bases_sso3

Mais um duelo de titãs aqui no blog.
Hoje vai ser: base em pó x base bastão x base líquida.
Os escolhidos para o combate foram: Studio Fix da MAC, Base Stick do Boticário e a Forever Diorskin da Dior.
Fiz um teste com as 3 e tirei fotos para analisar aplicação, cobertura, textura e duração das bases na pele. (Sinto que esse post vai ficar gigante)

Vamos às análises.
Studio Fix MAC (US$ 26 )
Na teoria o Studio Fix é um 2 em 1 (pó e base no mesmo produto). No site da MAC eles dizem que ele tem boa cobertura e dá um efeito mate na pele porque contém sílica na fórmula (que absorve a oleosidade).
Eu acho ele meio mágico, porque tem a aparência de um pó compacto mas quando entra em contato com a pele, ganha uma textura diferente, como se vc tivesse acabado de passar um creminho na pele. Não fica aquele pozinho quando vc passa a mão no rosto, sabe? É difícil explicar, mas ele é diferente.
A cor é bem natural e a textura é bem boa, parece que a pele está aveludada, um loosho. Mas preciso dizer que a cobertura é mais ou menos. Acho que para o dia-a-dia ele quebra bem o galho, porque é bem levinha, dura o dia todo e dá meique uma enganada nas minhas manchas mas sem ficar com aquela cara de “oi? Passei base”.

Base Stick Boticário (R$ 69,90 )
Comprei essa base meio na loka, na hora achei boa mas quando cheguei em casa me irritei muito com a textura que ela tem. Daí joguei na gaveta e não quis mais conversa.
Hoje, quando resolvi fazer esse confronto, dei mais uma chance para a pobre e confesso que mudei de idéia. Essa base é em bastão e olhando assim parece ter uma consistência de creme mais durinha, mas quando vc passa na pele ela vira um pozinho. O que me irrita é essa consistência de creme com areia que ela tem (veja o detalhe na última foto). Mas vamos relevar. Para aplicar precisa de uma esponja ou de um pincel para espalhar e tcharam, até que ela tem uma cobertura razoável.
A base deixa um toque seco, mas menos mate que a Studio Fix. Acho que vou trabalhar com ela um dia só pra ver qual é da duração.
Um ponto negativo é o preço. Meu senhor, como tive coragem de pagar quase 70 reais nessa base?

Forever Diorskin (US$ 42 )
Essa base é meu amorzinho. Praticamente vendi um rim para comprar ela, mas vale cada centavo. Tem ótima cobertura e não deixa a pele opaca. Olhando as fotos deste post até reparei que ela dá um brilho na pele, mas um brilho saúde, não brilho oleosidade. Ela é bem líquida e precisa ser aplicada com um pincel. Tem que ser ágil pq ela seca rápido.
Ela dura muito. Até demais. O demaquilante tem que ser potente pra tirar essa base da pele. Uso a Diorskin para maquiagens mais elaboradas, para festas e baladas, porque ela é bem pesada. Dá aquela sensação de “oi? a construção civil ligou e pediu a argamassa de volta”. Mas quando vejo as fotos das festas que estou com ela, me sinto uma verdadeira diva. Acho que o único ponto negativo é a mini fortuna que ela custa.

bases_sso

Agora comparando as 3:
Não sei se é coincidência, mas o nível de cobertura das bases foi subindo do pó, para o bastão até a líquida. Parece que quanto menos pó, mais cobertura.
E ao contrário, quanto mais pó, mais mate ela deixa a pele.
Colocando uma ao lado da outro no meu braço percebi que a MAC é bem da cor da minha pele, a do Boticário é um tiquinho mais escura e a Dior é um pouquinho mais rosada. Nada que prejudique a saúde do make.
No geral, as 3 bases são muito boas, cada uma para um uso específico. Mais levinha para o dia-a-dia, mais pesada para a balada. O negócio é saber escolher uma para cada ocasião. Acho que, a nível de base, tô bem servida, viu (isso significa: não me deixem comprar mais nenhuma!).

As cores que eu uso de cada uma são:
Studio Fix: NC30
Base Stick: Bege Claro
Diorskin Forever: 20 (oi?)

Realmente, um post gigante. Espero que o post do sorteio continue na pg principal depois disso.
🙂bases_sso2

Nas Tags:

Compartilhe

×