Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

O trajeto até o trabalho – seja ele de ônibus, transporte da empresa ou carro – é inevitável, certo? E quantas vezes você ficou ali sentada (com sorte, dependendo da cidade! hahahaha) ou presa num engarrafamento interminável, sem muita ideia do que fazer além de escutar música, mexer no celular ou ler um livro?

Pois bem. No post de hoje, vou defender uma ideia que utilizava muito quando batia cartão num emprego formal, antes de sair para me dedicar integralmente ao Coisas de Diva em casa: cuidar da beleza a caminho do trabalho! Parece meio difícil, mas garanto para você que não é. Vem ler algumas sugestões!

#1 Atrasada? Maquie-se!

Maquiagem Carro

Nossa, cansei de me maquiar no busão indo pro meu antigo emprego. No começo, ficava meio cabreira com as pessoas me olhando, mas depois desencanei e cheguei à conclusão de que ninguém tem nada a ver com isso, né? Desenvolvi altas técnicas para isso funcionar. Preparava a pele em casa mesmo, com base (ou BB Cream), corretivo e pó e assim saía para a rua. Sentadinha, abria a nécessaire e aplicava um curvex nos cílios, seguido de rímel (com o maior cuidado pra não fazer lambança), e, em seguida, passava um batom – nada muito forte/colorido por medo de borrar com o vai-e-vem do ônibus, claro! Se estava inspirada, até blush com pincel levava. E pronto, em coisa de 15 minutos tava bem mais arrumadinha.

#2 Dê um trato nas unhas

Se saía de casa mais apresentável, aproveitava o tempo livre para cuidar das unhas. Lixava aquela que estava lascando, ficava séculos acertando cada formato e ainda passava um hidratante para as cutículas para complementar o serviço. Só nunca experimentei pintá-las porque acho que não teria as manhas e isso pode incomodar outras pessoas por causa do aroma característico do esmalte/base. Mas que ficavam mais ajeitadinhas, isso ficavam!

#3 Tire as sobrancelhas

Em qualquer carro ou ônibus, bate uma luz maravilhosa da manhã, aquela que revela todo e qualquer pelinho fora do lugar da sua sobrancelha. Sempre carregava comigo uma pinça e um espelhinho (mais tarde, trocado pelo que fica no carro mesmo) para o caso de descobrir algum desses! O ideal, claro, é selecionar aquele fio para tirar quando o veículo estiver parado, assim o risco de fazer alguma bobagem mexendo no desenho diminui.

#4 Arrume o cabelo

Descabelada de manhã – quem nunca esteve? hahahaha Por isso, eu sempre mantinha na bolsa uma escovinha pequena e um elástico ou grampo para qualquer necessidade. Quando meu cabelo era comprido, ia trançando ele lentamente durante o trajeto pro trabalho – e não tava nem aí pra que ficasse perfeito não, só um pouco mais apresentável! Depois que cortei, passei a arrumar a franja com um grampinho e ficava tudo certo. O que não precisa é ficar penteando por horas os fios ou tacando spray neles no transporte público – o objetivo é não incomodar ninguém, certo? Eu sempre me preocupei com isso.

#5 Assista a tutoriais de beleza

Inscreva-se em nosso canal no Youtube para assistir aos vídeos em primeira mão!

Nem sempre temos o tempo que gostaríamos para isso, então por que não aproveitar aqueles minutos “mortos” para se atualizar? Com a ajuda de fones de ouvido, dá para assistir tutoriais e aprender dicas bacanas para serem usadas depois. Ah, e você sabia que o CDD possui um app para celular onde dá para ler todos os posts? Aproveita e baixa, menina, especialmente se esse tipo de site é bloqueado no seu emprego!

Quem tem mais dicas pró-beleza para momentos de ida ao trabalho (lembrando que serve estágio, faculdade e escola também!)?

Imagens: Shutterstock

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
90 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários
Nos conte o que tem a dizer

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
O que nossas divas já nos disseram
  1. Márcia Daniella

    Maquiagem já fiz muitooooo. Mas só mesmo o básico: batom, lápis, sombra e rímel. Ah, e lixar as unhas também já fiz. É tão relaxante, rs, rs

  2. mariana

    Meu marido sempre reclama de eu tirar a sobrancelha e bigodinho no carro. Fico torcendo para o sinal fechar. Ele fala que não é lugar de fazer isto, mas eu respondo…..vc tem noção da luz magnífica que tem aqui? Enxergo até o que não existe… ou isto, ou é bem capaz de vc sair com uma mulher de bigode…a escolha é livre….

