Coisas de Diva Coisas de Diva Coisas de Diva

San Pedro de Atacama: clima, preços e onde ficar

Vale da Lua

Me surpreendi com o interesse que nossas férias em San Pedro de Atacama gerou. Acho que o deserto não é um destino tão conhecido assim, então como aconteceu comigo mesma, nossas leitoras se surpreenderam com o qual sensacional é o lugar. Marina e eu já começamos a falar de cada passeio que fizemos no deserto, mas hoje darei as impressões gerais que tive nessa viagem.

Se algum dia tiver a oportunidade de ir para o Chile e conhecer o deserto, vá! O lugar é sensacional e impressiona a cada curva feita na estrada. Quando a gente acha que é só terra e montanha que encontraremos no caminho, de repente aparece uma lagoa de sal, vicuñas passando na frente do carro ou o sol se pondo por trás de um vulcão.  É sensacional e, depois de viajar para um monte de lugares posso afirmar sem nem pensar duas vezes, o Atacama é maravilhoso.

San Pedro de Atacama: clima, preços e onde ficar

O céu estava dessa cor mesmo!

San Pedro de Atacama: clima, preços e onde ficar

San Pedro de Atacama: Preços

Quando meus amigos me chamaram para ir ao Chile para conhecer o Deserto do Atacama, meu pensamento foi “boa, assim viajo sem gastar muito!”. Grande engano, minha gente. O Atacama é um destino incrível, sensacional mesmo e fica relativamente perto da gente, mas é um dos lugares mais caros por onde já passei.

Imagine, um povoado pequeno, no meio do deserto, que vive basicamente do turismo e que não oferece muitas possibilidades de lojas.  Isso resulta em mantimentos e refeições caras, bem acima do que costumo pagar aqui em Curitiba. Por exemplo, uma garrifinha de água é vendida por 1.500 pesos chilenos (aproximadamente R$9) e as refeições na rua Caracoles giravam em torno de 8.000 (R$47). Uma refeição “barata” custava 4.000 pesos, ou seja, R$25 por um prato de macarrão a bolonhesa. Mas serei justa, todas as vezes que comemos em restaurante a comida estava muito boa e as porções foram bastante generosas.

San Pedro de Atacama: clima, preços e onde ficar

San Pedro de Atacama: vocês foram com agência?

Dificilmente viajo fechando pacote em agência. Normalmente eu mesma procuro por passagens e por onde ficar. Neste caso foi isso que aconteceu, meus amigos descobriram uma passagem em conta e pesquisaram na internet por casas para alugar. Também fomos nós mesmos que compramos a passagem de Santiago para Calama e negociamos o transfer para San Pedro.  Mas vai do freguês planejar sua viagem da maneira que achar melhor.

San Pedro do Atacama: Onde ficar

Como estávamos em 5 pessoas, achamos mais econômico alugar uma casa pela internet. Encontramos uma opção pelo Booking.com que custou mil dólares por 6 dias. Fizemos o acordo com a proprietária com meses de antecedência, então nosso coração parava um pouquinho a cada alta do dólar. Mas de qualquer forma, saiu mais barato do que ficar num hotel e mais confortável do que ficar em um albergue.

Diferente dos mercadinhos, em San Pedro tem uma infinidade de lugares para se hospedar. Mas tirando os hotéis de luxo, que custam um rim a cada pernoite, todas as outras opções são bastante simples, sem muito glamour ou ostentação. Lembre-se, você está no meio do deserto. tente optar por um lugar perto da pracinha e da rua Caracoles, é mais prático.

