Se vocês acompanham o blog com frequência, sabem que de vez em quando a gente faz uns posts em conjunto por aqui, certo? São algumas das tags fixas do Coisas de Diva – a de comprinhas, de queridinhos e nossos desejos do mês.

Pois bem, então decidimos fazer mais um post do tipo – só que um pouquinho diferente. O 3 em 1 de hoje é uma resenha tripla! E para começar, escolhemos esse BB Cream da Nivea. A marca não fez muito alarde do lançamento, mas o produto começou a aparecer nas prateleiras agora e várias leitoras já estavam perguntando a nossa opinião a respeito, então corremos para testar e contar tudo por aqui. Esperamos que gostem do post – e se quiserem resenha tripla de outro produto, é só pedir :).

Então vamos lá – o BB Cream vem nesse tubinho e são duas versões, para pele clara e para pele morena. Como testamos o para pele clara, não sabemos dizer ao certo qual a tonalidade do mais escuro.

Ele promete  uniformizar o tom da pele, minimizar a aparência dos poros, controlar o brilho, cobrir marcas e prevenir sinais. Ele tem FPS 10 (meio baixinho!).

O que a Thais achou – pele normal/oleosa

Antes de falar do BB Cream, queria dizer que tenho um pouco de dificuldade em descrever minha pele – não acho que ela seja super oleosa, mas também não é só normal. Vamos dizer então que tenho o rosto normal, mas com tendência à oleosidade e um pouco de acne, combinado? Assim fica mais fácil para todo mundo entender o efeito do produto em mim!

Fiquei bem animada com o fato do BB Cream da Nivea não ser tão líquido quanto o da Maybelline ou o da L’Oréal – ele é bem cremoso e isso facilita bastante a aplicação. Porém, talvez justamente por causa dessa característica, achei que pesou na pele. Inicialmente fica tudo ok, mas depois parece que os poros ficam “expulsando” o produto, como se o rosto estivesse suando – e olhem que as vezes em que passei não estava calor! Essa questão toda faz com que transfira e deixe uma sensação de oleosidade ao longo do dia. Infelizmente, para mim, não deu!

Ah, e achei a cor, clara, um pouco mais escura que meu tom de pele. Seria legal se a cartela tivesse mais opções! Também gostaria que a cobertura fosse maior – se forem notar pelas fotos, ele escondeu a vermelhidão da pele, mas não a deixou super uniforme, ainda sobraram algumas imperfeições para contar história. Não arriscaria passar base por cima, então a ideia é que ele mesmo vencesse a questão com sua cor!

O que a Sá achou – pele oleosa

Sem nada, com o BB Cream e maquiada (sem base por cima).

Lembra que eu havia comprado um BB Cream da Nivea na Europa e falei que esperava que a marca trouxesse o produto para cá com um fórmula melhor para as brasileiras? Pois nada feito, o BB Cream é igualzinho ao vendido do outro lado do mundo, mesma fórmula, tudo igual.

Achei que ele tem uma cobertura de baixa para média, o cheirinho é gostoso – aquele característico da Nivea, mas esfarela se ficarmos tentando espalhar muito. A sensação ao toque é de que tem algo na pele e ele transfere um pouco.

Mas o problema é que, ao aplicar, o BB Cream até deixa o rosto opaco, mas ao longo do dia, ele piora muito a situação de quem tem a pele oleosa. Juro que fiquei até com uma ~gastura~ de me ver tão oleosa e brilhante. Minha vontade era sair correndo para lavar o rosto, mas me mantive firme em nome do bloguismo investigativo. Para quem tem a pele oleosa como a minha, melhor deixar o lançamento para lá. Talvez o da quem disse, berenice? ou da L’Oreal sejam apostas melhores.

O que a Marina achou – pele seca/sensível

Eu sei, eu sei, a maioria das brasileiras tem pele oleosa, mas sei que tenho colegas de pele seca por aí, então depois das opiniões negativas da Sá e da Thais, vocês vão curtir saber que: eu adorei esse BB Cream. É até engraçado ver as três resenhas juntas, porque parece que estamos falando de produtos diferentes – o que só prova que tudo depende de encontrar um produto que se adapte às suas necessidades.

Gostei da cobertura média desse BB Cream – fica no meio do caminho entre uma base levinha e uma super potente, o acabamento fica bem natural, por isso já coloquei esse produto nos meus de rotina diária (tenho usado para ir trabalhar). A textura não fica nem mate nem oleosa e achei que ele se manteve no lugar praticamente o dia todo.

Sexta passada, por exemplo, passei ele no rosto por volta das 8h30, fui trabalhar, depois fui direto para um evento e depois saí com os amigos – minha pele ficou bem digna o dia todo, só passei um pouco de pó no fim da tarde para dar uma retocada. Tirando o FPS, que achei bem baixinho, gostei muito. Recomendo para quem tem pele mais seca.

A embalagem de 54 g custa, em média, R$ 28. Dá para encontrar em farmácias – na DrogaRaia e na Panvel tem com certeza.

Compartilhe

×