  3. Heloisa Carvalho

    Eu não consigo fazer nada no ônibus… Muito chacoalho, mesmo sentada! E meu trajeto é tão curto que não dá nem tempo… Como eu trabalho escutando as chamadas de um callcenter, coisa que faço bastante é tirar a sobrancelha e as barbinhas, rsrs.

  4. Isabella

    Já fiz muitas dessas coisas, confesso, mas lixar as unhas acho meio chato com quem tá do lado. Fica voando aquela poeirinha da unha e acaba incomodando o outro passageiro.
    Tirando isso, acho tudo bem normal. Quantas vezes já me maquiei no ônibus. Não tava nem aí com todo mundo olhando 🙂

    • ANDREA

      Também não acho legal lixar unha, nem tirar cutícula em transporte público, acho bem inconveniente!

    • Tirar cutícula no busão não, por favor. Até porque é um ambiente meio sujo, né? Mas lixar a unha se não tiver ninguém por perto eu não vejo problema!

  5. Luiza

    Uma vez fui fazer delineado e o delineador tava acabando, resultado: f8ui trampar só com um olho feito hahahah

    • Verônica Lopes

      Hahaha, essa foi boa, Luiza… criando um estilo… c:

    • HAHAHAHAHAHA!!!

  6. Haydee

    eu vivo me maquiando enquanto dirijo. Só esperar o sinal fechar. Faço a make toda a caminho da faculdade. Chegando lá ainda da tempo de tirar a sobrancelha kkk

  7. Patrícia Gomes

    Meninas, fazer isto no ônibus, ok. Mas no carro? Sei não, alguns perigos podem acontecer.
    Você não presta atenção ao seu redor. O nosso carro não é uma bolha, mas sim parte de um sistema integrado. Então, quando estamos dirigindo, temos que prestar atenção no carro ao lado, motos, pedestres… E quando nos distraímos nos maquiando, a nossa atenção fica dispersa. E falo de carteirinha, pois já aconteceram duas coisas comigo: uma vez tive uma tentativa de assalto (eu tava distraída me maquiando e não prestei atenção no assaltante que vinha caminhando na direção do meu carro); outra vez, soltei o freio sem querer e quase bati no carro de trás.
    Outra coisa: podem acontecer desastres como – deixar o produto cair ou escorrer na sua roupa.
    Enfim, esta é uma ponto de vista discordante, mas não o considero irrelevante.
    Parabéns pelo blog, é minha leitura diária!

    • Heloisa Carvalho

      Concordo. No carro, só se estiver no carona. Por mais que faça quando o sinal está fechado, ainda há riscos, pois distrai mesmo.

    • Priscila

      Concordo plenamente!
      Não vamos incentivar as pessoas a se maquiarem no carro (só vale se estiver no passageiro). Nem quando está trânsito, nem quando o semáforo fecha, nem nunca.

    • mariana

      Concordo. Só faço essas coisas pq meu marido é quem dirige.

    • Layne Cris

      Mas Patrícia, se vc se distrai assim passando batom, então vc não pode mudar de música, nem de estação de rádio, pq até para procurar uma música com o sinal fechado vc vai se distrair e soltar o freio ou não ver o tal assaltante.

    • Cil

      Eu ia comentar exatamente isso. Uma amiga teve o carro batido por trás por uma doida se maquiando. Ela tinha visto pelo espelho que a mulher tava se maquiando e ainda atrasando o trânsito porque se distraia. Ela é o melhor estilo barraqueira. Vi a criatura descer do carro furiosa e deixar a outra mulher devidamente maquiada… com um hematoma de um muro. Nada agradável. E não, não é piada.

  8. Débora

    Nossa que ótima matéria! Me identifiquei, meu esposo é que dirige, então na correria de manhã para dar café, trocar e escovar os dentes da minha filha para leva-la à cheche, o que consigo fazer é apenas tomar um banho “à jato” e me vestir, todo o resto faço à caminho do trabalho no carro, me maquio, as vezes tiro ás cutículas (uso uma pomadinha bepantol, que é ótima!), pinto e limpo, arrumo o cabelo, tiro sombrancelha…..ixi tanta coisa! A necessidade surgiu há alguns anos e fui ficando cada vez melhor, hoje vou ao salão se realmente for necessário. Ah! o tempo até o trabalho também ajuda, cerda de 1 hora e vinte minutos. Outra coisa, AMO o BLOG de VOCÊS SUAS LINDAS.