Nossa casa tinha 2 quartos, com cama de casal e beliches. Uma sala bem grande com sofá e mesa de jantar. A cozinha era grande e junto com a sala. A casa aparentava ser novinha, mas era bem simples. De qualquer forma, achei que ficamos bem hospedados, de forma confortável e ainda pudemos preparar nossas refeições ao longo dos dias. Não faltou cachorro quente, torradinha e macarrão. 🙂

San Pedro de Atacama: clima, preços e onde ficar

San Pedro de Atacama: clima, preços e onde ficar

San Pedro do Atacama: passagens

Já que falei do que é caro, agora vem a parte que pode ser mais em conta. Dependendo de sua disponibilidade, pode encontrar passagem aérea para o Chile por um valor bem em conta. No final do ano passado, vi passagens para Santiago por R$300, uma pechincha. Mas claro que era uma super promoção. Em média a passagem de ida e volta para o Chile sai por R$900. Para ir a San Pedro, o aeroporto mais próximo é o de Calama. De lá existem vans, ônibus e transfers que vão para a cidadezinha. Nós negociamos com a própria Ayllu, a agência que fizemos nossos passeios, e eles nos pegaram e nos levaram para Calama, a viagem dura mais ou menos 40 minutos.

San Pedro de Atacama: clima, preços e onde ficar

San Pedro do Atacama: clima e época para viajar

Fomos para o Atacama agora em janeiro, então durante o dia a temperatura é alta, por volta dos 30ºC e a noite esfria, com ventinhos frescos que podem chegar a 15ºC. O sol é forte e queima mesmo, então por mais que esteja ventando, não deixe de ser proteger do sol, ou vai virar um camarão.

Alguns passeios são feitos de manhã bem cedo e em lugares altos, nos gêiseres, por exemplo, pegamos temperatura a baixo de zero, então se prepare para o clima muito frio e também para o muito quente. É a mala mais bipolar que fará na sua vida.

Como viajamos na alta temporada e a cidade estava muito cheia, em alguns dias a água fria era cortada as 22h só retornando as 6h da manhã. É estranho mas preste atenção, se não pode acabar tomando um banho com água quente demais.

No meio da semana acabaram os mantimentos da cidade porque um caminhão não chegou, então pão, macarrão, bolacha e gelo eram itens raros. No dia seguinte tudo foi normalizado.

San Pedro de Atacama: clima, preços e onde ficar

San Pedro do Atacama: viajando sozinha

Se quiser, você pode sim viajar sozinha ao Atacama. A cidade é completamente turística e cheia de brasileiros, certamente fará amizade no hotel ou albergue. Os passeios são feitos em vans, então você nunca estará sozinha largada no meio do deserto. É tranquilo para mulheres sozinhas, sim.

San Pedro do Atacama: altitude e baixa umidade

Chegando em San Pedro, senti meu nariz, lábios e garganta secarem nos primeiros dias. O nariz ardia demais e em algumas noites chegou a sangrar um pouco. Mas tentava tomar água o tempo todo e depois de 3 dias me acostumei. Fora isso, me cansava muito fácil, ficando ofegante ao trocar de roupa ou subir um morrinho. Tentava fazer tudo sem pressa, escolhi refeições que não era muito pesadas e não exagerei no vinho e no pisco. Mas é comum que as pessoas enjoem ou fiquem com dor de cabeça, principalmente nos passeios mais altos. Os guias são preparados e tem oxigênio nos carros caso alguém precise.

San Pedro de Atacama: clima, preços e onde ficar

San Pedro de Atacama: clima, preços e onde ficar

San Pedro do Atacama: o que fazer

Nos fizemos todos os nossos passeios com a Ayllu Expediciones e estamos contando sobre cada um deles em posts específicos.

Não deixe de ver também os outros passeios que fizemos no Atacama:
– Dia 1: Vale da Lua e Vale da Morte
– Dia 2: Lagunas Altiplanicas
– Dia 2 (noite): Tour Astronomico
– Dia 3 (manhã): Termas de Puritama
– Dia 3 (tarde): Laguna Cejar
– Dia 4: Geisers el Tatio
– Dia 5: Salar de Tara
Informações gerais, onde ficar, o que levar e preços em San Pedro do Atacama
Cuidados com o corpo no Atacama
O que levar na mala para o Atacama

San Pedro de Atacama: clima, preços e onde ficar

San Pedro do Atacama: compras

San Pedro é bem pequena e não tem muitas opções de compras. Você encontrará artigos específicos de aventura e acampamento e também bastante artesanato. Mas oh, o que encontrar numa barraquinha, encontrará em todas as outras. Vale para comprar um mimo para a família ou uma lembrança da viagem, mas não espere por grandes pechinchas e nada super sofisticado. Se tem uma listinha de cosméticos que planeja comprar, deixe para fazer isso no dutyfree de Santiago ou de São Paulo.

