Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Eu adoro colecionar curiosidades sobre perfumes – é um tema que eu amo e sei que vocês também! Por isso, comecei essa lista já tem um tempinho com fatos legais que fui juntando ou de entrevistas que já fiz com perfumistas. E tá aí o resultado:

38 curiosidades sobre perfumes

1. Uma mulher tem, em média, 5 perfumes diferentes (vish, passei longe da média hahaha).

2. Perfumes podem conjurar lembranças e a maioria das lembranças atreladas à determinados cheiros vem dos seus primeiros dez anos de vida.

3. Em geral, para a maioria das pessoas, o cheiro que mais traz lembranças de infância é o cheiro de giz de cera.

4. Seu nariz tem 10 milhões de ‘receptores de cheiros’, que podem distinguir cerca de 10 trilhões de cheiros diferentes.

5. Pessoas que não conseguem sentir cheiros (uma condição conhecida como anosmia) tendem a ser mais deprimidas do que as demais.

6. O nariz humano é quase tão sensível quanto o de vários animais, incluindo cães. 

7. Pessoas cegas não tem maior sensibilidade a cheiros e fragrâncias.

8. Sentir um cheiro que você classifica como bom tem um efeito positivo na mente, então se você gosta de fragrâncias com musk ou notas cítricas, por exemplo, deixe um frasco sempre por perto e sinta quando estiver triste.

9. 88% das mulheres usam perfume para se sentir bem consigo mesmas.

10. Para 55% das mulheres, perfume melhora o humor.

11. Seu nariz pode ficar saturado quando você sente muitos cheiros seguidamente (como numa loja de perfumes, por exemplo), então é importante ‘resetar o nariz’ (hahaha) de vez em quando nessas situações. Você pode fazer isso cheirando a própria pele ou suas roupas (contanto que elas estejam com um cheiro neutro). Dizem também que isso pode ser feito cheirando grãos de café, mas certa vez uma perfumista me disse que isso não adianta muito, porque você só está adicionando mais um cheiro à fila enorme de perfumes que sentiu na ocasião.

12. As vontades peculiares que as mulheres grávidas podem ter envolvendo comidas podem ter a ver com o fato de que seus narizes ficam hipersensíveis – isso faz com que elas desenvolvam um senso de sabor meio esquisito, o que causa as vontades estranhas.

14. Os perfumes têm, em geral, três tipos de notas: notas de saída (as primeiras que você sente assim que aplicado na pele – elas evaporam rapidamente), notas de corpo (aparecem depois de alguns minutos e têm duração média) e notas de saída (surgem um tempo depois, depois que o perfume já foi bem absorvido pela pele – são que duram mais, ficam na pele por horas).

15. As notas dos perfumes têm tempos diferentes de evaporação – as notas cítricas, como de laranja ou limão, por exemplo, evaporam bem mais rápido que notas de baunilha, musk, especiarias ou madeiras.

16. Não existe nos perfumes uma substância fixadora do cheiro na pele (não sei se vocês lembram, mas uma época as pessoas falavam muito disso, “adoro esse perfume mas ele não tem um fixador muito bom”, querendo dizer que ele não durava muito na pele). A duração de um perfume na pele tem a ver com a concentração de óleos essenciais presente nele e com o tempo de evaporação das notas.

17. Fragrâncias classificadas como colônia, body mist ou body splash tem concentração menor de óleos essenciais, por isso duram menos na pele. As fragrâncias classificadas como eau de toilette, eau de parfum e parfum já tem durações maiores exponencialmente. 

18. As notas de musk, inclusive, vem de um animalzinho chamado musk deer, ou cervo almiscarado – como para obter esse óleo essencial é preciso matar o bichinho, hoje em dia a indústria usa notas sintéticas de musk.

19. Os primeiros perfumes foram desenvolvidos e usados pelos egípcios em rituais religiosos.

20. Durante algumas escavações, foram encontrados vestígios de fábricas de perfume que datam de 4000 mil anos atrás.

21. Dizem que Cleópatra usava galões e mais galões de óleo perfumado.

22. Na antiga Roma, as pessoas costumavam borrifar perfume nas paredes para que a casa ficasse com um ambiente mais agradável.

23. Um perfume chamado Hungary Water é considerado o primeiro perfume contemporâneo, criado em 1370 – na época, as pessoas eram encorajadas a inclusive bebê-lo, além de aplicá-lo na pele.

24. Alô, amantes de bacon! Existe um perfume com esse cheiro (é sério) e ele foi criado por um açougueiro francês em 1920.

26. As fragrâncias são universais, mas as mulheres tendem a gostar mais de certas notas, enquanto os homens gostam mais de outras, o que leva a indústria a produzir produtos específicos focados em cada público.

27. Um terço de todos os perfumes considerados masculinos são comprados e usados por mulheres.

28. Perfumistas não têm ‘narizes melhores’, são apenas pessoas que se aperfeiçoaram muito na arte de pensar sobre os cheiros e notas e classificá-los. 

