Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Se você está sempre por aqui – ou se você gosta muito de cuidar dos cabelos, como eu – talvez você já tenha ouvido falar em co-wash. Basicamente, é uma técnica para limpar os fios em que você lava o cabelo usando um condicionador sem petrolatos ou óleos minerais. É uma técnica menos agressiva de limpeza e pode ser feita por qualquer pessoa que tenha o cabelo naturalmente seco ou por quem esteja com os fios ressecados ou fragilizados por alguma razão (química, por exemplo).

Pois bem, a questão é a seguinte: um dia, há algumas semanas, eu estava lá, gastando meus minutos para desembaraçar meu cabelo depois de lavar (em geral é um processo lento, tenho fios finíssimos e em bastante quantidade, embaraçam com uma facilidade espantosa) e comecei a pensar em como fazer para deixar isso mais fácil. Como tenho os fios descoloridos, ou seja, mais ressecados pela química, na hora pensei: vou testar co-wash!

E foi isso mesmo que fiz – passei um mês sem usar shampoo nos fios e hoje vim aqui contar minha experiência com a técnica. Na verdade, vou fazer dois posts com o assunto, ou o relato ficaria muito longo. Hoje, vou falar especificamente da minha experiência, resultados e o que eu achei, amanhã eu vou mostrar e falar melhor dos produtos, ok?

co-wash

Logo depois da primeira lavagem sem shampoo

Co-wash: como eu fiz

Para começar, lavei os cabelos normalmente, com shampoo antirresíduos com sulfato, para tentar retirar o máximo possível de substâncias como parafina ou silicones que pudessem estar acumulados nos fios. Depois, finalizei com condicionador sem óleos minerais (o Yamasterol). Pronto. Depois dessa lavagem, comecei meus 30 dias sem shampoo.

Em geral, lavo os fios a cada dois dias (um dia sim, um dia não) e segui assim. Para a etapa da lavagem, usei basicamente dois produtos alternadamente: Yamasterol e o Pré-shampoo da Salon Line, que é indicado para co-wash (vou falar melhor dele e dar os detalhes amanha, ok?). Lavei exatamente da mesma forma que sempre fiz, massageando só o couro cabeludo com o produto. A única diferença é que esses produtos não fazem espuma alguma. Como eu já estava aplicando o condicionador, minha lavagem tinha só essa etapa mesmo – enxaguava e pronto. Todos os produtos citados aqui foram comprados por mim mesma.

co-wash

Início da segunda semana sem shampoo

Co-wash: e os resultados?

Não vou negar: da primeira vez dá um certo medo do negócio não dar certo e o cabelo ficar ensebado e pesadão, especialmente porque os produtos não fazem espuma (e a gente passa a vida toda associando espuma à limpeza, né?). Mas o que eu tinha a perder? Só alguns minutos – se desse errado, eu só teria que lavar novamente o cabelo.

Logo que saí do banho, notei a primeira diferença brutal: meu cabelo estilo Primo It, que tem vida própria e leva séculos para ser penteado depois da lavagem, estava macio, uns 800% menos embaraçado. Sério, levei uns dois minutos para pentear, meio incrédula e chocada. Mas faltava a parte mais importante: esperar secar para ver como ficaria seco (uso secador só quando necessito mesmo, tipo antes de dormir ou quando vou sair em seguida).

co-wash

Terceira semana sem shampoo

E, para a minha surpresa, o cabelo ficou soltinho e limpo, sem sinal de oleosidade ou aqueles fios meio divididos em grumos (como fica quando está sujo/oleoso). A única diferença negativa que notei é que parecia que o cabelo estava ainda mais liso do que ele já é, mais escorrido, especialmente a franja. E os efeitos se mantiveram mais ou menos os mesmos durante os 30 dias – acho que aos poucos o cabelo foi se acostumando e tive menos essa sensação do cabelo escorridão.

Em resumo: pra mim funcionou bem, sim. O cabelo, especialmente as pontas, quebraram muito menos, já que era muito mais fácil de pentear, e os fios ficaram bem macios. A técnica não deixou meu cabelo mais oleoso, só sentia que ele estava mais liso ainda mesmo, o que não é algo que eu ame, mas acho que valeu a pena em detrimento da saúde dos fios e dos outros benefícios.