    • caroline mattos

      Não saio de casa sem maquiagem, levanta o astral de qualquer mulher, e acho essencial na minha profissão, sou advogada. Aproveito o assunto do post para convidar vocês (Marina, Thais e Sabrina) a conhecer minha página no instagram @workthe_fashion, falo sobre moda e dicas de beleza pro trabalho, vi que faltava isso na blogsfera e resolvi fazer. beijos meninas!!!

    • caroline mattos

      Oii, meu comentário foi errado!! Fiquei chocada com o tempo que vc leva até o trabalho, dá pra fazer muita coisa mesmo huahauhauah. Moro no interior de SP e levo míseros 5 minutos pra chegar, se tiver trânsito uns 10.

    • Obrigada, Débora! 🙂

  9. Danielle

    Não sei como conseguem achar ok fazer algumas coisas no ônibus. Gente, transporte público, outras pessoas ao seu redor. Certas coisas eu prefiro fazer em casa e gosto muito que outras pessoas façam em casa também, especialmente as sobrancelhas e as unhas. Eu vejo o trato das unhas como questão de higiene e fazer isso no transporte público me parece um pouco falta de educação com os outros passageiros. Já vi até tirarem esmalte e aquele cheiro terrível de acetona se espalhar no ônibus. Tem coisas que é preciso bom senso!

    • Aline Prado

      Concordo, Danielle.

    • Num ônibus vazio ou sem ninguém próximo, não vejo problema algum em arrancar um pelinho recém-descoberto na sobrancelha ou lixar as unhas.

  10. Patrícia

    Ótimas dicas!!!
    Thais, tô te achando bem mais magra. Depois daquele detox conseguiu reeducar melhor sua alimentação? Conta pra gente…rs…tá lindona

    • Ih, menina, mais magra eu fiquei agora depois da cirurgia porque não podia comer nada! hahahaha Mas estava mesmo cuidando da alimentação antes. 🙂

  11. Eu ainda sou encanada com as pessoas me olhando quanto estou me maquiando no bus…
    Normalmente eu saio de casa com a pele limpa e no máximo passo um batom, uma base e um pó no bus..
    Chegando na minha mesa ou no banheiro da fiiiiirma, eu concluo passando eu rímel e corrigindo as sobrancelhas..rs

  12. Carina

    Eu só não vivo sem rímel na bolsa, o resto passo o dia de boa sem nada de make. Mas aguardo chegar no serviço pra passar, acho perigoso passar no trânsito, mesmo quando com o carro parado ou de carona. Já sou desastrada em casa, imagina num carro em movimento!

  13. Aline Prado

    Concordo plenamente com as meninas que mencionaram que se maquiar no carro, ainda que com o trânsito parado ou o sinal fechado é motivo de distração, e consequentemente, riscos. Acho que essa prática não deve ser incentivada – no trânsito exige-se o máximo de atenção, para a própria segurança e a dos outros que estão em volta.
    Quando a fazer isso no ônibus, OK, só considero lixar as unhas e tirar as sobrancelhas anti-higiênico. Imagine só alguém lixando as unhas ao seu lado e a poeirinha vindo em você? Ou tirando a sobrancelha e caindo pelinhos ali ao redor? São práticas que eu acho que devem ser reservadas para a intimidade do lar ou salão.

    • Aline, como dito nos comentários abaixo, são ideias para serem colocadas em prática com bom senso! 😉

  14. Fernanda Gabriela

    Olha eu fico meio incomodada com gente lixando unha e tirando pelo perto de mim. Fora isso, acho válido aproveitar os muitos minutos de descolamento para se dar um carinhozinho. Nunca chego ao trabalho com jeito de mal tratada pq dá uma péssima impressão…

  15. Sinara Pedroso

    Fiquei admirada com o conteúdo desde post, absolutamente desnecessário, chega a ser um desserviço.