San Pedro do Atacama: onde trocar o dinheiro

Se for passar em alguma outra cidade chilena antes de ir para San Pedro, troque seus Reais lá. Em Santiago cada real valia mais ou menos 170 pesos chilenos, em San Pedro, a cotação era de 150 pesos. Lá é sempre 20 pesos a menos que nas outras cidades. Tem caixa eletrônico em San Pedro caso você precise. O cartão de crédito é aceito até nas barraquinhas de artesanato.

Nos vídeos tem mais informações sobre San Pedro e o Atacama.

Categorias
Compartilhe nas redes sociais
54 Comentários: Nos conte o que tem a dizer
Visualizar Comentários
Nos conte o que tem a dizer

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
O que nossas divas já nos disseram
  1. Priscila

    Que legal saber que as vans possuem oxigênio. Muita gente passa mal com a altitude.
    Na cordilheira, o passeio acabou mais cedo para um casal de brasileiros que passou muito mal.

  2. Pri

    Ei Saa!
    Quantos dias vocês ficaram la? Foi o suficiente?
    Me interessei muito por esse passeio vendo seus posts.
    Adorei!
    Muito obrigada por fazer um blog com tanto carinho.
    Beijos

    • 6 dias, eu achei suficiente, mas haviam mais passeios que poderiam ser feitos. Vai de você escolher o que quer ver e planejar o tanto de dias.

  3. Lindo demais.. acho que não me canso d dizer isso…

    me diz uma coisa: vcs compraram pacote ou fizeram sozinhos??
    Tem algum site (trivago, Zarpo, etc) que vcs indicam para fazermos um roteiro?

    • Agora q reparei que foi com a Ayllu, e vi em respostas suas q vcs fizeram a negociação lá…
      Vou pesquisar,…

  4. Estela

    30 graus? Jurava que era muito mais quente…aqui em POA as vezes passa dos 40:/

  5. Marla

    adoro a profundidade de detalhes que vcs mantém em todos os tipos de posts do blog!

  6. Bárbara

    Post maravilhoso, Sá! Ideal pra tirar todas as dúvidas.

  7. Ana

    Parabéns pelo post super completo e interessante.

  8. Márcia Daniella

    Que lugar mágico!!! Encantador

  9. Poxa, vendo as fotos deu vontade de chorar de saudade hahaha Eu tava la em Dezembro e fui pro passeio de 4 dias (uns 700 reais com acomodação, toda a comida, agua e passeio) até o Salar do Uyuni (deserto de sal), sofri com o frio e a altitude, passei super mal no primeiro dia e todo mundo do meu grupo sofreu de uma imensa dor de cabeça. Essa suuuper altitude não é facil não (o mais alto que chegamos foi 4.900 se não me engano).
    Apesar dos pesares, o albergue eu paguei baratesimo (uns 36 reais), a comida realmente foi carinha (pedi o entrada, principal e sobremesa por 9.000 pesos e dava pra umas 3 pessoas comerem haha), mas é tudo lindo e maravilhoso. Quero voltar pra fazer mais passeios, passei uma semana, não da pra quase nada ):
    E lindas as fotos!!!

    • Que pena que passou mal, Natalia.

    • Lorenza

      Obrigada pelo relato, Natalia!

    • Lilian

      o melhor é fazer o salar depois, onde a altitude é maior, assim, no atacama vc já vai acostumando… pra secura levei rinosoro pro nariz, salvou horrores, lispstick e hidratante (cetaphil), achei que ajudou demais. Sua agencia foi muito chique, sabrina! rs a minha não tinha vinho nos passeios nem oxigenio!