Como foi? Vou continuar?

Bom, não vou dizer nem que sim nem que não – tenho muitos produtos em casa que não poderiam ser usados no co-wash, são produtos que eu amo e que não quero jogar fora. Além disso, faz parte do meu trabalho aqui no blog testar coisas diferentes e é algo que adoro fazer. Mas eu também adorei o resultado do co-wash, então talvez eu volte à técnica de vez em quando para dar uma folga aos fios ou mesmo alterne com as lavagens normais.

co-wash

Final da experiência: um mês sem shampoo

Devo dizer que além da minha experiência sem shampoo, aproveitei também para fazer uma experiência antropológica (haha). Muitas das minhas amigas ou conhecidas me perguntam muito sobre cuidados com os cabelos – a maioria delas sabe que é um assunto que eu gosto, além do fato de eu testar muita coisa aqui para o blog. E nesse último mês, cada vez que alguém me perguntava, eu respondia: “pois então, estou fazendo uma experiência, vou ficar um mês sem usar shampoo”.

Juro, não sei dizer quem fez as melhores caras: as pessoas me olhavam como se eu tivesse acabado de dizer que ia ficar um mês sem banho. É engraçado ver como somos tão condicionados a fazer as coisas sempre do mesmo jeito que em geral nem cogitamos a possibilidade de uma alternativa diferente – e olha, essa alternativa pode mudar um pouco nossa vida, mesmo que seja uma coisa simples como um produto para limpar o cabelo. Pense nisso :).

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
70 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários
Nos conte o que tem a dizer

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
O que nossas divas já nos disseram
  1. Débora Ribeiro Martins

    Amei, Marina!! Nunca tinha visto um relato de co-wash em cabelos lisos! Agora estou com ainda mais vontade de começar!

  2. Cris

    Eu tenho caspa, então nem rola ficar sem o anti caspa. Mas seu cabelo ficou belíssimo Marina.

  3. Camila

    Adorei o post, é difícil ver algum blog mais conhecido falando e mais difícil ainda alguém com cabelo liso, nos grupos do Facebook é comum. Eu tenho seguir o low poo, mas como tenho dermatite seborréica ainda tenho que usar o shampoo específico. Porém nas outras lavagens sigo a técnica, no low usa-se shampoo, mas pode intercalar com o co wash que salva o cabelo. Eu costumo usar o co wash da Bioextratus, o da Yamasterol, mas o rosinha claro, o mais novo deles ou o condicionador de criança da marca Lorys. Muitas pessoas acham estranho, outras não se adaptam, mas pesquisando com calma e fazendo a mudança aos poucos, acredito que muitos irão gostar.

  4. Marina, testa o Low Poo. Maltrata menos que usar shampoos normais, mas não é tão radical quanto o No Poo (Co-Wash). Gosto de alternar produtos, no dia a dia fico nos produtos Low/No (alterno as técnicas porque to cheia de produtos aqui em casa), mas quando quero testar algum produto proibido, testo e na lavagem seguinte uso shampoo normal e volto a técnica. Com cabelo liso dá pra fazer bem a transição.

    Eu só não notei o efeito liso (queria viu) que você falou, de resto as técnicas são ótimas pra quem tem química no cabelo;. =)

  5. Eduarda

    Olá achei esse produto em uma viagem que fiz e comprei pra provar achei q em meu cabelo q é liso ele pesou um pouco e no dia já tive que lavar!! ai eu testei ele no cabelo da minha sobrinha que é cacheado e super fino nossa deu super certo pra desembaraçar então foi mágico!!!
    Marina queria te pedir pra da uma olhada na maquina de corte bordado Split Ender ve o que acha e se tem possibilidade de testar pra gente!!! 😀 Obrigado

  6. Marina, vc passou o Yamasterol na raíz???

    Nossa… fiquei empolgada com a sua experiência…

    Acho que vou tentar tb!!!

    • Isso, no lugar do shampoo. Bjs!

    • Nandi

      Que interessante! Deu vontade de tentar mesmo!

    • Valeu Marina!
      Vou começar hj mesmo…

      Obrigada.

