Ainda na vibe inverno, o tema de hoje do Coisas de Macho é: botas! Sim, elas, que mantêm nossos pés quentinhos e protegidos do frio e da chuva! Espero que gostem e, só para lembrar, essa é uma tag para di-ver-tir, ninguém precisa levar a sério nem ficar irritada com que os meninos falam, ok? Quem não curte pode ler nossos outros posts :) .

Diane

Pedro – Tamanho maior do que deveria ser. Serve para você tentar salvar seu cavalo que está afundando numa areia movediça, tipo acontece naquela cena triste pra caralho do História sem Fim.

Thiago – Bem estranha essa. Se a bota terminasse na canela, ok, seria uma bota convencional. Porém, ir até o joelho, além de parecer ser meio incômodo, ficou feio e não me agradou com o restante da roupa.

Mahani – Não gostei muito do topo do cano da bota. Parece que ela, em um momento de rebeldia, resolveu picotar e deixar mais pontuda. De qualquer maneira, achei legal a combinação do vestidinho xadrez com a bota de couro.

Eduardo – Sem dúvida acho mais sensual que bonita. Só consigo imaginar ela de lingerie e bota! Podem falar que é clichê, mas é um clichê dos bons.

Emma

Pedro – Eu não curto usar pantufas, mas se ela acha bacana, que use e abuse.

Thiago – Confortável e quente, com certeza. Bonito? Nem tanto. Com o conjunto ficou bom e aparenta ser aconchegante para caminhar. É como se estivesse andando com os pés do ursinho Pooh.

Mahani –  Acredito que essas botas do Ursinho Pooh sejam quentinhas, confortáveis e perfeitas para caminhadas longas em dias frios. Mas não tenho como fugir da constatação clara e inevitável: é muito feia e, assim como crocs, roupões e filmes com a Sarah Jessica Parker, devem ficar só na intimidade, se você gosta deles.

Eduardo – Acho que essa bota deve ser uma pantufa com sola pra andar na rua. Certeza que é confortável, além de quente, mas perde na beleza. Mas deve ser tipo Crocs, não recrimino quem usa pelo conforto proporcionado.

Nicky

Pedro – Bacana. Ainda tem a vantagem que, por ser uma bota, ela pode correr, brincar de pega-pega, esconde-esconde e tudo mais sem o risco de tropeçar no próprio cadarço.

Thiago – Muito legal. Já disse em outras edições que gosto dessas botas tipo coturno. Além disso, é eclética. Ao mesmo tempo que você pode ir num jantar, shopping, cinema e parque com ele, pode ir a um show de hardcore e não se sentir deslocada.

Mahani – Eu não sou grande fã de acessórios muito militares e/ou metaleiros. Não usaria coturnos, evito bandanas e passo longe de coletes de couro (mas gosto das jaquetas). Botas desse tipo estão cada vez mais populares e sendo combinadas com diferentes estilos de roupa. Se a moça souber como usar, pode até ficar legal, como foi o caso, mas acho muito “bad ass” para uma mulher.

Eduardo – Coturnos não são meus favoritos. O estilo dela ficou legal, mas ao invés de coturno ela devia procurar a botinha ortopédica, que esses joelhos não podem estar normais.

Rachel

Pedro – Não uso meia-calça e nem botas, mas a impressão que dá é que, como está meio largo o cano, parece que o calçado pode escorregar do pé dela a qualquer momento. Isso pode acontecer ou é tipo só impressão minha?

Thiago – Ela raramente pisa na bola. É uma das musas do CDM, depois da Scarllet, Mari Alexandre e Marisa Orth. A bota, ao melhor estilo mulher gato, ficou muito bem nela e a deixou bem elegante, como de praxe.

Mahani – Tradicional e comum, mas extremamente elegante. Na minha opinião, combinou bastante com o resto da roupa, apesar do lenço de odalisca ser um pouco exagerado.

Eduardo – A moça está toda muito bonita, e a bota combinou com o visual. Colocava ela na minha moto pra ela esvoaçar esse lenço!

Selma

CDM2-selma

Pedro – Vibe tia-véia que quer pagar de femme-fatale. Podre.

Thiago – Legal, casual e deve ser fácil de usar com diferentes estilos de roupas. Só não recomendo se apoiar em apenas com um pé com ela. Se ela engordar mais alguns quilos, não sei se o fino salto resistirá.

Mahani –  Bastante comum e usado desde que me conheço por gente. Um dos grandes trunfos do salto alto é ressaltar a silhueta. Esse modelo está bonito e combinou com o visual jeans.

Eduardo –  Selma é mais uma brasileira comum em um dia qualquer, procurando suas chaves pra entrar em casa após um dia de trabalho. Selma, você representa muito bem a população feminina hoje. Meus parabéns.

Sienna

Sienna Miller shops in shocking red shoes with friends in London

Pedro – Eu ia criticar pela cor e pela estampa em homenagem ao centenário da dinastia chinesa de Yao, mas até que combinou com a menina. Ficou bacana, na real.

Thiago – Crocodilo Dundee 3, o retorno a Los Angeles!

Mahani – Cada edição do Coisas de Macho tem que ter uma cota para peças excêntricas. Dessa vez, coube à Sienna desfilar com sua botinha de piloto de Fórmula 1 (versão com salto, claro). Mesmo sendo chamativa e bem diferente do usual, com esses bordados dourados, devo dizer que achei estilosa. Deu uma cor ao visual.

Eduardo – Cara, fora a bota tá legal. Gostei até da toca feita pela avó. Mas o pezinho Ronald McDonald não rolou.

Thaila

CDM2-thaila

Pedro – Olha, eu sei que o Eduardo, quando teve uma infância difícil no interior de Santa Catarina, tinha a ponta dos seus calçados cortados para que ele pudesse usar por anos, mesmo já com um pé muito maior do que os pisantes, mas acho que não é o caso dela. Mesmo assim, aprecio a iniciativa de cortar a ponta do sapato e reduzir o consumo de bens supérfluos.

Thiago – Ela está genial. A bota com os dedos aparecendo em conjunto com a calça azul a deixaram muito bem vestida e bem estilosa. Aliás, difícil não se apaixonar pela moça. Parafraseando Vinícius de Moraes, “eu te peço perdão por te amar de repente”.

Mahani – A combinação, como um todo, eu achei certeira. A calça azul ficou bem com o resto preto e a jaqueta de couro completa muito bem. O problema da bota é essa abertura que faz parecer que ela tem apenas dois mini-dedos extremamente apertados lutando por um pouquinho de ar.

Eduardo – Essa mulher sempre está bonita. Hoje não foi diferente. De todas as da edição, essa é a que mais me agradou. Essa moça, com essa bota,  eu dizia pra ela me pisar todo dia.

 

Nas Tags:

×