29. Existem mais ou menos 1000 pessoas no mundo consideradas ‘true noses’, ou seja, pessoas que treinaram para identificar cheiros e notas – destas, 400 são perfumistas. Essas 400 pessoas são responsáveis por todos os perfumes que existem no mundo.

30. O treinamento para esse trabalho é árduo e leva muitos anos.

31. Um dos testes pelos quais os perfumistas iniciantes passam funciona assim: você recebe uma fragrância com até 250 notas e precisa identificar todas.

32. A criação de um único perfume pode demorar meses ou até anos.

33. Quando você aplica perfume nos pulsos e esfrega um no outro, você rompe as moléculas que têm fragrância. O certo é sempre deixar o perfume secar naturalmente.

35. Quando você aplica um perfume normal, feito para ser aplicado na pele, nos cabelos, ele até pode durar mais, mas o álcool presente na fórmula pode ressecar e danificar os fios.

36. O perfume dura mais se aplicado sobre a pele hidratada – o melhor é escolher um hidratante da mesma fragrância ou sem cheiro. 

37. Seu nariz é usado para captar os cheiros, mas você sente eles de fato com o cérebro, que os interpreta.

38. Um mesmo perfume pode ficar diferente em duas pessoas – isso tem a ver com vários fatores, como química corporal e até diferenças nos hábitos alimentares.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
21 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários
Nos conte o que tem a dizer

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
O que nossas divas já nos disseram
  1. Fernanda Gabriela

    Adoreiii! Uma aula sobre perfumes. Fiquei bem surpresa com os perfumistas iniciantes… 250 notas!!! Haja nariz! E memória!

  2. Márcia Daniella

    Adorei o post. Tenho uma paixão por perfumes. As curiosidades sobre eles são encantadoras. Visitei o museu do perfume quando era aí em Curitiba. Quero muito visitar de novo em SP, pra onde foi transferido.

  3. Raquel Sant Anna Ribeiro

    Oi Marina, adorei o post!!! Sou apaixonada por perfumes, todos eles: de xampus, sabonetes e tudo que exala cheiro, adoro sentir as fragrâncias. Só uma observação: no item 14 vc repetiu “notas de saída” duas vezes 😉
    Beijos!!!!!

  4. Carina

    Muito verdade essa de que perfumes ficam diferentes nas pessoas. Amo um perfume da minha irmã, o Armani Code – mas só quando ela usa, porque em mim fica muito diferente! rss

  5. Bruna spies

    Adorei o post dos perfumes e gostaria de saber mais informações para iniciantes

  6. Gisele

    Que delicia de post! Obrigada, Marina.

  7. Vanessa

    Adoro perfumes. Mas nada de cheiros doces e enjoativo.

  8. Letícia D. W.

    Adorei o post! Parabéns!
    Sabe uma dúvida que eu tenho, é porque que depois de um tempo (meses) a gente acostuma com o perfume, não sente mais o cheiro dele, mas se alguém tiver com aquele cheiro, você gosta e sente?
    Beijo

    • Creio que é porque o cérebro “precisa” ignorar o cheiro que está ali constantemente para poder dar atenção a outras coisas.

    • Ignore meu comentário anterior! Hahaha! Pesquisei e vi que o nome disso é “estresse ou fadiga olfativa”. Pensei que fosse algo relacionado ao funcionamento cerebral (como quando ele ignora coisas óbvias mas que não são importantes naquele contexto) e não diretamente às células olfativas!

  9. Post maravilhosooooo

  10. Adriana RP

    Fiquei intrigada com “Quando você aplica perfume nos pulsos e esfrega um no outro, você rompe as moléculas que têm fragrância”. Pensando que a muitos óleo essenciais são moléculas complexas como uma esfregada poderia “romper” as moléculas? Acho que pode ter uma informação revelante aí, mas a explicação tá meio esquisita.

  11. Ligia

    Você pode contar também que a Natura é a única empresa Brasileira com uma perfumista exclusiva, a Veronica Kato! E a única empresa da américa latina também a ter essa perfumista exclusiva!

    bjs

  12. Carol

    Não tem pra ninguém mesmo….é o melhor blog de todos! <3
    Parabéns, meninas!!

  13. Ana Flavia

    Show!!!! muito legal essas curiosidades, adorei!!!

  14. Muita coisa eu não fazia ideia, outras já tinha ouvido falar por aí, bem interessante. Marina, na 14, vc repetiu notas de saída quando era pra falar notas de coração.
    http://www.issoaquiloetal.wordpress.com

  15. Excelente post! Adorei o tema!

  16. Miriã Andrade

    Sou apaixonada por perfume, adorei as curiosidades! 😉

  17. Bem interessante essas curiusidades sobre perfumes 🙂

  18. […] Conheça 38 curiosidades sobre perfumes! […]

  19. Fabi

    Amei. Muito bom o post para os amantes de perfumes. Eu também fugi à média de números de perfumes, rsss