  7. Franciele

    Co-wash e shampoos sem sulfato são vida para cabelos secos. Há 3 anos faço e só vi melhoras. Eu intercalo um lavagem com shampoo sem sulfato e outra co-wash.

  8. Marilia

    que legal marina!
    eu tenho o cabelo super fino também, meio oleoso e o couro cabelo bem sensivel que forma tipo umas caspinhas mas não é caspa de verdade.. já pensei várias vezes em me jogar no low-poo.. agora to alternando uso de shampoo com sulfato e sem sulfato pra ver se a sensibilidade diminui. pretendo logo testar tudo junto com o co-wash também 🙂

    • Luciana Correa

      Também tenho medinho! Meu cabelo é fino e oleoso que nem o seu. Uso durante a semana o yamasterol less poo, mas ainda não me encontrei nele e no final de semana o da redken, diamond oil, pois tenho cabelinho descolorido com mechas.

  9. Bruna Fernandes

    Marina, continue com o No poo – please – pra gente ver mais os resultados, eu já faço o low poo e estou criando coragem de fazer o No, porém é uma decisão radical, mas como já uso shampoos leves já é meio caminho andando.

  10. To querendo testar essa tecnica a tempos, o meu medo era de deixar oleoso, e como vc disse, relacionamos muito limpeza a shampoo rsrss
    beijos

  11. To querendo testar essa tecnica a tempos, o meu medo era de deixar oleoso, e como vc disse, relacionamos muito limpeza a shampoo rsrss
    beijos,,,,

  12. Luciana Correa

    Alguma leitora do blog de cabelos finos e oleosos já experimentou fazer co-wash? Penso em fazer para tentar diminuir a oleosidade do meu cabelo e queria dica de alguém na mesma situação que a minha 🙁

    • Camila

      Eu tenho o cabelo fino e oleoso, faço co wash alternando com o low poo, lavava o cabelo todo dia, agora lavo dia sim dia não, mas que isso não aguento, pois tenho dermatite.

  13. Silvia Alves

    Adorei o post Marina! Recentemente comecei a pesquisar sobre co-wash, no poo, low poo, porém assim como quase tudo nessa internet você acaba encontrando muita informação e a grande maioria cheia regras do tipo “isso pode”, “isso é proibido”, “tá errado”, etc, o que acabou gerando uma certa preguiça sobre o assunto. Daí, resolvi fazer uma ~experiência~ do meu jeito, assim como você fez. O meu cabelo é ondulado e por conta da natação, luto diariamente com o frizz e ressecamento dos fios ¬¬ comprei o yamasterol dourado e um shampoo próprio para co-wash, da yamasterol (vou alternando as lavagens entre eles) e faz duas semanas que meu cabelo tá soltinho, macio e com o ondulado mais definido, sem frizz 😀

    • Camila

      Você deve ter comprado o co wash da Yamasterol ou o Less poo que é o shampoo, pois não existe shampoo pra co wash, co wash é ato de usar condicionador na lavagem.

    • Tamara Alves

      As regras e proibidos existem porque os shampoos sem sulfato low poo, e o no pow/co-wash não retiram os petrolatos e silicones insolúveis que existem em muitos produtos como máscaras, finalizadores, etc, (alguns shampoos low poo, até retiram qdo tem 2 ingredientes q não sei o nome porq é complicado..rss), e esses ingredientes são só produtos que ficam superficialmente no cabelo, não servem para tratar, e bloqueiam qualquer tratamento q coloque no seu cabelo, por isso que compramos e testamos produtos e muitas vezes eles não funcionam..Senti isso qdo comecei à fazer cronograma capilar, comprei um monte de coisa e nada funcionava….As regras e proibidos existem para facilitar na verdade, e são basicamente ler os rótulos e verificar os ingredientes…No começo é chato, depois acostuma…Se vc faz low poo e no pow e não se atentar à isso aos outros produtos que usa, não vai adiantar muito sabe, e pode até piorear a situação do seu cabelo, aí vc vai dizer q a técnica não funcionou… porq o sulfato e companhia existe para retirar esses produtos q não dissolvem na água….Espero ter ajudado

  14. Ana Claudia Afonso

    Co-wash mudou a minha vida!! Uso o Yamasterol( Amo) e o condicionador da Salon Line.