    • Ayllu é chique! 🙂

    • Islaine

      Olá, Natália! Vi o seu comentário aqui e gostaria de saber onde você conseguiu esse albergue por lá, pois estou querendo visitar o Chile também!
      Aguardo um retorno seu 🙂

  10. Ana

    Olá Sabrina! Estou muito encantada com essa viagem de vocês!! Já está na minha lista! Muito bom o post! Só queria perguntar se vcs foram com a Ayllu Expediciones desde o Brasil (vcs compraram pacote?), ou essa empresa fica lá em San pedro e vcs compram os passeios específicos que querem lá mesmo? Bjos!

  11. Fernanda Gabriela

    Sá, fala mais das outras coisas que vcs fizeram no chile. Tipo, vcs foram a Santiago, não??? Quero saber o q vc achou. 🙂
    Obrigada mais uma vez pelas novas dicas. Achei tb o Chile um destino meio caro em geral… É tão caro quanto uma viagem no Brasil. Não tem essa de economia não…

    • Ficamos 2 dias lá e era Ano Novo, então não tenho muito o que contar. Hahahahaha

  12. Miriã Andrade

    Estou adorando cada detalhezinho dessa viagem tão incrível! 😉

  13. Gisele

    Olá Sa!

    Gostaria de saber qual é a cotação do dólar em San Pedro?
    Irei em Maio, e estou em dúvida se troco um pouco de peso já aqui no Brasil ou levo em dólar.

    Muito obrigada!

  14. Fabiana Alice

    Oi Sá e Marina, que câmeras e lentes vocês levaram para a viagem? Acompanhei o instagram de vcs e fiquei babando com as fotos. Com relação a esses passeios, vcs recomendam fazer por intermédio de uma agência ou dá pra fazer por conta própria?

    Beijos!

    • A câmera é a T5i e tb usamos uma GoPro.
      Sobre os passeios, só dá para fazer sozinho se estiver com carro preparado e GPS. Pq é tudo no “meio do nada”. hahahahaha.
      bjs

  15. Sylvia Aline

    Gostei muito do seu passeio, mas achei meio caro. até pensei em ir pra lá, mas acabei mudando de ideia

  16. Gabriela R. Salomon

    Gostei das dicas que vocês passaram, meninas 🙂

  17. Juliana Gama

    Os posts de viagem de vocês são incríveis! Cheios de informações, repleto de detalhes e recheados de fotos lindas!

  18. Que vontade de conhecer esse deserto. E que loucura isso de cortarem a água fria e ficar só a quente, em geral eu fico catando a quente onde só tem água fria. Adorei essa seção de viajar sozinha e dizer se é seguro!
    http://www.issoaquiloetal.wordpress.com

  19. Noemi Meireles

    Passei por San Pedro em abril de 2015. Ela é simplesmente apaixonante. Vim encanta com tudo que vi. Sei que ainda tem muito para conhecer lá. Fiz com uma agencia Peru, Bolívia e Chile – sensacional.
    Grande beijo aos viajantes de plantão

    • Carol

      Noemi, eu estou planejando uma viagem exatamente assim, Peru Bolivia e Chile! Pode me indicar sua agência? =)

      Obrigada!

  20. valeria

    Olá,
    estou indo para o deserto do atacama e salar de uyuni em fevereiro agora. Me preocupei com os preços dos passeios da agência, que pelo que calculei está fora do que havia orçado. Sabe dizer se todas as agências estão cobrando esse valor? Como estava o tempo e janeiro, não pegaram chuva? estou preocupada, porque só tenho fevereiro pra visitar e me disseram que chove muito nesta época. Obrigada pelas dicas nos posts, vou fazer esta sozinha por isso quanto mais informações melhor!

    • Cada agência cobra seu valor. Não tivemos nenhum dia de chuva.

  21. Tálita

    Olá Sabrina

    Agradou-me o comentário sobre viajar sozinha. Já tive a oportunidade e curiosidade de ler tudo sobre o Atacama, e este ano, irei sozinha ao Deserto. Gostaria de saber se teve algum problema com o idioma.

