fila, entre muitas outras. Tudo isso com o mote “Liberdade é vestir o que gosta”! Afinal, a internet está aí para nos brindar com muitas opções bacanas, que podem ser acessadas a toda hora e lugar, sempre seguindo nosso estilo pessoal, não é verdade?

Dentro do MercadoLivre/Moda, cada marca conta com uma loja oficial especialmente criada para exibir os produtos de sua coleção com a mesma identidade visual e conceito aplicados às lojas físicas e ao e-commerce próprio. Na home, é possível filtrar o que se está buscando por meio dos botões Mulheres, Homens, Meninas, Meninos e Bebês. Tem também uma aba especial Primavera/Verão e outra para Sale (opa, essa muito me interessa! hahahaha).

Cada botão é dividido por categorias, para não ter erro na hora de buscar. Ah, e também pode ser feita a seleção pelas lojas oficiais, assim o acesso a todos os produtos de determinada marca fica mais fácil. É um mundo de coisas bacanas: sapatos, bolsas, tênis, óculos, vestidos e saias, moda praia… Tudo bem simples de encontrar e com muita opção!

Dá uma olhada no novo MercadoLivre/Moda e depois me conta o que achou! Boas compras!

Férias no frio [1/2] – O que levar?

Marina Fabri POR Marina Fabri
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: DicasMarina na França
Curte aqui:

Acho que definitivamente o tema que mais recebo perguntas/emails/comentários por aqui é sobre como se vestir no frio europeu. Por isso, resolvi aproveitar que o clima está começando a esfriar por aqui (atualmente as temperaturas estão bastante amenas para essa época do ano em Paris, variando entre 10 e 15 graus, ou seja, super tranquilo – já vim para cá nesse mesmo período em outros anos e peguei muito mais frio) e dar dicas sobre o assunto – obviamente elas valem para qualquer país com clima gelado, só usei como exemplo a França porque é aqui que eu moro.

Bom, dividi o tema em dois posts que entram no ar hoje (no caso é esse, der!), amanhã. Vou falar do que levar na mala e do que comprar no seu destino. Se vocês acharem que faltou algo, posso voltar a abordar o assunto novamente também. Bora?

1) Invista sempre em camadas!
Bom, enquanto no inverno curitibano a gente congela em todo lugar, aqui todos os ambientes internos são aquecidos. Ou seja, não adianta nada por uma blusa de lã pesadona, depois um casacão, 15 calças e andar rolando. Use camadas finas e tecidos quentinhos (tipo lã e cashmere) e depois complemente com um casacão para dar conta do frio em ambientes abertos. Ou então você vai sofrer com calor cada vez que entrar numa loja ou parar para almoçar, por exemplo.

2) Meia-calça, essa linda.
Muita gente me pergunta se dá para usar vestido e saia no inverno e olha, vou confessar que não entendo muito essa pergunta – já comentei antes aqui no blog e repito: meia-calça é MUITO mais quentinha que calça jeans. Obviamente não estou falando das fininhas, e sim das com trama bem fechada, mais grossas, de lã e/ou forradinhas (esse é um tópico ao qual vou voltar nos próximos posts ainda!). Elas são super quentinhas e ficam coladas na pele, ou seja, sem espaço para o vento entrar – além de que são molinhas e gostosas, não um tecido frio e duro tipo jeans (ok, eu não curto calça jeans, mas meu ponto é válido mesmo assim).

Além disso, vou dar o conselho que sempre dou para as amigas que me perguntam o que trazer – enquanto três calças ocupam um espação na mala, uns cinco vestidos enroladinhos ocupam tipo 1/3 do espaço. E não estou falando de vestidos específicos para inverno, eu uso qualquer um, incluindo meus vestidos de verão mesmo.

3) Não esqueça dos acessórios
Luvas, cachecol e gorro são praticamente indispensáveis no invernão porque as mãos e orelha gelam mesmo – e cachecol para não deixar entrar vento pelo pescoço. Fora isso, voltando à dica 1, é mais fácil você entrar num lugar e tirar o cachecol se sentir calor do que ficar suando numa blusa grossa de gola alta.

4) Casacão e bota: um de cada!
Numa mala de inverno, esses dois itens ocupam muito espaço – além disso, como na Europa e Estados Unidos (que acho que são os destinos mais comuns) esse tipo de roupa é mais barato que no Brasil, muita gente acaba comprando durante a viagem. Ou seja, não encha a mala com mil casacos volumosos. O mesmo vale para o sapato – eu já passei uma viagem curta, de uns 12 dias, com uma bota só. Nesse caso, é bom escolher uma que você tenha certeza que é confortável e que seja fácil de por e tirar (especialmente se você for passar por muitos aeroportos). Eu evito tênis – os tipo All Star tem sola muito fina e deixam os pés frios e os de academia além de serem feios (risos, desculpa) ainda podem molhar na chuva ou neve.

Bom, espero ter ajudado um pouquinho quem vai tirar férias no frio – amanhã estarei de volta para falar de itens que vale a pena você comprar no destino mesmo.

Blush em bastão Natura Una cor Rosa

Sabrina Olivetti POR Sabrina Olivetti
Gostou?
| Este post está dentro das categorias: MaquiagemNacionalResenha
Curte aqui:

Uau, mas que onda de maquiagens em bastão! Mês passado falei sobre um multifunções em bastão da Nars e também da base em bastão da Natura mesmo, lembra? Agora é a vez do bastão em blush.

A Natura conta que os diferenciais dele são as 6 horas de duração na pele e a ultra fixação. Eles também falam que o efeito é mate, coisa que eu discordo por motivos de: foto abaixo.

Consegue ver como tem uns micro brilhinhos dourados no blush? E mesmo o nome da cor sendo “rosa”, acho que o tom está mais para um coral, o que me diz?

Para aplicar eu faço assim, passo o bastão de leve nas bochechas, deixando umas bolinahs de cor, depois espalho com os dedos mesmo, esfumando bem e deixando o tom mais transparente. Ele é prático e não tem segredo para usar. Não precisa ter receio porque o blush não mancha e nem seca rápido, então não tem perigo de ficar com ele muito aparecido.

O batom é o Dolce Vita da Nars.

O blush é bonito e fácil de usar, mas não vi muita diferença na duração dele na pele, como a marca promete. Senti que ficou um tempo normal no rosto. O blush em bastão está à venda por R$49,30 com duas opções de cores.

Ingredientes: CYCLOPENTASILOXANE, OCTYLDODECANOL, CI 77891, MICA, TIN OXIDE, ETHYLHEXYL PALMITATE, CERA MICROCRISTALLINA, PHENYL TRIMETHICONE, POLYETHYLENE, SILICA, HYDROXYPROPYL DIMETHICONE BEHENATE, ETHYLHEXYL METHOXYCINNAMATE, METHICONE, OZOKERITE, TITANIUM DIOXIDE, TRIMETHYLSILOXYSILICATE, CI 77492, LAUROYL LYSINE, CI 15850, HEXYLDECANOL, PYRUS COMMUNIS SEED EXTRACT, ASCORBYL PALMITATE, CITRIC ACID, GLYCERYL OLEATE, GLYCERYL STEARATE, LECITHIN, TOCOPHEROL. PODE CONTER/ PUEDE CONTENER: CI 19140, CI 77491, CI 77499, TALC.

Quer ver o conteúdo mais antigo? Navegue em posts anteriores!
Página 5 de 1.34434567