    • Carolina

      Resolvi ler os comentários para ver se eu é que sou implicante ou se o post foi meio despropositado mesmo. Gente! Os perígos de se maquiar no carro foram bem levantados pelas meninas aí em cima. E se maquiar no ônibus? Impraticável pra muita gente (eu, pelo menos, não tenho essa habilidade) e igualmente perigoso, jamais faria isso. Vai que o ônibus dá uma sacolejado e a escovinha de rímel/pinça entra no olho? Sem falar que é o supra-sumo da peruice, fico constrangida só de pensar.

    • Carol

      Sim! Especialmente sugerir que a pessoa faça qualquer dessas coisas no carro… Sem noção.

    • Amanda

      Também achei um post super equivocado!

    • Que pena que me interpretaram mal, meninas. Não posso dizer nada para mudar a opinião de vocês. Achava que, com sete anos de CDD, as pessoas já me conhecessem o suficiente para entender que o bom senso é uma das coisas que mais prezo. Jamais me maquiaria propriamente ao volante, mas parada num engarramento, por que não? E, se um dia lixei as unhas no ônibus, fiz numa situação de veículo vazio, pra não incomodar ninguém. Agora, por favor, não me digam que as dicas são coisas de “perua”. A mulher tem direito de usar seu tempo livre como bem entender – algumas possuem mais, outras menos. E fim. Relaxem!

  16. cris

    Bom, no carro se estou no carona até já me maquiei. Mais no oni bus e um entra e sai, e freada pra parar no ponto, pra mim não rola só um ser desastrado.

  17. Camila

    Já fiz e faço tudo isso! Hahahaha
    Não dá pra perder tempo!
    E o aplicativo do CDD é o que há de melhor para todas as horas! Gostei do post!
    Bjo!

  18. Camila

    Gente, menos ataques ao post, please!
    Supõe-se um mínimo de bom senso de quem lê e vai realizar as práticas.
    Ninguém está incentivando o perigo no trânsito. Muito menos incomodar o vizinho do lado no ônibus.
    Vamos ser mais “lights” e interpretar da melhor forma!
    Quem sabe fazer, e a hora de fazer, faz; quem não sabe fica quietinha e espera chegar em “lugar seguro”.

    • Camila

      Ministério da saúde e o DETRAN advertem:
      Perigo, em especial, aos inexperientes (incluir aí adolescentes), aos que tiraram carteira recentemente e aos que são péssimos (as) no volante, portadores de Parkinson, alterações do sistema motor fino!
      Será que precisa dizer também no post: cuidado Pq num movimento brusco vc pode enfiar o lápis de olho no seu próprio olho (ou no olho do vizinho, no ônibus, quem sabe neh?!)! Kkkkkkkkkkkk
      Aaah, para, neh!

    • Priscila

      Camila, antes de falar para as pessoas “ficarem quietinhas”, procure saber sobre infrações de trânsito.
      “Quando estão se maquiando, as mulheres desviam a atenção da condução e do trânsito, aumentando os riscos de um acidente. O CTB (Código de Trânsito Brasileiro) prevê multa de R$53,20, junto com três pontos na CNH do motorista que dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis para a segurança”.

    • Camila

      Huumm, interessante.
      Assim como os impostos, no Brasil, também são as multas. Alguém sempre arrumando um jeito de extorquir a população. Lamentável. A lacuna da educação, no Brasil, é totalmente “recompensável” aos bolsos dos congressistas.
      Mas o “quietinha” vale também para as que andam de ônibus e nos caronas, as que não possuem grandes habilidades e outras que não possuem bom senso.
      Eu não tenho tempo para o CTB. O que eu sei já é suficiente para me locomover sem matar ninguém no trânsito, sem causar danos às cidades, nem me causar nenhum dano (meus 13 anos de CNH me permitem dizer isso).

    • Layne Cris

      kkkkkkkkkkkkkk
      muito bom Camila!!

      Temos que ter bom senso e saber se dá ou não, seja parada no engarrafamento, no sinal, ou dentro de um ônibus.

    • Priscila

      Não acho que um erro justifique o outro, não é porque temos uma indústria de multas que devemos infringir as leis, mas ok.
      Espero que não se deparem com um assaltante ou uma pessoa mais distraída para não causarem um acidente 😉

  19. Aline de França

    Algumas pessoas criticaram porque certamente tem tempo livre de se maquiar em casa e não precisa aproveitar esse tempo que muita gente passa no trajeto de ir ao trabalho. Eu aproveito sim, pra tirar esmalte, passar maquiagem e até comer. Sendo universitária, trabalhando, mãe e dona de casa…é o que me resta a fazer.Me identifiquei muito com seu post Thaís 🙂

    • Camila

      É isso aí, Aline!!! A força da mulher guerreira!!!