    Obrigada

  22. Renata

    Oi meninas! Os detalhes que vcs postam sao excelentes! Vou pra lá em março com 2 amigos e os posts estão ajudando bastante.
    Tenho uma dúvida.. Vocês negociaram com a Ayllu em Calama ou San Pedro?

    Obrigada!

  23. Renata

    Oi meninas! Os detalhes que vcs postam sao excelentes! Sou de Curitiba também e vou pra lá em março com 2 amigos e os posts estão ajudando bastante.
    Tenho uma dúvida.. Vocês negociaram com a Ayllu em Calama ou San Pedro?

    Obrigada!

  24. […] Puritama – Dia 3 (tarde): Laguna Cejar – Dia 4: Geisers el Tatio – Dia 5: Salar de Tara – Informações gerais, onde ficar, o que levar e preços em San Pedro do Atacama – Cuidados com o corpo no […]

  25. Lais Barboza

    ótimos posts! Parabéns! Fotos maravilhosas.
    Pode passar uma noção dos valores que gastou nos passeios?

    • Em todos os posts dos passeios tem os valores deles. Os links estão no post.

  26. […] Puritama – Dia 3 (tarde): Laguna Cejar – Dia 4: Geisers el Tatio – Dia 5: Salar de Tara – Informações gerais, onde ficar, o que levar e preços em San Pedro do Atacama – Cuidados com o corpo no […]

  27. […] Puritama – Dia 3 (tarde): Laguna Cejar – Dia 4: Geisers el Tatio – Dia 5: Salar de Tara – Informações gerais, onde ficar, o que levar e preços em San Pedro do Atacama – Cuidados com o corpo no […]

  28. […] Puritama – Dia 3 (tarde): Laguna Cejar – Dia 4: Geisers el Tatio – Dia 5: Salar de Tara – Informações gerais, onde ficar, o que levar e preços em San Pedro do Atacama – Cuidados com o corpo no […]

  29. Maíra S.

    Oi Meninas! Sempre sigo as dicas do Coisas de Divas e dessa vez vocês influenciaram até minha viagem! O Atacama já estava há algum tempo na minha lista de futuros destinos, mas fiquei ainda mais encantada ao ver as fotos de vocês. Aí aproveitei uma promoção de milhas da TAM e comprei minha passagem para maio! Vou sozinha e vou me aventurar também pelo Salar de Uyuni, na Bolívia! Depois volto para contar como foi. Obrigada pelas dicas todas!

  30. Jaqueline

    Oiii! Estou programando minha viagem para este ano, e seus posts vieram em ótima hora!
    Sa, vcs foram por Santiago?
    Pode me informar qual cia aérea usaram? Estou entrando diariamente no site da Lan e vi q tem muitas opções de voos para Calama.
    Não achei as passagens Santiago – Calama caras, no caso estou verificando para novembro. VC acha q comprar com antecedência faz muita diferença?!

  31. AGUINALDO

    bom dia , estamos planejando de ir de carro proprio ( caminhonete) , ATE SANTIAGO E DE LA CRUZAR O DESERTO ATE SAN PEDRO , E FICAR 2 DIAS LA PARA CONHECER OS GEISERES , GOSTEI DO POST DE VCS , ESTA AJUDANDO NAS DECISOES NOSSA

  32. Fernanda

    Sabrina, qual dos dois passeios você recomenda: Lagunas Cejar ou Termas de Puritama? Irei semana que vem e estou em duvida em qual dos dois fazer.
    Muito legal seu blog. Parabéns!!!

    • Eu gostei mais das termas pq estava queimada de sol e nas lagunas não tinha praticamente nenhum lugar com sombra. Mas vai do freguês. As termas são “piscinas naturais” as lagoas são salgadas e dá para ficar boiando.

  33. Marcela Dohara

    Sabrinas, relendo tua matéria vi que você e seus amigos estavam no Ano Novo no Atacama! Estou indo pra passar o natal! Tens dicas pra não passar a data festiva em branco? rs

    • Estávamos em Santiago no Ano Novo, então não saberia informar sobre o Atacama.