  15. Engraçado como nunca tinha pensado nisso e realmente associamos a espuma a limpeza. Gostei muito da dica e vou testar também!

  16. Angel

    Bom, não faço low ou no poo, mas para mim, que tenho cabelos finos, ondulados e tonalizados, o shampoo maltrata e resseca, além de dar frizz e estatica. Com essa queixa minha dermato me orientou a diluir o shampoo meio a meio com água filtrada. Isso já tem mais de dois meses e meu cabelo é outro. Embora vc use bons shampoos e específicos p seu caso, os sulfatos agridem.

  17. Carol

    Oi Marina! Sempre tive muitaaa vontade de aderir a esta técnica porém nunca havia achado alguém de cabelos lisos contando sua experiência! Adore! Queria saber se você hidratou/matizou o cabelo durante o processo e o que achou. Ficou mais oleoso ou pesado?

    Beijo!

    • Vou falar dos produtos que usei no post de amanhã, mas não matizei, não. Bjs!

  18. Carina

    Aflição é a palavra!
    Não consigo me imaginar sem lavar o cabelo todos os dias. Tenho pouco cabelo, muito fino e meio cacheado. Não me dou bem nem com shampoo meio hidratante, imagina co-wash :O

    Devo dizer que já tentei me adaptar ao Deva Curl, há alguns anos,, que tem produtos específicos para cabelos cacheados, mas foi um desastre, não me adaptei nadinha, nem ao cheiro =/

    Mas gosto de ver quando dá certo! =)
    E é mesmo divertido ver a cara das pessoas quando eu falo que existe essa técnica hahuehaa

  19. Márcia Daniella

    Meu cabelo é absurdamente oleoso. Acho que nao rola testar a técnica 🙁

  20. Renata

    Marina, sentiu alguma diferença ao fazer babyliss ou outro tipo de modelagem? Eu tenho a sensação de que não vai pegar direito

    • Ficou um pouco mais difícil de fixar mesmo, mas nada drástico, usei babyliss normalmente nesse período.

  21. priscila

    Mas me tirem uma duvida não lava a cabeça só molha depois que começa esse processo???

    • Desculpa, não entendi sua pergunta!

    • Raíssa

      Lava sim! Só que em vez de lavar com shampoo, você massageia com o condicionador.
      Os condicionadores para co-wash geralmente tem uma composição específica para isso, como anfóteros e extratos botânicos que ajudam a limpar e não deixam resíduos nos fios.

  22. Rebeca

    Oi boa tarde gostaria de saber se quem tem a raiz do cabelo oleosa pode usar a técnica do co-wash, a raiz e oleosa mais as pontas são super ressecadas também sofro com o mesmo problema que você na hora de desembaraçar pelo fato dos fios serem finos embaraca de mais.

    • Você pode testar, mas infelizmente não sei dizer se funciona ou não no cabelo oleoso 😉

  23. Carolina Ribeiro de Lima

    Marina,

    Você usou só o creme na raiz, comprimento e pontas?! Sem usar o Shampoo da Salon Line? Ele foi usado só uma vez mesmo?

    • Não usei nenhum shampoo durante o último mês, usei o Yamasterol e o produto da Salon Line, alternadamente, no lugar do shampoo.

  24. Quero muito tentar isso! Mas, fico perdida nos produtos que devo usar e onde encontrá-los, toda vez que lavo o cabelo tenho a sensação que os fios ficam muito grudados na cabeça, sabe? E meu cabelo é misto, raiz de normal a oleosa e pontas secas.

    Vou esperar ansiosa pelo segundo post!

    http://www.ziperchique.com.br

  25. Caroline

    Olá, esta opção de co-wash, é só para cabelos crespos? Pois não achei nada referente a cabelos lisos.
    Existe alguma contra indicação de usar este produto para cabelo liso? Ou similar para cabelos lisos.

  26. Flávia

    Gente, onde eu tava todo esse tempo?

    Co-wash, no poo, low poo, que diabos são isso?

    E funciona para cabelo com raiz oleosa que NECESSITA de lavagem diária?

    Rindo litros de mim mesma aqui!!

    Beijos para todas!