    • Aline Prado

      Camila, sou advogada, professora, concurseira, vou para a academia e sempre encontro tempo para os meus cuidados pessoais em casa. O fato de alguém ter ou não o que fazer, ser ou não guerreira não tem nada a ver com a segurança, discrição e higiene em seus hábitos. Se maquiar no trânsito traz riscos sim, e este não está relacionado apenas a suas habilidades ao volante, mas à atenção que é dispensada quando você coloca um carro na rua. E muitas pessoas no transporte público se incomodam com outras realizando seus cuidados pessoais ali do lado. De jeito nenhum condeno quem passa um batom, lápis ou rímel, mas lixar as unhas e tirar sobrancelhas é anti-higiênico e deselegante sim!

    • Só está sendo esquecido o bom senso, Aline. Com ele, dá para fazer tudo o que a gente quiser. E cada uma faz no tempo que tem… 😉

  20. Beatriz

    Nossa, eu acho muito deselegante tratar de cuidados pessoais em público! Se envolver deixar resíduos do seu corpo (pó de unha, cutículas, pelos) no ambiente, então! O que se poderia ganhar em elegância por manter a sobrancelha ou as unhas bonitas, perde-se em triplo por fazer a isso diante dos outros!

    • Beatriz

      *fazer isso

    • Gente, mas ninguém falou em fazer a sobrancelha toda ou tirar as cutículas! E a unha eu só lixava quando não tinha ninguém por perto, porque não gostaria de incomodar a pessoa.

  21. Lorena B.

    É infração de trânsito se maquiar, escovar o cabelo e etc enquanto se dirige. Ou seja, se vc for flagrada pagará multa. A lei existe por uma questão de SEGURANÇA da motorista e dos demais. Pra moça aí em cima que criticou quem se preocupa com o risco de numa freada brusca enfiar a pinça no olho e ficar CEGA (isso já aconteceu), preocupe-se pelo menos no risco de atropelar e MATAR uma pessoa pq vc estava distraída passando um batom pq vc não podia esperar chegar ao estacionamento ou à sua mesa de trabalho pra passar.

    E Thaís, eu adoro o blog e nunca critiquei nada por aqui, mas faltou responsabilidade ao publicar o conteúdo desse post.

    • Layne Cris

      Acho que a Thaís estava dizendo quando vc está parada no trânsito, por exemplo, o tempo de parada no sinal dá tempo de passar rapidinho um batom.

    • Marília

      Mesmo com o sinal fechado dá multa (da mesma forma que usar celular com o sinal fechado também dá).

    • E no engarrafamento, também? Agora fiquei curiosa, se puderem me passem a lei, please! 🙂

  22. Miriã Andrade

    No máximo eu arrisco um batom enquanto o marido dirige, mas só, o resto prefiro fazer em casa mesmo, hehe. 😉

  23. Carol

    Bem, aconselhar alguém a fazer qualquer coisa dessas enquanto dirige é bem questionável, independentemente do farol estar fechado.

    • Não aconselhei a fazer isso dirigindo, ou mesmo com o pé no freio. Estou falando de situações em que a pessoa está absolutamente parada, num engarrafamento ou no banco do passageiro, por exemplo.

  24. caroline mattos

    Não saio de casa sem maquiagem, levanta o astral de qualquer mulher, e acho essencial na minha profissão, sou advogada. Aproveito o assunto do post para convidar vocês (Marina, Thais e Sabrina) a conhecer minha página no instagram @workthe_fashion, falo sobre moda e dicas de beleza pro trabalho, vi que faltava isso na blogsfera e resolvi fazer. beijos meninas!!!

