Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Foram só 4 dias, mas tempo suficiente para eu me apaixonar pela terra da rainha! Tenho certeza de que ainda vou voltar pra explorar mais e mais a cidade. Há muito o que se ver! Nesse post, elenco 5 coisas que você pode fazer bem sossegada numa viagem curta para Londres (e a maior parte é de graça)!

Para ler sobre passagens, hospedagem e transporte na cidade, clique aqui.

Antes de mais nada, acho válido dizer que viagem é algo bem pessoal e o que é super bacana pra mim pode não ser pra você. Sou aquele tipo de pessoa que não planeja muita coisa – gosto de me deixar levar pelas possibilidades, de descobrir coisas sem querer e até de me perder!

Dito isso, vamos lá!

#1 Ir a algum parque

viagem curta para londres

St. James’s Park

Londres possui uma montoeira de parques belíssimos encrustados em meio à cidade, grande parte deles pertencente à família real. O mais famoso é o Hyde Park, no qual eu fui não uma, mas duas vezes, tamanho meu amor! Me encantei com a vista para o lago Serpentine, com as pessoas andando de patins nas vias asfaltadas, com o sol batendo nas folhas das árvores… Foi tão delicioso estar lá que voltei no dia seguinte para curtir mais – o lugar é enorme, tenha isso em mente!

Outro parque em que estive, inclusive nesse mesmo dia, foi o Green Park. Para quem gosta de estar num lugar silencioso, com menos gente e mais verde, ele é ideal. Há muitas árvores, passarinhos e trilhas para caminhada, além de bancos para sentar e ler um bom livro ou apreciar a paisagem. Se você curte conhecer pontos turísticos, poderá ver o palácio de Buckingham ao fim do passeio.

Mais adiante, visitei também o St. James’s Park. Ele é o mais próximo do rio Tâmisa e, por isso, oferece uma vista linda da London Eye e das construções adjacentes. Dos três, é o menor, mas tem seu charme. Gostei de ficar olhando os pelicanos que moram lá. Vale dizer que há outros excelentes parques em Londres, além de maravilhosos jardins – como o famoso Kensignton Gardens, em frente ao palácio de Kensignton. Ah, e cada um dos parques citados tem parada de metrô com o mesmo nome!

#2 Andar de bicicleta

viagem curta para londres

Vista tranquila no Hyde Park

Além de um excelente sistema de metrôs, Londres possui pontos de aluguel de bicicletas chamados Cycles. Quando visitei o Hyde Park pela primeira vez, peguei uma e foi lindo – me senti tão livre, tão feliz, tão grata! <3 É uma experiência que recomendo a todo mundo. Inclusive, você pode usar sua bike para pedalar cidade afora. Não experimentei essa modalidade, mas sei que muita gente que fez isso não se arrependeu – o povo respeita o ciclista! São vários pontos de parada e você pode alugar sua bicicleta por meio do totem que fica junto com todas elas. Custa duas libras para alugar por 24h (mais detalhes aqui).

#3 Visitar os museus da cidade

viagem curta para londres

Quadro de Manet e área interna do museu

Londres é recheada de museus sensacionais, muitos deles gratuitos! O primeiro em que fui foi o The National Gallery. Você não paga nada pra entrar e pode ver pinturas extremamente maravilhosas, daquelas que viu só nos livros de história da arte! As salas exibem obras do século XIII ao século XX. O que mais gostei foi ver Manet, Monet e Van Gogh, os mestres do impressionismo em suas variadas fases.

Outros dois museus – igualmente grátis – em que entrei foram o Victoria & Albert e o Natural History Museum. Infelizmente, consegui apenas dar uma passadinha em ambos, uma vez que cheguei tarde à região onde eles ficam. Esses são o tipo de lugar que dá vontade de passar a tarde toda dentro!

Se você é apaixonada por moda e design precisa ir no V&A – há uma exposição permanente de roupas de diversas épocas, fiquei encantada! Além disso, há várias mostras pagas à parte dos mais variados tipos (agora, por exemplo, a história da lingerie está contada por meio de peças originais, a 12 libras – a exposição fica aberta até 12 de março de 2017).

O NHM é ótimo pra quem gosta de ~ciências (aquelas bem quarta série, né, hahahaha). A coleção do museu contém nada menos do que SETENTA MILHÕES – é sério! – de exemplos de plantas, animais, fósseis, pedras e minerais. Não perca de ver o modelo do dinossauro diplodocus em tamanho real – ele será substituído pelo de uma baleia no verão europeu do ano que vem.

#4 Ir a algum mercado popular

viagem curta para londres

Feirinha ao ar livre nas adjacências do Camden Market

Amo/sou mercados populares – de comida, de artesanato, de bugigangas, do que for! Em Londres, fui a dois. O primeiro foi o Camden Market, em Camden Town. O lugar é famoso por suas lojas uma do ladinho da outra. Tem de tudo: comida, bebida, discos, artigos vintage, porcarias, couro, acessórios, roupas – e por aí vai. Vá com paciência, porque a rua principal vive lotada de gente. Eu gostei porque sou dessas, risos. O segundo foi o Borough Market – já contei a experiência nas nossas dicas gastronômicas e culturais desse mês. Se você não viu, corre lá pra ler!

#5 Passear na região da London Eye

viagem curta para londres

Vista de Londres pela London Eye

Você tem que me prometer uma coisa se for a Londres pela primeira vez: antes de qualquer outra coisa, pegue o metrô de onde estiver e pare na estação de Westminster. Sério. Ir subindo as escadas e dar de cara com o Big Ben foi uma das coisas mais emocionantes que já me aconteceram. Aí você pode ir andando e, logo adiante, vai ver o rio Tâmisa e a London Eye – aquela roda gigante que dá vista pra cidade do alto (e custa várias libras, mas eu fui porque só se vive uma vez)! A região é toda muito bonita. É cheia de turistas, sim, mas nem aquela confusão de gente tira a beleza do lugar num dia ensolarado (um milagre que me aconteceu em Londres, mas choveu logo depois porque that’s the way it rolls).