    • Debora

      Gente, eu comecei no no poo por conta da transição do pós quimica para retornar ao cabelo natural. E, que demais! Amei e não largo mais! Já faço há mais de um ano e meio. O cabelo é outro, na minha concepção pelo menos. No começo dá mesmo um medinho de que não vai limpar o cabelo, por conta da falta de espuma… mas, sério, limpa sim!
      Que legal que vc também testou e gostou, Marina,
      Beijos

    • Debora

      Flavia, desculpe não achei que eu estava respondendo ao seu comentário hahaha
      Então, low poo/no poo são formas de shampoo, que formam pouca ou nenhuma espuma, respectivamente. São comercializados no mercado com essa indicação de ser low poo/no poo. O low poo é o meio do caminho, entre a espuma que estamos acostumadas e a completa ausência de espuma. Normalmente, se aplica condicionador após esses shampoos.
      O co-wash é forma de lavar o cabelo sem shampoo nenhum, só com o condicionador ou um creme hidratante. Normalmente, não se aplica condicionador após.
      Todas essas técnicas são usadas para substituir os shampoos “comuns”, que contém petrolatos e ressecam nosso cabelo.
      Em geral, todas as pessoas que eu conheço que aderiram a alguma das técnicas estão amando, mesmo as que tem cabelo mais oleoso. Acho que compensa testar 😉

    • Flávia

      Nossa Débora, obrigada pela explicação!! Agora estou entendendo a coisa toda!

      Acho que vou até testar mesmo vendo tantas pessoas falando bem!

      Beijos!

  27. Heloisa Pagy

    Marina, que legal você ter contado sua experiência com co-wash ! Fiquei animada para tentar no meu cabelo. Só tenho uma dúvida: o que você passava no cabelo como protetor térmico quando ia secar?

  28. Fabiana

    Oi Marina,
    Quando a gente pesquisa o assunto, tem tanto pode e não pode, que realmente confunde, eu já faço um mix das técnicas de No e Low Poo há três anos.
    Quando eu comecei ficava perdida com tantas regras, mas aos poucos fui me adaptando e atualmente nem penso em parar.
    Meu cabelo é seco e cacheado, eu faço cowash para higienizar os fios em todas as “lavagens” só uso shampoo, sem sulftato a cada 15 dias porque uso creme de pentear com frequência e acho que preciso.
    Meu cabelo fica ótimo, mas é importante usar o condicionador correto (não é qualquer um) e massagear muito bem a raiz para que a água retire mesmo a sujeira, se não o cabelo fica coçando.
    Outra coisa, além do condicionador para o cowash, depois dele eu uso um condicionador comum ou uma máscara para finalizar, como uma lavagem comum.
    Adoro e não sinto meu couro cabeludo oleoso.
    Beijos
    Fabiana

  29. Miriã Andrade

    Eu amei essa técnica e a sua experiência, não conhecia e adorei pelo fato de deixar mais liso, vou tentar! 😉

  30. Quelen

    Olá Marina, tenho muito interesse em testar o co-wash, só que seco o cabelo com secador e sinto a necessidade de usar um leave-in com proteção térmica… vc conhece algum leave-in que possa ser usado? beijos

  31. bom dia! gostaria de saber qual matizante usou neste período?

  32. Raíssa

    Poucas mudanças de hábito fizeram tanta diferença no meu cabelo quanto co-wash. Vale muito a pena pesquisar sobre a técnica e dar uma chance. 🙂
    Que bom que deu certo para você também!

  33. Suzana

    Experimentei, um dia, lavar meu cabelo (loiro, descolorido, super fino e danificado) apenas com o creme Yamasterol Argan. Sinceramente, achei que ficou uma porcaria: ficou ressecado, com aspecto opaco. Esse primeiro resultado me desestimulou a prosseguir.

    • Raíssa

      Suzana, eu lavo com condicionador (co-wash), mas passo condicionador/máscara normalmente depois. Talvez seja por isso que seu cabelo ficou ressecado, só o co-wash é difícil dar conta de um cabelo descolorido. Falo por mim: o meu é descolorido e eu não fico só no Yamasterol, não.