  25. Sempre usei o ônibus pra tirar uns minutos de sono de beleza (ou não, já que ngm fica bonito dormindo no ônibus hahahah), mas já lixei muita unha e treinei muita trança embutida a caminho da faculdade/ trabalho. Aprendi a fazer trança rapidinho graças a esse treino. Coisas no olho (tipo pinça ou rímel) eu tenho receio… Já me atrapalho em casa, imagina andando com os motoristas loucos do rj.
    Pra quem dirige acho mais complicado mesmo, tem que ficar atenta ao trânsito, né…
    http://www.issoaquiloetal.wordpress.com

  26. Isa

    Eu nunca tive esse hábito de realizar cuidados pessoais em público, e quando vejo alguém fazendo, fico bastante constrangida pela pessoa, acho bem deselegante. Maaaas, cada um no seu quadrado, não é mesmo? Faço o que dá pra ser feito em casa (Protetor solar, base em pó, blush) e o resto deixo pra fazer quando dá, menos em público.

  27. Cintia Lima

    Eu acho que tudo que pode incomodar as outras pessoas, não deve ser feito, em sinal de respeito aos outros mesmo. Pra mim essa regra vale até pra comer ou beber no transporte publico.
    vc nunca sabe o que pode fazer outra pessoa passar mal….
    Infelizmente o q falta em nosso pais é RESPEITO aos outros.

    • Fernanda

      Disse tudo!

    • Olha, meninas, graças a Deus tive uma educação bem legal dos meus pais em casa e sei bem os limites daquilo que posso e não posso fazer. É aquela regrinha – não faça aos outros aquilo que não gostaria que fizessem com você. Tem uma grande diferença entre lixar as unhas jogando o pó residual em alguém do lado ou estar sentada no fundo de um ônibus vazio fazendo isso. É tudo bom senso. 😉

  28. Laís

    Primeiro post no cdd que infelizmente não gostei. Carro não é lugar de fazer maquiagem. É pra prestar atenção. Não tem coisa mais irritante do que abrir o farol e a bonitona na sua frente tá lá se maquiando, ou mexendo no celular, ou lixando a unha. Gente, se maquiem em casa ou quando chegar no serviço. No carro é pra vc estar com atenção ao trânsito. Não existe só vcs na rua, existem outras pessoas tbm e pode ser perigoso.

    • fernanda

      concordo. eu adoro o blog mas nao gostei do que foi falado.
      e no minimo essas pessoas que estao dizendo que apoiam sao as mesmas que ficam dirigindo mexendo no whatsapp, atendendo celular e usando fone de ouvido.

    • Mas meninas, please, nunca falei pra mulherada se maquiar enquanto está parada no sinaleiro! Tô falando de mulheres num engarrafamento quilométrico, no banco do passageiro, dentro do ônibus, essas coisas…

  29. Eleonora Rigotti

    Acho extremamente nojento ver as outras pessoas cuidando da sua higiene. No salão eu nem olho pro lado, imagina no ônibus! Naõ olho e não gosto que me olhem tirando a sobrancelha, fazendo a unha e etc. ODEIO quando vou num salão e a cabeleireira grita “ô fulaaana, vem ver o cabelo dela”. Sou enjoada? Sou. Acho que as pessoas devem guardar a sua higiene pra elas mesmas.

    • Nossa, não acho que essas coisas que eu coloquei sejam questões de higiene. Higiene, pra mim, é limpar cera de ouvido, assoar o nariz, essas coisas. Mas cada um pensa de uma maneira, né?

  30. Laís

    Oi Thais, desculpe pelo comentário nada a ver, mas já que vc falou no app… Ali no canto direito do blog, onde tem a publicidade do app, está escrito “Leia o blog onde você você estiver”. Sim, com a palavra “você” repetida, rsrs! Só para dar um toque mesmo, e não sabia como avisar, então vim falar nos comentários. 🙂 aliás, uso o app e adoro!

    Sobre o post, adorei! Compartilho da idéia e acho legal aproveitar esses momentos como oportunidade para dar um up no visual!

    Beijosss

    • Nossa, Laís! Obrigada pelo aviso. Faz um tempão que tá aí e a gente nunca tinha reparado, hahahaha!

    • Laís M.

      Por nada, Thaís! 😉 Beijos e melhoras!

  31. Ma SP

    Thais, no metrô ou no ônibus ok, mas no carro não se deve fazer nada disso. Os especialistas dizem que dirigindo você tem que prestar atenção ao que ocorre ao seu redor. Beijos

    • Poxa, eu queria entender em que ponto do texto disse que é pra fazer as coisas com o pé no freio do carro. Tô falando de estar parada – atenção, parada – num engarrafamento quilométrico, no banco do passageiro, dentro do ônibus, essas coisas.