Bom, espero que tenha gostado das minhas dicas de viagem curta para Londres! Não é porque serão poucos dias que não dá pra aproveitar! Se (ainda) não é seu caso, aproveite para compartilhar o post com quem sabe que está de malas prontas pra lá!

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
19 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários
Nos conte o que tem a dizer

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
O que nossas divas já nos disseram
  1. Márcia Daniella

    Eu amoooo visitar museus. Com certeza, estariam também na minha listinha de prioridades em viagem curta

  2. Patricia

    Eu fico assim, meio “bolada” de que com toda essa globalização, viagens mais acessíveis a todos, etc, as pessoas ainda ficam batendo nessa tecla de “Londres chuvosa”, “Londres escura”. Talvez porque a maioria vem sempre nas férias de fim de ano, e de outubro a fevereiro o tempo é mesmo frio e há mais dias nublados. Mas chuva, chuva mesmo não é tanta assim não, minha gente! Chove tanto em Londres anualmente quanto em São Paulo! Os dias de primavera e verão aqui são lindos, ensolarados e quentinhos (claro que nada comparado ao clima tropical!). Esse ano fez tempo bom de março a começo de outubro! Agora, os dias de outono com céu azulzinho e pôr-do-sol rosa imperam.Chove sim, mas geralmente, quando acontece eh uma chuva fininha.”Toró” aqui eh rarissimo. Tem muitos dias de sol, tem mesmo! Podem perguntar ao tio Google!! 😀

  3. Susana

    Será minha próxima viagem, estou ansiosa!!

  4. Fernanda

    Thaís, amei o post! Também digo pra todo mundo que vai à Londres a primeira vez pra descer na estação de Westminster, dar de cara com o big Ben ao subir as escadas é maravilhoso! Pra quem ficou poucos dias você aproveitou bastante! Mas é sempre bom ter uma desculpa pra voltar hahahaha beijos

  5. Vivian

    Oi Thais! Eu morei por mais de 1 ano em Londres e para mim é a melhor cidade do mundo! Cidade com uma arquitetura lindíssima e pessoas super originais. Você consegue fazer muitas coisas gastando pouco e tudo é muito diferente do que temos no Brasil. Alguns dos meus lugares preferidos são o Covent Garden, Hyde Park, Camden Town, Regent Street, museum of London (todos de graça!) e andar sem destino pela cidade. Maravilhoso!! Além dos pubs super clássicos e as casas de chá! Hoje moro em Nova York, que também é uma cidade show, mas depois da experiência de Londres é difícil amar outra cidade!

    • Ai, que delícia de cidades pra se morar, Vivian! <3

  6. Mari

    Gostei da dica de sair do metro de frente pro Big Ben.
    Eu lembro da 1a vez q fui pra NY, e fui subindo as escadas do metrô e dei de cara com a Times Square. Foi muito “uau!”. Das outras vezes q eu fui e levei gente lá, chegamos andando e não foi tão impactante pq vc vai vendo as coisas de longe aos poucos, não é como sair de um buraco e dar de cara.
    Qdo eu for pra Londres, acho q vou tentar fazer isso mesmo.

  7. O que mais quero fazer é tomar um chá inglês lá!!!

    Tem algum lugar bacana pra indicar Thais?

    • Mi, me disseram que na Fortnum & Mason, onde comprei aquelas bolachinhas, tem um chá inglês fantástico. Mas é caro, prepara as libras! hahahaha

  8. Pronto, dicas anotas para se um dia eu for para lá 😀 Principalmente os parques, andar de bike e ir na região da London Eye 😀

  9. Lívia Nunes

    Nossa Thaís, eu fiz exatamente isso que vc falou.. Qnd cheguei em Londres era quase madrugada, por isso fui direto pro hotel dormir, não vi nada. No dia seguinte, peguei o metrô e desci na Westminster. Lembro da sensação de arrepio que senti, fiquei rindo sozinha maravilhada. Foi muito emocionante <3
    Volto pra lá em dezembro agora, mal posso esperar!

    • EU TAMBÉÉÉÉM, tava rindo que nem uma bocó, sozinha, de tão feliz que fiquei. <3 Aproveite muito!

  10. Gabriela R. Salomon

    Obrigada pelas dicas, Thais 🙂

  11. Gabriela R. Salomon

    Obrigada pelas dicas, Thais 🙂 🙂

  12. Miriã Andrade

    Eu também amo/sou mercados populares, haha, adorei as dicas! 😉

  13. Oi, Thais!
    Um museu que eu amei muitão e é gratuito foi o Imperial War Museum. Foi o meu preferido da minha viagem (ganhou do Louvre e dos Museus do Vaticano, inclusive). Tem vários andares e um deles é dedicado só à Segunda Guerra, Me emocionei demais! Inclusive postei sobre isso no blog há um bom tempinho: http://belivs.com.br/2016/01/londres-imperial-war-museum.html
    Outro que tbm é de graça é o British Museum, incrível <3
    E que legal, você comentou o mesmo que eu no seu post anterior: subir as escadas da estação Westminster e dar de cara com o Big Ben é emocionante demais.
    Um beijo! Adorei os relatos *-*

    • SIM, Lívia! Até te respondi lá! <3 Dicas anotadas pra próxima viagem! 🙂

  14. Morro de vontade de conhecer Londres, mas no momento não tá dando pra sair do Brasil, então… Ma vou guardar o post para o futuro, quando eu conseguir
    http://www.issoaquiloetal.wordpress.com