  34. Cintia Lima

    Que Maravilha!!! Eu sou cacheada, já tive curiosidade para testar essa técnica, era tanta complicação q deu preguiça!
    Já tinha lido que só servia para quem lavava os cabelos todo dia…

    Mas agora Marina, sua Linda!! vc descomplicou tudo!! Muito Obrigada!

    Vou testar!!!

  35. Gabriela R. Salomon

    Gente, é para ja que vou fazer no meu hehe 😀

    Obrigada por compartilhar a experiência, Marina 🙂

  36. Gi

    Não entendi bem, você só usou o pre shampoo da Salon Line no primeiro dia e o Condicionador, e nos outro dias só lavou com o condicionar Yasmasterol? Isso?

    • Substitui o shampoo pelo Yamasterol ou pelo produto da Salon Line, usava um ou outro, dependendo da lavagem.

  37. Aline

    Eu não entendi o trecho “dois produtos alternadamente: Yamasterol e o Pré-shampoo da Salon Line”.

    Você usou 1º o Yamasterol e depois o Pré-shampoo da Salon Line na mesma lavagem?
    Ou vc usava um dia o Yamasterol e na próxima lavagem o Pré-shampoo da Salon Line?

    • Usei alternadamente, numa lavagem usava um, na outra usava outro…

  38. Ana Carolina Chavante

    Olá! Tudo bem? Você acha que funcionaria para quem tem o cabelo oleoso na raiz e seco nas pontas?

    Obrigada!

    • Cada cabelo pode reagir de uma forma, infelizmente não tenho como prever 😉

  39. Eu faço low poo e já pensei em tentar no, mas meu cabelo é oleoso, tentei fazer co-wash uma vez e ele continuou com aparência de oleoso. Já me disseram que não dá pra desistir na primeira, que eu tinha que tentar um tempo pra ver se o cabelo acostuma, mas me deu nervoso e não consegui.
    http://www.issoaquiloetal.wordpress.com

  40. Debora

    Gente, eu faço low poo, uso xampu sem sulfato e meu cabelo é outro, perdeu o frizz, tá mais solto. Comecei com no poo, mas ficou muito pesado porque minha raiz é muito oleosa.
    Uso máscaras sem petrolato, da bioextratus são maravilhosas. Para o meu cabelo que é seco, sensível e com a raiz oleosa deu super certo.

  41. Nelma

    Oi pessoal! Meu cabelo é misto e também tentei. Havia comprado o Yamasterol por conta do burburinho na internet. Tentei como condicionador e não gostei. Daí, vendo o relato da Marina resolvi testar o uso como substituto do shampoo. Gostei muito do resultado. O cabelo ficou bem macio e houve considerável redução no frizz. Sugiro a quem quiser tentar que dê atenção especial a três pontos: Quantidade (é preciso usar bastante produto), massagem (a massagem deve ser intensa para que o produto limpe bem) e enxague (retirar bem o produto para que o cabelo não fique com aspecto de sujo)

  42. Dal

    Oi Marina!!! Após ver seu post decidi tentar ontem, e olha, achei beeeeem bom o resultado! Reduziu o frizz bastante e ficou bem murchinho (como gosto). Vou prosseguir com a técnica para notar os benefícios no uso contínuo.
    *Usei o pré shampoo/cowash da Salon Line, que é tão cheirosinho que realmente da sensação de limpeza.

    Beijos

  43. […] Co-wash: fiquei um mês sem shampoo e olha no que deu, Marina Fabri no Coisas de Diva […]

  44. Bia Martins

    Adorei o post! Mas vem ca, se eu usar aquela bisnaga de murumuru da natura que é um pré shampoo da o mesmo efeito? Bjus

  45. […] para quem tem cabelo descolorido como eu). Quem viu meu experimentos capilares do ano passado (tipo esse e esse aqui) viu que eu tinha reclamado que estava achando meu cabelo um pouco pesado, então eu […]

  46. Andrea

    Olá, gostaria de saber como vcs cacheadas fazem a finalização do cabelo após usar o co-wash. Utilizo a técnica LOC nas minhas finalizações e gostaria de saber se o co-wash limparia bem os fios? Gostaria de aderir a técnica Low poo e após um tempo a No poo e, para esta, tenho dúvidas sobre finalizações, é possível a LOC? Tenho medo de ficar um certo acúmulo. Alguém pra me ajudar?