  32. Fernanda

    Confesso que também não gostei do post. Não é questão de ser guerreira, ser mãe,ter tempo ou não. Primeiro, tempo é a gente que faz. Falo isso com a autoridade de encarar uma jornada de trabalho de 60h semanais, e ainda cuidar de casa, fazer atividade física e arranjar tempo para família e amigos. Quero ir maquiada trabalhar? Acordo 10 minutos mais cedo. E faço isso todos os dias. Agora, se maquiar no trânsito? Quando se trata da motorista, é perigoso e atrapalha sim o fluxo de carros. Já cansei se estar atrás de pessoas se maquiando,o semaforo abrir e elas continuarem passando o rimel como se não tivesse uma fila atrás querendo andar. E no ônibus, algumas coisas podem sim incomodar quem está perto. Não é legal. Gosto muito do blog,leio diariamente, e por isso mesmo acho o feedback importante.

    • Ma SP

      Adorei seu comentário Fernanda! Disse tudo! O tempo é mesmo a gente que faz. Sempre digo o mesmo, acorde 10min antes. Deve acontecer o mesmo com você, as pessoas me falam, mas eu não tenho tempo de fazer isso. Como se eu fosse uma desocupada, isso que a maioria das que falam fazem bem menos coisas que eu durante o dia. é tudo uma questão de organizar seu dia e suas prioridades.

    • Concordo com a organização do tempo, meninas. Mas as prioridades quem coloca é cada uma! Houve uma época da minha vida em que eu era só o pó – trabalhava 8h por dia (com horas extras muitas vezes), fazia uma pós-graduação sexta à noite e sábado o dia todo e ainda produzia conteúdo quase diário para o blog. Ou seja, minha prioridade, com toda certeza, era dormir mais! E aí eu aproveitava o tempo morto de locomoção pra me arrumar, oras. Não vejo problema desde que isso não coloque sua segurança em risco e não seja inconveniente para ninguém.

  33. Marília

    Maquiar ao volante é muito perigoso.

    • Claro que é. Maquiar no passageiro ou parada num engarrafamento a perder de vista (naquele estilo freio de mão puxado) não! 😉

  34. Beatriz

    Uma vez li, num livro de etiqueta, que a maquiagem do dia-a-dia não nos deve tomar mais do que 10 minutos. Será que, em nossa rotina, precisamos dedicar à maquiagem mais tempo que isso? Como já mencionaram acima, eu também acho que falta de tempo não é desculpa pra ficar se maquiando no ônibus, muito menos no carro (se for passageira, já acho feio fazer mais do que passar um batom e, se estiver dirigindo, um risco que ninguém deveria achar admissível!). Tempo é questão de prioridade e organização e, querendo, claro que podemos fazer isso em casa. Mas, Thais, se você realmente acha que falta de tempo era o que te levava a usar o percurso até o trabalho pra concluir a maquiagem, poxa, acho que, bem mais útil do que sugerir o uso do carro ou do ônibus como extensão da penteadeira, seria fazer um post em prol da simplificação do make diário, e mais coerente com o ideal de autoaceitação que o blog tanto reforça. Claro que quem lê o CDD gosta de maquiagem, mas não podemos virar escravas e achar que causaremos má impressão no trabalho se não tivermos passado corretivo pra cobrir todas as “imperfeições”, ou se tiver um pelinho de sobrancelha fora do lugar. Compensa mesmo carregar um curvex na bolsa? Independentemente de quão maquiada a pessoa esteja, acho que o tempo de ônibus é mais bem aproveitado lendo ou ouvindo música, como você mencionou no início do post.

    • Mas Beatriz, a maquiagem que fazia a caminho do trabalho era ridiculamente simples, como comentei ali em cima! Não tinha contorno, cílios postiços… hahahaha E eu me maquiava pra mim, não pros outros! Se não estava afim, também ia de cara lavada mesmo. E assim seguiu a vida! 😉

  35. Marília

    Ouvir música, ok. Ler no ônibus ou no carro=alto risco de descolamento da retina (inclusive já aconteceu!)
    #seépraserchatavamosser
    #democraciaéisso
    #cadaumsabedesi
    #pessoascombomsensosabemomomentocertoparacadacoisa
    #flexibilidadeetolerânciaacimadetudo
    #todasprecisamosdemaistolerância

  36. Geovana

    Pela primeira vez em anos que acompanho o Coisas de Diva, não gostei do post. Não devemos fazer nada enquanto estamos dirigindo. Inúmeras matérias já aconselharam , por exemplo, não olhar mensagens no celular. Acredito que se maquiar tem o mesmo efeito de distrair e tirar a atenção. Mesmo com o carro parado ! A não ser que a pessoa esteja de passageira.

