Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

Hoje chegamos ao fim da nossa maratona de posts sobre o Deserto do Atacama (#lágrimas) com o último post que faltava sobre o assunto: o passeio até a Laguna Cejar, um dos mais diferentes e divertidos!

Mas, antes de encerrar definitivamente nossa jornada chilena, queria saber uma coisa: vocês gostariam de um post sobre Santiago? Ficamos por lá dois dias antes de irmos para o deserto – inclusive, foi lá que passamos a virada de ano. Se se interessarem por dicas da cidade, me avisem que posso escrever sobre também.

Mas agora vamos ao que interessa:

laguna cejar

Laguna Cejar

O passeio da Laguna Cejar tem três paradas, mas a principal – e mais legal – é justamente a primeira delas, a laguna em si. Vamos começar por ela, então. Vocês já devem visto algo sobre o Mar Morto, em Israel, né? É aquele lago que tem uma concentração tão alta de sal que faz com que você não afunde. Pois bem, a Laguna Cejar tem MAIS sal que o Mar Morto! Sério, se quiser até pode se esforçar, mas você não consegue afundar (mas recomendo não se esforçar muito, não, a lagoa tem tanto sal que se respingar água no seu rosto, você fica com sal em tudo).

laguna cejar

O entorno da lagoa até que é bem equipado – tem vestiários, banheiros e chuveiros coletivos ao ar livre, tipo de praia (não são exatamente pra você tomar banho, são só para tirar o sal do corpo depois de sair da lagoa – de verdade, você sai com MUITO sal no corpo). Então chegamos, trocamos de roupa e fomos para a água.

laguna cejar

O engraçado é que, como fizemos esse passeio no meio da tarde, o clima estava muito quente e o sol estava fortíssimo – mas a água é muito gelada, você chega a ficar com frio! Mas a experiência é demais mesmo assim – entre com calma, mesmo que você não afunde, não é pra mergulhar na lagoa, porque aí você vai ficar com o rosto e os olhos cheios de sal. É muito legal, um negócio único que não dá para perder – ficar boiando numa lagoa com vista para montanhas e vulcões!

laguna cejar

Depois disso, passamos para a segunda parte do passeio, os Ojos del Salar. Os Ojos del Salar são duas crateras com água não tão salgada (mas acho que não chega a ser 100% doce) e nessa parte do passeio você tem duas escolhas – ou você toma uma ducha na Laguna Cejar pra tirar o sal e fica com roupa de banho mesmo (nossa agência fornecia roupões) para entrar na água nos Ojos del Salar ou então você troca de roupa na Laguna Cejar mesmo. Eu optei pela segunda opção – já tinha visto que os Ojos del Salar eram fundos e você tem que se jogar e voltar nadando até a beirada, ou seja, é pra quem sabe nadar. Eu, apesar de saber, não estava muito afim e não curto tanto essas coisas em que você precisa se jogar na água, prefiro eu mesma entrar numa boa, risos.

laguna cejar

E olha, não podia ter tomado decisão melhor: nos Ojos del Salar não tem chuveiro, não tem banheiro e não tem vestiário. Ou seja, se você entrar na água, vai ter que fazer um malabarismo pra se trocar no carro mesmo. A maioria das meninas que tinha ido no nosso tour foi com roupas de banho até lá e depois se arrependeu – acabaram nem entrando na água e tiveram que se trocar no carro.

laguna cejar

laguna cejar

Para terminar, o passeio acaba numa terceira lagoa, a Laguna Tebinquiche. Essa é também uma lagoa de sal, mas não dá para entrar nela, só andar pela trilha que tem na beirada. Meio óbvio dizer, mas o visual é lindo! E o passeio termina com o por do sol – o nosso foi com direito a um lanche e um brinde com Pisco Sour, uma das bebidas típicas chilenas. Demais! Um dos meus favoritos!

laguna cejar

Laguna Cejar: Dados gerais

Preço do passeio para a Laguna Cejar em 01/2016:  45.000 Pesos Chilenos (inclui lanchinho com Pisco Sour no fim do passeio)
Preço da entrada nos parques:  17.000 Pesos Chilenos (15.000 são da entrada na Laguna Cejar e os outros 2.000 são da entrada na Laguna Tebinquiche)
Clique aqui para ver a cotação atual do Peso Chileno.
Altitude do passeio: 2.300 m acima do nível do mar
Temperatura: o passeio é entre 16h e 21h30, o que significa que na hora que você sai de San Pedro está bem quente e, na última parada do passeio, já dá para sentir aquele ventinho frio (mas não é congelante, não).
Recomendado levar: uma jaqueta para o fim do dia, água, protetor solar, óculos escuros, roupa de banho, chinelo, toalha.

Nossos passeios foram feitos com a Ayllu Expediciones.

laguna cejar

Não deixe de ver também os outros passeios que fizemos no Atacama:
– Dia 1: Vale da Lua e Vale da Morte
– Dia 2: Lagunas Altiplanicas
– Dia 2 (noite): Tour Astronomico
– Dia 3 (manhã): Termas de Puritama
– Dia 3 (tarde): Laguna Cejar
– Dia 4: Geisers el Tatio
– Dia 5: Salar de Tara
Informações gerais, onde ficar, o que levar e preços em San Pedro do Atacama
Cuidados com o corpo no Atacama
O que levar na mala para o Atacama

Nos vídeos tem mais informações sobre San Pedro e o Atacama.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
16 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários
Nos conte o que tem a dizer

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
O que nossas divas já nos disseram
  1. Fernanda

    Adorei essa viagem, Marina. Sonho há alguns anos em conhecer o Atacama, e assim que me formar no final do ano, vou pra lá realizar isso <3
    Fala de Santiago sim, parece ser uma cidade bem interessante! Beijos

  2. Barbara

    Um post sobre Santiago seria ótimo, Marina!
    Pretendo fazer a viagem bem parecida com a de vocês.
    Beijos e obrigada!

  3. elisa.

    fala de santiago! fala de santiago! fala de santiago! 😀

  4. Ana

    Post sobre Santiago seria ótimo.

  5. Fernanda Gabriela

    Que lugar MARAAAAAAAA! Sério, muito bacana!
    E podem contar as experiencias em Santiago, mesmo que tenham sido curtas. Rsrs Sempre bom saber mais!

  6. Natália

    Simmmmm, queremos saber tudo sobre Santiago!!!
    Vou fazer essa viagem este ano e quero saber tudo! Estou amando os posts! Estão sendo super úteis mesmo!

  7. Ana

    Me interesso por Santigo tb! Vou pra lá de lua de mel esse ano o/

  8. Monica

    Amei a série de posts! E, por favor, faça de Santiago!!!

  9. Miriã Andrade

    Com certeza as informações sobre Santiago serão muito bem vindas! 😀

  10. Márcia Daniella

    Foi fantástico. Obrigada por compartilhar 😉

  11. Priscila

    Que lugar legal!! Deve ser muito estranho não conseguir afundar.
    Adorei os posts do Atacama!

  12. Nossa, que lugar lindo!!

  13. Gabriela R. Salomon

    Adorei os posts sobre Atacama 🙂 Além disso, eu quero post sobre Santigo sim :DD

  14. Realmente o paraíso existe!!

    Eu que não sei nadar, iria adorar cair nesse lago..
    sem correr o risco d me afogar.. rs

  15. Nem sabia que tinha lugar mais salgado que o mar morto, nunca tinha ouvido falar dessa laguna. A viagem pareceu maravilhosa e deu muita vontade de conhecer o deserto.
    http://www.issoaquiloetal.wordpress.com

  16. […] Passeios no Atacama: Laguna Cejar […]