    • Geovana, não sei em qual cidade você mora, mas em grandes capitais, como São Paulo, a rotina das pessoas é ficar uma hora parada em engarrafamentos. Minhas sugestões são para serem usadas com segurança e bom senso! Por favor, não me interprete errado. 🙁

  37. Fabiana

    Nossa interessantíssimos os comentários, como as pessoas tem opiniões divergentes sobre o assunto.
    Tenho uma vida muito atribulada, dois filhos, marido, academia, trabalho e sim, uso maquiagem todos os dias.
    Eu confesso que já me maquiei muito carro, mas era uma época em que ia de carro para o trabalho e ficava muito tempo parada no trânsito, daria até para maquiar uma noiva naquele tempo.
    Hoje não faço mais, estou sempre com criança no carro e aproveito esses momentos para conversar com eles e relaxar ouvindo música.
    Atualmente, eu passo um BB cream e um batom em casa, só para não assustar as pessoas na ruas, vou trabalhar de metrô e se estiver vazio e eu conseguir sentar, às vezes ajeito a sobrancelha com lápis e passo até sombra, mas não consigo usar pinça em hipótese alguma, preciso de um espelho muito bom para isso.
    Também costumo passar hidratante nas mãos e nas cutículas enquanto estou no metrô.
    Algo que eu faço sempre quando viajo e meu marido vai dirigir é pintar as unhas no carro, só não consigo limpar.
    Acho que toda mulher já nasce sabendo como fazer várias coisas ao mesmo tempo.

    • Camila

      Gostei tanto do seu comentário. Como tem bom senso em suas palavras, e sem alfinetar!
      Por mais inconveniente que possa parecer determinada prática, quem tem o BOM senso sabe a hora de realizá-la mesmo que o local pra muitos pareça impróprio. É quando vc senta no banco do ônibus e não tem ninguém do seu lado e vc é perspicaz para isso. É quando vc tá parada no trânsito há 20 minutos e sabe que vai ficar mais uns 30 minutos e aproveita para passar um batom ou tirar aquele fio da sobrancelha que tá te incomodando há alguns dias, mas com tanta tarefa pra fazer vc acaba esquecendo e algo como um “insight” te faz lembrar. Ou simplesmente aproveita pra fazer um coque no cabelo, bem simples, porque seu cabelo está sujo ou está muito calor. Enfim. Tive um olhar muito menos rígido, vamos dizer assim, com relação ao post. Eu Tb tenho muitas experiências de estar super, hipertensão atrasada para algum compromisso e algum (a) sujeito (a) está na frente bancando o porretão, no semáforo aberto (e, na esmagadora maioria das vezes, não estavam se maquiando, estavam completamente distraídos com não sei o que!!). No entanto, não fiz referência a essas situações que já passei. E também nunca faria qualquer prática dessas de maquiar, por exemplo, no semáforo que sei que vai abrir em 2-3 min!!! Por que eu faria com os outros o que não gosto que façam comigo?! Isso é o que chamo de bom senso e hora pra fazer as coisas.
      Eu sei muito bem, e tenho certeza que a Thaís também sabe, que o meu direito termina quando começa o do outro. Quem acompanha o blog e conhece um pouco das 3 mulheres que o idealizaram, não acharia que o post foi irresponsável; e, por mais que achasse isso, poderia ter enviado um e-mail ao blog aconselhando. Isso é o que EU acho.
      Mas estou com a Marília aí em cima! Que bom que AINDA vivemos numa democracia.
      Beijos!

    • Meninas, obrigada pela sensatez nos comentários. Fico feliz que alguém tenha entendido que essas sugestões são para serem usadas em primeiro lugar com segurança e, em segundo, com bom senso!

  38. Gabriela R. Salomon

    Não consigo me maquiar no carro de maneira alguma eheheh. É falta de coordenação. Mas no geral, eu vou a pé para o trabalho, então nem tem como kkk